História Amor de fachada - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 12
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 16 - Sem saber


Pv da Bianca 

Acordei no dia seguinte com muita dor de cabeça, olhei pra de baixo do lençol e eu estava pelada, olhei para o lado e o Rodrigo estava do meu lado e pelado 

Bianca- AAAAAH ACORDA _sacode ele_ 

Rodrigo- que foi? Você esta pelada?! Eu estou pelado?!

Bianca- o que que você esta fazendo aqui?

Rodrigo- eu não sei... ai minha cabeça...

Bianca- ai Rodrigo, transamos? 

Rodrigo- eu não sei, eu não faço a mínima idéia _levanta e se troca_ 

Bianca- pergunta pra Maria, sei la pra sua mãe...

Rodrigo- eu vou... _sai_

Pv do Rodrigo 

Sai e fui atrás da Maria e encontrei ela na cozinha 

Rodrigo- ainda bem que eu te achei 

Maria- precisa de alguma coisa senhor Rodrigo?

Rodrigo- preciso... é ontem, ontem a noite, eu e a Bianca dormimos juntos?

Maria- provavelmente, vocês não são casados?

Rodrigo- sim, quero dizer, se rolou mais alguma coisa...

Maria- eu não sei, eu não durmo com vocês 

Rodrigo- caramba, eu quero saber se você ouviu algo? Alguma coisa que... algum barulho...

Maria- quem deve saber é a dona Júlia, eu fui dispensada por ela...

Rodrigo- ok, obrigado 

Pv do Rodrigo 

Fui atrás da minha mãe, fui até o quarto dela e encontrei ela sentada na cama

Rodrigo- mãe, aconteceu alguma coisa comigo e com a Bianca?

Júlia- deve ter acontecido, vocês ficaram gemendo a noite toda 

Rodrigo- transamos?! 

Júlia- sim e ja estava na hora

Rodrigo- não, eu não me lembro

Júlia- vocês estavam bêbados, óbvio que não lembra

Rodrigo- impossível, impossível, não pode ser...

Júlia- bom ja foi...

Pv do Rodrigo 

Sai dali e voltei para o quarto da Bianca 

Rodrigo- você ainda esta palada?!

Bianca- eu penso melhor assim...

Rodrigo- então ta

Bianca- descobriu alguma coisa?

Rodrigo- sim, transamos 

Bianca- O QUE?? Não pode ser, eu não me lembro 

Rodrigo- eu também não, a minha mãe disse que estavamos bêbados 

Bianca- o que vai ser da gente agora? _se senta na cama_

Rodrigo- podemos fingir que nada aconteceu

Bianca- então ta... nada aconteceu 

Rodrigo- pelo menos foi bom? _se senta perto dela_ 

Bianca- eu não lembro desgraça, sai daqui, deixa eu sozinha por favor

Rodrigo- ta bom... _sai_

Pv da Bianca 

Eu e o Rodrigo juntos? Na mesma cama? Pelados? Minha cabeça estava confusa, por mais esforços que eu fazia eu não lembrava de absolutamente nada, nada mesmo, se foi bom ou não, eu não me lembrava, não sei como aconteceu, so sei que aconteceu, o Matheus queria me ver so que eu pedi um tempo, eu queria um tempo pra ver o que seria de mim e do Rodrigo, como as coisas iria se sair, como iria ser nossa relação daqui pra frente, eu nem pau estava gostando dele, so queria saber o que iria ser... liguei para a Danielle e contei isso...

~celular on~

"Oi amiga, tudo bem?"

"Oiii tudo e você? Que saudade hein" 

"Eu vou mais ou menos, eu também estava morrendo de saudade"

"Seu pai esta com saudade de você"

"Manda um beijo pra ele, eu não pude ligar muito pra vocês porque eu ando ocupada"

"Mais eai, o por que você esta mais ou menos?"

"Amiga... eu transei com o Rodrigo"

"Como?? Aaaa shippo"

"Eu não sei, ele não sabe, estavamos bêbados, acordamos hoje um do lado do outro, ele perguntou pra mãe dele e ela confirmou" 

"Usou camisinha?"

"Boa pergunta..."

"Então você não sabe nem se foi bom?"

"Não"

"Mais é grande?"

"É normal"

"Normal grande ou normal pequeno?"

"Normal grande Danielle"

"Então aproveita"

"Não temos nada ok? So foi um descuido nosso, um deslize" 

"Sei... eu preciso ir... beijos"

"Beijos..."

~celular off~

Pv da Bianca 

Desliguei o celular e eu queria gritar, como que deixamos chegar a esse ponto? Eu e ele... isso nunca mais pode acontecer, eu nunca bebi e cheguei a esse ponto, de transar com alguém e não lembrar, aquele vinho parecia ser tão tranquilo...




 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...