História Amor de fã - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias NOW UNITED
Visualizações 33
Palavras 690
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Menino ou menina?


Fanfic / Fanfiction Amor de fã - Capítulo 2 - Menino ou menina?

São Paulo, Brasil

Dia seguinte...

Às 6:30 da manhã eu já me encontro arrumada, podemos dizer que é uma evolução! Tudo isso é anciedade, daqui a algumas horas eu vou saber se terei uma irmanzinha ou um irmãozinho.

Pego minha bolsinha e abro a porta do quarto da minha mãe, encontro a mesma arrumando seus lindos cabelos

:bom dia mami, anciosa? -ela se vira e deposita um beijo na minha bochecha 

Pri: sim, muito! Vamos? -concordo com a cabeça e fomos pro hospital.

[...]

Los Angeles, Califórnia 

Acordo com o barulho insuportável do despertador, desligo o objeto e fico sentado na cama. Sinto uma grande dor de cabeça e lembranças do dia anterior pairam sobre meus pensamentos.

Momento on:

Estou na mais famosa balada de Los Angeles com meus fiéis companheiros, Bailey e Noah. Acho que já bebi uns 4 copos de vodca e já nem sei mais o que estou fazendo a bebida está me controlando, vejo uma garota loira se aproximar de mim e escuto ela falar alguma coisa no meu ouvido, mais pelo efeito do álcool não entendo nada, a garota me guia até o carro e eu a sigo, entramos no carro e logo sinto os lábios da garota encontrarem os meus, sinto o gosto de abacaxi e suponho que ela esta bêbada como eu, ela começa tirando minhas roupas mais logo apago e não me lembro de mais nada...

Momento off:

Balanço a cabeça querendo rejeitar esses pensamentos e sigo rumo ao banheiro, tomo um banho rápido pois sei que já estou atrasado e já posso ver a Ellen me dando sermões, saio do banheiro com uma toalha amarrada na cintura e levo um susto quando vejo que a garota loira  ontem, está sentada na beira da cama com as pernas abertas usando só um sutiã de renda vermelha, devo confessar que fiquei excitado acho que ela também percebeu meu estado e se aproximou de mim. Rapidamente me recomponho e me afasto deixando a loira confusa.

:olha, eu não sei o que aconteceu ontem, mas eu acho melhor você sair! Eu tenho compromisso agora e foi bom te conhecer, por isso eu te peço pra se retirar ....? -paro de falar tentando lembrar o nome dela.

XX: ally, meu nome é ally! E bom gatinho, também foi bom te conhecer espero que se repita o que aconteceu ontem, eu adorei! Beijos -ela termina de por sua saia e sai.

O que foi isso? O que aconteceu ontem? Porque eu não consigo me lembrar? -saio dos meus devaneios assim que escuto novamente o despertador, agora marcando 6:55... FUDEU a ellen vai me matar.

Entro correndo no closet e pego a primeira roupa que vem pela frente, desço correndo e nem passo na cozinha, pego as chaves do carro e saio voado pro estúdio.

[...]

São Paulo, Brasil 

Assim que chegamos no hospital, minha mãe vai confirmar a consulta e eu me sento em uma das cadeiras que tem, percebo que ao lado de mim tem uma menina aparentemente da minha idade, ela está distraída mexendo no celular e quando me ver, me olha diretamente nos olhos.

XX: olá morena, me chamo sabina e por favor não repare no meu portunhol, eu não sou daqui! -a garota me estende a mão e eu a comprimento. 

:inglês? -falo em inglês e ela sorrir.

Sabina: finalmente senhor alguém que me entenda -rimos.

: sou Any, não como qualquer! -modifico a frase quando percebo sua expressão de confusa

Sabina: agora eu entendi, eu vim do México por isso meu português é meio-bom -rimos mais ainda.

:e o que faz aqui? Sem querer ser chata -olho envergonhada e a garota sorri.

Sabina: Bom,  eu vim pro Brasil pra passar um tempo com meu pai e minha irmã, ela está grávida e eu vim ver meu sobrinho nascer 

:eu também vim acompanhar minha mãe, ela está grávida também e vinhemos saber o sexo -antes que a ga rota pudesse falar, minha mãe me chama pra entrar com ela na sala.

:tenho que ir, nos vemos por aí o mundo é pequeno não? -a mexicana sorrir e eu entro na sla com a minha mãe, chegou a hora.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...