História Amizade quase perfeita - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Davina Claire, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Malachai "Kai" Parker, Olivia "Liv" Parker, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Tags Bonkai, Delena, Freyfan, Haylijah, Klaroline, Kolvina
Visualizações 15
Palavras 2.368
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ooooooooi. Rsrsrs
Não me matem pfv kkkk
Gente eu to postando rapidamente e resumidamente. Gente ta quase no fim ... trist. Ta chegando aaaaaaaa

Alerta de HOT.

Desculpem a demora
Valeu aos favoritos
Bgd pelos votos
Encontro vcs la embaixo

.boa leitura

Capítulo 28 - Romântico? Não



Duas semanas após

Os garotos ja estavam prontos para sair do hospital. Kai não saia de perto de bonnie e liv. Ninguém acreditou quando bonnie disse que kai a beijou. Kol era o que mais demorava pra se recuperar. Mas depois desse susto todos prometeram tomar mais cuidado.

Ja estavam todos em casa se preocupando com as provas finais. Estudavam bastante para que conseguisse passar

...

Um mês se passou e nenhum problemas. Todos se sentiam aliviados. Sempre as mesmas. Stetan estava focando no seu futuro e ao mesmo tempo em rebekah. Damon pensava em pra onde iria após a formatura e elena também.

Elijah tentava tomar coragem para falae com hayley e a garota se dedicava a faculdade. Precisavam

Todos estavam dando atenção a faculdade e aos seus cursos. A cozinha que antes era cheia esta vazia. Bonnie se sentia nas nuvens desde o começo e não deu muita importância para os cursos.

Liv estava se tornando uma garota melhor e ao lado de quem ?. Tyler. No inicio foi uma surpresa para todos quando a pegaram na cama com o garoto. Kai quase o matou mas tudo ficou tudo bem. Kai não gostava muito de Tyler mas preferiu abaixar a guarda em respeito a irmã

O mesmo aconteceu com jeremy e freya. Foi no mesmo dia. Não chegaram a dormir junto mas quase dormiram . Jeremy levou uma bela surra dos três irmaos da garota e freya levou alguns puxões de orelha da irmã e de elena

Caroline focava bastante em como voltaria a falar com klaus ja que os dois se afastaram depois doque aconteceu aquele dia

Estava tudo uma perfeição... perfeição ate demais .


[Hoje 23:48]


K - REBEKAAAH - o garoto grita entrando na mansão

R - Niklaus.. para de gritar !!

K - você esta agindo contra minhas costas querida irmã?

R - oque ?. Ficou louco?

K - com a forbes ?.. perdeu a noção ?

C - eu ?..

K - é você mesmo loirinha. Oque estão tramando contra a minha pessoa ?.

C - ue.. que eu saiba nada

K - Parem de mentir. Stefan me disse que vocês estão falando de mim o dia todo

As meninas olham indignada para stefan e suspiram juntas

S - que foi ?.. ele me ameaçou

K - ta brincando ?... Você chegou ao limite de paranoia Klaus.. Você é um babaca, não sabe aproveitar a vida. Você é insuportável

A irmã passa por ele saindo da casa. Rebekah estava nervosa com a atitude do irmão enquanto isso klaus fitava caroline esperado uma explicação

C - qual é o seu problema ? As pessoas tentam te ajudar e você Nao agradece? ME DIZ AGORA. NIKLAUS MILAELSON. OQUE O DONOVAN TE DISSE ?

Caroline ja estava cansada de não saber de nada e ninquem tinha a audácia de falar nada

K - faz diferença?

C - Você não faz ideia

K - matt me dizse que você fez o mesmo com ele. E que No mesmo dia que você disse que gostava de mim . Vocês dois estavam namorando... ele disse que você faz isso com todo mundo so pra se divertir... satisfeita ?

C - oque ??. Ta de brincadeira ne ? NINGUÉM TEVE A AUDÁCIA DE ME CONTAR UMA MENTIRA DESSAS? . MAS QUE DROGA!!

K - agora é sua vez . Oque estão tramando?. E por que aquela porta ali.. fica sempre trancada - ele aponta para uma porta ao lado do sofá

C - NINGUÉM ESTA TRAMANDO NADA KLAUS. EU E A SUA QUERIDA IRMÃ ESTÁVAMOS FAZENDO A DROGA DE UMA SURPRESA PRA VOCÊ. E EU JURO QUE SE EU QUISESSE SOMENTE ME DIVERTIR EU NÃO IRIA GASTAR MEU DINHEIRO ATOA

A mesma vai ate a porta e tira a chave de seu bouso. Abre a porta e a empurra

C - divirta-se na sua desconfiança idiota

Diz e sai pelo mesmo lugar que klaus veio.

A sala estava cheia de balões e um "eu te amo" enorme na parede. Klaus se sentiu um idiota de antes de todos.

Pov . Caroline forbes

Mas qual é o problemas desses garotos ?. É tão errado assim amar alguem ?. Parece que klaus me odiava

Estava sentada na causada da mansão. Rebekah foi pra bem longe , disse que klaus quando começava daquele jeito era pra ela que sobrava tudo.

De meus olhos escorriam tantas lagrimas que nem percebi klaus chegando

K - loira

C - oque? Veio me acusar de mais alguma coisa ?

K - ao contrario... vim te pedir desculpa. Eu errei com você caroline

C - pelo menos reconhece

K - loira eu te amo.. so estava confuso com oque o garoto tinha dito

C - e preferio não me perguntar nada.. Você preferio ficar se remoendo

K - eu preferi não entrar em detalhes. Preferi deixar quieto.

C - ta

Digo encerrando o assunto. Me levanto e vou em direção a entrada. Klaus faz o mesmo mas antes que entrasse ele me puxa

C - oque foi klaus ?

Ele junta seu corpo com o meu e inicia um beijo na. Intenso e calmo. demora um pouvo para retribuir mas assim o faso. paramos por falta de ar e klaus diz

K - quer namorar comigo ?

C - oi ?.. - pergunto não acreditando no que ouvi

Ele abre um sorriso e se abaixa na minha frente

K - caroline forbes.. quer namorar comigo ?

Não tinha aliança mas sua pergunta era clara e decidida. Sorri e me abaixei na sua frente

C - quero

Ele sorri e nos dois nos abracamos. klaus e eu levanta. Ele pega em minha mão e entra

Ao entrar na sala não tinha ninquem todos ja havia seguido seus afazeres.

Pov Davina

D - que coisa - disse tentando se lembrar da ultima letra da musica

KM - Souls ain't born, souls don't die

Soul ain't made of earth, ain't made of water, ain't made of sky

Ride the flaming circle, wind the golden reel

Roll on, brother, in the wheel inside the wheel - canta o garoto parando na frente da porta do quarto

D - obrigado kol..

KM - eu pensei bastante sobre esse negócio de música. .. quero seguir uma dessas carreiras.. eu sou um otimo fotografo e preciso do alguem que tenha dom pra me ajudar a seguir em frente

Kol entra no quarto e senta do meu lado. Me curvo e início um beijo no garoto

D - eu vou te ajudar nisso... pode continuar tirando fotografias minha

KM - mas eu tenho o monte de foto sua... e você é muito perfeita pra sair feia em alguma

D - minha ?

Kol sorri e balança a cabeça como forma de sim

KM - que é?... eu ia apagar tudo. era so pra ficar admirando sua beleza

D - vai pegar a camera

Disse. Kol levanta e sai do quarto, resolvi tomar um banho. Vou para o banheiro e depois de me despir entrei no chuveiro e tomei meu banho. Saio e pego a toalha me secando. Ouço a porta ser batida e imagino ser kol. Pego uma roupa dentro da gaveta do banheiro e a coloco. Um short e um top branco. Saio do banheiro e vejo o garoto sentado na cama mexendo na camera

KM - ainda tem um pouco de espaço. . .

D - vamos na Cachoeira? .. la tem uma visão melhor

KM - claro

O garoto levantou e foi ate a porta. O acompanho ate a saida da casa. Os dois pegam um táxi que os leva a uma parte da cidade onde so havia mato verde e folhas seca por conta do sol

KM - você sabe mesmo onde fica ?

D - eu sei kol ... relaxa

Ela disse e os dois entraram. Davina segue uma trilha que ela conhecia. Ate chegarem em uma cachoeira enorme.

KM - UAU !

D - bonito ne.. pode começar por aqui

Disse sorrindo. Kol prepara a camera e começa a tirar fotos..

Algum tempinho depois sua memória tinha acabado e estávamos olhando as fotos que ele tirou. Cada uma mais bonita... pra mim. Kol apagou algumas e me mostrou as melhores. Me levanto do chão e caminho ate a borda da água

KM - onde você vai ?

D - eu vou pra água - Disse entrando - vêm

Pulo na água e subo para a superfície vendo kol me seguir.

KM - ate que é relaxante... como achou esse lugar ?

D - kai me mostrou, ele quem achou.. e me trouxe para ca. Queria relaxar também. É uma coisa que ninquem sabe - O mesmo se aproxima rindo e eu jogo água em sua cara - vamos embora molhados

KM - .. idai.. - kol joga água em mim e eu faço o mesmo mais uma vez. - quer guerra é?

D - hum... talvez sim, talvez não - o impuro para baixo na água e corro para longe. Dou risada e olho para trás. Não tinha ninquem ali - kol?... - o chamo e nada - kol para de graça. - sinto algo pegar no meu pé e eu ser puxada para baixo da água. Prendo a respiração e sou soutada para cima - filho da ....

KM - xiu.. você quem começou - ele ri e eu me aproximo do garoto na tentativa de derruba-lo de novo . Ele segura em meus braços - se eu cair você vai junto - disse rindo e segurando meus braços. Dou risada e o olho. Kol para de rir E eu o olho atenta. O garoto me puxa e me abraça. Entrelaça nossa boca e me beija. Um beijo calmo e cheio de carinha. Movo minha mão ate seu pescoço e o abraço durante o beijo. Em seguida o garoto me levanta na água e prendo minhas pernas em sua cintura. Ele continua me beijando e sinto a água passar por nós. Kol me leva para a superfície onde um fecho de água passava lentamente e me deita no chão frio.

Puxo o garoto para cima de mim e o mesmo o faz. Beijo sua boca a mordendo e envolvendo minha língua na mesma. O mesmo dobra minha perna deixando meu joelho para cima e fica em meu meio. Levanto sua blusa rapidamente e a tiro de seu corpo vendo seu abdômen definido passo minha mão por ele

KM - davina.. não

D - eu estou pronta pra tudo com você kol

Disse revirando os olhos. E o garoto Sorri voltando a me beijar. Emclino o corpo o ajudando a tirar minha blusa e o mesmo o faz. Ele transfere sua mão para meu short e o abre abaixando o mesmo. Para o beijo e abaixa seu corpo ate minha intimidade forrada e da um beijo ali. Quando sinto sua boca pressionar o pano em mim digo seu nome baixinho mas de um modo que ele ouvisse. Ele abaixa minha calcinha de vagar e levanta meus pés para tirar de meu corpo. O garoto leva seu rosto ate meu umbigo e deixa no mesmo um chupao bem desenhado por sua boca. Desce a seus beijos ate minha intimidade e a tica com a ponta de sua lingua. Sinto arrepios na hora que ele faz aquilo e mordo os labios delicadamente. Quando sinto kol devorar minha intimidade meu corpo leva um choque se suspende e volta ao lugar.

Kol chupa cada parte ali se dedicando o maximo. Algum tempo fazendo isso. Minhas pernas se fecham e eu seguro seu cabelo o apertando. Sinto meu corpo todo vibrar. Aquilo era tão estranho que quase pedi para o mesmo parar. Era excitação. Mas quando eu ia falar o garoto para. Ele abre sua causa enquanto eu respiro me acalmando com aquela sensação e a tira. Kol se deita sobre min sem nada no corpo e me atrevo em descer a mão e pegar em seu membro o apertando. Olho para baixo vendo o tamanha e a grossura de seu órgão e dou um sorriso mordendo os labios

D - sera que entra ?

KM - ele vai entrar.. eu vou cuidar exatamente disso

Disse ele dando um sorriso safado. Como ouvi falar por ai. Começo a alisar seu membro com a minha mão fechada em volta do mesmo. Vejo kol fechar os olhos e tremer em cima de mim

KM - puta merda!!

Ele diz e pisca duas vezes. O garoto pega em minhas pernas e me puxa. Sinto seu corpo chocar com o meu e vejo o mesmo mover a ponta de ser membro na entrada de minha intimidade me olhando. O mesmo o coloca na entrada e o empurra com uma força leve. De início achei que não iria entrar ao julgar a dor que se formou em mim. Mas o mesmo entrou.

Fecho meus olhos erguendo o corpo para cima de satisfação e o garoto tira seu membro devagar.

Mais algumas estocadas ja não sentia mais dor alguma. So o prazer e a vontade de gemer seu nome. E assim o faço. Aproveito os gemidos e digo seu nome entre alguns e outros. O garoto estava duro demais e eu o ajudava com alguns gemidos e arranhões. Kol aperta mais seu membro em mim e estoca mais fundo. Solto gemidos mais altos

D - apertadinha ne..

Disse ele em uma voz sexy. Apenas consegui acentir. Meus gemidos eram todos descontrolados junto com palavras desconexas sinto meu corpo vibrar de novo. Mas dessa vez mais visível e junto com a vibração minha vontade de gozar. Eu iria gozar.

D - kol... eu.. eu vou..

Me desmancho em seus braços e ao julgar pelo liguido quente kol tambem o fez. Damos um gemido forte e eu me curvo o abracandor ofegante

KM - meu deu !!

D - que loucura - disse dando uma risada fraca. Estava cansada ao extremo. Kol passava as mãos por minhas costas me acariciando. Aos poucos me acalmo e me despreendo de seus bracos

KM - oque achou ?

D - foi otimo meu bem.. e você?

KM - você é a melhor..davina.. foi otimo

Ele disse para mim. O garoto deita do meu lado e eu me levanto um pouco fraca me deito sobre o mesmo e suspiro

D - vamos dormir aqui ?

KM - tanto faz... com tanto que você não queira abusar Da minha pureza

Ele diz e damos risada

D - seu bobo.. logico que eu não vou. .. não sou impura

Disse rindo e deitei minha cabeça no peito do garoto 



Notas Finais


Eita gente rsrs
Bem.

Ate o proximo capitulo
COMENTEM PFV. EU PRECISO MUITO
posto a proxima assim que der.. ja estou com planos para a proxima fic.

Beijinhos e bye 😙😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...