História Amazon of the zodiac - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiacos de Garuda, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Ártemis, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Hades, Hypnos, Ikki de Fênix, Kanon de Dragão Marinho, Kiki de Appendix, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Pandora, Perséfone, Personagens Originais, Poseidon, Saga de Gêmeos, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda, Shura de Capricórnio, Thanatos
Tags [saga X Kanon], Cavaleiros Mulheres, Ikki X Shaka, Milo X Camus, Shun X Hades, Yaois
Visualizações 101
Palavras 2.832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus queridos leitores.
Sinto muito por demorar a postar.
Mas o importante é que o capitulo chegou.
Espero que tenham uma boa leitura.
Beijos

Capítulo 14 - Quero estar ao seu lado


Fanfic / Fanfiction Amazon of the zodiac - Capítulo 14 - Quero estar ao seu lado

A mansão estava agitada. Todos os dourados corriam desesperadamente em busca de suas amadas. Cada um tinha vontade de contar oque se passava no coração deles.

Afrodite x Máscara da Morte

Máscara da morte andava por toda a floresta em busca de Afrodite. Com medo que de a garota podesse  se machucar, ele começou a andar mais rápido. Não  pode conter o sorriso do rosto ao encontrá-la perto do lago que ficava perto da mansão.

Afrodite estava alimentando um casal de cisneys que moravam naquele lago há anos. De longe o cavaleiro pode ver que os olhos de Afrodite estavam marejados, e o motivo?

Ele não sabia.

- A-afrodite? - Ele exitou por um tempo, mas depois falou. - Oque te deixou tão triste?

- Não é óbvio? - Pergunta a mesma sem tirar os olhos da água.

- Está triste por causa da gravidez?- Pergunta se sentando ao lado dela.

- Não é a gravidez que me entristece. - Ela olhou para Masck pela primeira vez e disse. - E sim pela dor da rejeição que futuramente irei receber.

Máscara da Morte sentiu seu coração partir em milhões de pedaços. Ele não acreditava que Afrodite pensaria algo tão cruel assim dele, bom, ele confessa que não foi o exemplo de cavaleiro no passado, mas isso foi antes de....tudo.

- Por que achou que eu iria te rejeitar?

- Porque você uma vez me disse que não queria ter filhos. - Afrodite respondeu cabisbaixo.

- Eu sempre quis ter uma família, mas logo desisti dessa ideia. - Respondeu Máscara da morte fazendo a amazona de peixes suspirar e perguntar.

- Por que?

- Porque eu me apaixonei por um homem. - Masck responde fazendo Afrodite arregalar os olhos. - E sabia que seria impossível esse homem me dar um filho. Mas eu não me importei. - Ele olha para Afrodite e diz - Mas agora eu finalmente posso realizar meu sonho de ter um filho com a pessoa que amo.

- V-vôce realmente quer fazer isso? - Pergunta Afrodite esperançosa.

- Claro, eu acho que Artemis fez realmente uma coisa boa em nossas vidas. - Disse ele segurando as mãos delicadas da mais nova.

- N-não foi Artemis. - Gaguejou Afrodite um pouco chateada. 

- Oque?

- Eu estava grávida antes mesmo dela aparecer. - Após dizer isso Afrodite esperava encontrar o olhar zangado de Masck, mas oque encontrou a pegou de surpresa.

Sem nenhum aviso prévio, Máscara da morte deu um beijo apaixonado em Afrodite que paralisou. Os dois ficaram ali até o ar les faltar.

- Você me fez o homem mais feliz do mundo. - Disse ele dando outro beijo apaixonado que logo foi correspondido.

Os dois ficaram assim por um bom tempo. Pois só a falta de ar poderia separar aquele casal apaixonado.

Milo x Camus

Camus estava deitada em seu quarto lendo um livro quando Milo entra no quarto colocando várias sacolas em cima da cama da mesma.

- Camussss meu amor, meu sonho. - Diz Milo todo alegre.

- M-milo? - Camus fica surpresa ao ver as quantidades de sacolas que se encontrava ao seu redor. - O-oque é isso?

- São as roupas que eu comprei para o nosso filho. Olha só que lindo. - Disse mostrando uma peça de roupa azul que caberia em um garoto de dez anos. 

- M-mas pra que isso? - Pergunta Camus ainda sem entender.

- Não é óbvio? - Fez pausa. - Quero do melhor para o nosso filho. 

- Filho?

- Claro, eu quero um menino igualzinho a você. - Diz Milo fazendo carinho a buchecha de Camus. - Quero um filho com os cabelos da mesma cor do seu. Imagina só, um mini Camus

A cor no rosto de Camus se perdeu totalmente ao ver a animação de Milo. Estava tão preocupada com a rejeição de Milo que não esperava por uma resposta assim.

- E...e se for uma menina? - Pergunta a amazona de aquário curiosa. 

- ... - Milo ficou em silêncio por um tempo até responder. - Se vier uma princesinha, ela será linda como a mãe. Posso chamar ela de Camy?

- Milo...

- Se for menino bora chamar ele de Akira? Lembro-me uma vez que quando você era mais novo, queria ter um filho com o esse nome - Fez pausa - Hum... Agora eu quero ter dois filhos. Que tal uma menina e um menino?

- Milo! - Camus ainda tentava chamar a atenção do santo de escorpião.

- Será que um deles irá puxar esse seu maravilhoso cabelo ruivo?

- MILOOO??? - Grita Camus chamado a atenção do loiro.

- Oque foi Camus - Pergunta o mais velho assustado. - Eles te chutaram? - Pergunta colocando a mão na barriga magra da amazona. 

- Não é isso! - Disse tirando a mão do loiro da barriga. - V-vôce vai assumir o bebê?

- Camus, é do nosso filho que estamos falando. É claro que eu irei assumir. - Disse o mais velho ofendido. Ele não acreditava que Camus pensou mesmo que por um segundo que ele iria a abandonar. - Eu já disse e volto a repetir. Eu te amo Camus de Aquário.

- Obrigada... - Disse Camus. - Talvez ele realmente goste de mim. - Pensa Camus olhando Milo mostrar as roupinhas que tinha comprado para o bebê. Que na opinião dela, demoraria muitos anos para começar a servir.

Shaka x Ikki

Ikki observava a jovem indiana meditar em seu quarto. O mais novo tinha a intenção de ir lá e falar com ela, porém, o rosto levemente corado da mais velha era o sinal de que a mesma estava irritada. 

Ele também estava preocupado com a irmã. Pois a mesma tambem parecia bem chateada, e sem falar que aquele emo filho da mãe não estava presente no momento. Em outras palavras ele nem sabe que é pai.

- Aquele bastardo... - Pensa Ikki imaginando várias torturas para fazer com Hades caso de não assumir o próprio filho.

Não querendo perder os sentidos. Ikki ia fazer menção de ir em bora, e depois  ele iria falar com ela quando a mesma estiver mais calma. Porém,  ele a escuta  sussurando:

- Quem está aí? - Shaka pergunta ainda de olhos fechados.

- S-sou eu...oque está fazendo? - Pergunda se sentando em uma almofada perto da Amazona.

- Me concentrando e elevando meu cosmo ao estremo para poder sentir a presença do meu filho. - Ela respondeu friamente.

Ikki sentiu uma pontada no coração por Shaka se referir ao filho deles como "meu". Mas por hora iria deixar quieto.

- Isso é possível? - Perguntou o santo de Fênix curioso.

Como resposta Shaka pegou a mão de Ikki a colocando na barriga. O mais novo ainda curioso apenas fechou os olhos e se concentrou, e foi quando sentiu.

Lá... tão suave e delicado, quase imperceptível. Mas estava lá, um cosmo...

- Sentiu? - Perguntou a amazona ainda de olhos fechados. Por algum motivo ela não queria olhar nos olhos dele.

- S-sim...

- Ele ainda não veio...mas eu já amo o meu filho. - Sussurra Shaka se levantando e saindo, quando Ikki a pega pelo braço.

- Nosso...

- Oque? - Pergunta a loira sem entender.

- Esse bebê é nosso! - Disse Ikki olhando diretamente nos olhos que Shaka acabará de abrir.

- Ikki... - Os olhos de Shaka começaram a marejar. Pela segunda vez naquele dia, ela estava feliz. - ... obrigada...

- Eu é até agradeço por você me fazer o homem mais feliz do mundo. - Disse dando um selinho na namorada.

Saga x Kanon

Saga estava deitada em sua cama olhando para o teto enquanto acariciava sua barriga. Seus pensamentos estavam bem longe até escutar alguém gritando o seu nome.

- SAGAAAA!!! - Era Kanon que entrou no quarto correndo em sua direção. - Eu te achei!! - Disse dando vários beijos na irmã.

- K-kanon? - Saga não entendia o motivo da felicidade do mais novo. Isso até ele começar a descer os beijos parando em sua barriga.

- Eu quero saber o sexo do bebê. - Fez pausa. - Será que já dá pra fazer um pré natal?

- V-vôce vai a-assumir a paternidade? - Perguntou Saga entre gemidos causados pelos beijos.

- Eu nunca abandonaria você meu amor. Eu te amo. - Disse colocando a mão na barriga de Saga  - Papai já ama.

- Oh Kanon... - Saga não pode ficar mais feliz em saber que Kanon aceitará a paternidade. - Obrigada...

- Eu estou tão feliz que vou ser papai... - Disse voltando seus beijos para a boca da irmã. - Já parou pra pensar se nós que somos gêmeos, termos gêmeos? Isso seria um máximo.

- K-kanon? - Infelizmente Saga não pode dizer nada ao sentir Kanon se deitando em cima dela  - I-irmão o B-bêbe...

- Tem razão. - Disse saindo de cima da mais velha  - Vai demorar muito para mim ver meu filho?. - Perguntou para Saga e depois olhou para a barriga e disse. - Chega logo meu filho, nos queremos ver seu rosto.

Hyoga x Shiryu

Estava só de sutiã e calcinha no quarto enquanto se olhava no espelho. Seu corpo ainda não tinha mudado, mas sabia que era só questão de tempo até as mudanças acontecerem.

- Se divertindo? - Pergunta Shiryu que a admirava escorado na porta.

- Só me imaginando como eu seria gravida. - Responde Hyoga colocando o vestido para a tristeza do moreno. - Oque faz aqui?

- Nada, só vim ficar do lado de minha namorada e filho. - Respondeu Shiryu calmamente.

- Já te falei que não vou te forçar a nada  - Disse Hyoga se virando para dar de cara com Shiryu.

- Eu não estou sendo forçado a nada. - Fez pausa. - Se estou aqui é porquê eu te amo, e quero ter esse filho com você.

- V-vôce tem certeza?

- Sim  - Disse Shiryu decidido. 

- É um caminho a volta!

- Eu nunca me arrependi de minhas escolhas. - Disse dando um beijo em Hyoga que logo corresponde.

Shion x Dohko

Shion e Dohko estavam deitados em uma cama de casal olhando um para o outro com olhos apaixonados. Dohko abraçava Shion protetoramente enquanto a mesma acariciava seus cabelos castanhos.

Ambos sendo mais maduros resolveram as diferenças em um piscar de olhos. Por sorte Dohko era muito paciente e atencioso com sua namorada.

- No que está pensando meu amor? - Pergunta Dohko não tirando os olhos da Ariana.

- Estava pensando no nome que daria a nosso filho ou filha. - Fez uma pequena pausa - Você tem alguma ideia?

- Hum... - Dohko pensou por um tempo e falou - Oque acha de Alexia?

- É lindo! - Disse dando um selinho apaixonado no mais velho. - Fico feliz em ter te escolhido.

- Eu tambem!

- Espero que os outros tenham se entendido que nem a gente. - Disse Shion um pouco preocupado com os outros.

- Eles se amam, nada do que Artemis fazer irá separar os homens de suas mulheres.

- Verdade!

Seiya x Aiolia

Seiya ainda estava muito confusa. A castanha andava de um lado para o outro em seu quarto, enquanto Aiolia a observava de longe sem que a mesma percebesse.

Sempre teve um carinho especial por Seiya. Depois que o mesmo virou mulher, sua mente o pregou peças de formas inimagináveis. Já fazia um tempo que não tirava a amazona de Pegasus da cabeça, então talvez, só talvez, essa gravidez não tenha sido tão ruin assim.

- No que diabos eu estou pensando? - Pergunta Aiolia enquanto via Seiya se jogar em cima da cama.

 Estava tão confuso quanto ela, mas ele não foi criado para deixar uma donzela desamparada.

- Seiya? - Chama Aiolia pela mais nova.

- Aiolia, eu não queria te meter nisso tudo. - Explicava a mais nova rapidamente. - Eu não sei o por quê  da Artemis ter feito isso com a gente.

- Seiy- - Aiolia rapidamente foi interrompidk por Seiya que disse:

- Talvez a Saori consiga nos fazer voltar a ser homens e-

Seiya não pode terminar de falar ao sentir Aiolia envolvendo seus braços em volta de seu delicado corpo e dizendo:

- Não se preocupe, eu irei assumir essa criança. - Disse Aiolia imediatamente antes que Seiya pudesse fazer algo.

Seiya se sentiu enjoada. Ela pensava que Aiolia só estava assumindo o filho por pena da mesma, e esse pensamento a deixou muito triste.

Mas ao contrário do que Seiya imaginava, Aiolia não pensava assim. Pois na mente do mais velho essa era a oportunidade perfeita para se aproximar da mais nova. Em outras palavras, esse bebê veio na hora certa, ele fará de tudo para os fazer felizes.

Aiolos x Shura

Aiolos estava sentada no jardim quando sente alguém tampar seus olhos com a mão dizendo:

- Adivinha quem te ama? - Pergunta uma voz que era muito conhecida por Aiolos.

- Shura. - Responde Aiolos, e logo depois Shura deposita um beijo apaixonado em seu pescoço. - Parece bastante animado.

- Por que não estaria após receber a melhor notícia do mundo de que você vai ser pai? - Pergunta dando um doce beijo na delicada mão da morena.

- Está me dizendo que vai assumir? - Pergunta Aiolos curiosa.

- Claro. - Disse passando a mão na barriga da mais velha.

- Que bom, achei que precisaria ter que te ameaçar.  - Disse em um sussurro.

- Oque? - Pergunta Shura que não tinha ouvido direito.

- Nada!

- Eu quero sentir o chute. - Disse colocando o ouvido na barriga de Aiolos. - Eu quero um chute!

- Tá bom. - Fala Aiolos chutando Shura bem nas partes íntimas.

- Aiii. - Disse se afastando rapidamente. - Não esse tipo de chute.

Aiolos não pode deixar de sorrir. Estava muito feliz por Shura ter escolhido aceitar o bebê, e mas feliz ainda ao saber que fará uma família com o homem que ama.

Shun x Hades

Hades tinha acabado de se teletransportar para a sala da mansão. Infelizmente a aula com aqueles adolescentes não foi nada fácil, pois os mesmos não sabiam de nada sobre mulheres.

- Cadê todo mundo? - Ele se perguntou ao sentir a presença de ninguém na sala.

Não demorou muito para sentir o cosmo angústiado de Shun vindo do quarto da mesma. Então em questão de segundos, ele estava ao lado dela enquanto a mesma chorava em seu travesseiro.

- Oque a afligem minha rainha? - Perguntou o Deus preocupado.

Shun ouvindo a voz do Deus se sentou na cabeceira da cama e fez sinal para o Deus se sentar tambem.

- E-eu t-tenho que te contar uma coisa. - Disse Shun vermelha como um morango.

- Kawai. - Pensa Hades por um momento. 

- E-eu...e-estou..gr- - As palavras ficaram presas em sua garganta, mas para a surpresa dela Hades diz:

- Gravida?

- C-como sabe? - Pergunta Shun com medo de Hades estar bravo.

- Porquê eu posso sentir um pequeno cosmo divino emanar de seu ventre. - Disse colocando a mão de leve em Shun que se recuou ao toque.

- E-eu não sei o por quê de Artemis escolher nos dois... mas só sei que ela fez isso. E agora eu estou grávida de você mesmo que nós nunca tenhamos tido relações sexuais. - Disse a mais nova constrangida com a última parte.

Hades não podia contar que foi ideia dele Artemis unir os dois. Pois a mesma poderia ficar com raiva dele, e a raiva de Shun seria a ruína do Deus. Então ele disse:

- Podemos criar eles juntos  - Disse Hades para a surpresa da mais nova.

- V-vôce tem certeza disso? - Pergunta Shun ainda surpresa. - eles? -Ela pensou.

- Claro, afinal. Eu te amo. - Fez pausa. - E a garota que eu amo dará a luz ao futuro príncipe ou  princesa do inferno.

- Faremos isso dar certo? - Pergunta Shun ainda corada.

- Sim. - Disse o Deus com a mão no coração.

- Com todas as falhas?

- Com todas as falhas! - Disse Hades a Shun depositando um leve beijo na testa da mesma.

Mu x Aldebarã

Mu estava sentada no jardim da mansão Kido olhando para o céu atentamente. Seus pensamentos logo foram interrompidos ao notar a presença de Aldebarã. Olhando melhor sua expressão, ela pode ver entre vários outros sentimentos o sentimento de... culpa?

- Mu, eu não queria- - Infelizmente Aldebarã não pode terminar de falar pois Mu o interrompeu dizendo:

- Por favor, não se desculpe por nada. - Disse a Ariana já prevendo oque o mesmo iria dizer.

- Mas se não fosse por mim, você não estaria assim. - Disse Aldebarã apontando para a barriga de Mú como se fosse algo do mal.

- Isso não é ruin. Não irá acontecer nada comigo. - Fez pausa  - Gravidez não é doença.

- Eu sei, mas você é tão delicada. - Disse ainda se sentindo culpado.

- Você se lembra da nossa primeira vez? - Pergunta Mu a Aldebarã que arregala os olhos.

"Flashback on"


Continua...


Notas Finais


E esse foi mais um capítulo.
Espero que tenham gostado.
Até o próximo capítulo.
Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...