História Amarelo é a cor mais quente- BillDip - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Bill×dipper Billdip
Visualizações 49
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Cap.1 -o demônio está de volta


Dipper arrumava suas malas com um olhar que dizia "Mabel eu vou te matar"

-me explica Mabel , por que você tinha que brigar com a Lizzy ?-dizia Dipper enquanto fechava sua mala

-ah ninguém mandou ela chamar o Waddles de "churrasquinho "-disse guardando os potes de gliter e cola em uma bolsa menor, 

Nossos pais estavam cansados de ouvir reclamações de brigas entre Mabel e Lizzy, Elizabeth ou mais conhecida como Lizzy é a filha mais nova do diretor da nossa antiga escola, ela sempre queria estar ao meu lado mas como sempre , a única menina que ficava ao meu lado era a minha irmã, isso deixava Lizzy putassa de ciúmes e raiva, nunca vou entender o amor, eu iria entender se eles fosse apenas cálculos matemáticos tipo 3x 7y-8w =29



Após um tempo , nós encontrávamos dentro do ônibus, confesso que parecia o mesmo ônibus de quando fomos a Gravity Falls pela primeira vez, os bancos estavam mais rasgados e sujos, o chão de placas de ferro tinha alguns parafusos soltos, Mabel andava pra cá e pra lá cá , ela brincava de caçar chicletes , no ônibus havia eu, minha irmã e uma senhora que aparentava ter cerca de um 72 ou mais de idade. Eu lia calmamente o meu diário, sua capa estava um pouco desgastada a cor azul escuro do Pinheiro que eu havia desenhado estava um tanto quanto clara , quando entreguei o diário do tivô ford, ele me incentivou a fazer o meu próprio.

Vejamos pelo lado bom, poderei escrever mais mistérios nele, mas acho que nossa estadia na cabana do mistério não durará muito, pois falta apenas um ano para eu e Mabel sairmos do ensino médio e irmos de volta a cidade grande pra cursar faculdade

-Hellou maninho-dizia com uma das mãos na cintura , a outra balançava a poucos centímetros do meu rosto

-sim?-perguntei passando a minha destra nos cabelos

-vamos acordar, falta poucos minutos pra chegar-disse dando um sorriso no qual dava pra ver seu aparelho de cor ciano-claro, ajeitei-me na cadeira e guardei o caderno na mochila, percebi que uma certa morena estava sentada ao meu lado

-hey dip...-ela estava com ambas mãos fechadas em punhos sobre seus joelhos,sua cabeça estava baixa e suas cascatas de cabelos caiam sobre seu corpo

-sim - olhei

-será que esse ano você vai arrumar alguém?-ela me olhou , percebi que seu semblante estava um pouco triste , algo raro pois Mabel sempre está a brincar sem se importa com a situação

-so vamos saber quando chegar a hora- disse sorrindo e a garota o mesmo fez-ah olha , chegamos

Já estávamos a frente da cabana batemos algumas vezes na porta

-JA VOU AVISANDO , NÃO DEVO NADA-gritou Stan enquanto abria a porta

-calma tivô Stan, não quero seu dinheiro, mas um abraço pode servir-disse a morena estendendo ambos braços

Logo fomos recebidos por  abraços e cascudos, por mais que fiquemos velhos os mesmo costumes não vão mudar

Ja estava de noite eu dormia no quarto perto do Porão e Mabel dormia no quarto que dormimos no nosso primeiro verão nessa cidade cheia de mistérios

-unhmu- falava palavras desconexas por conta do sono, peguei meu celular e vi que eram duas e cinquenta e cinco da manhã, levantei-me da cama e fui a cozinha peguei uma latinha de refri e me dirige ao telhado, o mesmo ainda tinha o guarda-sol e a velha espreguiçadeira

Sentei-me ali enquanto bebia meu refri e admirava as estrelas,logo percebi que havia passado uma estrela cadente, mas essa era diferente, não era amarela, seu rasto era azul, azul claro como se o céu estrelado houvesse se tornado um oceano



Na manhã seguinte seguimos ao mercado onde iríamos comprar matérias escolares , e Claro Stan não estava nada feliz com a idéia de gastar seu precioso dinheiro, mas Ford o convenceu dizendo " é para o bem das crianças " 

Iríamos estudar em tempo integral, o que eu achei super legal, pois iiria ter mais tempo na biblioteca da escola,  mas como passamos a manhã fazendo compras, Ford convenceu o diretor a nos deixar entrar a uma da tarde hoje.

Passva se um pouco mais de 11:30 da manhã eu e Mabel estávamos prontos para ir a escola,

-Hey dip vamos-disse aparecendo na porta 

Acenti com a cabeça e peguei meu casaco xadres na cor vermelho e preto, o sol estava frio, algo típico de Gravity Fall

Eu e minha irmã pegamos o prazer de ficarmos separado, quando sentei -me em uma carteira percebi que um loiro bronzeado não parava de me encarar, o mesmo possuía um tapa-olho no olho esquerdo, e em seus lábios um sorriso

-Rephic , sera que poderia acompanhar o senhor Pines até a biblioteca para pegar os livros necessários, aproveite para mostra-lo também a escola-dizia a professora

O loiro que me encarava apenas dizia "sim " as ordens da professora.Havia chego o  momento mais importante pra todo aluno, o recreio, o loiro estava de pé na porta seus braços etavam cruzando

-vamos?-disse o meu acompanhante-me chamo Bill, Bill Rephic, e você é Dipper, Dipper Pines

Caminhamos por todos os locais, e por fim estávamos lá,  onde meus sonhos habitam: a biblioteca

Mas algo em mim se perguntava, "como esse tal Bill me conhecia " caminhei sem me importar com o meu acompanhante,  mas parei quando ouvi as fortes portas de carvalho se baterem

-B.Bil o que eestá acontecendo?-eu estava nervoso e caminhava para tras pois o mesmp caminhava em minha direção

-vai dizer que se esqueceu de mim Pinetree?-era ele , Bill cipher

Eu havia escutado um grito....pera é a mabel, quanso corri ate o local, que era ddentro da biblioteca vi ela, minha irmã,  a mesma estava sangrando,  parece que havia sido atacada por um duembrete, o sangue infestava o local, ela esta a morrendo

-posso fazer algo Pinetree, mas é só não contar a ninguém que eu voltei- dizia o demônio convencido de que eu aceitaria

Eu hesitei mas logo aceitei a proposta do demônio, ele estalou os dedo e tudo que eu havia visto sumiu, era tudo apenas uma ilusão

-DESDESGRAÇADO-disse puxando o pela golinha e o mesmo parecia se divertir com a situação, tanto que me colocou em seu ombro eu me me debatiae gritava-ME SSOLTA SEU DORITOS MALDITO

Eu ja estava no meu quarto, o dia havia sido cansativo principalmente na presença de um demônio o qual não me orgulho de ter6r aceito a proposta


Notas Finais


Gotaram? Se sim eu continuo, não seja um leitor fantasma eu adoro ler comentários


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...