História Amiga da Jade - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Jade, Luan Santana
Visualizações 153
Palavras 1.457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Último dia no paraíso


Para Luan - eu disse enquanto ele me enchia de cócegas

Só se você me chamar de novo do que me chamou - ele disse, já que a pouco o chamei de vida - não vai chamar Mariana? Vou aumentar a potência - ele disse e me deu mais cócegas ainda 

PARA VIDA - eu gritei e ele sorriu satisfeito 

Isso mesmo dona Mariana! - ele disse sorrindo e eu não me contive, selei nossos lábios 

Lindo - sorri e ele também, brevemente me lembrei que Jade disse que o amava e que voltou para ficar com ele, nesse momento meu sorriso se desfez e eu não sabia o que fazer ou falar.

O que foi linda? - ele disse acariciando meu rosto, ele tinha um olhar de preocupado e eu não queria que ele ficasse assim 

Eu pensei agora aqui, e a Jade como fica? Ela vai achar que eu sou fura olho Luan! - eu disse 

Para, ela vai ter que entender! Porque eu quero ficar junto com você e não com ela, ela escolheu me deixar não foi uma decisão minha, a minha decisão foi ficar com você! - ele disse e foi impossível não sorrir, como a gente não fica feliz com uma pessoa tão maravilhosa na nossa vida? Não tem como não ficar e ser feliz! Logo eu a contra paixão, a coração de pedra, a amiga que só ia para as festas beber e curtir sozinha, engraçado né? Me apaixonei por alguém que esteve ao meu lado sempre, eu nunca tinha olhado para o Luan, ele sempre foi só o namorado dá minha amiga e agora? Agora ele é a pessoa pela qual eu estou completamente caidinha, ou será apaixonada? Ah eu tô confusa demais e se a Jade não falar mais comigo? Minha irmã de anos, não sei o que faria sem ela! Mas e sem o Luan? Droga! Estava nos meus pensamentos e ele me olhava atento, ele me puxou e me abraçou bem forte, que abraço!

Obrigada - disse me arrumando em seu abraço, assim ficamos por muito tempo, apenas abraçados sentindo a respiração um do outro e escutando as batidas aceleradas de nossos corações, ele só acariciava meu cabelo e eu curtia cada carinho dele, ele sabia como Jade era importante em minha vida então ele respeitava meu silêncio.

Tô aqui com você para o que der e vier viu? Eu não vou te abandonar - ele disse beijando o topo dá minha cabeça, decidi que iria deixar os problemas lá fora e aproveitaria meu tempo sozinha com o Luan. Depois de ficarmos um tempo apenas sentindo a respiração um do outro e escutando as batidas sincronizadas de nossos corações, decidimos curtir um dia ao lado de fora, um piquenique! Pegamos um lençol para nós deitarmos no chão e algumas coisas para comermos, chegamos embaixo de uma árvore e ali ficamos, curtindo a brisa do vento e contando nossas piadas sem graça.

Vou dar um pulinho no lago, vamos? - ele disse levantando e tirando a camisa, QUE HOMEM!

Vamos - sorri e então lembrei que estava sem biquíni - poxa tô sem biquíni Lu - torci a boca

Minha linda, ontem você entrou de sutiã lembra? Então hoje também pode ser - ele sorriu e eu concordei com a cabeça, então ele me ajudou a levantar e nós fomos para o lago, a cada passo que dávamos um sorriso surgia em nosso rosto, eu só queria para sempre ficar aqui com ele!!

Vou ganhar - eu disse assim que corri e me atirei na água, a água estava gostosa e eu amava água! Logo ele veio andando em minha direção, ele sorria lindamente e eu quero poder tirar uma foto naquele momento.

Você roubou, saiu correndo - ele disse enquanto me abraçava 

Eu sou esperta né - eu disse fazendo ele sorrir - você me arranca suspiros com esse sorriso Luan! 

Eu sei, por isso que to sempre sorrindo - ele disse e eu ri 

Você é demais - sorri - queria que a gente ficasse assim juntinhos, pra sempre! 

Mas quem disse que nós não vamos? Hum? - ele disse e eu neguei com a cabeça 

Eu tenho tanto medo que nossa história não seja aprovada pelos outros - eu disse e ele ficou sério 

Mariana, quem disse que os "outros" precisam "aprovar" nossa história? - ele me perguntou sério

Você tem razão, nós temos que aprovar nossa relação! Só nós! Me perdoa - eu disse selando nossos lábios 

Acho bom - ele disse e por fim sorriu

Lindo - eu disse

Lindona - ele disse me abraçando, assim ficamos, nos beijando, curtindo a água, depois voltamos para debaixo da árvore e comemos, ficamos ali mais um tempo e voltamos para a casa, lá cada um tomou banho e depois fomos assistir um filme que Luan havia trazido.

Eu amo esse filme - eu disse enquanto comia meu hambúrguer, havíamos feito.

Já olhou? É a primeira vez que olho - ele disse 

Já olhei 900 vezes, não vou te mentir - eu disse e nós rimos 

Se você diz que é bom eu confio hein - ele disse me fazendo rir, olhamos um pouco do filme e logo Luan dormia abraçado em mim, tínhamos feito uma cama na sala em frente a TV, terminei de assistir e me acolhi em seus braços, assim pela primeira vez dormimos juntos. Acordei e Luan já não estava mais ao meu lado, olhei no relógio e já eram 11:00, quando já ia levantar vejo Luan vindo dá cozinha com uma bandeja cheia de coisa, ele sorria e eu mais ainda.

Você não existe Luan - eu disse quando ele chegou mais perto

Existo sim, quer que eu te belisque pra você ter certeza? - ele perguntou e nós rimos 

Não obrigada, eu acredito - eu disse e ele me beijou

Acordar com você do meu lado é o que eu quero para o resto dá minha vida Mariana! - ele disse e eu sorri, como eu quero viver pra sempre com esse homem!

Eu também Luan Santana - eu disse sorrindo e por fim nos beijamos mais uma vez 

Trouxe um monte de coisa que eu já sei que você ama - ele disse me entregando a bandeja.

Obrigada senhor Luan - eu disse e ele riu - vamos comer? 

Já comi minha linda, isso é só para você - ele sorriu e eu queria beijar ele pra sempre!!

Obrigada Lu - eu disse e então comecei a tomar o meu café dá manhã, estava tudo muito gostoso não posso negar e o melhor foi ver ele ali me olhando, com aqueles olhinhos de jabuticaba e aquela carinha de bebê.

Tava bom? - ele perguntou assim que terminei 

Tava ótimo - sorri e ele selou nossos lábios - vou no banheiro e volto já - disse e ele concordou, logo fui ao banheiro e fiz minha higiene, terminei e desci encontrando Luan sentado no sofá mexendo no celular.

Olha aqui - ele disse me estendendo o celular - tirei dá gente essa noite - ele sorriu e eu tive que sorrir 

Te dei permissão Luan Santana? - eu disse seria 

Não precisa - ele deu de ombros - tenho seu controle agora - ele disse arqueando sua sobrancelha

Ah claro - gargalhei - tem árvore frutífera por aqui? 

Tem muitas, quer ir ver? - ele perguntou 

Óbvio, eu amo todas as frutas! Vamos logo! - e assim mais um dia se passou, passeios, filmes, comilanças, risadas, abraços, carinhos e beijos, estava tudo ótimo porém teríamos que retornar amanhã, já que cada um passaria o Natal com suas respectivas famílias, aproveitamos ao máximo e então chegou a hora de dormir.

Boa noite Lu - eu disse enquanto estava entrando no meu quarto

Onde você vai? - ele perguntou 

Ue, me deitar né - eu disse sendo óbvia

Não não, vamos dormir juntinhos de novo, vem - ele puxou minha mão e acabou ganhando, fomos para seu quarto e nos deitamos juntos na cama dele, começamos a conversar.

Já imaginou como vai ser quando a gente voltar? - perguntei 

Não, nem quero imaginar, tenho certeza que a Jade vai querer nos infernizar - ele disse e eu fiquei surpresa

Não é só eu que penso assim - eu disse

Mas eu te prometo que vou fazer tudo, o possível e o impossível para que possamos ficar juntos! Nem que isso custe minha carreira Mariana, mas eu vou ficar com você! - ele disse e eu sorri 

Maluco! - dei um beijo nele

Maluco por você - ele disse me beijando, o beijo ficou cada vez mais intenso e logo já estávamos nos amando, sim NOS AMANDO, não fizemos sexo, fizemos AMOR!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...