História Amor com gosto de sangue. - Capítulo 103


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé
Tags Bangtan Boys (BTS), Jikook
Visualizações 45
Palavras 2.418
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heeeeeeeey volteeeeeeei

Capítulo 103 - I'm ready


Fanfic / Fanfiction Amor com gosto de sangue. - Capítulo 103 - I'm ready

Jeon Jungkook 

Ignorando o fato da fala do Jiwon minutos atrás, eu fiquei ainda sentado na borda da piscina enquanto Jimin ainda conversava com o Jin e fiquei o observando: o jeito que seus fios loiros se bagunçava quando ele os jogava ora trás, e sua maneira de falar mostrando a língua com um sorriso tortinho e os olhos que desaparecia quando ele sorrio abertamente. Eu sorri o admirando e percebo alguém sentar do meu lado e me viro dando de cara com Yoon-gi que diz:

Yoon-gi: mais um pouco posso escutar seu coração em uma freqüência cardíaca. -fala bebendo um lata de cerveja e eu falo:

Jungkook: anw? Da conta de escutar meu coração? Ele ta tão alto assim? 

Yoon-gi: não, eu estava brincando. Você é mesmo um Bunny inocente. Por isso que o Jimin gosta de você. 

Jungkook: por que diz isso? Eu não sou tão inocente quanto pensam. 

Yoon-gi: É sim, o seu namorado sempre gostou de pessoas assim. Mas ele não era bom com relacionamentos. 

Jungkook: o que ta querendo dizer com isso? O Jimin ele é um ótimo namorado. 

Yoon-gi: ele sim, as pessoas que ficaram com ele que não eram. 

Jungkook: machucaram muito ele? 

Yoon-gi: Não, por sorte, ele nunca se apegou muito nas garotas que namorava. Ele sabia que seu irmão, de um jeito ou de outro, iria acabar estragando tudo no final e ele sairia machucado. Mas, você foi diferente. Ele só conseguiu abrir o coração pra você. 

Jungkook: o que irmão dele fez? E por que ele é assim? 

Yoon-gi: ninguém sabe, de repente, ele mudou, sabe? Antes dele ir pro exercito, ele era uma pessoa sensata e boa. Depois ele abandonou a família pra morte e obrigou o Jimin a fazer coisas que ele não queria. 

Jungkook: que... Tipo de coisas? 

Yoon-gi:ser uma pessoa que ele não era e isso magoou o Jimin e fez com que ele criasse uma barreira dentro do coração. Sabe. Era seu irmão maior, e ele foi quem mais o decepcionou e foi pelo o irmão que teve o hábito de falar palavras cruéis quando o desapontam ou machucam ele. - fala e eu viro meu olhar pra ele que ria de alguma coisa e volto meu olhar pro Yoon-gi e pergunto:

Jungkook: como sabem tanto deles? 

Yoon-gi: eu tinha uma queda pelo Jimin quando eramos crianças, só que, me afastei. Tive medo do que as pessoas falariam de mim por eu gostar do meu melhor amigo. 

Jungkook: é, as pessoas consegue ser malvadas quando querem. Mas, eu acho, que é o sentimento que importa. Não é? 

Yoon-gi: talvez sim. Por isso que ele se apaixonou por você, você sente pelo coração e não pensa com a cabeça. Então, não magoe ele por que assim como você, ele também teve suas dores. Entende? 

Jungkook: sim. Eu gosto muito dele.-sorrio e ele retribui logo saindo sem fala alguma e logo os braços de Jimin me rodeia e me abraça carinhosamente e ele fala no meu ouvido:

Jimin: o que estavam conversando? 

Jungkook: não te interessa. -falo brincando e ele se senta do meu lado e fala mordendo o lábio:

Jimin: eu vou ter que te bater, você anda muito mal criado, sabia? 

Jungkook: bate se tiver coragem. -falo provocativo e me inclino e faço um biquinho na boca e ele diz:

Jimin: Aish... Ta jogando sujo, isso não vale senhor Jeon Jungkook. 

Jungkook: cada um usa a arma que tenho senhor Park Jimin. -mostro a língua ora ele e fala:

Jimin: ai, ai... Que infantilidade a sua, ta parecendo um bebê de 2 aninhos. -aperta minhas bochechas e falo:

Jungkook: eu não sou um bebê. -fala cruzando os braços fingindo estar bravo e ele ri dizendo:

Jimin: ah é? E o que ta parecendo? 

Jungkook: alguém que vai fazer isso. -falo e o empurrei na piscina e ri logo em seguida e quando ele volta pra superfície. -haha quem é bebê agora? me vinguei, você sempre faz isso comigo. -ele pega minha mão e me puxa pra piscina e me fazendo soltar um grito de susto. -seu idiota!. -já na superfície dou um tapa em seu ombro de leve e ele disse me colocando de costas na na piscina:

Jimin: respondendo sua pergunta, você ainda é um bebê. -fala me fazendo sorrir e eu abaixo minha cabeça envergonhado e falo:

Jungkook: Hyung? 

Jimin: hum?. -me olha curioso e por mais que eu tivesse certeza do que queria, eu ainda tinha vergonha de falar:

Jungkook: eu... Eu to pronto. -falo baixinho e olhando pra baixo e ele me olha confuso. - eu to querendo dizer da nossa primeira vez, eu to pronto. - ainda me sentindo envergonhado e ele coloca as duas mãos no meu rosto segurando entre as mesma, erguendo meu olhar pra si e Jimin diz olhando no mesmo:

Jimin: você tem certeza? Jungkook eu não quero que faça nada que te faça se sentir desconfortável, entendeu?. -abaixo meu olhar e volto a olha-lo e pergunto:

Jungkook: você não sente atração por mim?Olha, sei que diante das pessoas que você ficou eu sou só mais uma e... -ele me interrompe e diz:

Jimin: não! Você não é mais "uma". Jungkook, você é o único que eu quero para minha vida e é claro que tenho atração por você e, vergonhosamente falando, no outro dia eu fiquei um pouco excitado. -fala com as bochechas coradas e eu não entendi o porque e pergunto:

Jungkook: o que é excitado? Sa-rang nunca deixou eu saber mais que o básico sobre sexo, ela me falou que eu só tinha que saber ter usar o preservativo só isso. -ele ri e fala:

Jimin:ta vendo? Isso só reforça a idéia de que ainda é um bebê. 

Jungkook: Não, mais... Eu posso não saber muita coisa, mas eu quero Jimin! Eu já me sinto seguro, e confio em você.-afirmo esboçando um sorriso no rosto e Jimin diz: 

Jimin: Tá, então vamos esperar até de noite quando todos estiverem dormindo, OK? Você vai no meu quarto, porque eu quero que seja especial, OK? 

Jungkook:ta bem. -sorrio pequeno e ele me da um selinho e sai da piscina e eu logo após e chamo Tae e Nam-joon para o meu quarto:

... 

Entramos no quarto e, em seguida,  eu fecho a porta pra ninguém ouvir e Tae pergunta:

Tae-Hyung: e ai, vai nos contar o porque de querer falar em particular?. -brinquei com os dedos da minha mão, de jeito nervoso e falei:

Jungkook: hoje é minha primeira vez com o Jimin. -sorrio nervoso e Nam-joon pergunta:

Nam-joon:de verdade?. -aceno com a cabeça e respondo:

Jungkook:sim, combinamos de fazer isso no seu quarto a noite quando todo mundo estiverem dormindo.

Tae-Hyung:ta, mas... Você tá seguro? Seguro de verdade? 

Jungkook:sim, ainda mais do que o Yoon-gi me disse. Eu confio no Jimin e quero muito ele, não importa de qual jeito. Eu só... Ai eu estou muito nervoso porque não sei como fazer isso. 

Nam-joon:primeiro tem que saber quem é o ativo ou passivo da relação. 

Jungkook:como assim? 

Tae-Hyung:a pessoa que fica por baixo e a outra fica por cima, como se dominasse o corpo alheio. Entendeu? 

Jungkook:ah tá, Bem, eu acho que sou o passivo. - Nam-joon ri e fala:

Nam-joon:coitado de você. 

Jungkook:por que? 

Nam-joon: o passivo é o "sofredor" nos atos sexuais. 

Tae-Hyung:lógico que não, eu sou passivo e não tem nada de ruim com isso. E se quer saber, é ótimo ser passivo é tão divertido provocar o ativo. 

Nam-joon: ai, ai Tae. Se esqueceu das punições? 

Tae-Hyung: essa é a parte mais divertida. 

Nam-joon: mais quem fica sem andar é os passivos. 

Tae-Hyung: e quem fica com a costa marcada é o ativo. -antes que eles continuasse o assunto eu interrompo e digo:

Jungkook:Chega, já estou apavorado demais sem saber o que fazer e vocês não estão ajudando. 

Tae/Nam:foi mal. 

Tae-Hyung:Bom, caso não gostar de ser passivo, você pode pedir pro Jimin deixar você comandar. 

Jungkook: Não sei nem metade dessas coisas sexuais, eu acho melhor ele ser o ativo pra mim aprender. E também, não gosto muito de dominar. 

Nam-joon:haha você é igual o Tae, gosta de dar. Eu sabia, sabia desde o inicio que você era o passivo, mesmo o Jimin sendo mais baixo que você. -corei de imediato e Tae taça un travesseiro no rosto dele e fala:

Tae-Hyung:gosto de dar com orgulho, meu querido. Assim eu posso fazer greve de sexo quando eles vacilarem. 

Jungkook:como assim? 

Tae-Hyung: é que quando o ativo ele da alguma mancada a gente faz uma greve sem sexo pelo tempo que quiser. 

Jungkook: e os ativos não podem fazer? É tipo uma regra? 

Tae-Hyung:não, poder eles até pode mais não aguenta muito. 

Jungkook:ahh tendi. -falo balançando a cabeça em concordância. - mas e ai, dói muito?. -Tae pega na minha mão e diz:

Tae-Hyung:não vou mentir, dói bastante no início, mas quando se acostuma a dor diminui e se torna algo bem prazeroso. Ainda mais, se é com alguém que você ame e outra tudo que tem pra fazer é aproveitar, sabe? É a primeira vez de vocês e cada detalhe vai ser importante, entende? 

Jungkook: é, eu sei. Eu quero fazer com ele, apenas com ele e sei que ele vai ser carinhoso bastante comigo. 

Tae-Hyung:também acho, Jimin odeia machucar, principalmente as pessoas que ele ama. -sorrio e falo:

Jungkook:obrigado Tae. 

Nam-joon: EI eu também to aqui e te ajudei. 

Tae-Hyung: no que? Apavorando ele? 

Nam-joon: eu não apavorei ele, eu só falei que é melhor ser ativo do que passivo. Qual é o problema?. -a gente ri e eu falo:

Jungkook:obrigado também Nam-joon. -falo e ele diz:

Nam-joon: de nada, agora fui. -fala e sai do meu quarto. 

Park Jiwon

Então quer dizer que hoje vai ser a primeira vez do meu irmãozinho com o namorado? Hum... Parece que não vai ser muito difícil arquitetar meu plano sem que descubram que foi eu. E hoje, vai ser o dia que trago meu irmão de volta a realidade. 

Park Jimin

Jungkook ficou conversando com Nam-joon e Tae-Hyung na piscina e eu com o Jin que pergunta:

Jin: é, sei que não é da minha conta, mas por que você e o Jungkook brigaram mesmo? 

Jimin: como sempre, Jiwon. Ele me disse que Jungkook e ele havia se beijado e na raiva eu falei que fiquei com o Jungkook por pena e chamei ele de bastardo idiota. -falo e dou um gole na lata de cerveja a virando goela abaixo e Jin diz:

Jin: você e sua mania de falar coisas cruéis quando está com raiva em. 

Jimin: é, eu sei. Mas é a única maneira que eu posso lidar e também eu sei que foi forte as palavras e vou fazer de tudo pra recompensa-lo. 

Jin:pera, mas eles se beijaram mesmo? 

Jimin: Não, Jungkook deu um tapa nela quando foi tentar. - Jin se engasga com a própria bebida e fala surpreso:

Jin: pera, Jungkook, Jiwon, tapa. Como assim?. -fala de forma embolada, sorte que sei a tradução soltei uma risada com o olhar pra baixo e falo voltando meu olhar pra si:

Jimin:pois é, eu só acreditei porque ele também me deu um tapa depois de descobrir sobre os antidepressivos. 

Jin: Olha, nunca pensei que ele fazeria algo nesse nivel. 

Jimin: nem eu. Mas, pelo menos, isso me serviu pra ver que não posso confiar no Jiwon e que agora mais do nunca tenho que vigia-lo pra que não aconteça nada com Jungkook. Já vi que pra se reconciliar comigo ele não voltou. 

Jin: Uê, então por que não manda ele embora? 

Jimin: porque é melhor aqui! Do que fora do meu campo de visão, entende? 

Jin: bem inteligente, mas, e se não der pra controlar ele. 

Jimin: eu prendo ele pra sempre na caverna antimagia. 

Jin:mas, sem magia no corpo ele... -para de falar e suspiro fraco e falo:

Jimin: ele morre, e tenho consciência disso. Só que, não posso deixar com que ele destrua vidas pela dele. Não é certo. E que mesmo sendo difícil pra mim, eu faço. Só espero que não chegue nesse nível, se ele não mudar. 

Jin: é, imagino que... -Jin foi interrompido por meu irmão que bate em seu ombro e pega a cerveja da minha mão e diz:

Jiwon: e ai, Jin? E ai, mano?Dia bonito não é, esse calor ta matando. Onde eu moro não tenho uma piscina pra me refrescar. Que inveja. - reviro os olhos e falo ignorando sua existência:

Jimin: Jin, tem mais cerveja no estoque? 

Jin: tem. 

Jimin:ótimo. -pego minha cerveja de volta de sua mão. -agora pode ir lá pegar a sua. -falo sorrindo lascivo pra si que diz:

Jiwon:ok! Já vi que não sou muito querido por aqui, principalmente pelo meu próprio irmão. Bom, fazer o que? As pessoas sempre decepciona umas as outras. 

Jin: você não é o cara que traiu sua família para se tornar um vampiro? Quanto hipocrisia em Jiwon. -ele sorri de lado e fala olhando pra um lugar:

Jiwon: e quem disse que falo de alguém aqui?. - eu e Jin seguimos seu olhar que parava sobre o Jungkook que conversava com Yoon-gi e diz:

Jimin: ele é diferente. -falo voltando meu olhar para si e Jiwon diz:

Jiwon: ah é! O famoso ele é diferente. Só tome cuidado, seu diferente pode ser apenas uma semelhança de alguém que pode te magoar. Confiar nas pessoas só trazem problemas. 

Jimin: não, confiar em você é o problema e não as outras pessoas. -ele sai sorrindo e Jin diz:

Jin:como ele consegue ser insuportável? Sério, nem parece ser seu irmão. 

Jimin: é, eu sei. -falo e logo avisto Jungkook sozinho olhando pra água. -licença. 

... 

Jin:não acredito! Vocês vão transar aqui?. -fala na biblioteca surpreso e eu falo:

Jimin: não, vamos ir transar no Japão. -falo de forma brincalhona. -ta, foi mal. Você pode me ajudar a preparar o meu quarto pra hoje a noite? Eu quero que seja especial pra ele, sabe? 

Jin: sei e não se preocupa romantismo é comigo mesmo. 

Jimin:ta, obrigado. Aliás, você tem preservativo e lubrificante né? 

Jin: pra que preservativo? Você não precisa disso vocês é vampiro, praticamente ta morto. 

Jimin: mas ele não sabe disso, não é? E, tenho que agir como se fosse um humano. 

Jin: ah, verdade. 

Jimin: mas e ai? Você tem? 

Jin:tenho o lubrificante, pode ser?. -pergunta e eu mordo meu lábio frustado:

Jimin:tá, pode ser. Eu compro o preservativo na farmácia aqui perto. 

Jin:Ok, e falou com a Kammy? 

Jimin:pra que falar com a Kammy? 

Jin:pra ela fazer um feitiço na sua porta pra ninguém escutar coisas íntimas entre vocês dois, principalmente seu irmão. 

Jimin:tem razão, você pode falar com a Kammy eu vou na farmácia agora, ta? 

Jin: Ok. 

Continua... 





Notas Finais


Quem leu valeu quem não leu se doeu pq eu caso eu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...