História Amiga da Jade - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Jade, Luan Santana
Visualizações 174
Palavras 1.392
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - A verdade


Pensamento Luan on

Estávamos de volta a São Paulo e confesso que deixei meu coração com Mariana, o mundo é muito pequeno e da muitas voltas, a alguns meses eu odiava Mariana e não queria ficar perto dela nunca é hoje? Ah hoje eu quero casar com ela, ela tem um olhar único e apaixonante fora sua personalidade maravilhosa, eu tenho certeza que já a amo! Fui direto para casa para ver meus pais e minha irmã.

Cheguei gente - eu disse assim que abri a porta e logo Bruna desceu as escadas, sorrindo ao me ver 

Oi Pi, como foi a viagem? - ela disse vindo me abraçar 

Foi ótima, melhor impossível - sorri ao lembrar - e você  como está piroca? 

To bem, a mãe que não tá muito bem não - ela disse e eu já fiquei nervoso - mas calma que não é nada de saúde, é porque a Jade tá enlouquecendo ela Luan - ela disse e eu suspirei 

Você vai me matar Bruna! Achei que era algo mais sério! - suspirei - onde ela está? 

Está no escritório com o pai - ela disse e logo saiu, larguei minhas coisas ali na sala e já fui para o escritório, precisava resolver essa história dá Jade

Oi gente - eu disse chegando e vendo os dois sorrirem 

Meu filho - minha mãe disse vindo me abraçar - como está? 

Tudo bem mãe e com vocês? - eu disse beijando a bochecha dela - oi pai - eu disse indo o abraçar e por fim me joguei no sofá 

Tudo bem meu filho - meu pai respondeu já minha mãe me olhou seria 

A Jade tá me enlouquecendo Rafael! Resolve com ela, ela diz estar arrependida e quer voltar, vai fazer o que? - ela disse, ela estava bem nervosa 

Que peninha dela, mas agora já era - eu disse dando de ombros, já os deixando curiosos 

Hum, quer dizer que a fila andou não é? - meu pai perguntou 

Sim, e vocês conhecem - eu disse me girando na cadeira 

Podemos tentar adivinhar? - meu pai perguntou e eu concordei com a cabeça - Mariana? - eles disseram juntos e eu cai dá cadeira, era tão óbvio assim? 

Como? - perguntei incrédulo 

Ah meu filho, sempre foi óbvio que vocês se gostavam - minha mãe sorriu - e eu aprovo, gosto muito dá Mariana! - ela sorriu

Eu sabia, desde que vocês se tornaram amigos - meu pai disse e eu ainda não acreditava que estava tão na cara 

Mas a gente só ficou na viagem mesmo, antes a gente era só amigo mesmo - eu disse - quero pedir ela em namoro, será que ela aceita? O que vocês acham? 

Se você gosta meu filho, faça o que achar melhor - minha mãe disse beijando minha cabeça 

Se você acha que é a hora certa meu filho, faz isso - meu pai disse, levantei e fui para meu quarto tomar um banho e me deitar para descansar um pouco.

ALGUNS DIAS DEPOIS

 

Ja fazem alguns dias que não vejo Mariana é a saudade tá me matando, Jade não veio mais aqui e nem veio atrás de mim mais, estava decido a ir conversar com ela hoje e resolver isso para poder duma vez ficar com Mariana sem ter que esconder, perguntei se Mariana estava em casa e ela disse que não, que estava com os amigos, mandei mensagem para Jade avisando que iria lá conversar ela concordou e eu fui, cheguei em seu prédio e subi rapidamente, já me preparando para o pior.

Oi - Jade disse assim que abriu a porta 

Oi - eu disse - posso entrar? 

Claro - ela disse dando espaço, entrei e logo me sentei no sofá e ela na minha frente 

Hum, temos que conversar né? O que você tanto queria comigo? - perguntei logo

Me perdoa? Eu fiz uma besteira, deixei a paixão me levar e acabei perdendo um grande amor, eu pensei em você todos esses dias longe, toda vez que eu ia dormir eu sonhava com você e lembrava dos nossos momentos, eu me arrependo tanto, vamos voltar? - ela falou e eu só fiquei escutando, foi tão bom ver ela e não sentir mais nada além de pena.

Jade, eu te perdoo, todos erramos não é? Mas voltar não vai, eu estou apaixonado por outra pessoa, essa pessoa esteve comigo todo o tempo que eu sofri e eu gosto dela agora, mas eu só vou seguir em frente com essa outra pessoa com o seu consentimento - eu disse e ela ficou me olhando 

Tudo bem Luan, eu entendo você não querer mais voltar - ela suspirou - amigos? 

Sim, amigos - eu disse e ela sorriu

Agora me explica a história de você precisar do meu consentimento Luan - ela disse e eu tomei coragem para enfim falar 

Jade, ela não sabe de nada viu? Não vai achar que ela fez pelas suas costas, porque ela não sabe! Eu tô te falando de primeira mão e eu quero sua permissão pra isso acontecer - suspirei e ela me olhava atentamente ainda sem entender - eu tô apaixonado pela Mariana! - eu disse e ela arregalou os olhos 

Como assim Luan? Se até algum tempo atrás você odiava ela com todas as suas forças e agora tá apaixonado? - ela perguntou ficando de pé e andando de um lado para o outro 

Para! Ela esteve comigo nesse tempo que eu sofri por você, ela tava sempre ali mesmo eu muitas vezes sendo grosso e um idiota com ela, mas eu tenho certeza que agora eu gosto dela! Mas eu só vou falar pra ela se você concordar, ela nunca aceitaria porque ela te considera uma irmã! - eu disse e ela ficou em silêncio, eu já estava ficando nervoso quando fui falar algo ela começou.

Eu não vou ficar 100% a vontade não é? Mas você vai estar feliz? Vai fazer ela feliz? Vai? - ela perguntou e por um segundo respirei aliviado, aquela tensão saiu do meu corpo e enfim pude relaxar 

Vou estar muito feliz e farei ela muito feliz! Eu juro! - eu disse rápido e ela suspirou, vi que ela estava um pouco chateada mas não podia mentir para ela, ela logo saberia!

Tudo bem, eu vou entender! Mas eu não vou ficar mais morando com ela, vou embora por um tempo, e já vou sair agora, não quero falar com ela, posso magoar ela - ela disse se levantando e eu já fiquei nervoso 

Não Jade! Assim ela não vai querer ficar comigo, fica e conversa com ela por favor, vê o lado dela e depois decide o que fazer, por tudo que já passamos, faz isso! - eu quase implorei 

Tudo bem - ela suspirou - vai doer muito isso tudo, mas se ela for ficar feliz eu também ficarei! - ela disse e eu concordei, ficamos conversando e logo Mariana chegou, nos viu sentados e já arregalou os olhos.

Oi - ela disse calma - tá tudo bem aqui? - ela perguntou 

Tá sim - Jade respondeu e logo ela percebeu, sua fisionomia mudou e ela me olhou com fúria 

O que você fez com a Jade Luan? Hein? - ela falou e confesso, fiquei assustado.

Nada Mariana! - jade disse e ela logo a olhou com tristeza, Jade raríssimas vezes a chamava pelo seu nome - ele veio conversar comigo, nós resolvemos e agora vocês podem ficar juntos - Jade disse e Mariana ficou parada igual uma estátua 

Mariana? - perguntei 

Como assim? Mas e você? Não vai ficar chateada? - Mariana perguntou 

Vamos conversar, senta aí - Jade disse a ela, Mariana sentou se ao meu lado e de frente para Jade. - Luan veio conversar comigo e disse que está completamente apaixonado por você e quer ficar junto com você, e você Mariana? 

Eu? Bem - jade a cortou 

Fala a verdade! - ela pediu 

Eu também, me perdoa por ser essa amiga horrível - Mariana disse e seus olhos já estavam cheios de lágrimas 

Bem, não vai ser fácil isso e eu vou ficar um tempo longe, até me acostumar, não vou embora dá cidade só vou passar um tempo longe - ela disse e Mariana já começou a chorar, aquilo me cortou o coração.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...