1. Spirit Fanfics >
  2. Amigas de Infância >
  3. Apenas mais uma chance!

História Amigas de Infância - Capítulo 66


Escrita por:


Capítulo 66 - Apenas mais uma chance!


POV PÂMELA

O cheiro de ferrugem está me matando, são tantas coisas para reclamar, mas só me limito a falar de uma. Esse maldito cheiro. Esqueço de me desesperar pelo fato de estar trancada em um quarto escuro, cheio de grades, nada de internet, celular e sem me comunicar com alguém, sendo mantida em cárcere privado. Além de Adriana que vem todos os fins de tarde, perguntar se está tudo bem e trazer  mais comida com um tempero horrível e água mineral. Ela me tirou de nosso quarto e me trouxe para esse lugar que sinceramente não sei onde fica, me trouxe encapuzada para cá e disse que não me queria mais em nosso quarto pois ela precisava descansar e eu só sabia reclamar e ficar gritando, se bem que ultimamente, não tenho mais forças para nada, nem mesmo falar alguma coisa. 

A luz só é acesa uma vez por dia, quando ela vem me trazer comida e me deixar tomar banho em um banheiro imundo e com agua gelada. As vezes ouço Adriana do lado de fora desse lugar conversando com alguém, não consigo saber quem é, apenas consigo distinguir ser a voz de uma mulher, a qual pelo que parece é mantida sob as suas ordens, mas se nega a querer cumprir e Adriana lhe ameaça.

Eu nem sei mais quantos dias fazem que estou aqui, só lembro do dia que tudo começou, eu estava animada, feliz, enfim conseguiria viver em paz com o grande amor da minha vida, só precisava fazer com Adriana assinasse os papeis do divórcio e me deixasse livre, pensava em várias coisas, até que cheguei em Los Angeles e o pesadelo junto com a tortura começou.

Espero que Marina não esteja pensando coisas absurdas sobre mim, queria tanto lhe mandar um sinal, dizer que a amo e que independente do que possa acontecer, sempre lhe amarei. Eu darei minha vida pela dela, darei qualquer coisa que Adriana exija desde que me prometa não fazer nada contra Marina.

Sou capaz de aguentar o resto de meus dias aqui sendo torturada e abusada, apenas para deixar minha pequena ser feliz e em paz, porém peço a Deus todos os dias para que me de uma única oportunidade de me reencontrar com Marina e lhe dizer tudo que tenho a dizer. Sei que Ele irá me ouvir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...