1. Spirit Fanfics >
  2. Amnésia. >
  3. Six.

História Amnésia. - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Eu bem atrasada aqui, né, só no aguardo. Ah, sei lá Man, vou fazer nessa hora que é mais de boas.
Obrigada a todos que acompanham, amo vocês.

Capítulo 6 - Six.


- Sasuke?

- Naruto?

- Ah, como vai?

- Vou bem. Faz um tempo que não nos vemos.

- Sim, acho que cinco meses, para ser mais exato.

- Hm... é.

- Bom, a gente se vê por aí.

- Naruto, espere...eu...você aceita sair comigo hoje? Caso não tenha nada para fazer, claro.

- Ah...S-sim, aceito...

- Naruto.

- Sim?

- Eu te amo.

°^°

Kushina e Deidara estavam no sofá do apartamento de Sasuke, conversando e rindo. A ruiva se dera bem com o loiro, que tinha um parafuso a menos e isso era bem divertido para Kushina, que só tinha o filho desse jeito.

- Deidara, você é o melhor. - Uzumaki ria do novo amigo. Eles compartilhavam planos malignos para fazer Sasuke e Naruto voltarem, mas só resultou em mais risadas e nenhum plano.

Uchiha só respirava fundo, tentando se acalmar. Nem a ruiva tinha sido legal com ele quando começou a namorar Naruto ou quando era seu amigo, e já se dera bem com Deidara assim de cara? Algo de errado não está certo.

- Vocês poderiam acabar com essa conversa e me ajudar agora? Caso não lembrem, Naruto mora aqui ao lado e eu preciso conquistá-lo hoje se possível. - Sasuke fazia uma expressão séria. Estavam brincando com a cara dele, só pode.

- Calma, Uchiha, tudo tem seu tempo e não é hoje que você vai levar ele pra sua cama. - Deidara riu do cunhado. Sabia de sua impaciência e gostava de testar isso.

- Bom, eu já fiz o trabalho sujo. - Kushina falou. - Entrei na casa do meu filho hoje de manhã e acabei com a água quente dele. - Uzumaki sorriu, sentindo-se orgulhosa de si mesmo. Amava seu filho, mas não aceitaria aquela Hyuuga de jeito nenhum. 

- Você foi rápida, Kushina-san. Eu te admiro. Preciso aprender mais com você. - Os olhos do loiro brilharam e saíram asas do mesmo. Ele estava encantado com a mulher.

- Eu já te adotei como filho agora mesmo. - Bagunçou os cabelos do mais novo.

Sasuke bufou, contrariado. Kushina não tinha feito isso consigo quando era amigo de Naruto e nem quando se casou com o mesmo. Era muita injustiça, mas resolveria esses assuntos depois, tinha que focar no principal.

- Bom, que horas Naruto chega? - o loiro olhou em seu relógio. 

Naruto estava fora de casa fazia uma hora. Kushina dizia que talvez ele estivesse de volta, já que o mandara uma mensagem dizendo que iria para casa do mesmo em meia hora.

O moreno iria falar algo, mas ouviu a voz estridente de Naruto e passos pesados. Ele tinha chegado. O coração do Uchiha bateu mais rápido que o normal. Estava na hora de por o plano em ação. 

Esperaria o Uzumaki ir tomar seu banho, mas não ter sua querida "água quente", então pediria para o vizinho ao lado.

Sasuke estava cogitando a ideia de aparecer todo molhado e toalha envolta da cintura para provocar.

Talvez fosse aderir, nunca se sabe.

°°°

Uzumaki tinha chego com Hinata. Abriu a porta e entraram. Tinha arrumado sua casa, deixando toda organizada. Estava procurando um apartamento maior e que seu salário pagasse. Já estava preparando tudo para morar com Hinata.

Naruto não estava tão feliz assim para a chegada do casamento. Não sabia ao certo sobre isso. Desde a chegada do novo vizinho, sua memória ficou uma bagunça.

Talvez seja só sua loucura, mas olhou para Hinata e tinha perdido um interesse na mesma. Bem, não que estivesse se casando forçadamente, ainda mantinha um interesse, mas era pouco.

Estaria ele se atraindo por aquele vizinho? Impossível. Gostava de mulheres e ainda sentia atração por Hinata. Talvez deve ser algo. Gentileza? Sim, deve ser.

Iria para seu quarto, quando Hinata segurou seu pulso e o virou, beijando-o.

Naruto pensou que era apenas um selinho comum. Hinata sempre fazia isso, pois era tímida demais para fazer mais coisas.

E ele estava errado, pois sentiu a língua de Hinata pedindo passagem. Arregalou os olhos, ela nunca tinha feito isso; sempre que Naruto tentava algo desse tipo, Hinata quase chegava a desmaiar. Será que tinha tomado alguma coragem? Se sim, essa era a hora certa.

Queria esquecer o vizinho e seus pensamentos traiçoeiros, então concedeu a passagem.

O beijo começou calmo. O beijo não era nada apressado, mas necessitado. Uzumaki levou as mãos até a cintura da menor, apertando levemente, ocasionando um gemido da mesma.

Hinata tinha as mãos nos cabelos loiros de Naruto, puxando de leve os fios da nuca. Sua vergonha diminuía conforme beijava o garoto. Seu coração batia a mil por hora. Amava-o tanto. Amava-o desde o dia em que ele a defendeu, quando tinha quatro anos.

Ela nunca se esqueceria do garoto loiro que apanhou de alguns garotos, pois eles estavam rindo da menina indefesa.

Naruto era seu herói, o grande amor da sua vida. O seguiu durante muito tempo, apenas observando de longe.

Teve que se mudar para outra cidade no ensino médio, mas nunca havia esquecido o garoto.

Voltou para sua cidade na época da faculdade assim que soube que Naruto tinha sofrido um acidente. Ficou por pouco tempo, pois teria que terminar seus estudos, mas, assim que se formou, deixou sua família e voltou.

Trabalhou no mesmo lugar que Naruto e viu que ele estava melhor. Claro que ele não a reconhecia, mas isso não era problema.

Tinha ficado feliz quando ele a chamou para sair. Não era nada demais, só encontro de amigos, mas ele tinha pedido ela em namoro. Isso sim era felicidade. Ela poderia morrer feliz, mas tinha que viver uma vida com Naruto. Ela queria isso.

Sentiu Naruto pegar em sua coxa e a impulsionar para cima. Hinata prendeu suas pernas na cintura de Naruto. Ele a levou para o quarto, deitando com ela em sua cama.

O ar era rarefeito, então Naruto distribuirá selinhos em Hinata, descendo para seu pescoço, onde sentiu o perfume que tanto adorava.

Beijou o pescoço da mesma, vendo-a se arrepiar. Deu mordidas leves para que não deixassem marcas. As mãos foram para suas coxas, apertando. 

Hinata rebolou de leve contra o membro coberto de Naruto que estava semi ereto, fazendo o loiro arfar.

Ele se afastou um pouco para tirar a blusa da morena, vendo seu corpo e seus seios fartos. Iria tocá-los, mas ouviu batidas consideravelmente fortes na porta.

Naruto se afastou, lembrando que sua mãe tinha lhe avisado sobre ir até sua casa naquele mesmo dia.

Praguejou e se levantou. Hinata pegou sua blusa e a vestiu. Estava vermelha por conta do ocorrido, mas feliz.

Naruto foi correndo até a porta e abriu, vendo sua mãe conversando com o vizinho ao lado.

- Demorou, Naruto. Eu quase criei raízes de tanto ficar plantada aqui. - Kushina o encarou de maneira mortal.

Viu Hinata surgir de trás de Naruto. Seu cabelo estava um pouco bagunçado e seus lábios vermelhos, assim como os de Naruto.

Sasuke arqueou uma sombrancelha ao ver aquilo e olhou a semi ereção do Uzumaki. Com certeza iria transar com a peituda.

Bufou, despedindo-se de Kushina e entrando em sua casa.

A primeira coisa que fez foi pegar uma almofada e gritar nela, abafando o barulho.

- Ei, que bicho te mordeu, Uchiha? - Deidara comia algo feito pelo moreno que, na sua opinião, era horrível, mas ele colocou muito chocolate naquele doce que Sasuke chamava de "bolo". Ou algo do tipo.

- Fica na tua, loira. 

Sasuke foi para seu quarto e Deidara recebeu uma mensagem de Kushina, dizendo que Naruto pretendia fazer a Hyuuga gemer seu nome.

Uchiha riu. Deidara faria Sasuke agradecer Kushina por impedir aquela catástrofe.

°°°

2 Semanas Depois.

O plano saiu como combinado? Sim e não.

"Sim" quando Naruto bateu na porta do Uchiha, perguntando se poderia tomar banho na casa dele.

Como Sasuke havia planejado, atendeu o Uzumaki só de toalha e o viu corar quando percebeu que estava encarando o corpo do moreno na cara dura. Sasuke havia gostado.

Estava dando tudo certo no começo. Até ofereceu um chá para Naruto depois que o mesmo passou pela sala vestido com seu pijama laranja.

Sasuke queria fazer amizade e Naruto aceitou, ele sempre gostava de novos amigos.

O "não" foi quando o Uchiha achou que estava tudo bem entre eles, que estava rolando um clima e investiu. Aproximou-se mais do Uzumaki, ficando bem perto.

Naruto o encarou meio confuso. Sasuke aproximava seu rosto lentamente de Naruto, olhando para seus olhos, mas descendo seu olhar para a boca do mesmo.

O loiro pensou que tinha algo em seu rosto. Seria pasta de dente ou algo do tipo? Esperou que o maior dissesse algo, mas não foi isso. Apenas se distraiu quando sentiu o perfume amadeirado de Sasuke.

Sasuke, aproveitando que Naruto estava distraído, beijou no canto de sua boca. 

Claro que o bronzeado acordou de seu transe momentâneo e se levantou rapidamente, saindo da casa do Uchiha sem olhar para o mesmo que o chamava.

Desde o ocorrido, Naruto tentava ao máximo evitar o Uchiha, apenas desejando "bom dia" quando o via e tentando escapar das tentativas falhas do moreno de puxar uma conversar com o menor.

- MALDIÇÃO!!!! 

- Você poderia falar mais baixo? Aya está dormindo. - Itachi tentava acalmar seu irmão a todo custo.

- Droga, Itachi, ele está me evitando. - Sasuke inflou as bochechas. - Ele mal conversa comigo.

- Ah, por que você acha isso? Talvez porque o beijou de repente? - Itachi deu um tapa na nuca de seu irmão mais novo. Ele era tão burro em questão de relacionamento amoroso.

- Droga, Itachi. - Acariciou o lugar em que recebeu o tapa. - O que eu faço agora?

- Bom, nós sabemos que Naruto gosta muito de comer e eu já estava pensando em uma possibilidade. - Deu uma pausa, vendo que seu irmão ficava em silêncio para que o mesmo continue a falar. - Acho que está na hora de eu lhe ensinar a cozinhar.

- Que? - Afastou-se. Era uma péssima ideia. - Você sabe que sou ruim na cozinha. E o que isso irá ajudar?

- Bem. - Riu. - Quando não conquistou usando seu charme, nada melhor do que conquistar usando a comida.

Era uma boa ideia. Talvez desse certo.

Só talvez.

Se não fosse Sasuke Uchiha quem cozinharia.


Notas Finais


RUN, RUN, RUN, RUN. Ah, gente, eu tô amando isso.
Como conquistar um Mozão ou Mozona? Só cozinhar para elx. De boaaaa
Ksksjskshxsj
Kushina salvando o dia, meus amores, ela realmente é uma deusa. Pronto!
Escutem: https://youtu.be/ZAfAud_M_mg
Isso também: https://youtu.be/dtZ5eovbZHA
ATÉ MAIS BABYS!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...