1. Spirit Fanfics >
  2. AmberPrice - The Rainbow >
  3. Os olhos

História AmberPrice - The Rainbow - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Os olhos


Fanfic / Fanfiction AmberPrice - The Rainbow - Capítulo 2 - Os olhos

Os olhos

A janela da alma como já dizem mas por que? Neles consiguimos ver nossas emoções não apenas vemos as cores, ou sua pupila como também sorrimos com eles, ou choramos com eles...mostramos quem somos por eles, o primeiro contato visual nos olhos traz uma sensação forte dentro de nós, como uma bomba explodindo talvez? Um medo junto com curiosidade ao conhecer alguém pela primeira vez, ao olhar eles brilharem em sua direção, 

sua pupila dilatar quando vemos algo que gostamos, estão vendo que olhos não são apenas para enxergar?


(Rachel?? O nome da novata é realmente muito..bonito?) chloe ainda pensando no nome da pobre novata

A observa a linda garota de longe em sua carteira mas não havia coragem dentro dela para conversar com a doce menina? Já estava fazendo amigos, como aquela garota consiguia ser tão sociável, foi rápido, afinal a jovem é bonita era de se esperar, o meninos da sala obviamente enchendo suas mesas com baba, porque meu deus ela era muito bonita, seu cabelo era um castanho claro misturado ao um loiro, sorria o tempo todo, mexia sempre em seu cabelo, havia um ar muito sensual nela. 

O sinal das 13:45 havia batido quando todos os alunos imediatamente se levantaram arrumando seus materias e saindo da sala mas a novata estava sentada ainda, por que? Chloe via algo diferente nela, ela estava escrevendo ainda algo em seu fichário a professorar já tinha saído.

(Ela ainda está sentada? Será que eu deveria puxar assunto com ela? Não quero parecer invasiva)

Chloe se aproximou já começando sentir seu perfume doce de longe e viu a garota ainda escrevendo, e meu deus que letra linda, não dava para ler tão bem mas havia desenhos, uma organização impecável na mesma a garota levantou sua cabeça olhando para chloe e os únicos pensamentos que vinham em direção a chloe era:

( esses olhos verdes são tão brilhantes essa garota é muito bonita mesmo )

A própria novata abriu um sorriso olhando para chloe, como se algo dentro dela tivesse derretido..

A novata pergunta para a Price “Oi desculpa mas poderia me informar onde fica a sala de teatro gostaria de me inscrever” a chloe confusa mas lembra que havia visto uma placa de inscrições para aulas de teatro no final do corredor “é no final do corredor tem uma placa lá” chloe responde enquanto abre um sorriso de lado botando suas mãos dentro dos bolsos de sua calça.

“Muito obrigada! Afinal qual seu nome?” Perguntou a novata botando uma mecha de seu cabelo para atrás de sua orelha

“C-chloe, meu nome é chloe Price” gaguejando para novata pois estava envergonhada Price não era chegada a falar com pessoas principalmente de sua sala muito menos chegar em novatos! 

 “prazer, Price! Sou Rachel” a novata abre mais um sorriso intimidador e se levanta guardando seu material e passando ao lado da mais alta, chloe sentiu seu perfume novamente era tão...bom? 

“Até mais Price!” Rachel se despede saindo da sala onde apenas a deixaria chloe sozinha na sala, e que meu deus que conversa,  Como chloe conseguiu coragem de chegar nela? E por que seus olhos verdes escuros que brilhavam em sua direção e seu perfume doce era tão hipnotizador

Chloe sai andando da sala indo direto para sua camionete que tinha acabado de conseguir em um tal de ferro velho, não estava em boa forma...ainda, faltavam muitos mais cuidados, chloe entrou e ligou seu carro óbvio que de primeiro não havia ligado o motor, o carro era carente demais para Price 

(Vamos lá lata velha...liga!

de terceira vez havia ligado a pobre garota estava cansada foi depois daquela conversa com a tal mistériosa Amber tinha lhe esgotado, dirigindo em direção sua casa estaciona à frente junto com o carro de seu padrasto babaca nomeado bigodudo, brincadeira seu nome era David, chloe não gostava dele por que não tem nem 3 anos que seu pai havia falecido do triste acidente de carro, e sua mãe já estava com outro

A garota chegou em sua casa não havia ninguém? Sua mãe estava no trabalho na famosa lanchonete do Oregon, onde os policiais e caminhoneiros paravam para bater uma boquinha e o David já estava morando com elas na época, não se conheciam nem 1 ano e ela já trouxe um homem para essa casa, David tinha um trabalho na sua escola como segurança, ele enchia mais o saco das pessoas do que ajudavam elas.

 Chloe se deitou em sua cama com ainda em sua mente a conversa inesperada que teve com a garota dos olhos verdes, e meu deus chloe? Como essa garota estava presa em seus pensamentos? 

(Eu não posso esquecer que hoje tenho o show do firewalk para ir, tenho que arrumar minhas coisas antes que minha mãe chegue)

Chloe arrumou um look bem punk para a noite sabendo que sua banda preferida de todos os tempos estava em sua cidade em uma velha ferraria e faria um show maravilhoso, chloe não podia perder a oportunidade, separando sua blusa preferida do firewalk preta com mais uma jaqueta preta uma jeans azul rasgada e um all star.

Estava tudo pronto para a noite, chloe não sabia o que estava por vir ainda

Próximo cap..






Notas Finais


tão gostando? Kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...