História Amor complicado (plakki,adrinette,alyno) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers)
Visualizações 35
Palavras 1.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Luta
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Foi mal pela demora



BOA LEITURA 💞

Capítulo 10 - Dia na academia (final)(conversa aluno)


Alya on  

Depois de falar com as meninas fui e fiquei na esteira ums 10minutos depois vi que plagg e tikki tavam vindo pras esteiras juntos pareciam felizes  e envergonhados um porco por os dois tavam meio corados ai meu Deus começei a shippa plakki depois de ver a senha do meu shippo favorito (Aparti de agora) sai dali pensando (que plagg era um guri legal não é severgonha como o loiro filho da puta e plagg é tikki Forman um casal muito fofo juntos 😻)no meio dos meus pensamentos acabei esbarrando em alguém mas não cai só fiquei um pouco tonta pela batida depois de passar a tontura olhei pra pessoa que eu acabei esbarrando era a ruiva disgranida desgraçada e tudo mais q prefiro não dizer  .

Ruiva:olha por onde anda vadia.

Eu:vadia e sua mãe.

Ruiva:atua aquela perua.

Meu sangue subiu a cabeça não me controlei e acabei derrubando a ruiva vaidosa no chão e começei a estrangulala ela já tava vermelha  até q sinto uma mão me agarrar por trás mas não queria saber quem era e começei a me debater e condigo me solta do ser q me segurava e agarrei os cabelos da ruiva e denovo um ser me assegura mas tava com tanta raiva q continuei assegurando o cabelo da ruiva trazendo-a junto comigo e disse(se eu vou vc Tam bem vai vadia prostituta filha de uma rapariga)mas depois que disse isso o ser q me assegurava fala e eu reconheci a voz larguei os cabelos da ruiva e ela se alevanto e Sail correndo e falei já q sabia quem era só pela voz gravo a voz da pessoa.

Eu:q foi nino.

Nino:tô preocupado com vc.

Eu: porque.

Nino:vc so vive em brigas.

Eu:q nada é aquela ruiva vadia q me inrita e em primeiro lugar ela falo da minha mãe e eu não suporto q falem dela.

Nino:a Sabrina sabe ser chata adora falar dos outros e não se encherga eu sei por esperiencia própria.

Eu:como assim.

Nino:sempre q eu e meus amigos fazemos festa ela sempre vai e começa a se atirar pra Sima de mim  entendeu a onde eu quis chegar.

Eu: entendi,q bom pra vc .

Nino:bom nada eu não gosto dela sempre dou um jeito de me safar dela é por sorte consigo e pra piorar ela já ficou com todo do nosso condomínio entende.

Eu:entendo isso é que é ser puta de carteirinha.

Nois rimos mas depois que paramos de rir percebi q ele tava me assegurando pela cintura ainda e eu corei e falei.

Eu:nino pode me solta Ágora (falo corada).

A

Nino:d....desculpa (ele me solto e  me virei pra olhar ele nos olhos e vi q ele tava super vermelho e acho q eu tava do mesmo jeito porque meu rosto tá ardendo depois de ficarmos nos olhan aleatória mente em silêncio dessido falar algo).

Eu:nino vamos até os alevantadore de pezo .

Nino:claro porque não.

Eu e ele fomos até os alevantadores de pezo em silêncio até q ele fala algo .

Nino:apesar alya como tu e as meninas se conheceram .

Eu:foi assim,eu tinha 7 a Mari e a tikki 6 eu acho não me lembro muito bem mas continuando eu aresem tava chegando na escola e vejo q duas meninas estavam sendo umilhadas por quatro carotas acho q tinham ums8 ano cada uma delas seila e eu como sempre fui enviada e não consegui ver aquela sena sem fazer nada fui até às que tavam sendo umilhadas e começei adefendelas daí uma garota com cabelos pretos e olhos castanhos escuros véi até mim e me empurrou pra trás mas por sorte não cai se não ia ser um mico daí as garotas mas velhas começarão a rir de mim eu fiquei vermelha de raiva e fui até a garota q tinha me empurrado  e peguei a orelha dela foi fácil porque ela era mal mal mais alta q eu e eu fiquei assegurando  a orelha da guri e depois soltei e dei um empurrão nela q ela Caio sentada no chão e eu começei a rir e todos q tavam em volta Tam bem principal tikki e a Mari acho q a garota se sentil umilhada e saiu correndo chorando e as outras três garotas foram logo atrás eu me virei pras gurias e perguntei a elas se elas estavam bem e elas balançaram a cabesa concordando e depois a Mari se apresento e eu me apresentei a ela a única timida no início era a tikki depois cada uma foi pegando confiança uma na outra é nossa amizade tá até hoje.

Nino:pelo jeito vc é envocada desde piquena.

Eu: verdade mas é vc é os meninos como se conheceram.

Nino:nem me lembro fãs tempo mas só me lembro  q nois éramos pias(ele tava com uma cara muito esquisita(

Eu comecei a rir da cara dele e ele me olhou confuso.

Nino:porque tá rindo?.

Eu:pela cara q tu fes (parei de rir com dor no estômago de tanto que eu ri).

Nino:tanta né.

Depois q ele falo isso eu vi q ele tava com a cara fechada.

Eu:q foi nino.

Nino:sim porque.

Eu:vc fico com a cara fechada depois q eu comecei a rir da sua cara .

Nino:não é por causa disso.

Eu: então oq  vc tem.

Nino:alya Posso te perguntar uma coisa.

Eu:claro.

Nino:alias e um convite,vc quer ir na festa junina que vai ter presisa de par pra ir e eu pensei em te convidar (ele coro).

Eu:claro porque não.

Nino: valeu alya.

Eu:mas q dia vai ser.

Nino:vai ser sábado agora.

Eu:tabom mas e as minhas amigas não gosto de deixar elas sozinhas .

Nino:não se preocupe o plagg vai convidar a tikki e o Adrian a Mari pra irmos nois seis juntos.

Eu:tá bom assim me sinto aliviada mas se o loiro aprontar alguma coisa pra Mari ele morre entendido.

Nino:claro mas fala isso pra ele Tam bem ok.

Eu:claro.

Nino:pelo visto vc é bem protetora das suas amigas.

Eu:claro q sou aliás uma proteje a outra é também me preocupo muito com elas aliás elas são minha família agora.

Nino:intendo seus pais e os pais da tikki e a da Mari estam morando no Brasil né.

Eu:sim eles queriam q nois seguisemos nossos sonhos é nois três sempre sonhamos desde pequenas em vim morar aqui e eles decidiram que comprariam uma casa pra nois aqui é q nois morariamos aqui e se nois quiséssemos volta eles darão a pasagem pra nois volta e se nois não volta a morrar lá eles vinham visitar nois .

Nino:q tri e vcs vão volta algum dia.

Eu:acho q não pra gente volta pro Brasil e só pra visitar nossos pais e depois volta pra cá denovo mas porque a pergunta?.

Nino:por nada só fiquei curioso mesmo.

Eu:ata.

Depois eu é nino ficamos conversando coisas aleatórias e fazendo os exercícios da academia até o resto do tempo q sobrava até a hora pra encontrar as meninas no lugar q nois marcamos.





Notas Finais


Bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...