História Amo você? - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Yuri!!! on Ice
Personagens Christophe Giacometti, Georgi Popovich, Hiroko Katsuki, Jean-Jacques Leroy, Kenjiro Minami, Lee Seung Gil, Mari Katsuki, Michele Crispino, Mila Babicheva, Minako, Nikolai Plisetsky, Personagens Originais, Phichit Chulanont, Victor Nikiforov, Yuri Katsuki, Yuri Plisetsky
Tags Yuri×yuro
Visualizações 131
Palavras 3.042
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Alô alô, meu nome é Alasca yang e estou aqui parar posta mais um capítulo para vocês
💜🌈🎊✨

Capítulo 6 - Capítulo6 - ligação do JJ e noite com Yuri


Fanfic / Fanfiction Amo você? - Capítulo 6 - Capítulo6 - ligação do JJ e noite com Yuri


Anteriormente

Yuro:– JJ?.- gritei de espanto, o fantasma voltou pra me atormenta.

Atualmente

(Yuro on)

não acredito que o JJ estava me ligando, achei que ele tinha me esquecido ou teria arrumado alguém. o Que será que ele quer pra estar me ligando.

(Ligação on)

Yuro:– O que você quer JJ?.- falo sem paciência.

JJ:– nossa amorzinho, e assim que você fala com seu amor?.

Yuro:– primeiro não me chame de Amorzinho, e segundo voce não é meu amor.

JJ:– assim você magoa meu coração..

Yuro:– JJ o que você quer?

JJ:– quero você de volta, sinto tanta sua falta...

Yuro:– JJ nunca tivemos nada, só fiquei com você uma vez!!

JJ:–Vai dizer que não significou nada?... vai dizer que você não gostou?

Yuro:– posso ter gostado mas não o suficiente pra ter um relacionamento com você JJ!!.

JJ:– Yuro volta pra mim, posso fazer você mudar de ideia...

Yuro:– não!!, e agora estou namorando então pare de me perturbar.

JJ:– não me importo, não vou desistir de você!

(Ligação off)

Ele desligou na minha cara. eu não creio que depois de quase 1 ano ele vem me procurar com a história de que me ama, pelo amor de Deus mas agora eu estou namorando Yuri e nada vai me fazer deixar ele... Bom e melhor eu ir dormi por que amanhã tenho mais um dia de aula....

~~~~~Horas mais tarde~~~~~

acordei antes que o despertado, são 10:00, então levantei da cama fui ao banheiro fazer a higiene pessoal e tomar uma ducha, sai do banheiro e fui já de cueca colocar uma roupa qualquer pra ir a faculdade, já vestido desci e fui tomar café que Victor estava preparando.

Victor:– Bom dia Yuro, acordou cedo.- fala Victor vestindo um termo é um avental rosa horrível.

Yuro:– bom dia Victor, por que estar de terno?.- pergunto meio confuso, ele nunca usa terno direito pra ir trabalhar.

Victor:– vdd Yuro, eu queria fala que vou em uma viagem a negócio é só volta daqui a 1 semana.- ele fala colocando café na caneca.

Yuro:– tendi, tudo bem então.- digo meio triste, não gosto de ficar em casa muito tempo sozinho.

depois dessa conversa eu saio pra ir pra faculdade, acabo chegando cedo e fico lá sentado ouvindo música enquanto pensava que teria que ficar sozinho naquela casa. escuto o sinal tocar e vejo que nenhum dos meus amigos veio, então eu entro e vou pra sala.

(Yuro off)

(Yuri on)

Hoje estou de folga, então eu acho que vou buscar o Yuro na faculdade pra gente sair um pouco, faz tempo que não vejo ele.. estou com saudades, então levanto da cama e vejo que já são 13:00 e se eu não me engano as aulas do Yuro acaba as 14:30 então dá tempo ainda, tomo banho coloco uma cueca e uma calça preta e um casaco azul e saio de casa, demoro uns 10 minutos até chegar na escola do yuro. quando chego vejo Yuro conversando com um professor, quando ele me ver se despede do professor e corre até mim.

Yuro:– Yuri, o que faz aqui?.- ele fala meio corado.

yuri:– vim buscar meu namorado, não posso?.

Yuro:–baka!, claro que pode.- ele fala com um sorriso fofo no rosto, o sorrio que amo tanto.

Yuri:– então será que meu namorado vai querer ir almoçar na minha casa hoje?.- pergunto vendo ele sorri de ponta a ponta.

Yuro:– Claro que quero, vamos!.- ele puxa meu braço pra começamos a andar mais eu puxo de volta meu braço com Yuro ainda segurando ele é dou um selinho nele fazendo ele corar.

Yuro:– Yuri!!.. não faça isso em público.- ele estava tão corado que parecia um tomate.– vamos logo Yuri.

Yuri: tá bom, vamos.

chegando na minha casa, pergunto ao Yuro que ele queria comer e ele disse que eu podia escolher então resolvi fazer Katsudon pra nós, começo a fazer e quando percebo Yuro está sentado na bancada da cozinha me olhando fazer a comida.

Yuri:– o que foi Yuro?.- pergunto pra ele enquanto corto os ingredientes.

Yuro:– nada,só queria ver você cozinhando.-ele diz com um sorrisinho nos lábios.– você seria uma boa dona de casa kk.

Yuri:– isso foi um elogio?.- pergunto e ele diz que sim.

Yuro:– Y-U-R-I, você tem quantos anos?.- ele me pergunta e eu achava que ele sabia.

Yuri:– tenho 23, vou fazer 24 daqui a alguns meses.-digo vendo ele ficar de boquinha aberta.

Yuro:– achei que você era mais novo... eu vou fazer 18 anos...

Yuri:– você é um bebê.- digo sorrindo.– melhor.. você é meu bebê!.

Yuro:– tsc, não me chame de bebê porquinho.- ele fala fazendo biquinho que da vontade de morde.– já podemos comer?

Yuri:– rsrs sim, esfomeado.

coloco na mesa e começamos a comer. yuro disse que estava uma delícia e falou que era o novo prato preferido dele, terminamos de comer, lavamos a louça e fomos pro quarto, pego o Notebook e coloco uma série para vermos. Yuro sento entre minhas pernas e eu fiquei mexendo nas suas longas madeixas loiras em silêncio, até Yuro resolver dizer algo.

Yuro:– amanhã vou começar a fazer ballet.- ele disse encarando o Notebook.

Yuri:– sério? que bom..- digo sorrindo.– eu fiz ballet até os meus 16 anos.

Yuro:– sério?, por que parou?.

Yuri:– tive alguns problemas...- falo com um olhar meio triste, queria nunca ter parado.– então tive que parar.

Yuro:– sinto muito..- ele fala meio triste, será que ele achava q foi indelicado?.

Yuri:– tudo bem..- falo sorrindo.– posso fazer uma trança no seu cabelo??.

Yuro:– pode Yuri.- ele diz voltando a encarar o Notebook.

Yuri:–Arigato!!!

fico fazendo trança no Yuro enquanto ele está assistindo a série e quando termino de fazer a trança Yuro se vira e coloco o Notebook na mesinha do lado da cama e depois se joga encima de mim me beijando, um beijo selvagem e quente.

Yuri:– Yuro, não vou te comer hoje.- digo sério fazendo ele fechar a cara.

Yuro:– por que não hein??.- fala meio irritado.

Yuri:– por que não.- falo me levantando vendo que já está tarde.– vamos, vou te levar pra casa.

Yuro:– não quero ir pra casa.- ele diz com uma carinha triste.–victor sai pra uma viagem de trabalho.

Yuri:– eu posso dormi lá com você?.- pergunto e vejo um sorriso enorme aparecer.

Yuro:– Claro!!

Yuri:– vou pegar algumas roupas e depois vamos.

já com as roupas na mochila pego a chave e saímos. não demoramos muito pra chegar na casa do Yuro, ela estava meio bagunçada mas Yuro disse que não queria arrumar então segurou meu braço e me arrastou pro quarto, chegando lá ele me joga na cama e ficar encima de mim.

Yuri:– Yuro o que você...- sou interrompido com um beijo do Yuro, foi um beijo selvagem e muito quente, ele começa a beijar meu pescoço e dar vários chupões e depois volta atacar minha boca, nos separamos por causa da falta de ar.

Yuro:– eu quero você..

jogo Yuro na cama e começo a beija-lo e dar vários chupões no seu pescoço, coloco a mão por dentro da blusa dele e começo a brincar com seus mamilos fazendo ele dar vários gemidos baixos, tiro sua blusa e volto a beijar seu pescoço e vou descendo até chegar em seus mamilos, começo a chupar e morde seu mamilo direito arrancando muito gemidos do Yuro, quando vejo que o mamilo direito dele já está bem vermelho eu passo pro esquerda e faço a mesma coisas, volto a atacar a boca do Yuro dando algumas mordidas nos lábios inferiores dele. sinto a ereção de Yuro no meu joelho, coloca a mão em sua ereção por cima da roupa e faço movimentos de "vai e vem" fazendo ele dar um gemido alto, depor desse gemido eu não aguento arranco a calça de Yuro junto com a cueca e coloco a mão sobre seu membro e começo a masturba-lo lentamente e depois começo a ir mais rápido fazendo Yuro gemer de prazer, não demora muito Yuro gozar na minha mão.

Yuro:– Yuri... me coma.- ele fala todo ofedante e corado.

Yuri:– seu deseja e uma ordem.- não perco tempo, tiro minha calça junto com a cueca vendo meu membro saltar pra fora, abro mais as pernas do Yuro e começo passar meu dedo envolta da sua entrada que pedia por atenção. pego dentro da minha mochila lubrificante e passo em 2 dedos e no meu membro rígido, coloco os 2 dedos na entrada de Yuro fazendo ele gemer e depois começo a fazer movimentos de vai e vem, tiro meus dedos e coloco o meu membro lentamente.

Yuro:– awnn..Yuri..- Yuro geme meu nome me fazendo pirar, quando meu membro já está totalmente dentro dele eu começo a me mexer lentamente e depois começo a estocar mais forte e rápido, ouvido Yuro gemer loucamente pedindo mais rápido. acerto sua próstata fazendo gritar de prazer então começo só acerta aquela área, sinto que estou chegando no meu épico e começo a estocar bem mais rápido, quando chega meu épico gozo dentro de Yuri preenchendo toda sua cavidade .

saio de dentro do Yuro e me jogo pra cama e descanso, olho pro lado e vejo que yuro já dormiu, mesmo cansado eu resolvo tomar um banho. tomo o banho e coloco uma cueca e deito do lado de Yuro e o abraço, beijo sua testa e durmo.

(Yuri off)capítulo6 - ligação do JJ e noite com Yuri

Anteriormente

Yuro:– JJ?.- gritei de espanto, o fantasma voltou pra me atormenta.

Atualmente

(Yuro on)

não acredito que o JJ estava me ligando, achei que ele tinha me esquecido ou teria arrumado alguém. o Que será que ele quer pra estar me ligando.

(Ligação on)

Yuro:– O que você quer JJ?.- falo sem paciência.

JJ:– nossa amorzinho, e assim que você fala com seu amor?.

Yuro:– primeiro não me chame de Amorzinho, e segundo voce não é meu amor.

JJ:– assim você magoa meu coração..

Yuro:– JJ o que você quer?

JJ:– quero você de volta, sinto tanta sua falta...

Yuro:– JJ nunca tivemos nada, só fiquei com você uma vez!!

JJ:–Vai dizer que não significou nada?... vai dizer que você não gostou?

Yuro:– posso ter gostado mas não o suficiente pra ter um relacionamento com você JJ!!.

JJ:– Yuro volta pra mim, posso fazer você mudar de ideia...

Yuro:– não!!, e agora estou namorando então pare de me perturbar.

JJ:– não me importo, não vou desistir de você!

(Ligação off)

Ele desligou na minha cara. eu não creio que depois de quase 1 ano ele vem me procurar com a história de que me ama, pelo amor de Deus mas agora eu estou namorando Yuri e nada vai me fazer deixar ele... Bom e melhor eu ir dormi por que amanhã tenho mais um dia de aula....

~~~~~Horas mais tarde~~~~~

acordei antes que o despertado, são 10:00, então levantei da cama fui ao banheiro fazer a higiene pessoal e tomar uma ducha, sai do banheiro e fui já de cueca colocar uma roupa qualquer pra ir a faculdade, já vestido desci e fui tomar café que Victor estava preparando.

Victor:– Bom dia Yuro, acordou cedo.- fala Victor vestindo um termo é um avental rosa horrível.

Yuro:– bom dia Victor, por que estar de terno?.- pergunto meio confuso, ele nunca usa terno direito pra ir trabalhar.

Victor:– vdd Yuro, eu queria fala que vou em uma viagem a negócio é só volta daqui a 1 semana.- ele fala colocando café na caneca.

Yuro:– tendi, tudo bem então.- digo meio triste, não gosto de ficar em casa muito tempo sozinho.

depois dessa conversa eu saio pra ir pra faculdade, acabo chegando cedo e fico lá sentado ouvindo música enquanto pensava que teria que ficar sozinho naquela casa. escuto o sinal tocar e vejo que nenhum dos meus amigos veio, então eu entro e vou pra sala.

(Yuro off)

(Yuri on)

Hoje estou de folga, então eu acho que vou buscar o Yuro na faculdade pra gente sair um pouco, faz tempo que não vejo ele.. estou com saudades, então levanto da cama e vejo que já são 13:00 e se eu não me engano as aulas do Yuro acaba as 14:30 então dá tempo ainda, tomo banho coloco uma cueca e uma calça preta e um casaco azul e saio de casa, demoro uns 10 minutos até chegar na escola do yuro. quando chego vejo Yuro conversando com um professor, quando ele me ver se despede do professor e corre até mim.

Yuro:– Yuri, o que faz aqui?.- ele fala meio corado.

yuri:– vim buscar meu namorado, não posso?.

Yuro:–baka!, claro que pode.- ele fala com um sorriso fofo no rosto, o sorrio que amo tanto.

Yuri:– então será que meu namorado vai querer ir almoçar na minha casa hoje?.- pergunto vendo ele sorri de ponta a ponta.

Yuro:– Claro que quero, vamos!.- ele puxa meu braço pra começamos a andar mais eu puxo de volta meu braço com Yuro ainda segurando ele é dou um selinho nele fazendo ele corar.

Yuro:– Yuri!!.. não faça isso em público.- ele estava tão corado que parecia um tomate.– vamos logo Yuri.

Yuri: tá bom, vamos.

chegando na minha casa, pergunto ao Yuro que ele queria comer e ele disse que eu podia escolher então resolvi fazer Katsudon pra nós, começo a fazer e quando percebo Yuro está sentado na bancada da cozinha me olhando fazer a comida.

Yuri:– o que foi Yuro?.- pergunto pra ele enquanto corto os ingredientes.

Yuro:– nada,só queria ver você cozinhando.-ele diz com um sorrisinho nos lábios.– você seria uma boa dona de casa kk.

Yuri:– isso foi um elogio?.- pergunto e ele diz que sim.

Yuro:– Y-U-R-I, você tem quantos anos?.- ele me pergunta e eu achava que ele sabia.

Yuri:– tenho 23, vou fazer 24 daqui a alguns meses.-digo vendo ele ficar de boquinha aberta.

Yuro:– achei que você era mais novo... eu vou fazer 18 anos...

Yuri:– você é um bebê.- digo sorrindo.– melhor.. você é meu bebê!.

Yuro:– tsc, não me chame de bebê porquinho.- ele fala fazendo biquinho que da vontade de morde.– já podemos comer?

Yuri:– rsrs sim, esfomeado.

coloco na mesa e começamos a comer. yuro disse que estava uma delícia e falou que era o novo prato preferido dele, terminamos de comer, lavamos a louça e fomos pro quarto, pego o Notebook e coloco uma série para vermos. Yuro sento entre minhas pernas e eu fiquei mexendo nas suas longas madeixas loiras em silêncio, até Yuro resolver dizer algo.

Yuro:– amanhã vou começar a fazer ballet.- ele disse encarando o Notebook.

Yuri:– sério? que bom..- digo sorrindo.– eu fiz ballet até os meus 16 anos.

Yuro:– sério?, por que parou?.

Yuri:– tive alguns problemas...- falo com um olhar meio triste, queria nunca ter parado.– então tive que parar.

Yuro:– sinto muito..- ele fala meio triste, será que ele achava q foi indelicado?.

Yuri:– tudo bem..- falo sorrindo.– posso fazer uma trança no seu cabelo??.

Yuro:– pode Yuri.- ele diz voltando a encarar o Notebook.

Yuri:–Arigato!!!

fico fazendo trança no Yuro enquanto ele está assistindo a série e quando termino de fazer a trança Yuro se vira e coloco o Notebook na mesinha do lado da cama e depois se joga encima de mim me beijando, um beijo selvagem e quente.

Yuri:– Yuro, não vou te comer hoje.- digo sério fazendo ele fechar a cara.

Yuro:– por que não hein??.- fala meio irritado.

Yuri:– por que não.- falo me levantando vendo que já está tarde.– vamos, vou te levar pra casa.

Yuro:– não quero ir pra casa.- ele diz com uma carinha triste.–victor sai pra uma viagem de trabalho.

Yuri:– eu posso dormi lá com você?.- pergunto e vejo um sorriso enorme aparecer.

Yuro:– Claro!!

Yuri:– vou pegar algumas roupas e depois vamos.

já com as roupas na mochila pego a chave e saímos. não demoramos muito pra chegar na casa do Yuro, ela estava meio bagunçada mas Yuro disse que não queria arrumar então segurou meu braço e me arrastou pro quarto, chegando lá ele me joga na cama e ficar encima de mim.

Yuri:– Yuro o que você...- sou interrompido com um beijo do Yuro, foi um beijo selvagem e muito quente, ele começa a beijar meu pescoço e dar vários chupões e depois volta atacar minha boca, nos separamos por causa da falta de ar.

Yuro:– eu quero você..

jogo Yuro na cama e começo a beija-lo e dar vários chupões no seu pescoço, coloco a mão por dentro da blusa dele e começo a brincar com seus mamilos fazendo ele dar vários gemidos baixos, tiro sua blusa e volto a beijar seu pescoço e vou descendo até chegar em seus mamilos, começo a chupar e morde seu mamilo direito arrancando muito gemidos do Yuro, quando vejo que o mamilo direito dele já está bem vermelho eu passo pro esquerda e faço a mesma coisas, volto a atacar a boca do Yuro dando algumas mordidas nos lábios inferiores dele. sinto a ereção de Yuro no meu joelho, coloca a mão em sua ereção por cima da roupa e faço movimentos de "vai e vem" fazendo ele dar um gemido alto, depor desse gemido eu não aguento arranco a calça de Yuro junto com a cueca e coloco a mão sobre seu membro e começo a masturba-lo lentamente e depois começo a ir mais rápido fazendo Yuro gemer de prazer, não demora muito Yuro gozar na minha mão.

Yuro:– Yuri... me coma.- ele fala todo ofedante e corado.

Yuri:– seu deseja e uma ordem.- não perco tempo, tiro minha calça junto com a cueca vendo meu membro saltar pra fora, abro mais as pernas do Yuro e começo passar meu dedo envolta da sua entrada que pedia por atenção. pego dentro da minha mochila lubrificante e passo em 2 dedos e no meu membro rígido, coloco os 2 dedos na entrada de Yuro fazendo ele gemer e depois começo a fazer movimentos de vai e vem, tiro meus dedos e coloco o meu membro lentamente.

Yuro:– awnn..Yuri..- Yuro geme meu nome me fazendo pirar, quando meu membro já está totalmente dentro dele eu começo a me mexer lentamente e depois começo a estocar mais forte e rápido, ouvido Yuro gemer loucamente pedindo mais rápido. acerto sua próstata fazendo gritar de prazer então começo só acerta aquela área, sinto que estou chegando no meu épico e começo a estocar bem mais rápido, quando chega meu épico gozo dentro de Yuri preenchendo toda sua cavidade .

saio de dentro do Yuro e me jogo pra cama e descanso, olho pro lado e vejo que yuro já dormiu, mesmo cansado eu resolvo tomar um banho. tomo o banho e coloco uma cueca e deito do lado de Yuro e o abraço, beijo sua testa e durmo.

(Yuri off)


Notas Finais


Olá dnv, eu estou tentando melhor gente, eu juro💜 e gente talvez eu demore pra postar por que agora eu tô trabalhando em uma cafeteria maid e eu fico muito cansada pra escrever então é só isso mesmo✨🌈 até algum dia ... Bye bye pudins


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...