História Amigo Colorido - Imagine Jungkook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Tags Jeon Jungkook, Jungkook, Kook, Personagens Originiais
Visualizações 122
Palavras 2.624
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee mais um imagines para vcs, espero que gostem.

Bjs até as notas finais ♡

Capítulo 1 - The colors of desire


Fanfic / Fanfiction Amigo Colorido - Imagine Jungkook - Capítulo 1 - The colors of desire

Olá, me chamo Sabrina e apartir de agora vocês acompanharam como eu conheci meu amigo colorido virtual. Sim, ele é virtual, mas adoraria que não fosse.

Nos conhecemos em um site aleatório de conversas e quando vimos já estavamos trocando nossas redes sociais. Eu nunca imaginei que um dia teria a oportunidade de passar minhas férias em sua casa, até porque eu sou Brasileira com descendência coreana e ele é nativo Coreano.

Sempre trocávamos fotos quentes e até mesmo videos, mas nunca havíamos ligado um para o outro. Mas eu já tinha ouvido a sua voz e era a coisa mais gostosa da vida. Jeon já tinha até mesmo cantado para mim e isso acabou me deixando ainda mais interessada no mais velho. Jungkook tem 28 anos e eu tenho 20, mas mesmo com 8 anos de diferença a atração que temos um pelo outro só aumenta a cada palavra trocada. Eu passei a desejar uma pessoa que nem ao menos tinha contato e a única coisa que tinhamos eram fotos e videos nos mostrando um para o outro.

Jungkook é um homem maravilhoso, além de ser carinhoso e amoroso, ele é um puta de um gostoso da porra. As fotos que ele me manda para me provocar, me deixa totalmente excitada e tenho certeza que com ele não é diferente. Eu desejava Jungkook a cada dia mais, mas estávamos muito longe para saciarmos nossa sede de matar o nosso desejo.

Estavamos conversando sobre nosso dia a dia como sempre fazíamos quando ele chegava do trabalho e nisso veio a questão sobre eu ir ver ele.

“Quando será as suas férias da faculdade, Sah?”

-Dia 25, pq?

“Vc gostaria de me conhecer?”

-Eu quero e muito, mas como vou fazer isso? Vc mora do outro lado do mundo e eu n tenho dinheiro para isso.

“Entendo”

“Mas e se eu pagasse para vc?”

-Kookie n sei se posso aceitar, n gosto q as pessoas paguem as coisas para mim.

“Para com isso, será meu presente para vc”

-Eu n sei se devo.

“Deve, cuidarei de tudo. Fica tranquila e só aproveite”

-Ok, Jk vc venceu.

“Fico feliz q tenha aceitado o meu presente”

“Tratarei de comprar sua passagem e logo te mandarei, mas agr tenho que ir bb. Estou muito cansado, boa noite e durma com os anjos”

-Boa noite Kook, durma com os anjos tbm.


~◇~◇~◇~◇~◇~


Eu definitivamente não estava acreditando que estava indo para a Coréia, depois da nossa conversa aquele dia. Kook passou a ficar mais ocupado e quando estava próximo do meu recesso ele me enviou a passagem e eu fiquei desacreditada. Os dias se passaram e logo chegou o dia de minha viagem, peguei roupas o suficiente para passar um mês na casa de Jungkook. Cheguei no aeroporto e logo embarquei ao encontro do meu amigo.

Fiquei horas dentro daquele avião e já não aguentava mais, eu queria muito uma cama e estava ansiosa demais para enfim ver Jungkook. Quando o avião pousou, meu coração estava batendo mais acelerado que o normal e eu não entendia porque de tanta ansiedade. Tratei de me acalmar antes que eu morresse ali mesmo, sem conhecer o homem que me espera la fora e ouvi a comissária dizendo que já podíamos descer. Sai do avião peguei minha mala e fui em direção ao portão de desembarque. A cada passo que eu dava, parecia que eu estava tendo um infarto. Passei pela porta e olhei em volta a procura de Jungkook, mas não consegui encontrar nada, dei alguns passos e senti meu braço sendo puxado e braços firmes me envolverem em um abraço. Fiquei surpresa, mas logo que vi que era o mais velho relaxei e o retribui enlaçando o mesmo com meus pequenos braços. Nos separamos e eu não deixei de reparar que Jungkook era ainda mais gostoso pessoalmente do que aparentava nas fotos, juro que eu quase babei e ele sorriu malicioso passando a mão pelo seus fios de cabelo. Puta que pariu, que perfeição de homem era aquele? Ele é um Deus grego de tão lindo e perfeito.

-Daqui a pouco você precisará de um pano para limpar a baba que esta escorrendo – ele falou com sua voz grave e riu o que me deixou perplexa, mas logo o acompanhei rindo.

-Relaxa, a única coisa que eu preciso é de um beijo bem gostoso – sorri de canto e percebi que o mesmo deu uma leve corada, o que me fez rir – Jeon Jungkook corado? Essa é boa – ele revirou os olhos e riu.

-Vamos? Preciso te mostrar minha casa e creio que você precisa descansar para repor as energias – ele pegou minha mala e inclinou a cabeça na direção que iamos e então saimos caminhando juntos.

Reparei em alguns pontos da parte inferior do aeroporto e logo já estavamos no estacionamento, paramos em frente a um carro preto bem lindo e ele destravou o alarme indo colocar minha mala no porta malas, assim que ele fechou, veio em minha direção e abriu a porta para que eu pudesse entrar. Entrei em seu carro e ele logo deu a volta indo para o lado do motorista, assim que ele entrou, me olhou e sorriu. Jungkook se aproximou e me deu um selinho e eu fiquei paralisada, o mais velho se afastou e deu partida no carro, colocamos os cintos e fomos rumo ao lugar que eu passaria esses um mês.

Chegamos na casa do mais velho em 15 minutos e saimos de seu veículo, ele pegou minha mala e adentramos sua casa, eu não deixei de reparar em cada detalhe de sua casa. Era simples, mas totalmente bonita. A entrada e a sala era em tons claros o que deixava um ar de limpeza e claridade. Jk tirou seus sapatos e colocou seus chinelos para usar pela casa, tirei o meu tênis e ele me deu um par de chinelos vermelhos com pelinhos para que eu pudesse usar em sua residência. Ele me mostrou com mais detalhes a sala e a cozinha e logo fomos para o andar de cima onde tinha o deu escritório e um quarto. Assim que ele abriu o quarto, ele me deu espaço para entrar e eu fiquei admirada, o quarto era preto com cinza e tinha alguns móveis em tons de madeira, estava simplesmente lindo.

-Gostou? – perguntou o homem encostado no batente da porta.

-Sim, é lindo – falei maravilhada.

-Pode ficar com ele por esse tempo, eu dormirei no sofá. Não quero te incomodar – ele disse sorrindo, mas eu fiquei meio triste. Ta certo que ele estava sendo um cavalheiro e isso me deixa tranquila, mas queria que ele dormisse comigo. Porém apenas assenti retribuindo seu sorriso – bom pode descansar, tomarei um banho e irei trabalhar. Mais tarde nos vemos para o jantar.

-Tudo bem – sorri e Jk saiu pela porta acenando.

Suspirei olhando para o quarto e decidi descansar um pouco antes de ir tomar banho, abri minha mala e peguei um livro que eu havia levado para ler e assim passei um tempo. Jungkook veio se despedir e logo eu me levantei para tomar uma ducha. Passei uns 10 minutos no banho e sai, coloquei minha lingerie branca e um short e uma blusa com uma estampa qualquer. Me deitei e dormi, estava totalmente cansada e o sono mme venceu.


~◇~◇~◇~◇~◇~


Já se fazia exatamente uma semana que eu estava ali e nada de rolar algo entre mim e Jeon. Todo dia antes dele trabalhar ele me provocava de algum jeito e hj ele estava exibindo seu tanquinho definido e gostoso que me dava vontade de marca-lo todo, mas fingia estar plena tomando uma xícara de café vendo o mesmo fazer panquecas doce para comernos. Assim que ele terminou as colocou em um prato e me serviu, o agradeci e continuei tomando café e comendo suas panquecas que estavam divinas.

-Está gostoso? – perguntou o mesmo e tomou um gole do seu chá.

-Está sim, onde aprendeu a cozinhar tão bem? – perguntei dando mais uma garfada na panqueca e a colocando na boca.

-Aprendi com minha mãe – sorriu – ela cozinha muito bem, um dia quero que você experimente.

-Se ela cozinha tão bem assim, eu aceito – sorri e logo ficamos em silêncio.

Jungkook foi trabalhar e eu passei o dia todo vendo doramas e lendo o meu livro, as horas passaram voando e já era hora do jantar. Jk chegou com algumas sacolas e me chamou para a cozinha.

-O que temos aqui? – perguntei animada.

-Comida Japonesa, espero que goste – ele sorriu pegando dois pratos e dois copos para colocar a coca.

-Eu amo, parece que adivinhou – ri ele também.

-Você deve estar com fome e iria demorar se eu fizesse algo para comermos – ele abriu a embalagem e começou a colocar Yakissoba no meu prato, abri a coca e nos servi o ajudando com algo.

-Como foi no trabalho? – perguntei e peguei o prato e comecei a comer, estava faminta.

-Bem cansativo – suspirou e começou a comer – preciso relaxar um pouco.

-Entendo, imagino que seja cansativo mesmo – ri anasalado e ele assentiu.

Ficamos calados e apreciando a comida, assim que terminamos o ajudei com a louça e com o resto de comida e subi para tomar um banho antes de dormir. Tomei um banho rápido e assim que sai vesti uma calcinha preta sem sutiã e coloquei uma blusa que eu comprei masculina, já que eu iria dormir, não via problema em ficar sem short por baixo. Jungkook bateu na porta enquanto eu secava meus fios de cabelo e eu disse para o mesmo entrar esquecendo totalmente que estava sem short. Jungkook disse que veio me dizer boa noite, mas ele não parava de me secar e eu fiquei meio tímida, ele saiu do quarto e assim que eu me deitei fiquei pensando em Jk e em seu olhar sobre mim. A gente já tinha trocado fotos, mas em nenhum momento nos tocamos como dizíamos que sentíamos vontade. Me levantei e fui em direção a sala, desci as escadas sem fazer barulho e la estava ele de olhos fechados e sentado no sofá, me aproximei e percebi que Jungkook estava apertando seu membro por cima de suas oeças de roupa, andei até sua frente e assim que ele abriu os olhos e tirou sua mão de seu pau, me sentei em seu colo o deixando surpreso.

-O-o que está f-fazendo Sabrina? – disse o mesmo com olhos arregalados de surpresa.

-Eu não aguento mais Kook – falei manhosa e me inclinei para sentir seu cheiro e percebi que o mesmo se arrepiou com meu ato.

-O que, que você não aguenta mais? – perguntou o mesmo pousando suas mãos na parte exterior das minhas coxas.

-Eu quero você – suspirei – eu preciso de você – Jungkook me afastou de si e me puxou para um beijo sedento e muito gostoso, ele pegou com firmeza em minha cintura e foi me deitando do sofá e vindo por cima de mim.

-Não fala assim baby – disse separando nossos lábios – assim eu não consigo me controlar.

-E quem disse que é para se controlar Kook – falei seu nome como se estivesse gemendo.

-Porra Sabrina – rosnou o mesmo e voltou a me beijar.

Jungkook parou nosso beijo e tirou sua camiseta e logo tratou de tirar a minha sorrindo ao perceber que meus seios estavam expostos para si.

-Que delícia, eu não via a hora de chupa-los e agora eu posso – disse sorrindo malicioso.

-Sim você pode Kook – falei manhosa e ele abocanhou meu seio direito o chupando que nem um neném faminto e logo tratou de fazer o mesmo com o outro.

Arfei com os apertos e chupadas que Jungkook estava me dando. Quando ele cansou de brincar com os mesmos foi descendo beijos molhados pela minha barriga, até chegar em minha intimidade que logo foi revelada para o maior. Ele sorriu e afastou minhas pernas para que ele tivesse acesso ao meu ponto de prazer. Jungkook me olhou travesso e logo começou a me chupar, arqueei as costas e soltei um gemido manhoso que fez o mesmo sorrir la embaixo. O moreno estava me levando a loucura e eu já não aguentava mais, senti meu ápice chegar e gozei em sua boca.

-Que delicinha esse melzinho – disse o mesmo indo para cima de mim – você é deliciosa Sah – ele sorriu malicioso e me beijou fazendo eu sentir o meu próprio gosto.

Enquanto nos beijavamos, desci minha mão pelo abdômen de Jk e parei na barra de seu short, o puxei um pouco e ele logo entendeu que era para tira e logo fez. Jungkook tirou também sua box vermelha se sentando no sofá e me chamando com o dedo, sorri e fui até ele. Comecei beijando e dando mordidas em seu pescoço enquanto estava sentada em seu colo. Passei a rebolar no seu colo e ele arfou. Mordi sua boca e voltamos a nos beijar, desci minha mão até seu membro e comecei a fazer um movimento de vai e vem arrancando suspiros do maior. Parei de o beijar e sai de seu colo me ajoelhando a sua frente no chão, continuei com o movimento em minhas mãos e aproximei minha boca de seu membro sorrindo maliciosa e ele mordeu seu lábio inferior.

-Quer que eu te chupe Jungkook? – perguntei sapeca alternando entre aumentar e diminuir o ritmo das minhas mãos.

O mesmo fechou os olhos e assentiu me fazendo sorrir vitoriosa, passei a língua por toda a extensão de seu membro e logo abocanhei fazendo o mais velho soltar um gemido rouco. Chupei Jungkook da forma que eu mais desejei quando vi pela primeira vez seu membro por foto e estar chupando o mesmo agora estava sendo a coisa mais deliciosa, mal esperava para senti-lo dentro de mim.

Passei algum tempo o chupando e logo Jk pegou meus fios e deu uma leve puxada para que eu parasse de chupa-lo.

-Não quero gozar agora – disse respirando descompassado – senta aqui baby – me levantei e me ajeitei com uma perna de cada lado de suas coxas, Jungkook segurou seu pau e encaixou em minha intimidade me fazendo sentar com vontade, ocasionando gemidos de ambas as partes. Comecei a quicar em seu colo apoiando minhas mãos em seus ombros, enquanto ele segurava firme a minha cintura.

Aumentei as sentadas e então Jungkook pediu para que eu ficasse de quatro e eu empinei bem a bunda para o mesmo e ele deu um tapa me fazendo gemer manhoso, logo metendo fundo em minha entrada. Gemi alto e o mesmo aumentou a velocidade e profundidade batendo no meu ponto sensível, ele o acertou mais vezes e logo eu gozei, Jk continuou metendo em mim e intensificando meu orgasmo e logo ele tirou e me virou gozando em minha barriga. Como ele já sabia passei um dedo no seu esperma e chupei o mesmo, o moreno me olhou mordendo os lábios e se inclinou para me beijar.

-Você me deixa louco fazendo isso – comentou roçando nossos lábios após o beijo – você é uma puta gostosa – se levantou me olhando e eu admirei todo o seu corpo.

-Seu gosto é maravilhoso Kook, espero que possa me dar mais leitinho apartir de agora – sorri maliciosa.

-Mal posso esperar para te foder nas próximas vezes – sorriu mordendo os lábios e eu me levantei e fiquei na ponta do pé envolvendo meus braços em seu pescoço.

-Será um prazer foder com você Jeon Jungkook – sorri e dei um selinho no mesmo.

Mal esperava para que chegasse os próximos dias, mas também não queria que os dias se passassem de pressa. Me separei de Jk e ele deu um tapa na minha bunda.

-Quer foder comigo para sempre? – perguntou sugestivo.

-Será um prazer amigo colorido – sorri e ele fez o mesmo.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...