História Amo você? - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yuri!!! on Ice
Personagens Christophe Giacometti, Georgi Popovich, Hiroko Katsuki, Jean-Jacques Leroy, Kenjiro Minami, Lee Seung Gil, Mari Katsuki, Michele Crispino, Mila Babicheva, Minako, Nikolai Plisetsky, Personagens Originais, Phichit Chulanont, Victor Nikiforov, Yuri Katsuki, Yuri Plisetsky
Tags Yuri×yuro
Visualizações 41
Palavras 610
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeiramente: abaixe o preço de açaí.
Segundamente: esse capítulo e pequeno por que eu queria colocar um lemon mas aí eu desisti e resolvi que o próximo capítulo só vai ter lemon
Espero quem gostem.:-D💜🎊✨

Capítulo 13 - Capítulo13- seu Idiota!


Yuri on)

acordei com uma enfermeira me cutucando, olhei pro lado e vir que Victor não estava la, a enfermeira veio me avisar que Yuro já estava acordado, levantei e fui correndo até o quarto do Yuro, chegando lá vejo Victor segurando a mão de Yuro enquanto chorava, quando Yuro me viu deu um sorriso enorme que me fez chorar de felicidade.

Yuri:– Baka!.- digo correndo até ele é o abraçando.– por que fez aquilo?.

Yuro:– eu não podia te perder.- ele fala retribuindo o abraço.– eu tinha que te proteger.

Yuri:– eu fiquei com tanto medo de te perder.- digo chorando e abraçando ele ainda mais forte.– tanto medo...

Yuro:– ei não chore, olhe pra mim.- olho pra ele, e ele está sorrindo.– agora me beija.

eu o beijei e foi um beijo demorado e calmo, nos separamos por causa da falta de ar e depois ficamos olhando para Yuro conversando com Victor, depois de um certo tempo a enfermeira chamam Victor para assinar a papelada de liberação do Yuro. Victor sai e deixa eu e Yuro sozinho em silêncio até que ele resolver quebra esse silêncio.

Yuro:– e o JJ.- ele pergunta olhando pra janela.– está vivo?.

Yuri:–... ele morreu.- vejo um olhar Yuro.– sinto muito...

Yuro:– hm...- ele continua olhando pra janela.– foi minha culpa, se eu não tivesse dado esperanças pra ele, isso não teria acontecido.

Yuri:– Yuro..- falo pegando seu rosto fazendo ele olhar pra mim.– a culpa não é sua, ele viu amor onde n tinha e não quis aceitar a realidade.

Yuro:– mas..- interrompi ele colocando meu dedos em seus lábios.

Yuri:– não tem mais Yuro..- digo olhando sério pra ele.– a culpa não foi sua...

ficamos em silêncio até Victor Chamar a gente pra ir embora, ele estava de carro então chegamos rápidos em casa. chegando lá levei peguei Yuro no colo estilo noiva e o levei pro quarto e coloquei ele devagar na cama, fiquei com ele ali até ele pegar no sono quando resolvi ir embora victor pede pra mim ficar hoje com Yuro pra ele não se sentir sozinho então tiro os sapatos e volto a deitar. fico admirando a beleza de Yuro, nem acredito que poderia ter perdido ele, meu mundo acabaria se isso acontecesse.

Yuri.– Meu gatinhos.- digo baixo pra ele não ouvir.–nao me assuste dnv.

Yuro:– me desculpa.- em assustei com a voz dele, achei que estivesse dormindo.

Yuri:– tudo bem, agora durma você precisa descansar- digo dando um beijo na sua testa e vendo dormi.

(Yuri off)

(Yuri on)

acordei sentindo um cheiro de torradas com geleia, bolo de cenoura e suco de morango, quando abrirá olhos vejo Yuri entrando no quarto com uma bandeja de café, ele coloca ela encima da mesinha que tem do lado da cama. eu me sento e ele coloca a bandeja encima das minhas pernas e eu começo a comer que nem um porco esfomeado, quando acabo coloco a bandeja na mesinha e volto a deitar percebo que Yuri está me olhando muito,sento e o encarei também.

Yuro:– o que foi Yuri.- pergunto mais ele não responde.–Y-U-R-I!

Yuri:– que?.- ele diz saindo do seu transe.– disse algo?.

Yuro:– vamos ver filme?.- pergunto,e ele faz que sim com a cabeça.– vamos ver qual?.

Yuri:– qual você quiser ver.- ele diz levantando e saindo do quarto.–vou fazer pipoca.

ele desce e depois de 10 minutos ele volta com 2 Cocas e um balde enorme de pipoca, fico procurando filmes e acabo colocando "It:a coisa", o filme mal começa e eu já estava com medo, eu gosto de filmes de terror mas não gosto de terror com palhaços. Yuri percebe meu medo é me envolve com seu braço me puxando pro seu peito, e ficamos ali vendo filmes até pegamos no sono.


Notas Finais


Eu, você, 2 Cocas, 1 balde de pipoca e filme de terror( que não tenha palhaços por que tenho trauma), cê topa?kkk

Então esse é o capítulo de hoje na prometo fazer um melhor com um lemon detalhado ( ou tentar KK).

Até de madrugada pessoinhas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...