1. Spirit Fanfics >
  2. Amor cego >
  3. Carta

História Amor cego - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leituraaaaa, perdão qualquer erro que possa ter

Capítulo 10 - Carta


Any: oque?


Josh: a minha mãe tinha mandado eu destruir sua imagem e a da sua família, falando pra todos coisas como que vc me traiu, sua mãe tentou me roubar e essas coisas... Eu tô te contando pq eu não quero fazer isso, eu te amo, não quero fazer isso com vc... Me desculpa...


Any: te desculpar pelo oque? Vc tá fazendo certo em me contar... Como sua mãe pode ser tão horrível e ter um filho tão maravilhoso? Seu pai devia ser muito bom 


Josh: ele era... Minha mãe não é horrível ela só faz essas coisas pq ela ainda está perdida dês que meu pai morreu... E eu... Eu não sei... Tô com medo 


Any: tá tudo bem bebê -ela me abraça e beija minha cabeça- eu tô aqui com vc


Josh: te amo -abraço ela- 


Any: também te amo -ela sorri-


Depois de um bom tempo, acho que quase uma hora, um outro policial não deixava a gente sair da delegacia, e eu não estava entendendo, isso me deixou com muito medo, então ficamos ali esperando, a Any tentava me distrair falando sobre várias coisas mas eu não conseguia parar de pensar no pq de não deixarem a gente sair, não é nada de mais, a Any estava me ajudando muito, eu amo tanto ela, eu vejo um cara com a roupa do FBI entrando na delegacia mas não liguei, deve ser algum outro caso muito ruim e isso não é da minha conta, eu vejo ele falando com um outro policial, eu estava deitado no peito da Any e ela estava fazendo carinho em mim, até que esse cara vem até a gente


Manuel: Josh vc precisa vir comigo


Josh: oi? Oque tá acontecendo? 


Manuel: vou te levar pra sua casa e vou explicar tudo


Any: então já vou indo tchau -ela beija minha bochecha-


Manuel: vc é oque dele?


Josh: namorada 


Manuel: acho melhor ela ir com vc então


Any: pq?


Manuel: vai ser algo difícil de digerir e talvez vc precise de algum apoio 


Josh: oque tá acontecendo?


Manuel: anda venham, vou levar vcs pra casa 


Ele sai e entra em um carro todo preto, não estou entendendo nada, a gente sai e entra no carro, e tinha um garoto lá, parecia ter nossa idade, era branco, tinha os olhos castanhos, cabelos castanhos escuro meio ondulados, e ele parecia um pouco bravo


Shawn: era pra eu estar em casa 


Manuel: Shawn eu estou trabalhando 


Shawn: custava me deixar em casa antes? 


Manuel: eu fui chamado e tenho que correr 


Shawn: que porre


Manuel: olhe a boca, vou te deixar em casa só vou levar eles na casa deles, desculpe crianças, eu tive que trazer meu filho 


Josh: tudo bem...


Shawn: já estou a 2 horas enfornado nesse carro 


Manuel: sua mãe está no médico, e eu não poderia deixar vc vir sozinho da aula de música


Shawn: eu tenho 16 anos, qual o problema de vcs em me deixarem vir sozinho? 


Manuel: Shawn fica quieto, ou te boto de castigo, já tenho problemas de mais pra resolver


Ele para o carro e entramos em casa, ele pede para a gente se sentar, nos sentamos e ele se senta de frente pra gente 


Manuel: isso é um assunto um pouco delicado... Bom Josh quando vc foi na delegacia e disse para o policial que sua mãe estava falando com alguém chamado Luca Bernardi vc já sabia que ele era um assassino certo? 


Josh: que? Um assasino? Não claro que não, eu falei pro policial que era um assassino pra ele me escutar, eu achei que era alguém que fazia lavagem de dinheiro ou algo assim


Manuel: bom ele é... Na verdade era, pq ele agora está preso mas ele era um assassino de aluguel, e um dos mais procurados, a gente tentou pegar ele de todos os jeitos por já ter matado centenas de pessoas, mas de alguma forma ele sempre escapava, até quando um agente fingia ser alguém interessado no trabalho dele, ele conseguia escapar, e graças a vc pegamos ele


Josh: isso é bom né? Mas oque minha mãe queria com um assassino? Não faz sentido


Manuel: a gente também não tinha entendido muito bem... Ela está presa...


Josh: presa? Como assim? -aquele garoto entra- 


Shawn: pai eu não aguento mais ficar sentado naquele carro


Manuel: Shawn eu já disse pra ficar quieto no carro, eu vou perder o emprego e vai ser por sua causa


Shawn: que bom, menos chances de vc levar a porra de um tiro 


Manuel: espera no carro -ele sai-


Josh: como assim minha mãe está presa? 


Manuel: bom a gente encontrou uma carta que seu pai escreveu antes de morrer, ela estava escondida no chão do seu quarto


Josh: do meu quarto? Não estou entendendo nada


Manuel: calma, parece que ele escondeu lá sem ninguém ver, na carta estava escrita toda a verdade...


Josh: que verdade? 


Manuel: a Úrsula não é sua mãe, a Úrsula é esposa do seu pai e eles queriam ter um filho mas ela não conseguia engravidar, então seu pai arrumou uma alternativa, a melhor amiga de infância dele concordou em engravidar dele e deixar a criança com ele pra ele cuidar com a Úrsula, a Úrsula sabia disso como o marido da amiga dele também sabia, mas o marido da amiga dele até aceitou no começo mas depois deixou ela e a filha que ela tinha tido com ele fazia pouco tempo, mesmo assim ela engravidou do seu pai e teve vc, parece que quando ela te teve ela até chegou a mudar de ideia e queria ficar com vc mas seu pai convenceu ela que seria melhor pra ela, pra eles e pra vc, seu pai ficou mandando dinheiro pra ela para poder ajudar ela já que ele se sentia culpado pelo marido dela ter largado ela, e era uma quantia muito boa, ela até é sua madrinha, que vc provavelmente não conhece, e tudo parecia bem até que 14 anos depois, quando vc já tinha 14 anos ele disse que descobriu que a Úrsula era muito maluca, ela queria sempre fazer mal pros outros e ele não gostava disso, e quando ele falava algo ela se irritava e quebrava as coisas, e parece que quando ela descobriu que seu pai queria largar ela, pegar vc e ir morar com sua verdadeira mãe pq ele acabou se apaixonando por ela, a Úrsula pirou de vez, conseguiu contratar um dos maiores assassinos que tinha na época, e ofereceu uma quantia tão grande mas tão grande que ela realmente estava pagando até hj, mas todo mês ela depositava uma quantia não tão pequena mas era razoável, pq se ela depositasse muito dinheiro de uma vez na conta de um desconhecido iria ficar suspeito, por isso ela estava pagando até hj, e infelizmente... Ele matou seu pai -lagrimas começam a escorrer pelo meu rosto- ele matou ele estrangulado e fez tudo certinho pra parecer que ele tinha morrido em um acidente em que o carro começou a pegar fogo por um problema no motor, que realmente funcionou, durante dois anos essa foi dada como a causa da morte dele, vc deve se lembrar disso... E a Úrsula foi presa por ter pago alguém pra matar seu pai, ela vai ficar muito tempo presa e por enquanto não tem uma previsão de quando ela vai sair mas vai ser no mínimo 20 anos de prisão


Eu não consegui conter o choro, saber que a pessoa que eu chamei de mãe por tantos anos matou meu pai me doía o coração, essa filha da puta arrombada do caralho... Eu amava tanto ele... Como ela conseguiu fazer isso? Que mulher horrível, a Any me abraça bem forte 


Manuel: eu sei que é difícil... E na carta também dizia que caso ele morresse, pq ele já estava suspeitando que ela faria algo, ele falou que queria que vc ficasse com sua madrinha e verdadeira mãe... Em nenhum momento da carta e disse qual o nome dela mas a gente olhou a conta bancária dele e tinham muitos depósitos para a mesma pessoa e essa pessoa é sua mãe... A gente entrou em contato com ela e ela disse que quer te "adotar" pq vc ainda não tem idade pra ser responsável por vc, então vc tem a escolha de ser adotado por ela ou ir pra um orfanato, mas vc provavelmente vai viver lá até a maioridade pq é muito difícil e quase que impossível alguém adotar um garoto com sua idade e Além disso a empresa que a Úrsula dirigia é na verdade do seu pai e ele tinha passado ela pra vc e não pra ela, então vc tem ou que assumir a empresa se não ela vai ser vendida e óbvio o dinheiro vai pra vc, e vc já tem idade pra assumir a empresa ou vc pode vender ela e continuar tranquilamente dia carreira de modelo, inclusive aquela empresa lá a Soares ficou sabendo e se sensibilizou com sua história e ofereceu a vc um trabalho de modelo lá como vc tinha nessa empresa, aí a escolha é sua 


Any: calma bebê -ela beija minha cabeça- não chora não, tá tudo bem, eu tô aqui com vc -eu paro de chorar e enxugo as lágrimas-


Josh: vc tem razão, meu pai já morreu e chorar não vai trazer ele de volta, mas sei que ele estava em algum lugar melhor, e a Úrsula nem é minha mãe, é só uma desgraçada arrombada... Agora eu tenho que tomar uma decisão... 


Any: ele precisa tomar agora? 


Manuel: sei que não é o momento certo mas tem que ser agora sim


Any: assumir a empresa é melhor pra vc né bebê, a gente não vai poder namorar mas é melhor pra vc


Josh: pq não?


Any: pq vc vai ser o dono da empresa e não um modelo, e para os negócios namorar uma modelo da empresa rival vai ser ruim, e sua empresa vai perder muito lucro até falir assim 


Josh: como vc sabe disso? 


Any: aprendi um pouco de administração com meu pai 


Josh: mas eu não quero ficar sem vc


Any: vc que decide amor, eu só disse o melhor pra vc, quero seu melhor


Josh: o melhor pra mim é vc 


Any: faz oque seu coraçãozinho mandar -ela beija minha bochecha-


Josh: pera antes de escolher vc não disse o nome da minha verdadeira mãe 


Manuel: ah é, também esqueci de dizer que se vc quiser ser adotado por ela, ela e a filha vão vir morar aqui pq a casa também era do seu pai e ele deixou pra vc, não falamos isso pra elas pra não ter interesse, ela realmente quer te adotar por conta própria pq ela acha que vc vai morar lá e ela não sabe que vc é modelo e tem uma empresa, na verdade ela não sabe nem seu nome, quem deu seu nome foi seu pai, só sabe que é aquele garoto filho dela que ela teve que dar pro seu pai... E o nome dela é Alex Deinert


Any: Alex Deinert? 


Josh: tá bom 


Any: Josh Alex Deinert é a mãe da Sina


Josh: mãe da sina? Como assim? 


Any: ou é muito coincidência ou é muito provável que seja a mãe da sina, eu conheço ela, esse é o nome dela 


Josh: certeza? Mas... Como assim? Como pode ser a mãe da sina? 


Any: não sei mas eu acho que é


Josh: então a sina é minha irmã de verdade? 


Any: não sei, pode ser só muita coincidência


Manuel: decidiu sobre a empresa e sobre sua mãe?




Notas Finais


Espero que tenham gostado
Deixa seu comentário
Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...