História Amor Celeste (Taekook-Vkook) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook, Kook, Kook!bottom, Kook!top, Kooktae, Kookv, Tae!bottom, Taehyung, Taehyung!top, Taekook, Taekookflex, Vkook, Vkook!flex
Visualizações 109
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Saudações terráqueos! ^^
Venho com um capítulo pequeno, só para atiçar a curiosidade de vocês, porque sou dessas! :P kkkk
Eu estou muito feliz com a receptividade da fanfic, prometo tentar ao máximo, torná-la uma história cada vez mais instigante. Claro que, preciso da paciência de vocês até que os momentos Taekook cheguem!
Para esse capítulo escolhi a seguinte canção: https://www.youtube.com/watch?v=ij_0p_6qTss
The Heart Wants What It Wants - Selena Gomez
Um trecho da tradução : "...Guarde seu conselho, eu não vou ouvir
Você pode estar certo, mas eu não ligo
Há um milhão de motivos para eu te deixar
Mas o coração quer o que ele quer..."

Capítulo 9 - O que você acha que eu quero, Kookie?



P.O.V Jungkook.
Assim que terminei de ler o convite desci às pressas para a cozinha em busca da minha mãe. Não podia acreditar naquilo. Com certeza era alguma pegadinha do Park Jimin.
Jungkook: - Omma! Omma! Omma!
Sra. Jeon: - Jungkook, para de gritar! E de correr! Menino, você vai cair- disse olhando preocupada para o filho já com as bochechas vermelhas pela corrida.
Jungkook: - Quem te entregou esse convite?
Sra. Jeon: - Jungkook, não é óbvio? O Jimin deixou aqui enquanto você estava no banho.
Jungkook: - Mas ele quer que eu vá?
Sra. Jeon: - O quê? Por que ele não iria querer? Jungkook, tem algo acontecendo que não estou entendendo.
Jungkook: - Não é nada, só forma de dizer.
Sra. Jeon: - Sei. Bom, nós precisamos comprar o presente para eles. Amanhã depois da sua aula, vamos ao shopping, tá bom? Vai pensando em alguma coisa. Agora termine de se vestir para jantarmos.
Jungkook: - Tá - disse correndo às pressas em direção ao quarto.
Pegou o telefone e sem hesitar, discou o número de Jimin. Não podia acreditar que era um convite sério, tinha que ter certeza disso, deixar as coisas à claro. Por sorte, o próprio Jimin atendeu o telefone de casa.
Jimin: - Alô?
Jungkook: - Jimin, é você?
Jimin: - Sim! Kookie?
Jungkook: - ...
Jimin: - Alô?
Jungkook: - É que tem muito tempo que você não me chama assim.
Jimin: - Você prefere menino coelho?
Jungkook: - NÃO!
Jimin: - O que você quer? eu vou jantar agora.
Jungkook: - Ah, eu também, é que - procurava as palavras- Jimin,  o convite para o seu aniversário é sério? Você tá planejando fazer alguma coisa de ruim comigo?
Jimin: - Se eu estiver planejando não vou contar. Mas não, não estou planejando. E na verdade a festa não é só minha, então não é como se eu tivesse realmente escolha.
Jungkook: - Então você não quer que eu vá?
Jimin: - Isso faz diferença?
Jungkook: - Sim, porque se você não quer, como eu vou poder ir?
Jimin: - Mas a Lisa quer.
Jungkook: - Ah!
Jimin: - Eu também quero, Kook!
Jungkook: - VERDADE?
Jimin: - Sim, tchau coelhinho.
Jungkook: - Argh!!!!
Jimin: - tu-tu-tu-tu
Eu estava tão feliz com o convite, que mal consegui ficar bravo com ele me chamando de coelho, por um momento, até mesmo esqueci de todas as implicâncias dele nos últimos tempos. Jimin era meu melhor amigo, e só quem tem um amigo como ele poderia saber do valor que ele tem, e por isso, eu sentia tanta saudade.
No dia seguinte, acordei atrasado como de costume, e até perdi o ônibus o escolar, fazendo com que minha mãe tivesse que me levar, algo que na verdade ela adorava, eu que odiava. Ela sempre me deixava na porta da escola, e fazia questão de apertar minhas bochechas e ajeitar meu cabelo como se eu fosse uma criança. Não entendo a dificuldade dela perceber que agora já sou um homem.
Quando entrei na sala, a maioria dos meus amigos já estavam sentados, mas o professor ainda não havia chegado. Eu dei um tchau para Jimin que estava sentado no fundo, fazendo com que todos olhassem para onde eu dei tchau, mas eu não fui correspondido, e aquilo fez eu corar, me senti mal pelo vácuo. Ele agiu como se não tivesse visto. Ou será que não viu mesmo?
Fui para o meu lugar, e as horas passaram rapidamente, não que eu tenha prestado atenção em alguma aula, eu fiquei o tempo todo pensando em coisas aleatórias, distraído demais para prestar atenção em Matemática, História e Geografiaa. O sinal para o intervalo tocou, e eu como sempre, fiquei na sala de aula, onde faria meu lanche, sem ter que lidar com as pessoas à minha volta no refeitório. Todas as pessoas da minha sala te retiraram, mas então sobrou um, ou melhor, um grupo de pessoas. E fizeram algo com o que eu já estava acostumado. Jimin ficou na sala, enquanto os outros dois foram para fora, segurar a porta e vigiá-la para ninguém entrar. Naquele momento gelei. A última vez que isso aconteceu já tem uns dois meses, e Jimin tinha me dado um soco no estômago, depois se retirando da sala.
Jungkook: - O QUE VOCÊ QUER JIMIN? - disse um pouco exaltado.
Jimin: - Por que você tá gritando? Tá doido?
Jungkook: -  Se você me bater, eu vou contar pra minha mãe, Jimin! Eu não vou mais apanhar calado.
Jimin: - Ih pronto, ficou doido mesmo - disse se aproximando de minha mesa com uma cadeira, colocando-a ao lado da minha, sentando-se de frente para mim.
Jungkook: - Por que você esperou todo mundo sair?
Jimin: - Eu quero ficar sozinho com você ué!
Jungkook: -  Por que? Jimin o que você quer?
Jimin: -O que você acha que eu quero, Kookie? - disse levando o rosto para bem próximo do  rosto menino de cabelos pretos.


Notas Finais


JESUS AMADO!
Eu não sei vocês, mas fico pensando na cena e imaginando o anjo vigiando tudo, vocês sabem que esse anjo não pretende deixar nada barato né? Então tá kkkkkkk
O que será que vai acontecer? Façam suas apostas :P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...