1. Spirit Fanfics >
  2. Amor ao Lado- Kim Namjoon >
  3. Encontro inesperado- Parte 2

História Amor ao Lado- Kim Namjoon - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Encontro inesperado- Parte 2


Fanfic / Fanfiction Amor ao Lado- Kim Namjoon - Capítulo 7 - Encontro inesperado- Parte 2

Narradora on- 

Assim que a moto para o casal desce. Namjoon observa o local, um bar descolado estava lotado, a música alta saia por todos os lados.

Rapazes- Boa noite chefe!

Os rapazes de uniforme social e mascaras cumprimentam a ruiva.

Sn- Boa noite meninos, espero que estejam animados pois vamos até tarde hoje.

A garota toma uma postura jamais vista por Namjoon. SN sempre se mostrava uma garotinha delicada e introvertida. Mas alí naquele local ela parecia uma pessoa completamente diferente, ela andava firme e cumprimentava todos. 

Ao chegarem no balcão do bar um rapaz de máscara se aproxima.

?- Boa noite chefe...quem é o seu amigo?

Namjoon que estava olhando o bar volta a sua atenção ao barman. O rapaz tinha a pele clara, mas levemente bronzeada, vestia um social preto como todos os outros, os cabelos escuros se destacavam com o caimento nos olhos, a máscara que cobria seu rosto dava um ar misterioso ao rapaz.

Sn- Esse é Namjoon, meu vizinho.

J- Ah, é um prazer.

N- O prazer é meu.

Os rapazes apertam as mãos.

Sn- Eu vou querer o de sempre Jeon...E você ,Nam?

N- Am...eu não sei, não sou de beber.

A garota olha Namjoon dos pés a cabeça e sorri.

Sn- Me dá dois Jeon.

J- Sim senhora.

O rapaz abre uma garrafa e despeija o líquido dentro de dois copos e assim servindo o casal.

Namjoon leva o copo até a boca e da uma golada enquanto faz careta. 

N- Isso é muito forte...

O rapaz tosse sentindo sua garganta queimar.

Sn- Nunca tomou whisky?

N- Não puro...

Sn- Entendi...

A garota sorri de lado e toma todo o líquido de seu copo num gole só. Ao terminar e por o copo no balcão levanta o dedo indicador e Jeon serve outra dose aos dois.

Namjoon fica parado observando a garota beber o líquido ardido tão tranquilamente.

Um dos garçons se aproxima e fala algo no ouvido de SN, a mesma concorda e se levanta.

Sn- Tá na hora, aproveite o show Nam...

A garota pisca e saí sumindo na multidão.

As luzes do bar se apagam e Namjoon se vê no meio do breu, e então escuta a voz de Jeon atrás do balcão.

J- Fique de olhos bem abertos.

A voz do rapaz soa risonha e moleca.

Um foco de luz surge num dos cantos iluminando um palco pequeno. Todos olham para o palco ,e Namjoon ajeitando os seus óculos foca a vista na pessoa que está no dentro dele, um pedestal segura o microfone.

Sn- Espero que todos gostem do show de hoje.

A garota olha diretamente para Namjoon que a observa atentamente. Ela havia mudado de roupa, um vestido preto de seda caía levemente sobre o seu corpo, as alças finas e o decote profundo, meias rastão e um salto davam a garota um ar sedutor e atraente aos olhos do rapaz.

Todos no bar aplaudem e assoviam para a garota. Ela segura o microfone com uma das mãos e passa a outra nós cabelos.

A música começa a tocar e SN movimenta seu corpo vagarosamente.

(A música é essa -https://youtu.be/MK8cK0i3tRc)

Namjoon arregalou os olhos ao ouvir a garota cantar livremente. 

SN se movia sensualmente, passava seus dedos no pedestal e em seu corpo, o rebolado da garota atraía assovios e gritos de todos. Namjoon continuava calado observando cada movimento da garota.

A música acaba e SN agradece saindo do palco.

Namjoon se abana enquanto se vira novamente para Jeon.

J- Ela é fogo não é?

N- Eu não conhecia esse lado dela.

Jeon ri e entrega uma garrafa com água a Namjoon.

J- Você foi ótima chefe, deixou o seu amigo sem palavras.

Jeon fala assim que SN se encosta no balcão.

Sn- Espero que tenha gostado Nam...

Ela fala tomando a garrafa das mãos de Namjoon e tomando um gole.

N- Foi... você foi...foi... incrível.

Sn- Obrigada...

A garota e Jeon riem com o embaraço de Namjoon.

Sn- Vem, vamos para um lugar mais calmo.

SN puxa o rapaz até um grande corredor nos fundos do bar. Eles adentram uma porta.

Namjoon olha em volta, era uma sala grande, a meia luz azul e um telão com imagens ao vivo do bar eram a única fonte de luz do local, tinha um sofá grande de veludo preto, uma mesa de centro de vidro redonda tomava conta de um bom espaço, um carrinho de bebidas ficava ao lado da porta de entrada.

Sn- Pronto, aqui eu posso dar atenção aos dois.

A garota fala se jogando no sofá.

N- Aos dois?

Namjoon se senta ao lado dela.

Sn- Sim, a você...e ao bar.

N- Por falar no bar, você trabalha aqui a quanto tempo?

A garota ri.

Sn- Desde que ele foi aberto...o bar é meu Namjoon, é o meu sobrenome na placa lá de fora.

N- Achei que era algo em outro idioma...

Sn- Eu sou brasileira, é normal meu sobrenome ser em português.

N- Ah!, entendi....

A garota sorri e passa os dedos nos cabelos do moreno.

Sn- O que você achou do show?

N- Bom... você tem... muito talento...todos não tiravam os olhos de você.

Sn- Mas eu só queria uma pessoa olhando para mim naquele momento.

N- Quem?

Namjoon pergunta nervoso.

Sn- Você...

A garota sussurra na orelha do moreno e percebe que o mesmo se arrepia.

N- Eu... porquê?

SN -Oras Nam... não vai se fazer de bobo numa hora dessas não é?

SN num movimento rápido se senta no colo de Namjoon.

Sn- Sabe...eu só farei se você estiver de acordo...

Os dois se encaram por um momento e SN é surpreendida com um beijo.

Namjoon agarra a cintura da moça com as suas mãos, e SN entrelaça seus braços em volta do pescoço do moreno. As línguas pareciam estar em guerra, e os corpos como se estivesse com saudades de muitos anos. As mãos de Namjoon apertam e percorrem todo o corpo da garota. SN rebola e pressiona sua intimidade contra a de Namjoon.

Barulhos de copos quebrando e gritos afastam o casal.

Jeon entra com tudo na sala.

J- SN, ele voltou, e disse que não vai embora sem falar com você.

A garota bufa e se levanta.

.

.

.

Ao chegar de novo no salão do bar SN da de cara com um homem sentado em uma das mesas, as pernas cruzadas e um copo na mão. O homem sorri maliciosamente ao ver a ruiva parar na sua frente.

?- Que bom , você chegou meu amor.

Namjoon para logo atrás dela seguido por Jeon.

Sn- Acho que eu já te falei para não vir ao meu bar Rafael...

A garota fala séria.

R- Oras minha linda, eu apenas vim buscar o que é meu.

Sn- Veio tentar roubar o que é meu por herança...o tempo passa mas você não mudou nada não é mesmo?

O homem solta uma gargalhada e se levanta olhando a garota de cima.

R- E o tempo passa e você continua a mesma putinha gostosa de sempre.

Namjoon dá um paço afrente mas é segurado por Jeon.

J- Ela consegue resolver sozinha.

A garota olha para Namjoon de relance e sorri para o mesmo.

Sn- Eu não caiu mais nas suas provocações.

R- Mas acho que seu namoradinho caiu...

Ele olha diretamente para Namjoon.

R- Oras SN, tanto homem por aí e você quis se envolver logo com isso?

N- Escuta aqui seu...

Sn- Jeon, tira ele daqui.

N- Eu não vou sair daqui e te deixar sozinha com esse...esse...

R- Ahahahaha, o garoto não sabe nem se impor...vamos gatinha, você consegue algo melhor, hm?

Rafael passa as mãos pelo cabelo de SN. A garota vira com um soco no rosto do mais alto, agarra seus cabelos e chuta sua pélvis o fazendo se ajoelhar. SN da mais um puxão no cabelo do homem o fazendo olhar para ela.

Sn- Nunca, eu disse Nunca ,encoste um dedo em mim, nem em ninguém deste bar Rafael. 

SN precionava um adaga contra a garganta do homem. Ele se movimenta tentando alcançar os cabelos da garota mas é acertado novamente. Namjoon observava a cena espantado ao seu lado Jeon segurava uma arma apontada para Rafael. O rapaz havia sacado no momento em que Rafael passou as mãos em SN.

Sn- Eu quero que mande um recado ao seu chefe. Diga que eu SN jamais irei entregar o que ele quer...e se você voltar aqui não me responsabilizarei por meus atos.

O homem apenas olhava SN sorrindo.

R- Para mim é um prazer apanhar de você...

Ele se levanta e sai cambaleando.

Sn- Fechem as portas e lipem tudo. Eu vou levar o Nam para casa.

.

.

.

Ao chegar na casa de Namjoon.

N- O que foi aquilo SN?

A garota para e respira fundo olhando o moreno.

Sn- É um cara...o pai dele e o meu trabalhavam juntos, eles criaram algo extremamente importante. Mas o pai do Rafael queria usar para coisas ruins. Meu pai escondeu e protejeu até a sua morte, e eu, hoje protejo a criação.

N- E o que é isso?

Sn- Eu não posso te contar... não agora.

SN se estica e da um beijo no canto da boca de Namjoon.

Sn- Boa noite.

A garota se vira mas é impedida de sair. Namjoon a abraça pela cintura e encosta sua boca no pescoço da garota.

N- Passa a noite comigo...

Namjoon fala rouco dando selares molhados na pele da garota.

Sn- Nam...

A garota geme.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...