História Amigos - Capítulo 30


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Assassinos, Hibridos, Violencia
Visualizações 17
Palavras 559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


😭😭😭Desculpem a demora!!🙇
Bem mas eu estou aqui,para o 30 capítulo! Credo,unica história em que partecipo com tanto capítulo💚💚💚💚espero que gostem

Capítulo 30 - Vocês bêbadas...


Fanfic / Fanfiction Amigos - Capítulo 30 - Vocês bêbadas...

On João!!!

-João.-olho para a Luísa.-Obrigada.-ela sorriu.

-Mas ainda é pior se ela vai deixa-lo.Ele vai ficar magoado.-a Bia deu mais um golo da sua bebida.-Além de trabalhar para o "outro lado",vai magoar um amigo nosso, destruir a nossa amizade e eu não posso permitir uma coisa dessas.

-Nós.-a Luísa corrigiu, apertando o copo.-Nós não podemos permitir.

Elas olhavam-me no fundo dos meus olhos.

A Luísa pousou o copo com força na mesa e baixou a cabeça.

-Nós íamos matar ela?-ela faz um som estranho com a garganta.-Como é que as pessoas gostam disto,arde e sabe mal.

-As meninas nunca beberam?-o barman estava a limpar uns copos.

Bia- Eu já havia esprimentado mas nunca tão forte.

Luísa- É só a minha segunda vez.

Barman- Acabam por habituar-se.

Encarei o Barman, olhos castanhos cabelos da mesma cor, um sinal perto do lábio inferior,cara de santinho.Sorri de lado,um "homem novo",notava-se que acabara de fazer os 18,e já assim.

Ri.

-O que foi?-a Bia olhou para mim.

-Nada,só achei piada a uma coisa.

Quebra de tempo...

-Meninas,vamos,antes que o vosso Appa dei-a pela vossa falta.-falei.

-Só mais um copo.-a Bia bateu com o copo na mesa.

Luisa- Pois só mais um.

-Temos que ir.

Luísa -Ok,vamos Bia.-ela levantou-se do banco e a Bia a seguir.

Fiz o mesmo,fomos na direção da porta,parei.

-Então, João?-a Bia olhou-me preocupada.

-Esperem por mim lá fora que eu já vou.

Luísa-A...Ok.

Barman- Não se esqueçam do que eu vós disse.

Bia- Vamos pensar no teu caso.

Luísa-Boa noite.-ela saíram do bar.

Virei-me para o balcão onde o barman limpava os copos que nós havíamos usado,ele reparou que eu ainda estava alí.

-A casa de banho é ali.-ele apontou para uma porta ao pé de umas escadas que levavam ao andar de cima.

-Não obrigado.-aproximei-me do balcão.-Só vim avisar-te,não te atires a elas.Vais-te dar mal.-dei um sorriso malicioso e dei uma palmadinha no seu ombro.-Não as esperes para a tua festinha,duvido que elas querem participar na tua suruba.

Ele arregalou os olhos.

-C-como?

-Ah,isso não é muito importante.-parei de sorrir voltando à minha expressão de sempre.-Boa boite.

-A-Boa noite.

Dirigi-me a porta e quando sai,elas estavam à minha espera.

-Obrigado por esperarem.-começamos a caminhar em direção à nossa casa.

Luísa-Pois é João, o que foste fazer?

-Nada.Só fui dar umas palavrinhas ao barman.-encolhi os ombros.

Bia-Que palavrinhas?

-Credo,vocês bêbadas são mais cuscas que o normal.

Bia-Vais dizer ou não?

-Coisas de homens.

Luísa- Já não quero saber.-ela virou-se para a frente e começou aos pulinhos como uma criança.

-O que estás a fazer?

Luísa- Também não sei.-ela esticou a mão a Bia e elas começaram a saltar juntas.

-Lembrem nunca mais vós deixar beber muito.

Elas pararam assim que avistamos a casa delas.

-Vamos gritar boa noite ao Appa!-a Luísa abanou a cauda.

Bia- Vamos.

-BO....-eu tapei a boca às duas.

-Já chega.-elas baixaram as orelhas e pararam de se debater.

Bia- Chato.

-Bebada.-olhei para ela e para a Luísa estavam ambas visivelmente bêbadas,vermelhas que nem tomates e a agir como crianças.Sem falar que a Luísa ronronou duas vezes quando a Bia começou a fazer-lhe festinhas na cabeça.

-Se o vosso Appa nós apanha,mata-me.

Entramos em casa e assim que chegamos à sala elas caiem para o sofá e adormecem.

-Só podem estar a brincar com a minha cara.

Pego numa de cada vez e levo-as para o seu quarto,em seguida vou para o meu e tomo um banho de água fria na esperança de anular o efeito do álcool.

Assim que acabo o meu banho volto para o quarto,olho para o lado do Fred.

-Será que ele vai ficar com ela esta noite?


Notas Finais


Desculpem o cap pequeno,desculpem a demora,estou com uma quebra de imaginação😭😭😭😭😑mas espero que tenham gostado💚💙😊😘🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...