História .amor. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Winwin
Tags Amor Próprio, Auto Ajuda, Autora É Bipolar, Conselho, Nct 127, Nct U, Winwin
Visualizações 23
Palavras 258
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - ;; e aprendeu a se amar


SiCheng suspirou pela última vez, secando as lágrimas, que insistiam em percorrer pelo seu rosto. Seu coração doía e, sua cabeça, batucava mil e uma ideias — negativas, para variar. 

  Não era a primeira vez que sofria por um amor não correspondido. Estava cansado, de fato. Porém, ouvir seu consciente dizer que não teria mais jeito; que era melhor desistir de vez e que seu destino era viver sozinho pelo resto da vida, era agônico. 

Fora olhando para aquele mesmo teto, de seu quarto ligeiramente bagunçado, que uma luz — e talvez, um tapa na cara do além — surgiu em sua cabeça. 

Afinal, porquê estava ali deitado, perdendo tanto tempo e desperdiçando tantas lágrimas?! 

   Em um pulo, Winwin levantou-se, um tanto destemido. Partindo para o espelho mais próximo. Suspirou e, então, sorriu, ao enchergar-se — talvez pela primeira vez, naqueles ano — tão bonito. 

  E, naquele exato momento, resolveu mudar!

Pararia de ser tão negativo consigo mesmo, até porque não o levava a nada; apenas o diminuía cada vez mais. 

Pararia de dar ouvidos ao seu consciente negativo, procurando sempre o lado bom das coisas. 

E mais importante: pararia de dizer que o amor era uma mentira. Se dera errado para si tantas vezes, não quer dizer que nunca acontecerá de verdade consigo. Tentaria e, quem sabe, quebraria a cara novamente. 

Mas, prender-se a uma mágoa, nunca mais. 

Claro, todo esse processo não acontece do dia para noite. 

Mas Dong SiCheng, estava disposto a arriscar. E, consequentemente, amar-se mais. 

Afinal, se ele mesmo não se amar, quem irá?




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...