História Amor - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Adelaide Kane, Cristiano Ronaldo, Gareth Bale, Karim Benzema, Marcelo Vieira, Marco Asensio, Sergio Ramos, Toni Kroos
Personagens Adelaide Kane, Personagens Originais, Sergio Ramos
Visualizações 415
Palavras 2.445
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AMORES DA MINHA VIDA ♥️ NÃO ME MATEM PELA DEMORA ♥️.

Hoje foi aniversário da nossa Helena ♥️♥️ Então quem a segue pode acompanhar um pouco dos preparativos no Instagram dela @helenakane01 .


NÃO DEIXEM DE LER AS NOTAS FINAIS,DE VERDADE 😭❤️❤️❤️

Capítulo 42 - Capítulo 39


Fanfic / Fanfiction Amor - Capítulo 42 - Capítulo 39

— FELIZ CUMPLEAÑOS!

Acordei no susto com o grito em meu quarto,a cena seria até trágica se não fosse tão engraçada. Um Sérgio  tentando equilibrar uma bandeja no braço esquerdo e no outro uma Maitê cheia de balões nas mãos ,ambos completamente sujos de.... chantilly?

— Acordou a margarida. — Sérgio disse colocando a bandeja sobre a cômoda e se aproximando com Maitê ainda nos braços. Os dois se sentaram ao meu lado na cama. — Feliz cumpleaños,mi amor. Obrigado por tudo que fez por mim. Eu te amo muito.

— Eu que sou grata por ter você.... vocês. — Corrigi rapidamente,olhando para a pequena agora em meu colo.  —  Te quiero mucho mas,mi capitán. — Sorrio,antes de receber um selinho do mesmo....

— Ecaaa! — Maitê reclamou fazendo cara de nojo,que nos fez rir. — Que feio.

— Continue pensando assim por bastante tempo,meu amor. — Falou Sérgio,se levantando da cama e indo até a cômoda pegar a bandeja. — Como hoje é dia de comemorar,eu e a Maitê fizemos um café muito especial pra você.

— Maitê colocou as frutinhas. — Ela diz,quando ele põe a bandeja em meu colo e eu pude ver um copo de suco,panquecas encharcadas de chantilly e muito morango. Tudo que eu mais gostava. — Você gotou?

— Se eu gostei? Eu amei,meu amor. É o melhor café de aniversário mundo.

— Lembrando que eu fiz o suco, então provavelmente tenha ficado um pouco azedo. — Ele tentou se explicar assim que eu peguei o copo de suco em mãos.

— Não se preocupe,vou gostar do mesmo jeito.

— Falto o seu presente,vou pegar na sala. Não saia daí ! . — Meu namorado ordenou antes de deixar o quarto correndo. E em menos de dois minutos ele estava de volta,com um buquê em mãos e uma sacola vermelha. — Pra você,carino.

— Uau,são lindas. — Eu falo,ao receber o buquê de rosas junto a sacola e em seguida abro a mesma revelando uma caixinha de veludo com o logo da Cartier em cima e um conjunto de pulseiras dentro. — Dios mio! São lindas demais,muito obrigada,amor.

— Que bom que gostou,não sabe o quão difícil foi achar o seu presente de aniversário.

Me diz,tem como acordar no dia do seu aniversário de uma maneira melhor que essas? Cercada dos dois amores da minha vida ? Certamente, não.

  Hoje é meu aniversário,9 de agosto.  Completo três décadas,trinta anos muito bem vividos,mas confesso que não tô gostando muito desses ideia de envelhecer .

  Sérgio voltou de viagem ontem após a pre temporada nos Estados Unidos. E hoje eu daria uma festa de aniversário aqui em casa,para meus amigos e familiares.

..

   Só sai do quarto nessa manhã  quando terminei de responder todas as mensagens de aniversário no celular,mas logo tratei de começar a adiantar as coisas. O dia seria muito corrido.

(....)

  Optei pela ideia de fazer a festa em casa porque achei que assim seria menos trabalhoso. Mentira!

Falta menos de uma hora pra festa começar e eu nem sequer comecei a me arrumar,o pessoal do buffet chegou atrasado e acabou enrolando tudo. Eu ia surtar a qualquer momento.

— Helena,está faltando......

— AAH! — Soltei um grito frustado,quando uma das funcionárias do buffet veio falar comigo. — Desculpas,eu estou uma pilha. Mas faz o seguinte,compra tudo que está faltando e me trás a nota que eu acerto com você. Pode ser ?

— Sim,está bem.

   Se contratando uma empresa pra organizar tudo eu tenho trabalho imagina se eu fizesse tudo sozinha.

—  Ou,tá saindo fumaça da sua cabeça. — Sérgio disse,quando nos encontramos pelo corredor. — Não acha melhor começar a se arrumar ? Eu cuido do resto pra vocês,Maitê ainda está dormindo então você tem tempo.

  — Mas eu ainda preciso...

— Amor, é só uma festa. Não precisa se cobrar tanto. — Ele disse,me abraçando por cima dos ombros. — Agora relaxa e vai se arrumar,daqui a pouco o pessoal está aí.

  — Tudo bem. — Bufei,me dando por vencida. — Mas qualquer coisa você me chama.

— Pode deixar. — Trocamos um beijo às pressas e eu corri em direção ao meu quarto.

Consegui me arrumar com muito custo e ainda em seguida arrumar Maitê que havia acordado quando sai do banho. Estávamos atrasadas mas prontas.

  A família de Sérgio foi a primeira a chegar seguida de Elora e Misty e mais algumas meninas da loja.  Estava tudo pronto e muito bonito,decidi fazer a decoração com flores em vários tons de rosa,as que eu mais gostava.

— Hey,girl. — Me viro na direção em que me chamavam dando de cara com  Leah,que veio correndo aí meu encontro. — Happy birthday, sweet.

— Aah,muito obrigada. — Falo em meio ao abraço que recebo. — Que bom que chegaram.

— Sai que é minha vez. —  Antonella surge a empurrando para me abraçar. — Buon compleanno,Lenita. Tudo de bom,muita paz e saúde.— Onde podemos deixar os presentes ?

  — Obrigada, italiana. Muito obrigada por virem,meninas. — Agradeço as duas sorrindo. — Fiquem a vontade,hoje eu quero todo mundo louco na medida. —  Podem deixar naquela medo perto da escada.

— Isso é comigo mesmo.— Leah falou apontando pra si. — Mas antes preciso ir aí banheiro.

— A casa é de vocês. — Digo de forma educada,então reparo os outros chegaram logo atrás. — Falo com vocês depois,meninas.

— Cadê o tapete vermelho? Porque o mais lindo chegou. — Marcelo foi o primeiro a se pronunciar,humorado como sempre. — Meus parabéns, Lena. Muitos anos de vida e paciência pra aturar o capitão.

— Vai ser preciso mesmo. — Concordei entrando na brincadeira. — Muito obrigada,meu lindo. — O agradeço antes de passar a cumprimentar Clarice.

— Parabéns,amiga. Você está linda. — Clarice disse me abraçando. — Espero que goste,achei sua cara. —  A morena me estende um sacola de presente.

— Aí,Clarice. Não precisava se preocupar. — Digo fazendo uma careta,e sou pega por um abraço de Enzo. — Oi,meu amor .

  — Feliz aniversário,tia Lena. — Ele diz todo sorridente. — A piscina tá liberada?

  — Todinha de vocês,hoje pode bagunçar. — Digo recebendo um olhar cúmplice do mesmo. — Mas com cuidado.

  — Enzo,quem te ensinou a ser interesseiro assim? — Marcelo perguntou fingindo a pior cara de bravo,que me fez soltar uma gargalhada.

  — Você é péssimo. — Falo ainda rindo. — Vamos entrando,fiquem a vontade.

..

Está sendo quase impossível ficar parada por um minuto sequer,toda hora chega mais e mais gente. Casemiro chegou com a esposa e a pequena Sara,logo depois Modric,Vanja e os filhos.  Nacho e Isco chegaram juntos e  um pouco depois chegou Luca.

  — Cadê meu Isco favorito ? — Pergunto ao camisa 22 agora que estávamos todos a mesa.

— Eu estou aqui,meu bem. — Isco diz  me lançando uma piscadela que fez todo rirem.

— Ela tá falando do Isco bonito,seu filho. Não você. — Nacho fala zoombando do amigo,que o encara sério.

— Você também,Nacho. — Chamo atenção do mesmo. — Por que não trouxe as crianças?

— Dia de ficar com a mãe. — Ele diz de forma desconfortável,então eu rapidamente me lembrei que eles não estavam mais juntos.

— Júnior saiu com meus pais. — Isco diz mudando o rumo da conversa. — Então hoje estou livre.

— Olha quem chegou,o mais novo pai de família. — Sérgio fala apontando a nossa frente,onde Asensio chegava com Aly no colo ao lado de Aurora.

— É muito amor,mal cheguei e já está me zoando. — Asensio diz ao se aproximar e eu me lavanto pra cumprimentá-lo. — Feliz cumpleaños,Lena.

— Muchas gracias,chencho. — Agradeço,me desfazendo do abraço e pegando Aly do seu colo. — Oi,minha delícia .

— Tem alguém aqui ficando velha ? — Aurora fala agora ao meu lado,e eu me viro rapidamente a abraçando. — Feliz aniversário,minha amiga. Muita saúde,muito luz em sua vida. Você merece tudo de bom.

— Nossa que melação. — Marcelo não perdeu a oportunidade de sacanear. — Vocês são melosas.

— Marcelo! — Clarice o repreendeu. — Inconveniente .

— Tambem acho. — Concordei com Clarice,fazendo uma careta pra Marcelo

— Tá com ciúmes ? Sabe que eu também te amo. — A loira fala mandando um beijo no ar.

— Silêncio,que o lindo chegou. — Kroos chegou chamando atenção,e eu o encarei com o cenho franzido.

— Hoje vai ser briga pra ver quem tem o ego maior. — Casemiro falou recebido um tapa de Marcelo. — Qual foi!

— Feliz aniversário, chatinha. — Me parabeniza o alemão,com um abraço que me tirou do chão. 

  — Obrigada,Alemão. Eu sei que você me ama.

 

....

  Quase todo mundo havia chego,Vázquez e Maca chegaram em poucos minutos seguidos de Carvajal . Os únicos que faltavam era Benzema ,meus pais e Scarlett,mas os últimos eu sabia que seria impossível de vir.

— Feliz aniversário,amiga. Muitas felicidades. — A Maca diz me dando um abraço . — Você está linda

  — Muito obrigada,nem acredito que você veio. — Digo sorridente. — Como está o pequeno Lucas? 

 

— Ele está ótimo,ficou com minha mãe.

  — Vamos entrar,já tá todo mundo aqui.

      Voltei a me acomodar na cadeira,enquanto conversava com todos até sentir falta de um certo francês.

  — Gente,alguém falou com o Benz? — Pergunto,antes de por meu copo de vodka sobre a mesa. Maitê estava sobre os cuidados de Rosita,então eu posso beber um pouco hoje.

— Tô até estranhando,ele é sempre o primeiro a chegar nas festas. — Asensio falou,olhando pra tela do celular.

— Ele tá todo enrolado com uma amiga dele que apareceu,só sei que deu uma confusão. — Isco falou cruzando as pernas. — Foi o que eu ouvi dizer

  —  Fofoqueiro,ein. — Disse Leah,que estava ao lado do mesmo.

— Como você ficou sabendo disso ? —  Sérgio perguntou não aguentando a curiosidade. — Não fiquei....

  — Gente,ele chegou. — Modric falou ao voltar a mesa. — E está acompanhando. 

  A primeira coisa que eu fiz for encarar Elora que apenas deu e ombros quando eu a olhei. Que eu me lembre,a última pessoa que saiu com Karim foi ela,mas eu não vou falar nada já que isso não me diz respeito.

— Chegou quem faltava. — Aurora disse assim que o mesmo surgiu a porta,ao lado de uma mulher que se me permitem dizer,linda pra porra. Uma pele bronzeadissima,um cabelo preto escorrido até a cintura. Kb9 tem um bom gosto.

— Salut. — Karim acenou para todos antes de me cumprimentar. — Joyeux anniversaire,Lenita. — Nos abraçamos rapidamente e ele se virou para a apresentar ao mulher ao lado. — Essa é minha amiga,Aveline.

  — Me desculpe por aparecer de penetra,esse idiota disse que viria aqui apenas pegar uma encomenda,não mencionou festa alguma. — A tal Aveline começou a se explicar com um sotaque francês bem carregado. — Mas de qualquer forma,feliz aniversário. É um prazer conhecê-la.

— Muito obrigada. — Agradeço depois de cumprimentar a mesma. — E não se preocupe,você é muito bem vinda aqui. Vai adorar conhecer os outros.

— Não sei se eu deveria..

  — Que bobagem,eles vão gostar de você. Se é amiga do Benz,também é nossa.

  

(...)

Anoiteceu,a festa ocorria muito animada. Mesmo sem a presença dos meus pais o que já era de se imaginar,eu estava radiante ao lado dos meus amigos,da minha bonequinha. 

   Agora estávamos na pista de dança,enquanto o DJ tocava todos os meus ritmos favoritos. E eu dançava junto a Sérgio,nossa música favorita. Criminal.

— Tú me robaste el corazón como un criminal . — Cantarolei os versos da música,enquanto dançava agarrada ao meu namorado.

— Sabe,minha irmã disse que vai levar Maitê pra passar a noite com ela,hoje. — Sérgio falou com uma cara maliciosa,balançando nosso corpo ao ritmo da música.  — Sabe o que isso significa?

  — Não, o que ? — Pergunto me fazendo de desentendida.

— Que nós vamos fazer muito......

  — Lena,vamos dançar. — Aurora surgiu ao nosso lado,me puxando pelo braço deixando um certo capitão com cara de tacho.

— Você é a melhor. — Gargalhei,abraçando minha amiga.

— Deixem pra ficar de agarramento depois da festa,agora você tem que curtir. — Ela diz dando uma piscada,enquanto as outras se juntaram a nós.

— Cadê a Leah? — Perguntei um pouco mais alto por conta do som,ao sentir falta da minha amiga.

— Vai me dizer que não sabe. — Antonella falou me olhando com as mãos na cintura.

— Eu não,o que tá pegando? — Perguntei curiosa e as meninas me olharam rindo e Ana aponta de forma discreta para o lado,onde Leah e Isco dançavam bem "íntimos"

— Eles estão muito bebados,não é ? — Volto a perguntar,ainda encarando os dois de forma chocada.

  — Helena, querida. — Minha sogra apareceu ao meu lado e eu me virei sorrindo. — Nós já estamos indo.

  — Já? — Ela afirmou,com as mãos em meu ombro. — Então espera só um minuto que eu vou cantar parabéns.

  — Não precisa se.....

   — Claro que precisa,Paqui. — Digo por fim,antes de ir até o DJ e pedir para o mesmo anunciar que iria cantar parabéns.

   Fui ao banheiro correndo,dei um jeito qualquer no meu cabelo e sequei o rosto voltando até o local em que a mesa do bolo estava montada.

  — É O PARABÉNS PRA VOCÊ . — Marcelo e Aurora começaram a cantar o que eu deduzi ser em portugues,enquanto me aproximava do bolo. — NESTA DATA QUERIDA.

— Deixa eu acender a vela ,idiotas. — Chamei atenção,enquanto esperava alguém me entregar o isqueiro. — Alguém viu o.... aí está vocês. — Digo assim que Sérgio surge com Maitê no colo.

— DE LONGE E DE PERTO,NOS TRÁS ATE AQUI...MADRIIIID...MADRIIID — Asensio,Isco e Nacho começaram a cantar o hino do Real Madrid,fazendo com que todos os outros se juntassem a eles. E pra acabar Antonella começou  a cantar em italiano igual uma maluca.Jamais deixariam  cantar parabéns.

—  Será que agora já posso cantar parabéns ? — Pergunto quando finalmente fizeram silêncio.

— Acho que tá fraco,vamos cantar de novo. — Benzema falou me encarando e eu rapidamente acendi a vela antes que eles começassem de novo.

— CUMPLEAÑOS FELIZ, CUMPLEAÑOS FELIZ,TE DESEJAMOS TODOS....

  Cantamos parabéns,que acabou se estendendo coma palhaçada dos meninos . Fiz um pequeno discurso agradecemos a presença de todos ,pedi para partirem o bolo e não demorou muito para que o pessoal começasse a ir embora . E quando percebi,só havia relatado eu e Sérgio.

  — Você está com essa cara por que a festa acabou ou por que a Maitê foi dormir na minha irmã ? — Sérgio perguntou puxando a cadeira pra se sentar ao meu lado.

— Um pouco de cada,mais porque ela aceitou ir sem reclamar. — Falo fazendo um biquinho triste. — Poxa,ela nem reclamou .

— Ah,não fica assim. Sabe que ela gosta muito da minha irmã. E pense bem,nós vamos ter um momento só nosso agora.

— Pensando bem,você tem razão. É hora de ter um momento só nosso.

(....)


Notas Finais


🍁 Trago uma notícia não muito boa,esse foi o penúltimo capítulo da fanfic. MAS CALMA,ela não vai acabar de vez. Em breve teremos uma nova temporada, diferente da que tivemos aqui. Eu também vou aproveitar pra ajustar algumas coisas por aqui.

🍁 Então seria bom que vocês a sigam no insta,porque eu sempre vou estar falando as novidades por lá. ♥️♥️

🍁 Espero que tenham gostado do capitulo de hoje e não deixem de comentar. O que acham que vai rolar na próxima temporada ? 😂😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...