História Amizade colorida (Marichat) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Plagg, Tikki
Tags Hentai
Visualizações 280
Palavras 607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Os personagens principais são de maior nessa fanfic.

Capítulo 1 - A proposta


Fanfic / Fanfiction Amizade colorida (Marichat) - Capítulo 1 - A proposta

Com o passar dos dias eu já nem pensava mais no Adrien, estava me sentindo vitoriosa por isso. Mas quando eu não pensava nele, pensava em um certo gato. Esse gato assombrava a minha cabeça, desde aquele dia em que a gente conversou na minha varanda nos viramos melhores amigos, ele me visitava todas as noites, por coincidência o mesmo estava sofrendo por amor, um amor que eu não pude corresponder como Ladybug. Eu decidi que não ia mais pensar nisso mas essa merda não sai da minha cabeça então acho que vou chamar a alya para irmos a algum lugar, pego meu celular ligando para a mesma

- Oi morena tudo em cima?

- Oi cheng, tudo beleza

- Vamos dar uma volta?

- Vamos, que tal naquela balada perto da sua casa?

- Perfeito te vejo la

- Ok, tchau piranha- fui tomar meu banho pra logo depois me arrumar. Assim que eu saio do banheiro ouço alguns passos

- Quem está aí?- eu pego uma vassoura para me defender

- Não precisa atacar princesa, sou só eu 

- Cat?

- Sim, eu deveria ter entrado no banheiro com você, mas achei que ainda não era o momento certo

- A água quente tinha acabado- digo provancando ele 

- Eu deveria ter entrado- ele dá uma risadinha safada 

- Cat eu vou trocar de roupa, você poderia virar de costa?- ele dá um sorriso malicioso

- Você não quer que eu veja?

- Não, agora seja um bom gatinho e vire de costa

- Tá bom, estraga prazeres- ele se vira, tentando olhar pelo canto do olho eu trocando de roupa

- Eu estou vendo essa tentativa cat- ele vira a cabeça, dessa vez não conseguindo olhar 

- Já pode olhar- ele se vira ficando boquiaberto

- Princesa você está purrfeita

- Meu deus que trocadilho ruim- eu começo a rir igual uma hiena

- Se foi ruim por que você está rindo?

- Eu não sei- digo em meio a risadas, eu respiro fundo e conseguo parar a minha risada 

- Por que parou de rir princesa?

- Seu trocadilho perdeu a graça

- Ah é?- ele chega perto de mim me fazendo inúmeras cosquinhas

- Par-a hahaha- eu começo a rir

- Assim que eu gosto de ver minha princesa sorrindo, mas você não pode dizer o mesmo do seu gatinho- ele para de me  fazer cosquinhas

- Cat?- eu o olho preocupada 

- O que você tem? Você sempre está sorrindo

- Acho que a minha máscara de palhaço caiu, como diz a Ladybug 

- Ainda é sobre a Ladybug?- eu não sabia que tinha machucado tanto ele, se eu soubesse que ele me amava tanto teria dado uma chance a ele

- Não é só por isso, eu sinto falta de alguém que me trate com carinho, com amor e principalmente sinto falta de sexo 

- Sexo?- eu o olho surpresa, era exatamente o que eu estava sentindo

- Sim princesa, sexo

- Eu estou me sentindo do mesmo jeito

- Sério?

- Sim, sinto falta de sentir prazer, de ser tocada ou até mesmo de ser desejada- eu amava ter o cat noir como melhor amigo, a gente podia falar e fazer qualquer coisa 

- É isso, qualquer coisa 

- É isso o que?

- Eu tive uma ideia

- Fala- ele se deita na minha cama 

- Vou te fazer uma proposta

- Faça 

- Que tal se a gente transformar a nossa amizade, em uma amizade colorida?

- Amizade colorida?

- Sim, aquelas em que dois amigos fazem sexo sem compromisso

- Gostei disso princesa 

- Então isso é um sim?

- Talvez

- Feito?- eu estico a minha mão para ele

- Acho melhor eu dar a minha resposta de outro jeito

- Que jeito?

- Desse jeito- ele me puxa, em seguida me beijando......



CONTINUO....?



Notas Finais


Boa leitura❤️
Se quiserem que eu continue é ao dizer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...