História Amor de infância - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Álcool, Comedia, Romance, Sexo
Visualizações 6
Palavras 384
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Capitulo 4 - Marlon


 Fui pra minh casa, ja tinha me despedido do Heitor mas sinto que ele fico muito magoado quando eu disse que tinha vergonha dele, apesar dele se meu amigo eu não deveria te vergonha dele,eu tenho que me desculpar com ele, dei meia volta bati na porta dele e nada bati pela 2° vez e nada bati pela 3° vez e nada ele so pode ta no quarto e mandei uma mensagem e nada, Girei a maçaneta e a porta estava aberta quem e o imbecil que vai pro quarto e tranca a porta ? Sim ele o Heitor subi ate seu quarto e vi ele dormindo ele estava bonito dormindo daquele jeito, ele estava abraçado com um urso grande eu ate me deitaria do lado não Marlon para com isso ! Peguei uma folha de papel e comecei a escreve.

'''Sei que você ta magoado comigo por conta de hoje a tarde,sei que você de te me xingado de vários nomes,mas eu vim aqui te pedi desculpas,eu não deveria senti vergonha de nada com você, eu gosto de você,você sempre foi meu melhor amigo,sempre amei você mas e difícil pra min sei que você pode acha fácil mas não e, bom pra min não eu te mandei mensagem mas você não respondeu então abri a porta e entrei ver se você tranca a porta, depois e roubado e não sabe porq,bom eu quero te pedi desculpa.'''

   Deixei a carta penturada na tela do computado dele e sai do quarto dele, peguei a chave dele tranquei a porta pois não quero que ninguém seja roubado, e joguei a chave por baixo da porta e sai fui pra minha casa, cheguei vi que meus pais ainda não tinham chegado, então subi tirei minha roupa e fui toma um banho, fiquei lá pensando oq o Heitor fez comigo ? Ele sorri pra min de um jeito que eu fico travado meu coração desparada , eu fico soando todo hora , ele me chama de algum apelido eu fico com vergonha na hora , sera que eu to gostando dele ? Não não e possível ele e meu amigo, eu não posso senti isso, logo agora ah Heitor oq você fez comigo ! Saio do banho pego minha cueca box preta deito na cama e acabo dormindo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...