1. Spirit Fanfics >
  2. Among Us >
  3. Revelações

História Among Us - Capítulo 16


Escrita por: e hey_lemos0


Notas do Autor


Eae Tripulantes, demorei?
Acho que pela primeira vez vim em menos de mais de uma semana, sim, passou os sete dias, mas procurei vim mais rápido, por causa dessa doença horrível, meu cronograma de ocupações foram canceladas.
Bem, como meu dever de gente que quer proteger a gente, peço que todos fiquem em suas casas, evitem sair nesses tempos de suspensão de aulas e eventos (só saía em casos extremos) e evite contrato físico e principalmente com idosos!
Parece chato falar toda hora sobre isso, mas todo reforço é valido e vamos ter fé em Deus, que tudo logo em breve vai se acalmar!
Somos sobreviventes!
Vamos ficar em casa lendo nossos livros para que em breve, todos nós possamos sair.

Boa leitura!

Capítulo 16 - Revelações


Fanfic / Fanfiction Among Us - Capítulo 16 - Revelações

 Kai estava com seu coração desparado, sentia que precisava saber quem sao os seus pais, mas ele tinha um receio de se decepcionar com as respostas.

- Me diga, estou preparado para saber da verdade.

- Eu direi - ela fez uma breve pausa - mas em troca, desejo que você também me ajude em juntar seus pais novamente.

- Se estiver ao meu alcance...

- Sim, está! - ela o cortou e continuou - Você sabe sobre a sua história, Cetrion, não mentiu em nenhum momento e ela te contou o que realmente aconteceu, mas tem algo que ela não te contou...

- Sim, ela se negou a dizer quem era os meus pais.

- Kai, Cetrion é a sua própria mãe - Kai sentiu uma lágrima cair sobre sua face - e Raiden é o seu pai!

- Então... eu tenho um pai e uma mãe? - ele estava confuso a felicidade e a duvida que foi abandonado vinha a tona - Cetrion negou a dizer que era a minha mãe?

- Tudo o que ela fez por amor, ela não te deixou no Shirai Ryu, mas sim eu. Eu também fiz o parto dela e ela pediu que você ficasse em um lugar seguro... - Kai fitou o chão e Môondencia segurou em seu ombro - ela sofreu, mas ela me disse que preferia ter você longe e seguro do que perto e morto!

- Quando Raiden descobriu?

- Na época que ela engravidou, teve que esconder dele e dizer que não o amava. Faz pouco tempo que ele soube da sua existência, queria estar com você e te abraçar, mas a Cetrion ainda tinha seus receios.

- Eu achei que estava sozinho no mundo...

- Raiden também achava - ela o cortou - mas olhe, vocês tem uma família e é isso que eu quero unir.

- E por que tanto te importa que eles fiquem juntos? - Kai perguntou.

- Bem... - ela preferia não tocar no nome de Beattryce - Raiden, deseja ter a família dele unida, imagina o que ele não vai fazer por esse sonho? E para ser pior e se chegar alguma "intrusa" e destruir o lugar da sua mãe?

Kai apenas ficou calado, seu maior sonho era ter sua família unida.

- Tem razão! Eu vou uni-los!

(...)

Raiden estava com Liu Kang, perto das fontes, o Deus do trovão tentava dar conselhos para o shaolin.

- Sabe Liu, Kitana, não é mais a mesma da antiga era. Aconteceram muitas coisas que você nem pode tentar decifrar, mas é necessário.

- Ela diz que não confia em mim e que prefere manter a distância!

Eles ficaram calados, mas o silêncio foi quebrado quando ouviram alguém dizendo:

- Paciência é uma virtude - Cetrion chegou perto de ambos - talvez você não confie também em mim, mas eu mudei de lado e peço que também tenha certa desconfiança de todos que te rodeam.

- Por que diz isso, Cetrion? - Liu perguntou.

- Digamos que porque tem mais impostores entre nós!

Eles avistaram Kai chegando, então avistaram ele meio nervoso, mas antes de alguém perguntar algo, ele pediu para Liu Kang.

- Poderia me deixar falar com eles?

Liu assentiu e se despediu de todos antes de sair.

- Aconteceu algo, Kai? - Raiden perguntou.

Ele ficou quase sem respirar, mas algo de início em um abraço único com os dois, ele começou deixar cair as lágrimas e disse:

- Vocês são meus pais! - Raiden nem sabia o que dizer, mas estava feliz - Por favor... - ele se afastou um pouco e Cetrion tocou em seu rosto - não neguem!

- Não! - Raiden tocou em seu ombro - Não vamos negar - ele olhou para Cetrion - não é, Cetrion?

Ela negou com a cabeça e abraçou forte o filho.

- Queria te contar antes, mas tinha medo de te perder... - Cetro dizia.

- Eu fiquei sabendo recentemente - Raiden sorriu para ambos - mas estamos em uma era que tudo deve se manter em sigilos ou cuidado.

- Acha que eu posso ser um impostor?

Kai perguntou e Cetrion, lhe respondeu sem pensar duas vezes.

- Não. Uma mãe conhece e sente cada batida e sentimentos do coração de um filho!

- Amanhã vou receber uma visita do Nightwolf, também irei avisar aos outros sobre... - ele sorriu de canto antes de completar a frase - o nosso filho!

Cetrion abraçou o Deus do trovão, e começou a agradecer no pé do seu ouvido.

- Obrigada, Raiden...

Ela viu de longe Beattryce, então se afastou do mesmo e continuou.

- Você me deu o maior presente da minha vida!

Cetrion abaixou a cabeça, começou a lembrar da discussão que teve há um dia atrás com a princesa cósmica.

A Deusa da virtude, não quis discutir com a moça, mas também deixou bem claro que não era uma ameaça.

Raiden então lhe respondeu:

- Não, você me deu! - ele segurou nas mãos dela - Você me deu uma família!

- Agora podem ficar juntos - Kai falou quando segurou no ombro de ambos.

Cetrion se afastou um pouco de Raiden, e apenas lhe respondeu.

- As coisas mudaram e nem sempre vão poder ser como você imagina!

Antes que Kai pudesse dizer algo, Cetrion lhe cortou e perguntou:

- Quem te contou?

- A mulher que te ajudou no parto.

- Môondencia!

Beattryce conseguiu ouvir quando Cetrion, falou o nome da mãe, então colocou a mão na boca e saiu correndo.

(...)

Eles passaram um tempo conversando em família e falando sobre coisas que aconteceram em seus relacionamentos, até que o sono começava a bater e Raiden disse.

- É melhor ir dormir, está tarde. Teremos mais tempo para conversar!

Após outro abraço nos pais, Kai se despediu e voltou para o seu quarto.

- Eu vi sua namorada. Ela quase me fuzilou por te abraçar, imagina quando souber que o Kai, já sabe de tudo.

Raiden passou a mão na testa e suspirou, como se soubesse que teria problemas.

- Deixei bem claro - Cetrion continuou - que eu não era uma ameaça e não usaria o Kai.

- Eu sei disso, se desistiu de mim há anos - ele se virou de costas e ia andar para sair - não ia ser agora que íamos voltar...

Ela segurou a mão dele e o fez virar.

- Não desistir, eu apenas...

- Teve medo da mãe? - ele cortou ela mais uma vez.

- Queria te manter vivo! - ele engoliu seco diante da resposta - Esse foi meu erro na época, querer deixar vivo as pessoas que amava!

Raiden não conseguia dizer nada, então ele resolveu pedir desculpas.

- Bem... me desculpe...

- Eu já ganhei meu prêmio por zelar sua vida - ela começou a levitar para sair - obrigada pelo agradecimento, Raiden!

Ele colocou as duas mãos no rosto e por fim se perguntou.

- O que eu fiz? Fui um idiota!

(...)

Beattryce não sabia como ia conseguir falar com a mãe, não tinha como entrar no Sky Temple, mas queria e precisava tirar satisfações com ela.

- Procurando por mim?

Beattryce se virou e viu Môondencia e perguntou:

- Por que contou ao Kai, sobre as origens dele? - ela começou a gritar - Achei que tínhamos um trato!

- Eu também sei ser uma traidora! - a Deusa respondeu.

- Trair a própria filha? Que espécie de mãe é você?

- Aquela também que sabe castigar - ela se aproximou da mesma - você vai ser castigada por ter ido contra as minhas vontades! Agora, o Raiden, vai ter a família que ele tanto desejava!

- Realmente, ele vai ter, porque eu vou dar o filho que ele tanto deseja!

Ela riu, como se ela tivesse contado uma piada, então Beattryce se irritou e perguntou:

- Do que tanto rir?

- Eu disse para você se afastar do Raiden, como você não me obedeceu, este é o meu castigo: seu ventre está seco!

Ela começou sentir seus olhos marejados e dizia - está mentindo! -

- Pobre filhinha, não vai gerar nunca um filho do Raide!

- Você não pode fazer isso comigo!

- Eu te disse para se afastar dele, em troca, você me desobedeceu e recebeu sua penitência!

- Você não é a minha mãe, você é um MONSTRO!

Ela gritou a última palavra e logo sumiu com um sorriso malicioso no rosto.

(...)

Cetrion havia levitando e indo até uma superfície bem alta no céu, perto da lua e dizia para si mesma.

"Eu vou superar meus sentimentos!"

Quando ela viu, a lua refletia a imagem de alguém que estava morta, mas quando ela notou a "existência do reflexo" da pessoa, ela levou um breve susto.

- Mãe?

- Não deveria ter me traído, Cetrion, agora você vai pagar! Os Deuses tiveram sua mente manipulada e tenha certeza de uma coisa, brevemente eu e Shinnok vamos reinar!


Notas Finais


Sei que só aumentei os suspeitos, mas fic boa é assim.
No próximo capitulo, o Nightwolf vai aparecer um pouquinho mais.
Obrigado por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...