1. Spirit Fanfics >
  2. Amor confuso - As aventuras de Poliana >
  3. CAPÍTULO 3

História Amor confuso - As aventuras de Poliana - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - CAPÍTULO 3


*João* Tá bem, eu vou falar com o Marcelo.

*Poliana* Eu vou com você.

*João* Não! Eu vou sozinho.

*Yasmin* Nossa que grosseria.

*Poliana* Ele só tá um pouco estressado.

Eric estava com seus amigos.

*Filipa* E ai como foi na diretoria?

*Eric* Normal.

*Filipa* Como assim normal? Não aconteceu nada?

*Eric* Ah nós levamos uma advertência só.

*Paola* Qual foi o motivo da briga mesmo?

*Hugo* Ele provocou a Poliana e o João foi tirar satisfações.

*Eric* Hugo! Cala a boca! Olha vocês não podem contar pra ninguém, ouviram?

*Filipa* Ok.

*Paola* Não sei não.

*Eric* Por favor.

*Paola* Tá bem.

Na sala dos professores.

*João* Marcelo! Macho queria bater um papo com você, assim meio suave.

*Marcelo* O que aconteceu?

*João* Nossa, não posso vim conversar contigo que é por que eu fiz algo!

*Marcelo* Não, não é isso desculpa, o que foi então?

*João* É... Meio que... É que lá noDebora refeitório.... Olha até que é uma historia bem interessante.

*Marcelo* Desimbucha macho.

*João* Tá bem, É que eu e o...

Nesse momento Débora chega para falar com Marcelo.

*Débora* Marcelo!

"Pensamento de João" on, Graças a Deus, milagres existem! "Pensamento de João" off.

*Débora* Eu quero falar com você.

*Marcelo* Pode ser mais tarde? Eu estou conversando com o João.

*Débora* É...

*João* Não macho pode conversar fiquem a vontade a gente conversa mais tarde, tchau.

*Marcelo* Eita João... Bom mas o que você quer?

*Débora* Eu quero saber se você pode mim levar ao médico por causa da minha perna, você sabe.

*Marcelo* Por que você não vai sozinha?

*Débora* É que eu não consigo dirigir, e eu venho a pé até a escola já é o suficiente.

*Marcelo* Bom então tá né, têm que ser que dia?

*Débora* Pode ser amanhã.

*Marcelo* Ok.

*Débora* Obrigado!

Ela o abraça e Marcelo fica um pouco incomodado e nesse momento Luíza aparece na porta da sala e vê os dois se abraçando.

*Luísa* Marcelo?!

Ele se vira e a vê.

*Marcelo* Luíza!

Enquanto isso na sala de Guilherme.

*Professora* Antes do sinal bater eu vou passar um trabalho pra vocês.

*Alunos* Nãoooooooo!!!

*Professora* Calma vai ser fácil, mas eu vou formar as duplas. Primeira dupla, Mirela e Luca, Segunda dupla, Jefferson e Brenda, Terceira dupla, Gabriela e Vinícius, Terceira Dupla, Guilherme e Raquel, Quarta dupla, Arthur e Carol...

*Guilherme* Que bom, assim tenho uma desculpa para ver ela em sua casa depois da escola.

Na casa de Sérgio ele estava se preparando para o pronunciamento.

*Sérgio* Bom dia alunos e alunas hoje eu vim falar sobre o campo de...

Ele é interrompido por uma mensagem no celular.

*Sérgio* Uma mensagem do S.Pendlenton.

"Pensamento de Sérgio" on, Sérgio você ficará responsável por apresentar o pronunciamento na escola sem a minha participação, desejo boa sorte! "Pensamento de Sérgio" off.

*Sérgio* Sozinho? O que será que aconteceu? Bom não posso fazer nada, apenas voltar a ensaiar, bom mas que horas são... O quê?! Eu já estou bem atrasado! Vamos Sérgio corre!

Ele vai as pressas para o colégio enquanto isso na casa de Pendlenton.

*Pendlenton* Sara esse pane afetou as lembranças dela?

*Sara* Não senhor.

*Pendlenton* Ótimo! Pretendo terminar logo. Pretendo terminar isso logo!

*Sara* Analisando o sistema dela isso pode demorar 2:00 horas.

*Pendlenton* Duas horas?! Bom envie uma mensagem para Ruth falando sobre a falta dela.

*Sara* Sim S. Pendlenton.

Na escola.

*Marcelo* Calma Luíza não é isso que você tá pensando.

*Luíza* E desde quando você ler pensamentos?

Ela sai e Marcelo vai atrás dela, Débora fica com um sorriso sarcástico no rosto.

*Débora* Ah Luíza você não sabe o que te espera! Kkkk.

*Yuri* Parece que o Marcelo está meio encrencado!

*Sophie* É, mas e nós?

*Yuri* Nós o quê?

*Sophie* Eu estou pensando sairmos hoje!

*Yuri* Pra onde?

*Sophie* Ah pode ser na padaria, faz um tempo que não vou lá.

*Yuri* Então tá, hoje a noite sete horas, tá marcado não se atrase!

*Sophie* Desde quando sou eu quem mim atraso?

Eles se beijam. Já no pátio.

*Marcelo* Luíza espera!

*Poliana* Tia?!

*Luíza* Ah oi Poliana!

*Poliana* O que você tá fazendo aqui?

*Luíza* Nada eu...

*Marcelo* Luíza!

Ela finge que não escuta e Poliana fica confusa depois ela dá um abraço em Poliana e vai embora.

*Poliana* O que aconteceu professor?

*Marcelo* Nada Poliana, nada.

Ele vai para a sala dos professores e Sérgio chega como um relâmpago!

*Sérgio* Ai cheguei, Graças a Deus! Ufa.

*Luidy* Pai? O que o senhor tá fazendo aqui?

*Sérgio* Eu vim fazer o pronunciamento, mas não dá pra conversar agora eu tenho que conversar com a diretora, Tchau!

*Luidy* Tchau!

*Kessya* Nossa hoje não é um dia qualquer não em!

*Bento* Verdade!

*Yasmin* Vamos pra sala?

*Grupo* Vamos!

Ao chegarem lá.

*Poliana* João, você falou com o professor?

*João* Não ele estava ocupado mas depois eu falo.

*Poliana* Ok.

Enquanto isso na padaria.

*Durval* Danilo! Cuida aqui de tudo que eu vou ver a Raquel, Ok?

*Danilo* Ok!

Quando ele sobe ver Raquel.

*Durval* Raquel! Raquel? Cadê você?

Ele entra no quarto e a vê.

*Durval* Raquel por que você não está descansando?

*Raquel* Eu estou bem melhor pai, e resolvi vim desenhar um pouco.

*Durval* Mas filha... e se você tiver outra recaída?! Que isso não aconteça, mas pode acontecer né!

*Raquel* Relaxa pai pode ir pra padaria eu vou ficar bem.

*Durval* Ok filha mas qualquer coisa é só chamar.

*Raquel* Tá bem.

Ele sobe e vê Dona Branca, eles conversam um pouco e ela faz o seu pedido.

*Durval* Bom o que a senhora vai querer?

*Branca* Eu quero aqueles pãozinhos bem tostadinhos... sabe aqueles que eu sempre compro!

*Durval* Ah já tá na mão!

Ela sai e se encontra com Waldisnew.

*Waldisnew* Dona branca! A quanto tempo! A senhora tá bem?

*Branca* Estava, mas agora...

*Waldisnew* Eu não entendi.

*Branca* Olha Waldisnew eu tenho que ir então tchau! Tenha um bom dia.

*Waldisnew* É né, essa D. Branca não é fácil.

Ele entra na padaria.

*Waldisnew* Durval mim vê ai o café de sempre pro meu chefe.

*Durval* É pra já!

Ele liga para Nanci em quanto espera o café.

*Nanci* Alô!

*Waldisnew* Oi princesa, como você tá?

*Nanci* Oi Waldisnew, eu to bem e você?

*Waldisnew* To ótimo, mas assim nós poderíamos sair um dia né?

*Nanci* Ah eu concordo, se você quiser pode ser até amanhã e...

*António* Nanci! Com quem você está falando?

*Nanci* É... Depois a gente se fala ok!Tá tchau! O António que susto!

*António* Desculpa mas daqui a pouco a Poliana vai chegar é o almoço têm que estar pronto né.

*Nanci* Tá bem eu vou fazer! Vai arrumar a mesa!

*António* Ok mas não demore.

No colégio.

*Sérgio* Diretora Ruth! Posso entrar?

*Ruth* Sérgio?! É... claro se sente, posso saber o por que da visita?

*Sérgio* O S. Pendlenton não vai vim falar sobre o pronunciamento então ele mim mandou.

*Ruth* Ok, faltam apenas 10 minutos para eles irem embora então eu vou pedir para a Elô chama-Los na sala.

Elô chama todos os alunos e eles vão para a área de apresentações.

*Ruth* Bom dia gente!

*Alunos* Bom dia!!!

*Ruth* Nossa vocês estão bem animados em!

*Mirela* É obvio (fala sussurrando).

*Ruth* Bom quem fará o pronunciamento não será o Pendlenton e sim Sérgio o designer da O11Z, então eu vou passar a liderança para ele, pode vim Sérgio.

*Yasmin* Luidy é o seu pai!!!

*Luidy* Então é por isso que ele veio desesperado!

*Lorena* Olha Mário é o seu pai.

*Mário* Claro que é, o Pendlenton sabe que ele é quem deve fazer isso, por isso mandou o meu pai!

*Gael* Não fica se gabando!

*Mário* Ah tá bem, vamos ouvir.

*Sérgio* Bom primeiramente Bom dia!

*Alunos* Bom dia!!!

*Sérgio* Como vocês sabem as aulas já estão acabando, se não mim engano faltam apenas 2 semanas, então nós da O11Z quer dizer o S. Pendlenton resolveu criar o campo de férias para o vocês participarem, É claro que só vão poder ir que se sair bem nessa última prova, como vocês já sabem será uma grande aventura, mas só poderão ir infelizmente crianças a cima de 11 anos...

Nesse instante Mário grita extremamente confuso e com raiva.

*Mário* O quê? Como assim?

Todos olham para ele e ele continua intacto em pé sem se dar conta de que estão todos olhando para ele.

Na comunidade, Arlete acabou de voltar de uma loja de roupas e de uma joalheria.

*Arlete* Ai espera até a Gleice ver essas roupas lindíssimas, e essa jóia, bem ela é falsa mas... Ah deixa pra lá só sei que ela vai morrer de ciúmes!

*Falcão* Oi dona Arlete, como é que vai? Tudo em cima?

*Arlete* Estava tudo bem mas agora eu não sei!

*Falcão* Como é que é?

*Zoio* Acho que a Dona respondeu errado!

*Mosquito* Cuidado com o que a senhora fala viu!

*Falcão* Mim as sacolas.

*Arlete* Falcão por favor...

*Falcão* Mim dá as sacolas!

*Arlete* Tá bem.

*Falcão* Roupas, roupas, mais roupas por a caso aqui só tem roupas...

Ele percebe a jóia no fim da sacola.

*Falcão* Olha isso parece que a madame tá bem de grana em.

*Mosquito* É, não quer dividir com a gente não?

*Arlete* Por favor não...

*Falcão* Xiu... você vai fingir que nada disso aconteceu e não vai contar pra policia ou vocês podem não ver o amanhã!

Eles saem levando o colar que Arlete comprou ela fica desesperada e vai para casa. Enquanto isso Luíza chega na sua casa e chora aos prantos pó causa de Marcelo.

*António* Dona Luíza você está bem?!

*Luíza* Não António eu não estou bem!

*António* Mas o que aconteceu?

*Luíza* O Marcelo mim enganou de novo, ele estava lá na escola abraçando a Débora.

*António* Mas deve ter sido uma coincidência ou...

*Luíza* Não António não foi coincidência, eu tô cansada de ser enganada pelo Marcelo, eu não aguento mais.

*António* Mas Dona Luíza...

*Nanci* Licença, eu ouvi os gritos da cozinha e pensei em vim ver se estava tudo bem.

*Luísa* Tá sim Nanci, eu vou pro meu escritório tchau.

Ela entra no escritório e fica muito triste e ao mesmo tempo enfurecida com Marcelo, Nanci e António voltam para os seus postos. Enquanto isso na escola.

*Mário* Isso não é justo! Pelo contrário isso é injusti...

*Ruth* Mário se acalme venha agora comigo até a diretoria!

*Sérgio* Ruth precisa disso? Diretoria?

*Ruth* Sinto muito Sérgio eu sei que ele é seu filho mas eu não vou deixar isso impune. Venha Mário!

Eles saem e os alunos começam a fazer comentários.

*Elô* Alunos! Alunos se acalmem! Isso não é motivo para tamanha cconversa o Sérgio vai continuar o pronunciamento como antes então tenham educação! Pode continuar Sérgio!

*Sergio* Obrigado Elô.

*Elô* De nada.

*Sérgio* Bom como vocês ouviram é isso não tenho mais nada a falar, apenas se esforcem e tirem notas boas para irem ao campo de férias, e os que não podem ir vão ficar ligados com tudo o que acontece pela internet www.campodeférias.br, Ah eu esqueci se preparem por que no campo de férias finalmente será revelado que é realmente OTTO, até mais.

Os alunos ao ouvirem isso ficaram surpresos e muito ansiosos para o campo de férias, Elô diz que eles podem ir embora é eles saem. Na diretoria.

*Ruth* Você vai levar uma advertência por interromper o pronunciamento.

*Mário* Mas era o meu pai...

*Ruth* Não interessa, você não tinha o direito de interromper, aqui leve para o seu pai assinar.

*Mário* Ok, posso ir?

*Ruth* Pode.

*Sérgio* Mário o que foi aquilo?

*Mário* Eu não acredito que eu não vou poder ir!

*Sérgio* Calma Mário, a gente conversa em casa.

*Luidy* E ai vamos!

*Sérgio* Sim vamos.

Todos foram embora para casa.

*Lorena* Cadê o Mário ele não disse que ia ficar.

*Gael* Acho que ele desistiu.

*Benicio* Então vamos pra casa.

*Grupo* Vamos!

*Mirela* Sinceramente não gostei da minha dupla! Mas vocês se deram bem.

*Jefferson* É, mas alguém viu o guilherme?

*Vinícius* Ele foi pra casa da Raquel!

*Jefferson* Ah então eu já vou, só vou chamar a Kessya, tchau!

*Grupo* Tchau!

*Jefferson* Kessya vamos!

*Kessya* Vamos.

*Ruth* Jefferson!

*Jefferson* Oi diretora.

*Ruth* Você sabe mim dizer por que sua mãe não veio hoje?

*Jefferson* Ela teve um probleminha em casa e não pode vim.

*Ruth* Ah ok.

Na casa de Poliana.

*Poliana* Tia cheguei!!!

*Luíza* Ah que bom.

*Poliana* Tia, você tá bem?

*Luíza* TÔ sim, eu só...

*Campainha* Dim Dom!

*Nanci* Eu abro, deixa comigo.

Ela abre a porta e Glória entra.

*Luíza* Glória?!

*Glória* Oi Luíza, nós precisamos conversar.

CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...