História Amazona - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias The 100
Personagens Clarke Griffin, Lexa, Octavia Blake, Raven Reyes
Tags Amor, Clexa, Colegial, Comedia, Drama, Esporte, Luta, Romance, The 100
Visualizações 218
Palavras 5.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cap grandinho já peguem pipoca e seus docinhos =D

Capítulo 49 - Capítulo 49


Fanfic / Fanfiction Amazona - Capítulo 49 - Capítulo 49

Clarke Pov

Outro dia começou e já fui chacoalhando Lexa ao meu lado para acordar, dessa vez nós não iríamos perder aula. Vendo que Lexa já tinha aberto os olhos eu já fui logo correndo para o banheiro e ligando o chuveiro.

'' O que está fazendo loirinha?'' Lexa apareceu encostada na porta do banheiro com o cabelo todo bagunçado e seu pijama de patinhas de cachorro

'' Indo tomar banho?'' Respondi já arrancando minha blusa do pijama e jogando no chão

'' É final de semana loirinha não temos aula hoje...'' 

'' Ooh'' Olhei para Lexa já com meu short nos joelhos e ela riu

'' Ooh''  Lexa repetiu divertida e se aproximou de mim me carregando nos braços e me levando de volta ao quarto, ela então me colocou deitada na cama e me deu um beijo rápido nos lábios '' Fica aí quietinha que irei te trazer um café da manhã caprichado!'' 

'' Com pão de mel?''

'' Muitos pão de mel'' Lexa piscou e logo saiu do quarto

Fiquei deitada na cama assistindo TV, e logo Lexa voltou ao quarto com uma bandeja cheia de comida e dois copos com suco de morango.

'' Trouxe pão caseiro, presunto, queijo, geleia, manteiga, doce de leite, bolacha, torradas, e o seu pão de mel'' Lexa colocou a bandeja ao meu lado '' E claro para acompanhar o suco de morango que você tanto ama!'' 

'' Meu deus..assim vou virar uma baleia'' Olhei abobada para tudo aquilo

'' Vai ser a baleia mais linda do meu mar'' Lexa respondeu me fazendo rir

'' Vamos provar algo novo...'' Peguei o pão de mel e o cortei no meio e passei doce de leite, e logo comi sentindo aquele gosto dos deuses '' Hummm..hummm isso é muito bom!'' Olhei para Lexa que me observava se divertindo

'' Eu também quero''

'' Espera aí'' Preparei outro pão de mel e coloquei o doce de leite dentro e dei para Lexa comer, e ela parecia feliz mastigando me fazendo sorrir

'' Humm realmente...isso é bom!''

'' Alguém da casa já acordou?'' Perguntei preparando outro lanche pra eu poder comer

'' Não, eu aposto que as meninas e Lauren vão soltar o ronco até a hora do almoço'' 

'' Sinto muito por ter te acordado por nada!'' Falei vendo ela negar com a cabeça 

'' Na verdade você me deu a oportunidade de tomar esse café da manhã magnifico com você, e além disso me deu uma ideia para terminar com meu fetiche!'' Lexa deu um sorriso de lado

'' Terminar que Fetiche?'' Levantei uma sobrancelha 

'' Se lembra quando brincamos com o leite condensado?'' Lexa segurou o pote com o doce de leite

'' Sim, e você me deixou só na vontade'' Respondi bufando

'' Dessa vez eu não ireia deixar'' Lexa piscou e se aproximou de mim com o pote na mão '' Poderia fazer a gentileza de tirar seu sutiã? Ou melhor poderia tirar toda sua roupa?''

'' E se eu recusar?''

'' Então eu vou pegar todos os seus pão de mel quando você estiver dormindo e vou comer tudo sozinha'' Lexa me ameaçou e já fui soltando o feixe do meu sutiã fazendo ela rir

'' Isso mesmo tira tudinhoo''

'' Você é uma pervertida!'' 

'' Que calúnia eu sou apenas uma doceira'' 

'' Humm...tá bom''

'' Agora deita que irei te enfeitar'' Lexa pediu e logo me deitei do lado da cama que não estava a bandeja 

'' Você e essas suas ideias...'' Suspirei vendo Lexa rir enquanto passava o doce pelas minhas bochechas, queixo, pescoço, e parou nos seios

'' Bon appétit, baby...Appetite for seduction'' Lexa comentou a cantar me fazendo rir 

'' Katy perry? Sério Lexa?'' 

'' Apenas aprecie loirinha enquanto eu te degusto!''

Lexa se inclinou e beijou minhas bochechas logo depois dando uma lambida e sugando o doce de leite da mesma, e ela fez isso com todo o resto das partes do meu corpo que havia passado o doce me deixando extremamente excitada! E quando Lexa chegou em meus seios ela os apalpou me fazendo morder os lábios em resposta, e depois soltou me dando o seu melhor olhar quente.

'' Esses sim são os pão de mel que eu quero!''  

Lexa então se inclinou de novo e abocanhou um dos meus seios, e começou sugando meu mamilo de leve me fazendo apertar o lençol embaixo de mim. E ela continuou dando pequenas sucções enquanto também lambia todo o doce de leite que havia passado. Aquilo parecia uma eterna tortura, e quando achei que Lexa tinha terminado ela passou a brincar com meu outro seio fazendo os mesmos movimentos deliciosos com aquela boca gostosa que possuía. 

'' Oooh Lexa...você está me matando...''

'' Você é tão gostosa loirinha, eu não consigo parar de te provar'' 

Lexa passou mais doce de leite agora na minha barriga fazendo uma trilha até meu umbigo, e descendo para minhas coxas. Levantei minha cabeça bem a tempo de ver Lexa passar sua língua sexy na minha barriga descendo até meu umbigo, e parando para dar uma sugada que me fez suspirar alto fazendo ela sorrir vitoriosa. Lexa então deixou meu umbigo e foi direto para minhas coxas mordendo uma de leve, e me fazendo sentir um calor infernal entre minhas pernas. 

'' Isso é tortura Lexa...aahh...ooh...'' Apertei o lençol com mais força 

'' Xiu loirinha, eu ainda não terminei...''

E para terminar com a brincadeira Lexa passou o doce de leite por cima do meu sexo o lambuzando todo, e depois me deu um sorrisinho arteiro e abaixou dando um beijo no local me fazendo fechar os olhos para o que estava por vir. E nem deu tempo de me preparar quando senti Lexa me invadir com sua boca gostosa enquanto sugava e enfiava sua língua em meu sexo, era uma sensação indescritível e eu já nem conseguia mais segurar os gemidos que eu estava controlando.

'' Oow Lexa...isso bem assim...continua...oooh...hummm...''

'' Tão quentinha loirinha...tão deliciosa''

Lexa retirou sua boca de mim e enfiou dois dedos em meu sexo, me fazendo me contorcer inteira na cama e gemer ainda mais alto. E Ela parecia se divertir enquanto bombeava seus dedos com agilidade e vontade em mim me deixando completamente louca!

'' Aaah...ah..eu estou...quase...''

'' Goza meu amor me deixe te provar''

E foi com essas palavras ousadas que enfim cheguei em meu ápice a qual Lexa foi rápida em se deliciar. Ela sugou e lambeu cada rastro do meu prazer me deixando com uma visão sexy dela, e eu quase infartei quando Lexa se levantou colocando o pote na bandeja e deixando tudo no chão, e começou a retirar as próprias roupas ficando nua e logo subindo em cima de mim.

'' Senhor...você fica muita linda com essas bochechas avermelhadas'' Lexa me encarou e os olhos dela transbordavam puro desejo me deixando excitada novamente 

'' Eu sou sua Lexa faça o que quiser comigo!'' Respondi vendo ela sorrir

'' Oh, sim eu farei!''

Lexa me beijou de uma forma avassaladora enquanto me agarrava pela cintura e juntava nossos corpos em apenas um, ela então começou a se mover enfregando seu sexo no meu me fazendo sentir muito quente! Segui os movimentos de Lexa enquanto continuava com o beijo sugando os lábios dela e brincando com a língua dela em minha boca me deixando com vontade de sempre mais e mais. E Lexa então começou à aumentar a intensidade dos movimentos, e eu já estava gemendo de novo me esfregando nela mais forte e sentindo o prazer invadir todo o meu corpo.

'' Você...é tão gostosa...aah..''

Lexa sussurrou no meu ouvido enquanto também dava pequenos gemidos e falava o meu nome, e ela logo chegou em seu ápice me fazendo sentir o corpo dela todo tremer sob o meu, e não demorou muito para eu também chegar e meu corpo sucumbir ao prazer. Lexa no final deixou seu corpo cair ao lado do meu, e encostou sua cabeça no meu peito enquanto entrelaçava suas mãos na minha.

'' Eu te amo loirinha, eu te amo muito!'' Lexa sussurrou apertando nossas mãos

'' Eu também te amo Lexa'' Me inclinei um pouco e beijei a testa dela, e depois joguei o cobertor que estava ao meu lado em cima de nós duas tampando nossos corpos

Quando percebi Lexa já estava dormindo no meu peito, e eu também aproveitei aquele dia para descansar um pouco, e deixei meu cansaço me vencer fechando meus olhos. Não sei quanto tempo eu dormi mais acabei acordando ao ouvir berros se espalhando pela casa já que alguém estava brigando, e Lexa também ouviu já que se levantou resmungando e coçando os olhos.

'' Caramba gente me dá um tempo!'' Lexa comentou pra si mesma

'' aaaaAAAH MEU DEUS'' Dei um berro ao ver o horário pelo meu celular já eram 1 hora da tarde 

'' O que foi?'' Lexa perguntou assustada ao meu lado

'' Dormimos demais Lexa...'' 

Já fui correndo para o banheiro tomar um banho e Lexa me acompanhou meio sonolenta. Nós duas tomamos um banho rápido e depois nos vestimos para poder sair do quarto. Eu acabei colocando minha roupa de montaria uma blusa xadrez vermelha, calça jeans, o meu cinto com fivela, meu chapéu e minha bota. E Lexa colocou uma camiseta preta de caveira, um short cinza de algodão e chinelo de dedo. 

'' Você vai em algum lugar?'' Lexa perguntou me olhando de cima a baixo 

'' Para o rancho, mas antes preciso ver que confusão que está acontecendo aqui!''

'' Tem treino aos sábados?'' 

'' Não, eu vou apenas buscar Major''

'' Entendi''

'' E você Lexa não anda tirando o leite das vacas de manhã?''

'' Aah não eu até tentei mais não dá certo! Seu pai me disse que posso tirar no horário da tarde já que ele faz a parte da manhã''

'' Preguiçosa...'' Respondi brincando

'' Sou mesmo e com muito orgulho!'' Lexa bateu a mão no peito me fazendo rir

'' E agora vamos ir checar o que o povo anda aprontando'' Andei até Lexa e segurei na mão dela

E então nós duas saímos do quarto e caminhamos até a sala quando uma frigideira passa voando e quase acerta bem na cabeça de Lexa que conseguiu desviar.

'' Carambaa..que porra foi essa?'' Lexa olha ao redor e logo Octavia chegou da cozinha com uma expressão de culpada

'' Desculpa Lexa não era pra você''

'' Você é uma vaca Octavia! Como se atreve a jogar uma frigifeira em mim?'' Raven aparece logo em seguida puta da vida

'' Meninas o que aconteceu?'' Perguntei confusa

'' Essa babaca comeu todo o chocolate branco que eu comprei!'' Octavia apontou pra Raven

'' Do que você está falando? Você acabou com meu esquine, meu iogurte e ainda tomou o meu refrigerante favorito!'' Raven respondeu chateada

'' Raven você sabe que eu tenho uma prova importante pra fazer segunda, e preciso dos meus chocolates ao meu lado para poder me acalmar e conseguir estudar. E você como minha namorada deveria saber disso e não sair comendo os meus calmantes'' Octavia retrucou

'' Seus calmantes? E eu ia lá saber que chocolates são seus calmantes? Vá tomar um chá!'' Raven respondeu e Octavia já pegou uma outra panela pra jogar em Raven 

'' EI EI PAROU...'' Lexa se colocou no meio das duas '' Octavia eu compro outro chocolate pra você, e Raven não coma mais nada que não for seu...e isso serve para as duas'' Lexa olhou séria para Raven que concordou e depois olhou pra Octavia que apenas assentiu bufando

'' Era apenas um chocolate sua idiota!'' Raven resmungou ainda chateada e saiu da casa deixando Octavia sem palavras

'' Apenas uma prova?'' Perguntei olhando bem para Octavia ela não era de surtar tanto por causa de um chocolate

'' Meus pai está voltando...'' Octavia respondeu me olhando e ali eu havia entendido o motivo de toda confusão 

'' Droga..'' 

'' O que foi?'' Lexa perguntou confusa

'' Quer responder?'' Olhei para Octavia que assentiu

'' Meu pai me disse que quando voltassem para LA iria me buscar, e me casar com o meu pretendente arranjado'' 

'' Pretendente arranjado? Isso ainda existe?'' Lexa olhou surpresa para Octavia

'' Bem, para meu pai existi'' 

'' Quer me explicar isso melhor?'' Lexa se sentou no sofá e pediu que Octavia se sentasse ao lado dela

'' Apenas Clarke sabe da minha história...'' Octavia olhou pra mim e depois para Lexa continuando a contar '' Não é que eu não confie em você ou na Raven, e que Clarke meio que entrou na história por causa da mãe dela...''

'' Ok, e que história é essa?'' Lexa perguntou calma

'' Meu pai nasceu em Dubai onde meus avós moram com o resto da minha família atualmente, minha mãe nasceu aqui nos EUA. Os dois se conheceram durante um congresso aqui já que os dois são famosos arquitetos e acabaram fazendo uma união das suas agências criando apenas uma única. Os dois então começaram a trabalhar juntos e construíram vários prédios e empreendimentos juntos. E logo eles começaram a sair e a namorar, não demorou muito para que minha mãe ficasse grávida e eu nascesse, isso fez meu pai querer voltar para Dubai, e ele levou minha mãe para me criar lá junto com a família dele''

'' Nossa..'' Lexa olhou surpresa para Octavia

'' A família do meu pai é muito rica e quando digo rica não estou brincando! Para você ter uma noção meu pai tem casa em 20 países diferentes, tirando é claro os prédios que ele construiu junto com minha mãe. E eu cresci no meio dessa riqueza toda e de princípios um tanto rigidos, eu nunca consegui me acostumar e nem viver com a família do meu pai, apesar da riqueza e inteligencia eles pareciam viver ainda na época das cavernas, sempre dizendo e fazendo coisas ridículas que eu nunca vou entender''

'' Que tipo de coisa ridículas?''

'' Não contratavam negros para trabalhar na agência e nem pessoas com alguma deficiência alegando ser um atraso de vida e trabalho'' Octavia respondeu e Lexa olhou pra ela de boca aberta

'' Bem, continuando um dia meu pai recebeu um pedido de trabalho em LA com minha mãe para construir outro prédio, e eles teriam que morar por lá durante 1 ano para monitorar tudo de perto já que era uma construção de um cara muito rico, e que queria tudo perfeito. Meu pai é claro aceitou e me levou junto com minha mãe para morar LA, e detalhe na época eu já era adolescente e estava animada por finalmente deixar Dubai e a família insuportável do meu pai. E quando chegamos em LA um acidente aconteceu logo após deixarmos o aeroporto e pegarmos um táxi, o táxi bateu em um ônibus desgovernado e minha mãe acabou se ferindo gravemente''

'' Minha nossa Octavia''

'' A sorte era que o hospital estava perto e fomos rápido em levar minha mãe para ser atendida, e sabe quem atendeu ela?'' Octavia perguntou olhando para Lexa

'' Quem?''

'' A mãe da Clarke nossa querida Abby, ela salvou minha mãe e se tornou uma espécie de anjo da guarda para meu pai que ficou muito agradecido por ela ter salvado à vida de sua esposa querida. E um tempo longo se passou e já estávamos no meio do ano quando decidi tentar uma bolsa na universidade daqui para tentar escapar de voltar para Dubai, e no final eu consegui mais meus pais ficaram contra dizendo que eu deveria me alistar na universidade de Dubai já que iriamos voltar pra lá''

'' E o que aconteceu?'' Lexa prestava atenção 

'' Aconteceu que meu pai foi comigo na universidade retirar minha bolsa, e no mesmo dia por milagre ou destino a mãe da Clarke estava por lá para dar uma palestra para alguns alunos de medicina. Meu pai então reconheceu ela e ficaram conversando até entrarem no assunto da minha bolsa, e a Abby acabou por convencer meu pai em me deixar estudar lá e no final quando já estivesse formada voltar para Dubai, ela também disse que tinha uma filha que estudava lá e me apresentou para Clarke naquele dia'' Octavia olhou pra mim e eu sorri me lembrando de nosso primeiro contato

'' Foi um dia intenso'' Falei vendo ela concordar

'' Por causa da Abby meu pai acabou aceitando minha entrada da universidade, e ele deixou claro que assim que eu terminasse meu curso ele iria vir me buscar para que eu voltasse com ele para Dubai, e para não bater de frente com meu pai eu acabei concordando. O tempo passou e assim que terminou o ano ele foi embora com minha mãe de volta para Dubai quando terminaram a construção do prédio, e eu fiquei morando no dormitório da universidade, e depois dividi ele com Raven que conheci em seguida'' 

'' Entendi, mas você não disse que ele viria te buscar assim que você terminasse o curso? Que eu saiba você ainda não terminou'' Lexa respondeu confusa

'' É aí que está o problema ele resolveu de uma hora para outra não mais esperar, e quer vir me buscar para voltar com ele para Dubai e terminar o curso por lá, e para piorar ele quer que eu me torne noiva do filho de um amigo dele que é sócio da agência''

'' Que absurdo Octavia! Seu pai sabe sobre seu relacionamento com Raven?''

'' Ele não pode nem sonhar com isso, meu pai é muito preconceituoso e se soubesse da Raven iria me fazer voltar agora mesmo pra Dubai com uma passagem apenas de ida''

'' Minha nossa...quando ele chega?''

'' Na próxima semana acho que quarta-feira''

'' Não se preocupe Octavia nós vamos dar um jeito! Eu não vou deixar seu pai te levar, e nem te fazer virar noiva de algum bobão nerd'' Lexa respondeu e Octavia sorriu pra ela

'' Obrigada''

'' Octavia agora eu acho que você deveria pedir desculpas para Raven, ela não sabe o que está acontecendo e ela gosta muito de você'' Falei vendo Octavia assentir

'' Sim, eu irei me desculpar com ela...'' 

'' Você sabe me dizer a onde está meu pai, Anya e Lauren?'' Perguntei não vendo eles 

'' Seu pai está no escritório, e Lauren foi pescar com Anya no rio. E antes de vocês irem vê-la deveriam almoçar'' Octavia comentou antes de sair da casa para ir falar com Raven

'' Bem, então vamos almoçar'' Falei vendo Lexa retirar o celular do bolso

'' Esse troço não para te vibrar...'' Lexa tocou na tela do celular e tinha 3 mensagens lá '' É o meu psicólogo'' Ela fez careta

'' O que ele quer?''

'' Me pediu desculpa pelo comportamento imprudente que teve comigo na última consulta, e ele pede que eu não desista dele e vai me dar 3 consultas grátis para se redimir, e ainda disse que vai me ajudar à resolver o meu problema'' 

'' Hum...''

'' Você acha que devo ir?''

'' Quer minha sinceridade? Eu acho que você não deveria mais ir ele foi um completo babaca com você''

'' Ele pode ter tido um dia ruim''

'' Ele é pago para te dar os melhores conselhos e te guiar de uma forma saudável não importa o quanto esteja sendo ruim o dia dele. Você foi lá e se abriu contando coisas importantes da sua vida, e o máximo que ele poderia fazer se não queria mais te ajudar era te passar para outro profissional poder continuar com as consultas''

'' Você tem razão eu irei agradecer ele e dispensar a oferta'' 

'' Se você quer continuar com as consultas você pode encontrar alguém muito melhor do que ele, e que vai te tratar da maneira que você merece'' Falei segurando na mão dela

'' A minha melhor ajuda é ter você loirinha'' Lexa me deu beijo carinhoso e se afastou

'' Agora vamos almoçar?''

'' Sim, vamos encher o bucho!'' Lexa respondeu me fazendo rir

Nós então almoçamos juntas e depois que terminamos Lexa foi ver como estava Lauren e Anya, enquanto eu fui para o rancho buscar Major. 

Taysa Pov

Eu estava furiosa meu plano para fazer com que Lexa voltasse para origem da luta tinha dado errado. Eu tinha convencido o Roberson em fazer novas consultas com Lexa, e que ele precisava continuar com o processo da regressão para ajudar ela, mas na minha cabeça fazer Lexa voltar ao passado pela regressão era uma porta importante para ela voltar ao que era antes. O problema surgiu quando Roberson me ligou dizendo que Lexa havia agradecido pela oferta só que não iria aceitar fazendo todo o meu trabalho ir por água abaixo!
 
'' QUE DROGAAA!'' Berrei ao ver a mensagem de Roberson jogando o travesseiro da cama de Monty na parede

'' Oooh calma Millena'' 

'' Me chame de Taysa!''

'' Ok, se acalme Taysa. Você poderia me contar o que aconteceu? Você chegou aqui em casa se jogou na minha cama e ficou com essa cara de poucos amigos sem falar nada, e de repente surta jogando meu travesseiro na parede...eu estou preocupado!'' Monty respondeu

'' Meu plano deu errado''

'' O plano de fazer Lexa fazer regressão?''

'' Sim, o Roberson disse que Lexa está em um momento muito vulnerável com problemas de obsessão e ciúme excessivo pela namorada. Ele disse que pode ser pelo fato da Lexa nunca ter dito uma base sólida de alguém que estivesse ao lado dela depois da morte da mãe, então ela se apegou na Clarke para não se quebrar. Ele disse que durante a regressão Lexa falou sobre algumas lutas que aconteceram no submundo, e por causa disso achei que se Lexa continuasse fazendo as consultas ela poderia voltar ao que era antes'' 

'' E não vai ter mais consultas?''

'' Parece que Roberson se assustou pelo que Lexa disse durante a regressão e acabou tratando ela de forma ruim, por isso Lexa negou ter novas consultas e meu plano afundou de vez''

'' Na verdade não afundou eu te disse que a melhor maneira de atingir Lexa é separando ela da namorada, se ela está tão vulnerável como o Roberson falou então uma traição da Clarke iria fazer ela se quebrar por inteira, e quem sabe Roberson tivesse outra chance de poder ajudá-la e fazer a regressão acontecer''

'' Monty você é um gênio!'' Apertei as bochechas dele com a mão fazendo Monty parecer um peixe esmagado '' Mas como eu irei fazer com que isso aconteça se Lexa não sai da fazenda, e quando sai fica o dia inteiro grudada na namorada dela?''

'' Horas pague alguém da universiade que elas estudam para dar em cima da Clarke na frente da Lexa, eu tenho certeza que existem muitas pessoas lá que fariam qualquer coisa por mais dinheiro no bolso''

'' Tem razão na segunda-feira mesmo eu vou dar uma escoltada e arranjar alguém para fazer isso, eu vou acabar com a relação dessas duas ou não me chamo Taysa!''

'' E você não se chama mesmo...''

'' Cala a boca Monty''

'' Desculpa!''

'' Que Lexa se prepare eu farei de tudo para ela voltar para nós'' 

Lexa Pov

A tarde tinha passado rápido e Lauren junto com Anya tinham entrado mais cedo em um disputa de quem pescava mais peixes, e Lauren acabou vencendo pescando 12 deles. E depois da competição ficamos no rio nadando e brincando de mergulhar e pegar pedras bonitas. Octavia por sua vez parecia ter conseguido fazer as pazes com Raven e as duas ficaram no quarto estudando, já minha loirinha quando voltou com Major foi dar uma limpada na baia dele no estábulo, e aproveitou para limpar o espaço de Hera também. E assim que minha loirinha terminou ela me ajudou com algumas tarefas da fazenda, e em seguida fomos tomar banho e nos arrumar para podermos ir com as meninas ao moinho fazer uma festa de pijama noturno;

Assim que todas estavam arrumadas levamos algumas cobertas e travesseiros e caminhamos até o moinho, e lá subimos as escadas até o último andar e colocamos tudo no chão fazendo uma grande e espaçosa cama. As meninas também tinham trazido lanches na mochila, e nós comemos bastante enquanto conversávamos e brincávamos de guerra de travesseiro com Lauren. Os cachorros e Nina também se uniram na festa mas não quiseram brincar, eles simplesmente se jogaram na cama espaçosa e ficaram deitados observando.

'' Ei Vagaluminoso você não acha que está muito espaçoso?'' Olhei para ele que se deitou em cima de dois travesseiros '' Estou falando com você seu atrevido'' Me joguei na cama ao lado dele e fiquei fazendo carinho em sua barriguinha vendo o rabinho dele balançar de um lado para o outro

E Nina estava com Lauren que brincava com ela com um pedaço de corda fazendo com que Nina corresse atrás da corda e tentasse pegá-la, já minha loirinha que me chamava de preguiçosa estava deitada com a cabeça em cima da barriga de Dark que não se importava nenhum pouco com os maus modos de sua dona. E Raven, Octavia e Anya não paravam quietas criando novas brincadeiras para jogar, e acabaram querendo brincar de pega-pega obrigando o resto de nós em entrar na brincadeira.

'' Raven começa pegando'' Falei vendo ela me dar um olhar mortal

'' Ok, eu vou pegar todos vocês para me vingar pelo esconde-esconde'' Raven respondeu séria

'' Lauren corra bem rápido'' Minha loirinha aconselhava Lauren que sorria animada concordando

'' Vale toda o terreno Raven'' Octavia falou e Raven olhou para ela pasma

'' Todo terreno quer dizer o quê?'' 

'' A fazenda inteira'' Minha loirinha respondeu e dessa vez Raven deu um olhar mortal pra ela

'' Tudo bem, vocês não podem cubrir tudo isso não são o bolt'' Raven falou e começou com a contagem enquanto o resto de nós corria por nossas vidas...ou melhor por nossa permanencia na brincadeira

Eu, minha loirinha e Lauren corríamos juntas pelo plantação fora do moinho e era até bom já que escondia a gente de Raven, e não demorou muito para eu poder ver ela saindo correndo do moinho e pegar Anya perto do trator, e Raven continuou correndo e pegou Octavia quase perto de onde nós estávamos. E quando Raven veio correr na nossa direção eu e minha loirinha nos separamos ela correu para a esquerda com Lauren e eu corri para a direita, e Raven é claro veio atrás de mim. E como não sou boba nem nada subi em uma árvore pelo caminho e Raven ficou lá embaixo irritada por não conseguir subir.

'' Aaah Lexa desci dai''

'' Não quero e não vou''

'' Ok, vou atrás das outras e depois volto aqui'

E logo Raven foi atrás da minha loirinha e de Lauren, e eu observando por cima da árvore tinha visto elas salvando Octavia e Anya de virarem estátuas. E foi engraçado de ver Raven igual uma louca correndo atrás das 4 que fugiam correndo em direções aleatórias fazendo Raven não saber pra que lado ir. No final depois de correr e correr Raven ficou irritada e desistiu, e por fim eu desci da árvore vendo minha loirinha rir já que eu fiquei assistindo tudo de camarote e sem esforço nenhum.

'' Raven sempre desisti não tem graça'' Falei vendo ela bufar

'' Não tem graça pra mim ficar correndo atrás de vocês, e alguém ficar toda hora salvando quem eu peguei'' Raven respondeu me fazendo rir

'' Ok, agora eu irei pegar e quem eu tocar vai ficar parado e não pode ser salvo'' Falei vendo Raven me encarar incrédula

'' Agora que isso tá valendo?''

'' Desculpa pensei nisso agora por causa da sua falha'' Respondi vendo Raven querer me matar

'' Tudo bem, mas diferente das outras eu terei 2 vidas já que vocês me fizeram correr atoa'' Raven rebateu e concordei era justo!

E começou então a segunda rodada e eu fiz a contagem deixando as meninas saírem correndo para o mais longe que pudessem, e quando terminei sai que nem o flash e fui atrás de Octavia que deveria ter algum problema mental para ficar perto do moinho e não correr para longe, então foi fácil pegar ela e fazê-la virar estátua. E em seguida consegui pegar Raven e Anya, e depois fui atrás de Lauren que estava novamente com Raven já que ela tinha 2 vidas e consegui pegar as duas, e por último fui atrás da minha loirinha que ria enquanto corria me fazendo rir junto já que eu achava adorável ela correndo.

'' Loirinha pare de correr''

'' Eu não''

'' Minhas pernas estão doendo''

'' Que bom pra mim''

'' Se você parar eu te dou um beijo''

'' Eu passo essa oferta''

'' Eu te dou o meu corpo''

'' Eu já tenho isso''

'' Hum...exibida'' Respondi vendo ela gargalhar correndo na minha frente '' Eu te dou o meu coração''

'' Ele já é meu!''

Quando minha loirinha se virou para responder eu alcancei ela dando um abraço apertado enquanto ela ria da nossa travessura.

'' Te peguei''

'' Não vale você me distraio'' Ela fez beicinho e eu aproveitei dando um selinho nela

'' Você que me destrai com tamanha beleza''

Na mesma hora que respondi a mágica dos vagalumes começou a acontecer, e vários deles saíram pela plantações fazendo o mar verde voltar bem diante dos nossos olhos. Eu pude escutar a voz de Raven berrando ao longe animada junto com Lauren sobre os Vagalumes, e logo vi elas correndo para dentro do moinho com as outras para ver do alto melhor aquela lindo fenômeno que estava acontecendo. 

'' Aceita dançar comigo?'' Estendi minha mão para minha loirinha segurar

'' Aqui? E sem música nenhuma?'' Ela me olhou surpresa

'' Sim, eu e você no mar dos vagalumes dançando apenas com o som do vento'' Respondi e ela riu segurando na minha mão 

'' Ok, apenas não pise no meu pé''

'' Não irei pisar''

E assim eu e minha loirinha começamos a dançar juntinhas no meio da plantação que agora brilhava com o mar verde de vagalumes, e logo passamos mal de rir quando Raven e as meninas fizeram um coro do alto do moinho cantando ''(I've Had) The Time Of My Life'' do filme Dirty Dancing. E eu não parei de dançar com minha loirinha até elas terminarem toda a canção, e baterem palmas no final fazendo aquele momento virar algo memorável e incrível! 
   

(I've Had) The Time Of My Life
(Eu Tive) Os Melhores Momentos da Minha Vida

Agora, eu tive os melhores momentos da minha vida
Não, eu nunca me senti assim
Sim, eu juro é verdade
E devo tudo a você

Pois eu tive os melhores momentos da minha vida
E eu devo isto a você
Estou esperando há muito tempo
Agora finalmente encontrei alguém
Que fique ao meu lado
Vimos tudo bem claro
Ao sentir esta fantasia mágica

Agora com paixão em nossos olhos
Não há como disfarçar secretamente
Então nós damos as mãos
Pois hoje entendemos a urgência

Apenas lembre-se
Você é a única coisa
Da qual nunca me canso
Então vou lhe falar o seguinte
Isto pode ser amor, porque...

Eu tive os melhores momentos da minha vida
Não, eu nunca me senti assim
Sim eu juro é verdade
E devo tudo a você

Oh querida

Com meu corpo e alma
Eu te quero mais do que você jamais saberá
Por isso vamos nos soltar
Não tenha medo de perder o controle, não
Sim eu sei que está na sua mente
Quando você diz: Fique comigo esta noite
(Fique comigo)

Lembre-se apenas, você é a única coisa
Da qual nunca me canso
Então vou lhe falar o seguinte
Isto pode ser amor, porque...

Eu tive os melhores momentos da minha vida
(Eu tive os melhores momentos da minha vida)
Não, eu nunca me senti assim
Sim eu juro é verdade
(Sim eu juro)

E devo tudo a você
Pois eu tive os melhores momentos da minha vida
E eu procurei através de cada porta aberta
(através de todo lugar)
Até que eu encontrei a verdade
E devo tudo a você

 


Notas Finais


(I've had)The Time Of My Life>
https://www.youtube.com/watch?v=sfVb4TDnbBg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...