1. Spirit Fanfics >
  2. Amexon, um amor impossível >
  3. We are friends, don't we?

História Amexon, um amor impossível - Capítulo 43


Escrita por:


Notas do Autor


Então gente, minhas aulas da faculdade voltaram
E vai ficar meio pesado postar durante a semana
Mas no sábado às 19:30 sempre que der será publicado dois capítulos.
Espero que aproveitem bastante a leitura

Capítulo 43 - We are friends, don't we?


Fanfic / Fanfiction Amexon, um amor impossível - Capítulo 43 - We are friends, don't we?

Doze garotas.

O tempo se esgotava cada vez mais e estávamos sem pistas sobre quem ajudou Kriss a armar aquela emboscada contra mim. 

Infelizmente minhas pernas ficaram boas. Eu preciso dormir na mesma cama desprezível de Jason Ash. Ele não me toca, mas às vezes a violência mais forte contra um coração frágil, não é a física. Às vezes a pressão psicológica sobre meu filhos  me sufoca.

Durante o dia, eu fico no salão das mulheres com Lee enquanto ela me atualiza sobre o que Carter descobriu. Eadlyn divide seu tempo entre o príncipe Benjamin e trocar olhares com o filho da minha amiga querida. Não sei o que se passa mas são olhares furtivos e de certa intimidade.

Maxon não me procurou novamente e eu sei que se trata de segurança. Mas eu me sinto muito insegura.

É sexta feira. 

Hoje em especial eu acordei sozinha. Me levanto mancando um pouco e me olho no espelho. A luz do sol trouxe a vitalidade de volta ao meu rosto. As criadas colocaram aplique em meus cabelos que estão mais brilhosos e bonitos. O prendo em um coque baixo e visto o vestido separado por elas. Eu agora tenho algumas curvas e rejuvenesci alguns anos. Pareço com alguém da minha idade, não um esqueleto ambulante.

Calço as sútis botas ortopédicas que parecem coturnos beges delicados. Ouço batidas na porta e caminho até ela dando de cara com Aspen.

Ele me olha como se eu fosse um fantasma e entra me abraçando.

— Carter me contou. Não sei o que dizer. Puta que pariu. Você está viva.

Ele me puxa para dentro do armário e nos leva pelos corredores secretos. Ao pararmos, comigo ainda atordoada ele se ajoelha e abraça minhas pernas

 

— Perdão.

— Não foi sua culpa Aspen. Não surte. Alguém ajudou Kriss. E precisamos descobrir quem.

— Eu sei. Maxon sabe?- nego com a cabeça. Ninguém além de Eady sabia que Max sabia. Melhor assim. 

Aspem chora e me pego derramando algumas lágrimas antes de sair dali e ir tomar café.

Ao chegar lá apenas as garotas da elite recém escolhidas estavam lá. E segundo as pesquisas a favorita é Eady. Tanto do povo quanto do príncipe. 

 

Agora é uma corrida contra o tempo.

 

Pra que tudo caia em ruínas, frágil como areia.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...