1. Spirit Fanfics >
  2. Amor confuso - As aventuras de Poliana >
  3. CAPÍTULO 1

História Amor confuso - As aventuras de Poliana - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - CAPÍTULO 1


Já faz um tempo que estou estudando na Ruth Goulart, continua tudo na mesma, eu Poliana, o João, a Kessya, o Luidy, a yasmim, o Bento, Eric, Filipa e a Paola, e na mansão continua também como antes menos pelo fato de que a situação financeira está um pouco ruim, mas pelo menos nossa família está unida, minha tia e o professor Marcelo estavam um pouco afastados mas Com certeza vai ficar tudo bem, falta apenas um mês para o campo de férias começar e toda a minha turma vai e eu estou muito ansiosa mas até lá tenho muito tempo para se preparar!!

*Luíza* Poliana, Poliana acorda você vai se atrasar para a aula, acorda.

Poliana acorda muito nervosa em perder a aula.

*Poliana* Se atrasar! Não eu não posso mim atrasar hoje têm aula de dança e eu não sou muito boa nisso.

*Luíza* Então é melhor você levantar e se arrumar rápido, vai, vai, vai, vai...

*Poliana* Ok já vou, mas antes...

Poliana dá um abraço e um beijo em Luíza e em seguida vai se arrumar.

Depois que ela termina de se arrumar vai para sala comer, ao descer a escada Nanci, António e Luíza olham fixamente para Poliana por causa do seu novo penteado quando ela desce dá um abraço na Nanci e no António e então ela fala:

*Poliana* Então o que têm pra comer?

*Nanci* Bom têm muita coisa mas antes, eu adorei o seu novo penteado, você vai arrasar na escola!

*António* É verdade você está muito bonita parece uma linda pomba que passou no Jardim.

*Poliana* Obrigado gente, agradeço muito.

*Luíza* Você está muito linda mesmo, mas você têm que comer rápido por que você está um pouco atrasada mocinha.

*Poliana* Ok. Depois de alguns minutos eles terminaram de comer e quando eles iam para a escola a campainha toca.

*Campainha* Dim Dom!!

*Luíza* Quem será?

*António* Deixa que eu abro, Nanci vai pegar o lanche da Poliana.

*Nanci* Já to indo.

António abre a porta e quem estava lá era Marcelo e João eles entram e Luíza fica surpresa pois não esperava sua visita já que estavam afastados.

*Poliana* Professor Marcelo!! Que bom te ver, Fique a vontade a casa é sua a gente acabou de comer mas se você quiser...

Antes de terminar a frase Poliana percebe que Luíza e Marcelo estavam se olhando fixamente então ela disse.

*Poliana* É.. na verdade o António pode levar a gente e vocês podem conversar não é João?

Ela olha para João e pisca.

*João* É verdade vocês podem ficar aqui e nós vamos para a escola então vamos né poliana.

*É vamos, vem António!

Eles saem e Luíza e Marcelo ficam sozinhos até que Luíza diz:

*Luíza* Bom você pode ficar a vontade a mesa está posta e se você precisar de alcunha coisa é só chamar a Nanci eu vou para o meu escritório tá.

Ela se vira e Marcelo segura sua mão é a puxa.

*Marcelo* Calma Luíza a gente precisa conversar e...

*Luíza* Nós não temos nada para conversar Marcelo, você deixou bem claro que não mim ama e prefere a Débora a mim.

*Marcelo* Isso não é verdade Luíza, você sabe muito bem que eu nunca te traí, a Débora que entrou na minha casa sem dar satisfações e mim rouba um beijo, você pode perguntar pro João ele estava lá e viu tudo.

*Luíza* Não é questão de saber quem estava lá Marcelo, o que realmente interessa é que você não à impediu pelo contrário você deixou ela te beijar e...

*Marcelo* Tá Luíza eu sei e reconheço que errei mas todo mundo erra uma vez por que você não pode mim perdoar?

*Luíza* Não é simples assim Marcelo, essa não é a última vez que eu te vejo com a Débora, além disso eu cansei de mim iludir com você eu não aguento mais isso então sai da minha casa e não me procura nunca mais...

Antes de Luíza terminar de falar Marcelo dá um beijo nela e como esperava ela não se afastou.

*Marcelo* Isso é a prova de que eu te amo então por favor mim dê só mais uma chance.

Luíza olha para ele e abre um sorriso então o perdoa, eles se beijam e Marcelo vai para a escola.

Quando Poliana e João chegam na escola João percebe que Poliana mudou o penteado e diz gagejando:

*João* Nossa eu não tinha percebido o seu novo penteado, ficou bem legal você tá bem bonita.

*Poliana* Obrigada João, eu pensei em mudar o visual e fiz esse.

*João* Devo admitir ficou bem legal, mas vamos entrar eu soube que o senhor Pendlenton vai fazer um pronunciamento sobre o campo de férias vamos.

*Poliana* Vamos.

Ao entrarem estavam todos comentando sobre o campo de férias, não havia outro assunto a não ser esse, Poliana e João encontram seus amigos e eles se cumprimentam e conversam um pouco.

*Kessya* Nossa Poliana você ficou bem bonita com esse penteado!

*Luidy* É verdade você tá bem legal.

*Bento*É você tá bem legal, mas vocês sabem alguma coisa sobre o campo de férias?

*Yasmin* Bom até agora eu não sei de nada.

Nesse mesmo momento Mário, Lorena, Gael e Benício passam correndo e gritando.

*Grupo* Poliana, Poliana, Poliana!!!!

*João* Calma seus abestado, respirem e depois falem.

*Mário* Poliana a gente que saber se você sabe algo sobre o pronunciamento do Senhor Pendlenton, você sabe?

*Poliana* Não gente eu não sei nada.

*Gael* Não sabe ou não quer dizer?

*Poliana* É claro que eu não sei e vocês sabem que se eu soubesse de algo eu diria, mas eu não sei.

*Lorena* Ok prima eu acredito em você tchau!

*Poliana* Tchau!

*Bento* Nossa eles estão mesmo ansiosos para esse anúncio.

*Kessya* Quem não está, é do campo de férias que estamos falando!!

*Luidy* E já que estamos falando nisso quem aqui vai? Por que eu vou.

*Yasmin* Acho que eu vou, bom se a minha mãe deixar né, vocês sabem como é.

*João* Bom vocês eu não sei, mas eu vou de certeza, até por que o Marcelo foi chamado para ser um guardião.

*Kessya* A minha mãe me autorizou a ir, e também eu não de fora disso.

*Poliana* Bem a tia Luíza mim deixou ir mas eu não quero deixar ela sozinha.

*Kessya* A Poliana ela não vai estar sozinha ela tem o António e a Nanci, para de ser chata vamos!

*Poliana* Ok eu vou ver.

*Bento* Bom eu quase não fui autorizado mas a diretora Ruth acabou por mim deixar ir e eu vou!

*Luidy* Bom então é melhor a gente ir para a sala por que daqui o sinal toca.

*Grupo* Ok, vamos.

Quando eles chegam na sala se sentam e conversam mais um pouco, Filipa, Paola e Hugo estavam conversando também até que Hugo olhou para eles e viu o novo penteado de Poliana e diz:

*Hugo* Olha gente parece que a Polianta resolveu tentar parecer bonita!!kk.

*Paola* A ela não tá tão mal assim.

*Filipa* Tá de brincadeira né?

*Paola* Não eu estou falando sério.

Hugo e Filipa começam a rir e Paola vai embora, Kessya percebe que eles estão rindo e diz:

*Kessya* Olha eles estão rindo de alguma coisa é eu tenho certeza que é da gente, eu vou lá agora.

*Poliana* Calma Kessya você não sabe do que eles estão rindo, é melhor você ficar aqui ao invés de ir caçar uma confusão.

*João* Relaxa Kessya eles tão rindo por que devem estar com inveja desse penteado arretado da Poliana.

Eles riam um pouco e voltam a conversa. Eric chega coloca sua mochila no lugar e vai falar com Hugo e Filipa.

*Eric* E aí gente, qual é a fofoca de hoje?

*Hugo* Olha pra Poliana e repara como ela está.

Eric olha para ela mas não vê diferença.

*Eric* Bom eu não reparei nada ela está como sempre una polichata.

Eles dão um sorriso e Filipa fala.

*Filipa* Agora é sério, até parece que você não esta vendo o novo penteado dela.

Eric olha mais uma vez, mas dessa vez ele não só repara no seu novo estilo como ficou fixado em seu rosto.

*Hugo* E agora, viu?

Ele não responde.

*Filipa* Eric, Eric, O Eric responde.

*Eric* Am o quê?

*Hugo* Ficou tão impressionado assim com ela?

*Eric* Não claro que não, eu só não acho que ela tá tão mal assim.

*Filipa* Tem razão ela não está mal, ela está ridícula.

Filipa e Hugo começam a sorrir, e Eric para eles não ficarem desconfiados também sorri, até que o sinal toca e a professora entra na sala e eles se sentam em seus lugares. Como os horários são divididos na Ruth Goulart quando a turma de Poliana estivesse na sala, já era o recreio para os do ensino médio Jefferson, Guilherme, Vinícius e Mirela estavam no refeitório conversando.

*Mirela* Aí eu tô muito ansiosa pro campo de férias, até por que é o momento mas esperado do ano né, que dizer foi dito sobre isso no mês passado né mas... A vocês entenderam!

*Jefferson* É Mirela esse é o momento mais esperado mesmo até por que eu espero descobrir alguma coisa sobre meu pai.

*Vinícius* É eu espero que você descubra alguma coisa, mas é você Guilherme, você vai pro campo de férias?

Guilherme não responde nada parecia que ele estava ali mas ao mesmo tempo não estava.

*Mirela* Gui, Gui, Gui, o Guilherme você é surdo ou se faz?!! Responde a gente.

Quando Mirela dá um grito ele escuta .

*Guilherme* Am o que aconteceu?

*Jefferson* Nada, só você que tá no mundo da lua, no quê que você tá pensando?

*Guilherme* É que eu to tentando descobrir o por que da Raquel ter faltado hoje.

*Mirela* Bom o por que eu não sei, mas sei que ela deu sorte em não vim a prova surpresa estava bem difícil.

Nessa hora Brenda e Luca chegam e provocam Guilherme.

*Luca* Olha Brenda parece que o Guilherme tá meio tristinho.

*Brenda* É deve ser por que a sua princesa Raquel não veio hoje.

*Luca* É por isso que ele tá tão quietinho.

Eles sorrem e Mirela pede para eles pararem com isso.

*Luca* Olha a Mirela tá estressadinha hoje!

*Brenda* É parece que todo mundo acordou estressado hoje.

*Guilherme* Olha por que vocês não vão ver se eu estou lá na esquina do fim do mundo.

*Brenda* Nossa Guilherme precisa tudo isso.

*Luca* Relaxa Brenda vamos pra outro lugar que a gente ganha mais, Falou pra vocês.

*Vinícius* A eu não suporto esses dois, mas e você Jeff por que não falou nada?

*Mirela* O Jeff não falou nada por que tá cãozinho pela Brenda.

*Jefferson* Não gente claro que não.

Eles dizem o contrário e começam uma pequena confusão de amigos.

Na padaria Durval estava muito preocupado com Raquel pois ela estava com a febre muito alta e chegou a desmaiar em seu quarto.

*Fernanda* Durval têm certeza que não é preciso levar ela no médico?

*Durval* Tenho Fernanda não se preocupe eu estou cuidando de tudo, eu até já mandei o Afonso ir comprar uns remédios e daqui a pouco ele chega.

*Fernanda* Filha você esta melhor? Quer um copo de água?

*Raquel* Sim mãe estou, e não, não precisa eu estou melhor.

Luíza chega e entra na casa.

*Luíza* Bom dia gente, como vocês estão... a o que tá acontecendo?

*Durval* A Raquel baixou a pressão de uma vez e desmaiou, e quando acordou estava com muita febre, então eu pedi para o Afonso ir comprar uns remédios, ele deve estar chegando.

*Luíza* Mas não seria melhor levar ela para o hospital?

*Fernanda* Foi o que eu disse mas ele não mim escuta, é o mesmo de esta falando com as paredes.

*Luíza* É eu sei como é, quando eramos pequenos ele era um grande cabeça dura e pelo visto não mudou nada.

Afonso chega dá os remédios a Durval e volta para a casa de carnes.

*Durval* Bom agora alguém precisa ficar com a Raquel por que eu vou para a padaria já que nem o Jefferson nem o Vinícius esta aqui eu não posso sair de lá.

*Fernanda* Eu não posso vocês sabem como o Roger é exigente e um pouco mais.

*Luíza* Um pouco não muito, mas vocês podem ir eu fico aqui com ela é peço pro Marcelo trazer a Poliana pra cá.

*Durval* Mas vocês não estavam afastados?

*Luíza* É mas eu resolvi dar uma chance pra ele, quer dizer uma segunda chance.

*Fernanda* Que bom, mas agora eu tenho que ir tchau.

*Durval* Bom Luíza eu também tenho que ir, mas depois nós temos que ter uma conversa séria, qualquer coisa é só chamar.

*Luíza* Ok.

*Raquel* Obrigada por ficar aqui comigo.

*Luíza* De nada, tia tia é pra essas coisas mesmo.

Na escola Ruth tinha chamado Pendlenton para uma conversa mas antes de ir ele pede para Sara ficar de olho em Ester que ainda estava se acostumando a ser uma pessoa normal. Na escola Pendlenton encontra Marcelo e os dois tem um pequeno papo.

*Pendlenton* Oi Marcelo.

*Marcelo* Oi pendlenton.

*Pendlenton* Se mim der licença eu tenho uma reunião.

Pendlenton sai e Marcelo segura no seu braço.

*Pendlenton* Você têm algo pra mim falar?

*Marcelo* Tenho sim, se afasta da Luíza e da Poliana ou você vai se dar muito mal.

*Pendlenton* Isso foi uma ameaça.

*Marcelo* Entenda como preferir.

*Pendlenton* Mim desculpe Professor ( diz com sarcasmo) mas você não é o meu pai pra dizer o que eu devo fazer então eu vou sair daqui e vou fingir que nada disso aconteceu.

Ele sai e Marcelo fica sozinho "pensamento de Marcelo" on, Esse cara quer alguma coisa com a Luíza mas eu não vou deixar ele se aproximar dela, isso nunca."Pensamento de Marcelo" off. Na sala de Ruth

*Pendlenton* Ruth posso entrar?

*Ruth* Claro fique a vontade.

*Pendlenton* Bom o que você quer?

*Ruth* Apenas dizer que a sua chantagem, chegou ao final OTTO.

                     CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...