1. Spirit Fanfics >
  2. Amor além da vida. (Itachi x Leitora) >
  3. Capítulo 1

História Amor além da vida. (Itachi x Leitora) - Capítulo 1


Escrita por: Haku_Uchiha

Notas do Autor


Olá!!!

Trouxe mais uma história para vocês!!
Itachi né mores .... Não consigo kkkkk

Já aviso, adoro um clichê!!😊

Espero que gostem! Estou escrevendo com carinho...

Desculpe os erros.

Beijos e boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Amor além da vida. (Itachi x Leitora) - Capítulo 1 - Capítulo 1


- May, o que acha dessa roupa? 

Mayumi, está sentada em uma poltrona, de uma grande loja, digitando algo em seu celular, desvia o olhar rapidamente para ver a roupa que a amiga está mostrando. 

- Acho que vai ficar bom!

- Aí, essa festa é a minha chance! Dessa vez tenho certeza que o Sasori vai olhar pra mim!! Esse vestido vai ficar perfeito, não vai ter como ele me rejeitar. 

Mayumi suspira..." Como essa menina pode ficar rastejando assim por alguém que não está nem aí pra ela? Odeio isso nela! E odeio ainda mais que alguém a faça sofrer."

- Sabe, aquele dia na sua casa, quando vi o Sasori pela primeira vez, tive a certeza que era ele, o grande amor da minha vida! 

- Sakura deixa de ser estúpida! O Sasori é um babaca egoísta, ele só pensa em status e é uma mulherengo de primeira. 

- Ah, Mayumi, não dizem que o amor muda as pessoas?? Então, quem sabe não mude ele. 

- Não vejo como, Sakura! Você precisa parar de ser sonhadora assim! 

Sakura dá de ombros para o que sua melhor amiga tinha acabado de falar e sorri olhando a roupa que está em suas mãos. 

**

(Lembrança...)

Mayumi estava sentada brincando com uma boneca sozinha no jardim de sua casa, quando a Sra. Haruno atravessa o portão principal da casa dos Yuki , trazia junto de si uma menina da idade dela, entraram apressadas para dentro da casa. Mayumi correu atrás delas, curiosa, principalmente por ver uma criança junto de sua amada governanta. 

- Desculpe Sra.Yuki, eu não tinha com quem deixá-la hoje e não poderia faltar ao trabalho. Prometo que ela não dará trabalho, ficará quietinha. 

- Tudo bem, não tem problema. Leve ela para brincar com Mayumi, ela está no jardim. Vai adorar ter outra criança para brincar. 

- Não quero causar incômodo, e se o Sr. Yuki não gostar. 

- Deixa ele comigo, agora podem ir ...

Mayumi, após ouvir a conversa correu para o jardim e ficou parada olhando as flores, esperando a Sra. Haruno aparecer com a garota.

Naquela tarde, Mayumi teve um dia normal, brincou como uma criança feliz, conheceu brincadeiras novas e sorriu verdadeiramente. 

Esse foi o primeiro dia das duas juntas ... Depois disso tornaram-se inseparáveis. Sakura sempre que podia acompanhava a mãe no serviço e então as duas conversavam por horas e horas. Depois a família dela se mudou para a mansão e a amizade só aumentou. Mesmo estando em situações financeiras completamente diferentes, as duas sempre se deram bem e não deixava isso atrapalhar em nada a amizade. 

**

- Tudo certo, Sakura? 

- Sim! 

- Vamos então! Mayumi falou, caminhando pelos corredores do grande shopping da cidade, rumo ao estacionamento. 

As duas vão para a casa de Mayumi, sobem para o quarto e começam a se arrumar...

Mayumi Yuki, tem 22 anos, herdeira única do Grupo Yuki, uma rede hoteleira com hotéis espalhados por vários países. Uma garota sofisticada, direta em todas as suas ações, muitas vezes até agressiva, com ideias inovadoras e inteligente, estudante do terceiro ano de administração hoteleira na universidade Yahiko. 

Sakura sua melhor amiga, é filha da sua governanta, mora na mansão junto com sua mãe e seu pai, motorista da família. Uma jovem de 21 anos, estudante de enfermagem, inteligente e sonhadora, acredita que um dia o príncipe encantado vai aparecer e resgatar ela de tudo, a levando para um lugar mágico. 

**

Do outro lado da cidade, dois jovens amigos conversam despreocupadamente. 

- Cara, vai ser épica essa festa! A primeira festa do ano, dizem que só os mais tops estarão lá - Kizame falava animado. 

- Se só vão os mais tops, como você foi convidado?? - Itachi diz rindo e joga um travesseiro em cima do amigo...

- Ah, cara! Eu posso não parecer mas sou top também, alguém viu valor em mim e me deu um convite! - ele ri.

- Ah, mas fica pra próxima, não tô afim de ir nessa festa não, uma monte de playboy metido a besta. Tô tranquilo.

- Deixa de ser empada foda Itachi, a mina foi bem taxativa quando disse pra eu levar você... 'não esquece de trazer aquele seu amigo da foto, minha amiga está louca pra conhecer ele' - Kisame imitava a voz da menina. 

Itachi revira os olhos - Não tô afim de conhecer ninguém agora, tenho que focar nos meus estudos, estou no último ano da faculdade, e estou procurando um estágio, não vou ter tempo pra isso...

Itachi é interrompido por Kisame.

- Que isso cara, só tô te chamando pra uma festa, curtição, nada de mais, não tô levando você pra noivar com ninguém não... Você precisa relaxar...

Itachi se joga na cama e olha o teto, nunca teve saco pra festas, muito menos, festinha de playboy... Aquele mundo não o atraia de jeito nenhum, odiava pessoas superficiais, acreditava no valor da família e das coisas que o dinheiro não poderia comprar. Mas o amigo tinha razão, ele não saia a muito tempo...

- Beleza!! Mas se eu não curtir a festa, vou embora!!

- Ok!! Kisame falou dando pulos de alegria pelo quarto.

**

Mayumi e Sakura descem do carro.

- Tchau pai! - Sakura acena para o pai que sorri.

- Obrigada Sr. Haruno. Até mais tarde. 

As duas sobem a escada no grande jardim da mansão dos Uzumaki, na porta dois seguranças as cumprimentam e as duas entram na mansão. 

- Minha linda!! Que bom que você veio e que trouxe sua amiga! 

Mayumi sorri e abraça o amigo. 

- Eu não poderia perder uma festa na sua casa, não é Naruto. Você é meu melhor amigo desde o ensino fundamental...

O rapaz sorri satisfeito e as leva para dentro da sua casa, atravessam a imensa sala e caminham para a área externa, onde a festa está rolando. 

A namorada de Naruto aparece e abraça Mayumi.

- Você está linda como sempre! Mas pensei que não viria, Naruto me disse que você não confirmou a presença. 

- Obrigada, Hina! É que eu esqueci de confirmar - Mayumi diz sorrindo.

- Sakura querida, que bom que veio! Fico feliz de verdade, espero que se divirta bastante. - Hinata diz sorrindo.

Naruto e Hinata namoram desde a quinta série, Mayumi os considerava demais, eram bons amigos. O rapaz um garoto sensível e educado, excelente atleta, o destaque da faculdade Yahiko, suas notas eram excelentes, herdeiro de uma das maiores rede de fast food da Ásia. Sua namorada Hinata, era um encanto, educada, compreensiva e sempre solícita com todos a sua volta, filha mais nova dos Hyūgas, empresários do ramo de eventos, dona de um ouvido absoluto, estudava música, tocava vários instrumentos com maestria. 

Mayumi e Sakura pegam uma bebida e sentam em um sofá, um pouco mais afastado da bagunça.

- Você não se incomoda mesmo de todo mundo ficar te olhando Mayumi?? Eu particularmente acho isso muito estranho. 

- No começo me irritava, mas agora acostumei. Mas na verdade não entendo porque eles ficam encarando tanto, acho isso bizarro. 

- Porque além de milionária você é linda, todo mundo quer sua amizade. 

- Minha amizade uma ova, eles querem benefícios. Por isso é tão difícil fazer amizade sincera. 

Sakura concorda com a cabeça com as palavras da amiga. 

- Amiga, olha quem está vindo!!!

Mayumi olha para a frente e vê Deidara e Sasori caminhando na direção delas. 

- Ual!!! Como consegue ficar mais linda do que já é?? - Deidara fala segurando a mão de Mayumi e a levantando... 

- Obrigada! - ela diz educadamente. 

- Vêm, vamos dar uma volta, quero mostrar pra todo mundo, o quanto eu sou sortudo em ter a garota mais linda dessa festa ao meu lado!

- Pare de ser bobo, Deidara! Vou ficar aqui com a Sakura, se quiser senta aí. 

Eles olham para o lado e vêem Sasori e Sakura conversando.

- Acho que ela já arrumou companhia. - Deidara falou rindo. 

Mayumi odiava aquela situação, pois não confiava nada em Sasori, mas ao olhar para a amiga e ver ela feliz, resolveu dar uma chance e deixar os dois sozinhos um pouco. Pegou na mão de Deidara e saíram. 

Deidara era o namorado de Mayumi, se conheceram no primeiro ano da faculdade. Explosivo e impulsivo na maioria das vezes,  mas apesar dos defeitos, era um cara legal, sua família era dona da maior fábrica de fogos de artifício do Japão. 

- Vou ver como a Sakura está!

- Por que May, ela tá bem, vamos ficar aqui! 

Mayumi vê Sasori se aproximando dos dois, com um sorriso estampado no rosto.

- Cadê a Sakura?

- Quem?? - ele respode com desdém. 

- Não se faça de idiota! A garota que você estava conversando!

- Ah, a filha do motorista e da empregada? Sei lá, ela saiu e acho que foi embora. 

- O QUÊ!?? - Mayumi grita, chamando a atenção de todos que estão a sua volta. 

- Ah, Mayumi, não enche. Ela veio com um papo estranho que queria ficar comigo... Fala sério né! Como se eu fosse ficar com uma menina igual ela! 

Mayumi sente seu sangue ferver, olha pra Deidara que está rindo. 

- Você é um imbecil Sasori!!! Uma garota como ela não merece mesmo um escroto como você!! - Mayumi está berrando com o ruivo que mantém um olhar de desprezo e indiferença. 

- Calma, amorzinho! - Deidara fala encostando as mãos nas costas de Mayumi. - A sua amiga não é igual nós, nem sei porque você anda com ela.

- Cala a boca Deidara! Nao ouse falar nada da minha amiga! Quer saber, já aturei muito, você é um completo idiota, assim como esse seu amigo. 

- O que você quer dizer com isso?? Quer terminar comigo?

- Quero!! Não suporto isso em você, essa sua arrogância me tira do sério!!! Você sabe que odeio gente assim!!!

- Calma aí, a gente precisa conversar... - Deidara segura o braço de Mayumi...

- Me solta, preciso procurar a minha amiga. - Mayumi puxa o braço e sai procurando sua amiga pela casa. 

Todo mundo da festa estava de boca aberta, os dois eram o casal mais perfeito de toda universidade, lindos, ricos e apaixonados e agora tinham terminado o relacionamento na frente de todos. 

Itachi havia acabado de chegar, ouviu a pequena confusão que ocorria, não conseguiu ver quem discutia e não entendeu muito bem o que aconteceu...

- Vem! Vou apresentar as meninas pra você. - Kisame falou empurrando o amigo pra dentro. 

Ele apresenta as duas moças para ele e todos se sentam para conversar. 

- Você viu a confusão que o Deidara e Mayumi armaram? - uma das meninas falava.

- Mas também, porque a Mayumi sempre tem que defender aquela menina... Não entendo porque ela tem amizade com essa menina. 

- É verdade! Não sei porque a Mayumi anda com a filha da empregada. Essa menina tem que se colocar no lugar dela...

As duas meninas conversam e Itachi, sente seu estômago embrulhar. Odiava garotas fúteis  Revira os olhos e se levanta. 

- Vou buscar algo pra beber. - Ele disse já se afastando. Odiava aquelas atitudes, ele também não era de família rica como a maioria que estava naquela festa, então sentiu pela garota que estavam falando. 

Ele não foi buscar nada para beber, ao invés disso saiu para fora da casa, pensando em respirar um pouco... Ao sair, enxerga uma garota ao longe, desesperada falando algo no telefone, se aproxima lentamente dela. 

- Sakura, cadê você?? Atende o telefone, por favor!! Eu tô preocupada. Não posso ir embora, sem você, o que vou dizer pro seu pai? Me atende!! 

Itachi a olha admirado, era a garota mais linda que ele já tinha visto na vida... Sente seu coração acelerar... 

" Essa deve ser a garota que foi humilhada na festa!"

Ela se vira e encara o rapaz a sua frente. Sorri amigavelmente pra ele. 

- Tudo bem? Percebi que está um pouco nervosa, posso ajudar?

- Você é novo na faculdade? Nunca vi você por lá!

- Ah, não eu não estudo lá! Vim na festa com um amigo, ele estuda na Yahiko. 

- Ah, claro, eu me lembraria se tivesse te visto por lá. - ela estende a mão para o rapaz. - Prazer, sou Mayumi Yuki. 

- Eu sou Itachi Uchiha, prazer. 

- Estou procurando minha amiga, aconteceu umas coisas lá dentro e acabamos nos separando. Agora preciso achar ela.

- Se quiser ajudo a procurar.

- Não precisa, não quero atrapalhar sua noite, com meus problemas, pode curtir a festa, eu me viro. 

- Ah, não será incômodo. Com certeza prefiro te ajudar do que voltar lá pra dentro!!

Ela sorri e agradece. 

Nenhum dos dois naquele momento,  podia imaginar o quanto aquele simples encontro mudaria a vida deles completamente. 



Notas Finais


É isso...
Assim, começa a história... Me digam o que acharam, por favor.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...