1. Spirit Fanfics >
  2. Amigo Virtual >
  3. Capítulo Único

História Amigo Virtual - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Parte 4 da Summer Oikage Week 16-22 July 2019! Dia quatro: amizade virtual.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Oikawa Tooru era uma pessoa solitária, embora muitos não soubessem. Não era nem mesmo porque família fosse muito ocupada para dar atenção a ele ou algo assim, era apenas que ele ansiava por atenção o tempo todo e se sentia realmente lá pra baixo quando não havia ninguém para dar a ele.

Talvez tenha sido essa a razão pela qual ele havia acabado de enviar um oi para alguém que não conhecia, que ele só sabia que compartilhava os mesmos medos que ele teve de se assumir para a família, em um fórum em um site secreto destinado a ajudar os outros a aceitar e entender sua sexualidade.

Oikawa não era burro, ele sabia que havia muitas pessoas ruins que poderiam tirar proveito do que ele escrevesse no site para usar contra contra ele, mas não era como se ele realmente confiasse no garoto. Ele só queria alguém que o ouvisse sem saber quem ele era, sem ver seu rosto bonito.

Ainda assim, ele ficou surpreso quando a pessoa respondeu e eles começaram a conversar.

xxx

- Ei! O que você está fazendo neste telefone? - Iwa-chan reclamou.

Só de olhar, Oikawa sabia que ele estava furioso. Ele rapidamente colocou o telefone de volta no bolso, sentindo-se culpado. Ultimamente, ele sido um péssimo amigo e até um piorado como jogador, porque estava constantemente distraído, imaginando se seu novo amigo havia respondido a ele.

Ele nunca tinha encontrado alguém tão fácil de conversar, era como se o outro o entendesse perfeitamente. Obviamente, eles compartilhavam o mesmo medo de se assumir, mas surpreendentemente também uma paixão pelo vôlei e por música.

Cada vez mais eles conversavam sobre tudo e, de alguma forma, Oikawa sempre achava interessante, mesmo que o outro estivesse apenas falando sobre o pudim de leite que estava comendo.

- Desculpe, Iwa-chan - disse Oikawa, prometendo a si mesmo que falaria menos.

xxx

Kageyama estava confuso. Normalmente, a essa hora do dia, seu telefone estaria vibrando com mensagens de seu novo amigo. No começo, ele tinha ficado com medo de falar com ele e mandar mensagem primeiro, no entanto, ficou mais confiante em conversar com ele e até começou a contar com a opinião dele.

- Kageyama? - a voz gentil de Suga alcançou seu ouvido depois que o treino terminou.

Tobio esperava que não se queixasse com ele sobre seu terrível treino. Ele sabia o quão horrível estava jogando hoje, perdendo a precisão que era característica dele, porque estava muito distraído. Além disso, Suga era assustador quando ele ficava com raiva.

- Você está bem? - ele perguntou e Tobio assentiu. - De verdade? - ele insistiu.

E foi assim que Tobio se viu confessando tudo a Suga, sobre seu medo de rejeição, o site e seu amigo.

Ele ouviu atentamente, não deixando nada aparecer em sua expressão. Mas quando terminou, ele rapidamente o abraçou.

Tobio ficou surpreso, ele não conseguia se lembrar da última vez que alguém o havia abraçado além de sua mãe. Foi bom.

- Vai ficar tudo bem - prometeu Suga e ele relaxou. Se ele estava dizendo isso, devia ser verdade.

 xxx

Apenas dois dias depois de conversar com Iwa-chan, Oikawa quebrou sua promessa. Ele voltou a mandar mensagens para o amigo o tempo todo, compartilhando tudo o que podia pensar e um dia ele apenas disse que queria vê-lo.

Ele não tinha planejado dizer isso. Não era como se ele tivesse refletido sobre isso antes ou algo assim. Só que, de alguma forma, não era suficiente mais ficar só conversando pelo celular, ele queria vê-lo.

Desta vez, foi o outro que o evitou. Mas ele voltou dois dias depois, dizendo que estava tudo bem e eles combinaram de  fazer uma vídeo chamada.

Ele estava nervoso quando finalmente chegou a hora, imaginando como seria o outro. Ele também queria parecer bonito, porque ele talvez, só talvez, ele tivesse uma queda por ele.

Mas ele sentiu como se tudo no mundo tivesse parado quando a pessoa que o encarou do outro lado da tela era Tobio, olhando para ele, a boca aberta.

Esperar. Seu amigo virtual era Kageyama Tobio?

Isso não poderia ser possível.

Ele fechou o computador.

xxx

Kageyama não estava nada bem. Ele estava se sentindo nervoso desde que seu amigo virtual tinha pedido pediu para vê-lo, imaginando se de alguma forma iria decepcioná-lo. Ainda mais porque, com a ajuda de Suga, ele tinha percebido que tinha alguns sentimentos por ele que iam além da amizade. Ele nem sabia como era o outro, mas queria estar com ele.

Então ele, o outro ligou para si. E o rosto bonito de Oikawa apareceu em seu computador, quase dando-lhe um ataque cardíaco.

Tobio queria rir. Como ele podia ser tão estúpido ao ponto de se apaixonar duas vezes pela mesma pessoa? Uma pessoa que acima de tudo o odiava.

E sério que Oikawa tinha encerrado a chamada? Foi tão infantil. Isso não mudaria o fato de que eles estavam conversando como melhores amigos por semanas. Fugir não resolveria o problema deles.

 xxx

Kageyama respirou fundo, tentando não ficar muito defensivo. Não havia motivo para se preocupar, era apenas uma escola. Ninguém poderia matá-lo.

Mas ele não se sentia seguro em vir para Aoba Johsai, onde sabia que havia tantas pessoas que não gostavam dele.

Ainda assim, ele continuou seu caminho até chegar ao ginásio, procurando um levantador irritante.

- Kageyama? - Iwaizumi parecia confuso quando todas as conversas ao seu redor terminaram abruptamente e ele viu Tobio lá. - O que você está fazendo aqui?- felizmente, ele não parecia irritado.

Ele o ignorou, concentrando-se na única pessoa que não estava olhando diretamente para ele.

- Precisamos conversar -  disse ele a Oikawa.

Ele não parecia muito feliz com isso, mas assentiu e liderou o caminho para o vestiário das garotas. Kageyama não se incomodou em perguntar por quê, sabendo que era para dar mais privacidade para a conversa que precisavam ter. 

- Você ainda me odeia? -  Kageyama, perguntou simplesmente.

Tooru queria responder que sim, ele o odeia, como não odiaria? Ele gastou tanto tempo e energia para desprezar o garoto, para superá-lo. Mas isso não era mais verdade; ele se abrira para Tobio e tinha ouvido seus problemas, e ele o entendia muito melhor agora. Ele nunca poderia voltar a fingir que não o conhecia ou que o garoto tinha tudo fácil.

- Não - ele admitiu.

- Eu também não - Tobio confessou. Ele nunca teve uma pista sobre o que como funcionava a cabeça do outro, mas depois de conversar tanto com ele, pensou que estava começando a entender. 

- Amigos? - Oikawa ofereceu a mão para ele apertar. 

Tobio aceitou. Então, eles conversaram um pouco mais antes dele ir embora.

xxx

Eles levaram mais um mês para finalmente admitir que estavam sentindo mais do que amizade e foi graças a Hinata. Oikawa estava com ciúmes, não gostando da maneira como eles eram tão próximo quando Tobio estava tão fechado com todos os outros.

- Você sabia que todo os seus rivais acham que vocês dois estão namorando? Os outros jogadores de vôlei, no caso -  Oikawa quase gritou enquanto discutiam, ele não conseguia se lembrar exatamente como tudo começou.

- O quê? Mas não é nada disso - respondeu Tobio e ele parecia confuso, o que agradou a Oikawa e o provocou ao mesmo tempo.

- Claro que é - ele replicou, incapaz de se conter.

- Bem, não é como se você e Iwaizumi fossem diferentes - defendeu-se Tobio, ele ouviu incontáveis rumores sobre eles.

- Mas eu não gosto de Iwa-chan! - protestou Oikawa.

- Não? - Tobio tentou se impedir de mostrar como estava feliz com essa notícia. - Eu também não gosto da Hinata.

- Bem, eu gosto de você, idiota - disse Tooru, ainda com raiva.

Seu coração quase parou quando ele percebeu que tinha dito isso em voz alta e ele teve que esperar a resposta do seu rival/amigo/crush.

- Isso é bom. Eu também gosto de você - Tobio finalmente disse.

Ao ouvir isso, Tooru ficou tão feliz que dei um leve beijo na bochechas de Tobio e sorriu quando se afastou.

- Quer namorar comigo? - ele perguntou. 

- Sim - Tobio respondeu, quando finalmente conseguiu pôr os pensamentos em ordem. 

Tooru sorriu ainda mais.


Notas Finais


Honestamente, essa é uma das que eu menos gosto, porém tava sem criatividade para o tema.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...