1. Spirit Fanfics >
  2. Amnésia >
  3. Capítulo 6 (Estrada Para Lugar Nenhum) Parte 2

História Amnésia - Capítulo 8


Escrita por: DemonsAndAngels56

Notas do Autor


Oii gente, mais um capítulo para vocês espero que gostem, e desculpa pela demora para posta.

Capítulo 8 - Capítulo 6 (Estrada Para Lugar Nenhum) Parte 2


No dia seguinte...


Eu acordei sem ter consciência da hora do dia. Enquanto eu pensava nisso, percebi que nem lembrava como é que eu tinha vindo do consultório do Lian para a cabana. Eu vi o Dylan e a Alice conversado em voz baixa na sala de estar.


Aurora: Olá!


Alice: Aurora, venha, junte-se a nós.


Dylan:Eu espero que você tenha dormido bem. Ontem foi um dia difícil.


Aurora:Eu dormi bem, agora me sinto bem. 


Alice: Você se lembra de visitar o doutor Lian?


Aurora:Eu não me lembro de tudo. Na verdade, eu não me lembro como eu vim do consultório para cá.


Dylan: Conta para nós do que você se lembra, por favor, porque eu apenas ouvi um barulho e entrei correndo no consultório, sem nem bater na porta. Eu fiquei preocupado com você.


Dylan estava sinceramente preocupado, o que me deixou desconfortável. Eu estava ciente que tenho mudado completamente as suas vidas com os meus problemas.


Alice:Eu fiquei com tanto medo quando vi o Dylan te carregando nos braços enquanto você estava inconsciente. 


Aurora:Oh! Me sinto tão mal com toda essa situação.


Alice: Não se preocupa com isso. Quantas vezes preciso repetir? O Dylan e eu estamos felizes por poder te ajudar!


Dylan:Lian me disse que o vosso conversa era confidencial...


Aurora: Isso é verdade, mas eu não quero esconder nada de vocês dois.


Dylan: Então, aconteceu alguma coisa no consultório que te deixou perturbada?


Alice trouxe chá e biscoitos que ela mesma fez, e se sentou no chão entre o Dylan e eu, enquanto me olhava de um modo carinhoso. Eles estavam em silêncio esperando que eu lhes revelasse o segredo da bolsa.


Enquanto eu pensava em como contar para eles do que tinha me lembrado no consultório, alguém bateu na porta com força. Alice se assustou e rapidamente foi abrir a porta da frente. 


Lian: Olá.


Dylan: Olá, Lian. Você chegou na hora certa para beber chá e comer biscoitos 


O Lian estava na porta, com as bochechas vermelhas do frio. Enquanto ele estava dizendo oi para o Dylan e a Alice, eu corri para a sala de estar para ver como eu estava.


O Lian definitivamente vai notar a minha aparência!


Fui para o quarto e troquei de roupa rapidamente.


Lian: Você está muito bonito Aurora.


Aurora: Obrigado! 


Alice:Ela não é linda,Lian!


Dylan levantou uma sobrancelha confuso com as perguntas dirigidas a Lian.


Dylan: Alice, deixe Aurora em paz. Você não está vendo que ela está corando?


Aurora:Ah, está tudo bem! Eu gosto quando as pessoas me elogiam.


Lian:meu coração está cheio agora que estou vendo sua vontade de voltar a vida. Você não deveria estar escondendo sua beleza. Você deveria estar orgulhosa disso.


Alice levou Lian ao seu lugar e disse para ficar confortável e então ela correu para cozinha. 


Alice:Por favor, sente-se, eu já volto.


Lian: Aurora, sei que não liguei primeiro, mas eu tinha que vir verificar como você está e trazer o que você esqueceu no consultório.


Então ele colocou a bolsa na minha frente...


Dylan:Esqueceu? Aurora o que o Lian esta querendo dizer?


Aurora: Parece que a bolsa é minha...


Dylan: Como você pode ter certeza? Você encontrou os seus pertences dentro dela?


Alice: Aqui o seu chá, Lian!


Lian: Obrigado, Alice.


Alice:O que eu perdi?


Aurora: Na verdade, não muito. Agora que estamos todos aqui, eu vou contar do que me lembrei.


Ninguém disse uma palavra enquanto eu falava das minhas memórias do hotel.


Dylan:Se eu entendi bem, você se lembrou de tudo por causa do perfume... O hotel, o vestido de noite e até mesmo o fato de você não ter levado o seu celular.


Aurora: Provavelmente eu não deixei o celular lá de propósito porque eu tenho certeza que naquela noite aconteceu algo comigo e eu não pude pedir ajuda. 


Alice:Oh isso é horrível! É tão horrível que eu nem quero pensar nisso.


Lian: Isso não significa que você tenha se lembrado de algo do dia anterior do acidente...


Dylan: Isso é verdade! Você não estava usando um vestido de noite quando eu te encontrei.


Alice: É um grande alívio que a sua memória esteja voltando, mas não é um grande consolo, porque não conseguimos te relacionar com ninguém do seu passado.


Aurora: Talvez também consigamos fazer isso.


Lian: Você está sorrindo, oq um significa que você se lembrou de mas alguma coisa!


Aurora: Isso mesmo! Eu sei o nome do hotel onde estava hospedada.


Abri a bolsa e peguei a chave. Entreguei a ao Dylan e pedi-lhe para observa-la com atenção.


Dylan: Isso não é possível!


Alice:Me deixe ver! 


Lian: Isso é a chave de um quarto de hotel?


Aurora: Exatamente! Eu não consegui me lembrar logo do nome do hotel mas depois eu senti um detalhe marcado nos meus dedos.


Dylan: É isso mesmo! Todas as chaves desta cadeia de hotéis têm uma forma específica e elas podem ser reconhecidas pelas sua inscrição.


Lian: Como é possível que você saiba tanta coisa sobre esse hotel?


Dylan: Porque eu trabalhei lá.


Aurora:Oh! Isso me dá esperança de que minha casa não seja longe daqui e que será uma questão de dias até alguém me encontrar!


Alice: Isso seria ótimo, mas... Eu me lembro do tempo em que o Dylan trabalhava lá...


Notei que os dois estavam olhando para baixo e não queriam me dizer a verdade.


Aurora:Me digam de uma vez...


Dylan: Lamento, Aurora. O hotel de que você está falando está fechado há vários anos.


A esperança de encontrar a minha casa foi destruída naquele momento, como uma frágil bolha de sabão. 




Continua... 





Notas Finais


Iae gente o que vocês acham que aconteceu com a Aurora?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...