1. Spirit Fanfics >
  2. Amor bandido (MiMo) >
  3. Capítulo 13: Satzu aos poucos

História Amor bandido (MiMo) - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei porque sim :3
Boa leitura💜

Capítulo 13 - Capítulo 13: Satzu aos poucos


–Oi, Mina – Naquele momento, estava chovendo eu tinha levado muita chuva no caminho, porém ia correr atrás dos meus objetivos, e o meu maior objetivo de agora, é ficar com Mina. 


–Quem é, Mina? – Chaeyoung vai até a porta – Ora, sua – Ela iria tentar me bater, mas Mina a interrompeu.


–Não precisa disso, Chaeyoung, tenha maturidade – Mina fala olhando séria nos olhos de Chaeyoung. Provavelmente foi isso, já que não dava pra ver através de seus óculos escuros.


–Mina, eu queria falar com você – Digo e a mesma me leva para o quarto.


–O que foi, Momo? – Mina pergunta.


–Como você sabe, minha casa não é perto daqui, então eu posso dormir aqui hoje?


–Claro que pode, mas e o Heechul? 


–Terminamos.


–Porque? 


–Ele é um babaca.


–Ok, você quer tomar um banho? Eu te empresto as roupas da Chaeyoung.


–Da Chaeyoung? – Pergunto com um certo nojo.


–A Chaeyoung é legal, ok?


–Se você diz – Sorrio para ela que sorri de volta – Por que você tá com esse óculos? 


–Conjuntivite.


–Espero que melhore. Vou tomar meu banho.




P.O.V'S Mina




Pego as roupas de Chaeyoung, deixo em cima da cama, para que Momo se vestisse e saio do quarto.



–Se ela te fizer algo, eu vou matar ela, pode ter certeza – Chaeyoung diz olhando nos meus olhos.


–Não precisa disso, Chaeyoung, já te falei.


–Eu só quero te proteger – Disse me abraçando – O que ela queria?


–Dormir aqui, ela terminou com o Heechul, e pelo que você percebe, tá chovendo muito.


–Tá bom, então.


–Espera aí... Tá chovendo muito.


–Não, Mina, tá caindo pedra – Fala ironicamente.


–Cala a boca que você não tem nem tamanho, vou ter que ligar pra Tzuyu.


–Não era pra exagerar, eu já sei que sou baixa, não precisa ligar pra Tzuyu.


–Vou ligar do mesmo jeito, mas antes pra Sana, vai que ela tá transando – Falo pegando meu celular e tirando os óculos escuros.




>Ligação On<





🍭Tozaki💕: O-oi M-mina, o q-que f-foi?



–Está com medo?



🍭Tozaki💕: O-óbvio, você sabe que eu morro de medo de trovões – Um trovão acaba de cair e Minatozaki dá um grito.



–Tá sozinha?


🍭Tozaki💕: T-tô sim.



–Não tem aquela garota que eu te falei? A do encontro?



🍭Tozaki💕: O q-que t-tem?



–Eu vou mandar ela pra tua casa, pode ser? 



🍭Tozaki💕: N-não pr-precisa – E de novo um estrondo de trovão, junto de outro grito da Sana.



–Eu vou mandar do mesmo jeito.



🍭Tozaki💕: Tu-tudo bem – A mais velha diz chorando.




>Ligação Off<




–Agora falta a parte da Tzuyu ser a heroína.




>Ligação On<





Yoda💕: Oi Mina, porque está me ligando em plenas 19:45 num dia chuvoso?



–Sabe a garota que você vai ter um encontro? 



Yoda💕: Diga o que tem ela?



–Ela morre de medo de trovões, então quero saber se você quer ir lá, ela já sabe que você está indo.



Yoda💕: Eu não sei onde é.



–Eu te mando a localização, só vão lá!



Yoda💕: Tá bom, obrigada por tudo, Mina.



–De nada, vai lá Yoda!





>Ligação On<




–Vou ter que ligar pra Jihyo, contar do sonho pra ela, com certeza ela vai me dar algum conselho – Disco seu número, mas ela não atende – Amanhã eu ligo então.




P.O.V'S Tzuyu




Vou o mais rápido o possível para a casa da Sana, acho que é esse seu nome, na minha opinião é bem bonito.


Chego lá e logo bato na porta. Sana abre, parecia que estava chorando. Um trovão acaba de cair, o estrondo foi muito grande, que Sana deu um grito e pulou em meus braços, por reflexo, a carrego estilo noiva, nossos olhares se encontraram e o momento se tornou mágico, pelo menos pra mim. Sana era como um anjo de tão linda.



–D-desculpe-me, m-meu nome é Minatozaki Sana – Ela disse tremendo. Ela era extremamente fofa, sua voz era tão doce quanto um refrigerante de uva.


–O meu é Chou Tzuyu – Sorrio pra ela que também sorri pra mim – Você tem medo dos trovões? – Pergunto e a mesma só acena que sim com a cabeça, se encolhendo ainda mais em meu colo.


–E-eu não te conheço d-direito, mas s-se Mina te indicou, v-você é a melhor pessoa, então... V-você pode dormir c-comigo? 


–Sim, aonde eu durmo? – Ela aponta para uma escada, que rapidamente subo – E agora?


–Só tenho um quarto e só uma cama de casal.


–Ok, aonde é? – Pergunto e ela aponta para a porta que está na frente do corredor, logo entro em seu quarto.



Me aproximo da cama e coloco Sana na mesma, porém ela se recusa a descer de meu colo.



–Eu tô com medo Tzuyu, não me solta, por favor – Ela me apertou mais.


–Claro que não solto – Disse me deitando na cama ainda abraçada dela.



Me conforto na cama de Sana, me deitei de barriga pra cima, então Sana ficou abraçada em minha cintura, eu não vou mentir, Mina estava certa, ela é uma ótima pessoa, e possivelmente a minha ótima pessoa.


Depois de um bom tempo assim, dormimos.




P.O.V'S Mina




Entro no quarto e vejo que Momo ainda estava no banho, porém não ouvia o barulho do chuveiro. 


Bato na porta chamando por Momo, mas ela não responde, então eu abro a porta.


Ela estava pelada sentada no chão.



–Me desculpa – Falo corada saindo do banheiro, mas Momo segura meu braço.


–Pode dar banho em Momo? Momo se sente segura com Mina, mas a água assusta Momo – Fala fofa, e eu não resisto mesmo estando totalmente corada.



A ajudo a tomar banho e a se vestir. Nos deitamos na cama, e iríamos dormir juntas, pois Chaeyoung estava no outro quarto.


Eu apago as luzes e tento dormir, mas Momo começa a se remexer, e as vezes gemia, parecia que estava sentindo muita dor.



–Tudo bem, Momo? – Pergunto acendendo somente o abajur. 


–O meu cio – Ela disse com dificuldade – Pode me ajudar? – O único pensamento que eu tinha era "Puta merda".


Notas Finais


No próximo vai ter o hot de Mimo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...