História Amiga da Jade - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Jade, Luan Santana
Visualizações 16
Palavras 1.328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Seu pai?


Pensamento Luan on

Estávamos deitados na sala, cada um mexendo no seu celular de repente Mariana arregala os olhos e me olha.

O que foi vida? - pergunto 

Meu pai tá vindo pra cá - ela disse e eu a olhei ainda tentando entender 

Tá, mas porque isso tudo? - perguntei 

Ele tá vindo passar o Natal comigo Luan, e eu tinha me esquecido - ela revirou os olhos - amor deixa de ser lerdo né

Normal ual - eu dei de ombros - aliás, vai passar o Natal aonde? - perguntei 

No meu apê - ela respondeu - porque? 

Que tal fazermos um Natal em família juntos? - dei a ideia - se quiser trazer sua mãe e seus irmãos também, seria ótimo - eu disse e ela sorriu 

Amei amor, vou perguntar para o meu pai se está tudo OK né, porque ele ainda não sabe que eu namoro e pior, que eu namoro o Luan Santana - ela disse e eu ri

Vou avisar meus pais, volto já - eu disse e fui até meus pais que estavam na cozinha 

Oi filho - minha mãe disse e eu sorri 

Oi mãe, vim ver o que vocês acham dá minha ideia - eu disse me sentando na cadeira 

Diga - meu pai pediu 

Que tal fazermos uma janta de natal com os pais dá Mariana? Daí todo mundo se conhece - eu disse e ele se olharam 

Você tá atrasado filho - meu pai disse e eu não entendi - já tínhamos tido essa ideia é já íamos lá falar com vocês - eles disseram e eu ri 

Que bom, combinado então? - perguntei e eles concordaram, corri para falar com Mariana que me esperava na sala, ao chegar lá vi que ela dormia, sorri e a levei para o meu quarto, e depois fui responder meus fãs no Twitter, fazia tempo que não entrava lá e queria interagir com eles.

Fiquei horas ali, quando senti braços em volta do meu pescoço era minha linda que havia acordado 

Boa tarde dorminhoca - eu disse e ela selou nossos lábios 

Boa tarde lindo - ela sorriu - fazendo o que? 

Tô respondendo meus fãs né - eu sorri e ela ainda mais - sou um ídolo invejável querida - eu disse e ela riu e então me lembrei sobre o Natal - amor, minha mãe já tinha tido essa ideia, já falou com seus pais?

Com meu pai sim, ele vai ficar lá no meu apê, tá chegando amanhã cedo - ela sorriu - vou ligar pra minha mãe agora, só duvido que tenha voo para amanhã - ela torceu a boca 

Diz pra ela ficar pronta que o Rober vai lá buscar eles de jatinho - eu disse e ela sorriu 

Você é incrível amor - ela disse me beijando e eu sorri - olha esse sorriso Luan! Tô apaixonada! 

Eu sei, conquisto muito só com esse sorrisinho - eu disse e ela me deu um tapa 

Babaca - ela disse rindo 

Idiota - eu disse e ela me beijou, nós éramos assim e não tínhamos essa bobagem de ser melosos sempre.

Vou ligar para a minha mãe, volto já - ela disse e saiu, fiquei ali mais um tempo e logo veio a pergunta "e o coração como que tá meu amor?" E eu fiquei pensativo, será que já deveria anunciar para todos já? Antes de tudo eu tenho que saber o que Mariana pensa sobre isso, apenas respondi com um coração e logo sai, levantei e fui atrás de Mariana que estava no corredor, ela veio sorrindo até onde eu estava.

O que deu amor? - perguntei 

Minha mãe disse que tudo bem, que vai esperar o Rober - ela disse e eu sorri

Amor - cocei a cabeça - como é o nome dos seus pais? É dos seus irmãos? - perguntei e ela riu

Minha mãe se chama Lorena e meu Filipe, ele tem 19 anos e minha irmã Camila ela tem 10, meu pai se chama Adriano é minha madrasta Ângela, entendeu Luan? - ela perguntou e eu concordei com a cabeça, ficamos mais um tempo no quarto e resolvemos fazer pizza.

Bora Mariana! - eu disse enquanto ela entrava no meu closet e saia - a gente só vai fazer pizza minha querida 

Tô aqui já idiota - ela disse pulando na minha frente com uma das minhas camisetas e um short jeans 

Dava pra gente fazer outra coisa não é? Você tá demais com essa roupa - eu disse beijando o pescoço dela e ela logo saiu de perto 

Guarda esse fogo aí Rafael - primeira vez que ela me chamou pelo segundo nome, sorri e ela também

Rafael não hein - eu disse - para você é Luan Santana querida 

Nossa ela tá afiada hoje - ela disse e nós rimos,ovo descemos e Bruna comia algo na cozinha 

Oi casal - ela disse - tudo tranquilo? Ficou linda com essa camiseta Mari - ela disse e Mari sorriu 

Obrigada Bruninha, se quiser emprestada - ela disse piscando o olho e eu ri

Nem camisetas eu tenho mais - eu disse e ela riu

Pensamento Mariana on

Estávamos fazendo pizza e Bruna só nos olhava, ela ria toda vez que Luan não sabia o que fazer com um ingrediente, ele era muito lerdo mas eu amava esse menino!

Luan, coloca o queijo aí enquanto eu coloco o molho nessa outra - eu disse e ele concordou

Mari, ele acertou - Bruna disse e nós rimos, já Luan ficou sério

Ha ha - Luan disse e nós negamos com a cabeça 

Que tal a gente olhar um filme? - Bruna sugeriu 

Topo - eu disse - vamos na locadora? 

Vamos sim - Bruna disse 

Eu vou ficar aqui terminando tudo, já aproveitem e tragam chocolate e sorvete - Luan disse

Tá mandando muito - eu disse e ele me mostrou a língua 

Idiota - ele falou 

Babaca - eu disse e por fim nos beijamos, peguei as chaves do carro do Luan e eu e Bruna saímos.

Ai eu amo pizza - Bruna disse enquanto colocava o cinto

Eu também, quando era menor e as vezes não tinha dinheiro para comprar uma eu aprendi a fazer - eu disse e ela sorriu 

Deve ser bom saber cozinhar - ela disse 

É ótimo, quer aprender? - perguntei enquanto dirigia 

Sim - ela disse batendo palmas - quando começamos? 

Quando você quiser - eu disse e ela ficou quieta por um tempo 

Que tal depois do ano novo? Você chega do Consultório​de tardezinha né? Antes do jantar eu vou e a gente já janta juntas, pode ser? Claro se você for ficar muito cansada a gente deixa para o fim de semana - ela disse e eu fiquei pensando 

Pode ser todos os dias as 21? - perguntei 

Ótimo, vai ser ótimo esse tempo com você - ela disse feliz, chegamos no mercado e compramos o que precisávamos, voltamos para casa e então comemos as pizzas, era só elogios, depois nos deitamos porque levantariamos cedo para buscar meu pai. Acordamos por volta de 7:00 já que meu pai chegaria às 9:00, fizemos nossa higiene e 7:40 descemos para comer algo, dona Mari e seu Amarildo já estavam tomando café, nos juntamos a eles.

Bom dia - eu disse me sentando 

Bom dia - eles responderam juntos 

Vão buscar seu pai? - seu Amarildo perguntou

Sim, já já - eu respondi sorrindo e comendo - estou ansiosa fazem alguns anos que não o vejo - torci a boca

Porque? - Luan perguntou 

Ele foi morar fora, morou no Canadá e depois voltou, com a correria do trabalho não deu para ir ver ele e ele também não veio me ver - eu disse 

Que bom que vocês vão se ver - dona Mari disse - eles já sabem de vocês? - ela perguntou

Vai ficar sabendo no aeroporto - respondi e eles riram.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...