1. Spirit Fanfics >
  2. Amigo da Sakura >
  3. O aluno novo.

História Amigo da Sakura - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, meus amores! Como vocês estão? Saudades de minha pessoa? Espero que sim, hein!

Então, faz um tempo que tô pra escrever essa história, pedi a capa em 2018 e só fui escrever agora, em 2020. Ksksksksksksks


Então, quero voltar a ativa aos poucos aqui no Spirit, como vocês sabem, ando atualizando "Irmã do Naruto" e quis postar fanfic nova.


AVISO: Eu já tenho todos os capítulos prontos, são apenas três capítulos. Fiquem tranquilos. Kskskskskskkskss



Então vou tentar atualizar de 4 em 4 dias. Quinta-feira tem mais, ok? Kkkkkkkkk


Enfim, boa leitura. Espero que gostem.

Capítulo 1 - O aluno novo.


AMIGO DA SAKURA. 

Capítulo 1 — O Aluno novo. 



Sasuke tinha a memória bem fixa do dia que o furacão loiro adentrou os portões de sua escola.  O dia tinha tudo para ser mais um como todos os outros, mas parecia que o garoto de sorriso largo era um ímã para os olhos do Uchiha. 


A maneira como ele sorria, a maneira como ele andava e que cumprimentava todos a sua volta, até mesmo os mais estranhos do colégio. Ele era extremamente radiante e extrovertido, bem diferente da personalidade de Sasuke, que, normalmente, achava totalmente irritante pessoas assim. Diga-se de passagem, Sakura Haruno, sua amiga, que não sabia como permitiu que uma garota tão tagarela, eufórica, barraqueira e outras coisas mais, chegasse perto do mesmo. 


O garoto loiro passou por todos do pátio como se fosse uma passarela, e ele era o modelo principal. Era normal dias assim, sempre que há “carne nova no pedaço”, todos ficam avoraçados.  Mas Sasuke nunca se interessava em pessoas novas, porque o mesmo era sempre o centro de tudo no colégio. Era extremamente popular e fazia a linha de bad boy, não que fosse totalmente intencional.


Ele não fazia o tipo filinho de papai, apesar de ser de uma família de advogados, o Uchiha era extremamente simples. O termo “Bad boy” vem mais pela marra, o jeito de se vestir. Por exemplo, agora, ele vestia uma calça preta e o uniforme — parte dele, já que era um conjunto — social branco estava abotoado de forma desleixada, assim como a gravata em um nó frouxo. Vestia uma jaqueta preta e tênis da mesma cor. O garotão chamava atenção, isso é inegável. Mas muitos tinham medo de chegar nele, tanto que seu ciclo de amizade se resumia em Sakura, Shikamaru, Gaara e Neji. Seus amigos eram discretos, combinavam com ele. Quer dizer, exceto Sakura. Que ninguém entendia como eles eram amigos, muitos diziam que eles se pegavam e que eram namorados, mas isso nunca aconteceu. Há boatos que Sakura gosta de Sasuke, até Sasuke suspeita. Mas são apenas boatos. 


Pelo mesmo motivo de gostar de pessoas como ele, não entendia o motivo do loiro estar chamando tanto sua atenção. E talvez ele não tivesse nada demais, ele era loiro: Algo muito comum. Ele tinha olhos azuis (?), porque quando o loiro meio que olhou para onde seu grupo estava, deu pra ver de relance a cor de seus olhos. Mas não tinha certeza. Mas se fossem azuis, não tinha nada demais. Pelo visto, não era tão alto. Ou seja, mais do mesmo. Um detalhe notório demais é sua vestimenta chamativa, calça laranja, blusa branca de botões perfeitamente alinhada e um casaco laranja grande jogado nos seus ombros, não estava vestido com o mesmo. E a gravata estava num ótimo nó. 


O loiro extrovertido andava como se procurasse alguma coisa — ou alguém. Depois de cumprimentar meio mundo, passou pelo grupo de Sasuke. E, por mais estranho que parecesse, não falou nada com seu grupo. Passou direto. O moreno ficou intrigado, quase decepcionado, esperava, apesar de sempre ignorar o cumprimento de metade da escola, que ele o cumprimentasse. Mas isso não aconteceu. E foi então que Sasuke continuou o secando, o olhou de cima abaixo de costas e reparou em outra coisa que chamava atenção: A bunda. E que bunda! Bem redondinha e parecia pular conforme ele andava.  Será que é dura? Sasuke pensou. Mas repreendeu o pensamento logo em seguida, balançando a cabeça. 


O loiro já estava distante quando virou-se bruscamente e começou a encarar o local onde seu grupo estava. Parecia procurar algo e foi quando ele sorriu, um sorriso lindo e esperançoso, talvez aliviado, Sasuke não sabia descrever. E foi se aproximando. 


Seus amigos estavam distraídos conversando e copiando a lição de casa, que esqueceram de fazer. Logo, estavam de costas para o loiro e o único que o via era Sasuke, que estava de pé, diferente dos demais que estavam sentados no banco e no chão. 


Conforme o garoto se aproximava, o sorriso dele ia aumentando. E Sasuke pode concluir: Seu sorriso não era bonito, era lindo! 


Ao observar, pode notar as marquinhas das bochechas dele, uma marca de nascença, talvez? Pareciam com uma raposa, e isso poderia ser bizarro se não desse um charme incrivelmente foda. Quando ele chegou mais perto, viu que os olhos do mesmo eram azuis, sim! Incrivelmente azuis. Lindos, perfeitos. Esse garoto parecia não ter defeitos. 


Ele encarou Sasuke e Sasuke deu aquele sorriso de canto maroto que dava para as meninas da escola, as derretia. Um detalhe especial era que o moreno era bissexual, gostava de ficar com homens e mulheres, porém, na escola, só ficava com meninas. Teve um caso com um ex-aluno, apenas, mas não merecia ser citado.


Sasuke tinha certeza que o garoto de olhos azuis estava no papo, o garoto entrou na lista de interesse do Uchiha de forma muito rápida. Mas parece que as expectativas foram frustradas. Ele estava prestes falar algo para iniciar um flerte moderado, quando o loiro falou primeiro, mas não consigo. 


— Sakura? É você? — E pôde ouvir a voz dele, era intrigante. 


A rosada se levantou rapidamente, virando-se para onde os garotos estavam.  


— Naruto? Quê? Como assim? Não acredito que você já chegou! — Correndo, Sakura pulou nos braços do garoto, o abraçando fortemente. Então o nome dele era Naruto? Interessante, não?


— Eu viria só na próxima semana, mas consegui um vôo de urgência pra cá. Então tratei de comprar as passagens e vim. 


— Meu Deus, eu estou tão feliz! Nós vamos causar, por aqui! Você vai amar! — Sorriu e Naruto soltou um piscadela para a mesma, acompanhada de um sorriso sapeca. 


— De onde vocês se conhecem? — Sasuke não fazia a linha curioso, mas se sentiu na obrigação de perguntar. 


— Nossa, sim! Nós somos melhores amigos virtuais. Agora não, mais! Eu o conheci quando era bem nova, passando férias fora da cidade. Éramos crianças e nos tornamos amigos, mas pensei que nunca mais o veria.  E foi quando eu entrei num grupo de música no WhatsApp e o achei lá, então ficamos mantendo contato. 


— Hm — Se limitou a isso, então ele era o garoto que Sakura trocava mensagem toda madrugada? 


— E, nossa, eu nem os apresentei. — Riu, boba. — Então, Naruto, aquele com cara de sono é o Shikamaru, o ruivo do lado dele é o Gaara, o do cabelão se chama Neji e esse aqui se chama… — Sasuke a interrompeu. 


— Sasuke Uchiha, prazer! — Esticou a mão para ele, que cumprimentou com gosto, o olhando nos olhos. 


— Naruto Uzumaki, a disposição. — Hm, se ele soubesse o Sasuke queria, talvez não tivesse falado isso. 


— Que bom. — Ofereceu um sorriso cafajeste, ninguém percebeu, mas o loiro, sim, que deu sorrisinho e piscou pra ele. 


Ficaram se encarando por um breve período de tempo, até Sakura começar a falar:


— Nossa, vai ser tão bom ter você aqui com a gente. Ele vai poder andar conosco, não vai, Sasuke? — Sakura sorria tanto que não tinha como negar. 


— Se ele quiser… 


Ela gritou animada, fazendo com que os meninos, exceto Naruto, fizessem uma careta. 


— Isso vai ser tudo! 


O sinal tocou anunciando que o início das aulas começaria e todos foram entrando aos poucos dentro da escola.  


Sakura acompanhou Naruto até a diretoria, Tsunade deu boas-vindas e explicou como tudo funcionava. Lhe entregou o horário e lhe indicou onde ficaria seu armário. Estava tudo certo. 


Naruto e Sakura foram até o armário, deixaram algumas coisas lá e foram até a sala. Estudariam juntos. Ambos estavam muitos animados.


Bateu levemente na porta, escutando um “entre”. O professor, Kakashi, os recebeu e segurou Naruto frente a turma. Hora da apresentação. 


— Tsunade me avisou você começava hoje. Se apresente pra classe, por favor. 


— Olá, bom dia! Me chamo Naruto, tenho 18 anos. Me mudei de Nova York para cá faz um dia e algumas horas, ainda estou me acostumando com Konoha e espero me dar bem com todos. — Sorriu alegremente. 


— E por que decidiu mudar de escola logo no último ano escolar? — Kakashi perguntou. 

— É que a faculdade que quero fazer é aqui mesmo em Konoha, logo, pensei que seria bom já me mudar no último ano, ir me acostumando e estudar numa das melhores escolas do país. E também reencontrar minha amiga, Sakura. 


— Lindo! — Sakura gritou pra ele, que coçou a cabeça envergonhando. 


— Bom, seja bem-vindo, então! Pode arrumar um lugar para se sentar, se não tiver, pede para o zelador buscar uma carteira pra você. 


Naruto sorriu e foi procurando lugar com o olhar. Todos sentavam em duplas, exceto Sasuke que usava sua mesa para colocar sua mochila. 


O moreno o observava com atenção, lendo cada movimento do rapaz. A carteira do mesmo era a última do canto da janela e, diferente do que pensou, era distante da de seus amigos. Era meio distante da de todos, na verdade. Só ele se sentava no real fundão. 


Todos da sala sabiam que o Uchiha não dividia lugar, mas Naruto não sabia disso, apesar de ter suspeitado. 


— Posso me sentar aqui? — Parou frente ao Uchiha, o olhando nos olhos e sorrindo para o mesmo. Sasuke sentava no canto da parede, logo, havia uma carteira colada na sua vazia. 


— Com certeza. — Retribuiu o sorriso, porém com uma malícia a mais que a de Naruto. Retirou suas coisas para o mesmo sentar. 


Depois que o mesmo sentou-se, a turma parou de olhar pra si. E prestavam atenção na aula. E a mesma correu bem, já estavam pela metade. Os garotos não conversavam, mas havia uma troca de olhar constante.  


— Você tem a matéria anterior? — Naruto perguntou, quebrando o silêncio. 


— Tenho, você quer? 


— Sim, por favor. Vai me ajudar a não ficar tão perdido. — Riu. 


— Hm, vem cá que te mostro. Junta sua cadeira na minha. — Sasuke falou baixo, num tom meio rouco e com uma pitada de malícia. 


Naruto percebeu. 


— Assim... Tão perto? — Sorriu e forçou uma faceta inocente. 


Eles mal se conheciam, mas tava rolando uma coisa louca entre eles logo de cara. Que loucura é essa? 


— É, assim, bem perto — Colou a cadeira dos dois, passando pelas pernas dele e juntando a cadeiras. — Colado assim, a gente pode aprender mais sobre química.


— Mas pensei que essa aula era de física… — Riu. E com a mão, fingiu pegar a caneta do Uchiha para passar a mão na sua. 


— Mas quem disse que eu tava falando da aula? — Riu. 


Abaixou o braço e o levou levemente até a perna do Uzamaki. Antes de fazer isso, o olhou como se pedisse permissão, Naruto, por sua vez, retribuiu o olhar, em forma de concentimento. 


O Uchiha apertou a coxa do Uzumaki e continuou fingindo que tava explicando alguma coisa pro mesmo. Naruto riu sapeca, gostando daquilo. 


A mão de Naruto que antes passava na de Sasuke, desceu também e foi até a blusa do mesmo, alisando o peitoral definido do moreno por baixo do pano. Sasuke sentiu um arrepio gostoso e retirou a mão da perna do loiro e pegou no braço dele, caminhando sua mão — que antes o alisava para outro lugar — para seu lugar e íntimo ainda por cima das calças. 


— Hm, Naruto, como você explica, pela física, algo que não tem nem osso estar tão duro assim pra você? 


— Sasuke… Eu não sou um bom menino, cuidado que posso fazer coisas terríveis. — Apertou a ereção do rapaz. 


— Eu quero que faça.


— Você é assim com todos? 


— Só com loirinhos gostosos como você. 


Param o flerte quando o sinal tocou e a turma começou a se agitar. Precisava ir ao banheiro para aliviar aquilo, logo notariam. Fez um sinal com o olhar para o loiro acompanhá-lo, mas ele não pôde, já que Sakura o pegou pra si. 



— Boa sorte, Sasuke! — Naruto gritou, deixando todo mundo sem entender.  


Mas Sasuke entendeu e riu em escárnio. 


Maldito. Gostou desse loiro. 


Notas Finais


E aí, o que acharam? Tem mais dois capítulos em breve.


Quero agradecer a @LadySon- por me animar a postar e me ameaçar, risos skksksksksks


Enfim, até a próxima atualização. Beijos! Amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...