1. Spirit Fanfics >
  2. Amor de Intercâmbio - Um Recomeço >
  3. Señorita

História Amor de Intercâmbio - Um Recomeço - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Perdão pelos erros ortográficos e falta de coerência, a pessoa aqui tava quase caindo de sono hahaha

Boa leitura amores ❤️

Capítulo 27 - Señorita


Fanfic / Fanfiction Amor de Intercâmbio - Um Recomeço - Capítulo 27 - Señorita


- Você vai ficar bem com esses três amiga?

Perguntei pra Amanda, enquanto eu secava o cabelo.

- Vou sim, não se preocupe

Ela disse abrindo a enorme janela que o quarto tinha, os tios da Amanda poderiam não ser tão ricos, mas também não eram tão pobres não. A casa apesar de não ser uma mansão, era bem grande e arrumada.

- Eu sinceramente não sei o que usar

Falei enrolada na toalha, já com o cabelo seco.

- Bom, estamos em LA, está calor então sugiro algo curto

Ela disse mexendo na minha mala.

- É, isso seria bom… o que os meninos estão fazendo lá embaixo? Tá tão quieto

Falei e ela riu, eu realmente tinha medo do que aqueles três poderia fazer.

- Estavam vendo filme, de comédia com o Adam Sandler

Ela disse e eu concordei, menos mal.

- Aqui, você pode vestir essa jardineira e por essa blusinha branca por baixo

Ela disse, pegando a jardineira que era jeans, parecendo vestido porém a alça era bem fininha e a blusinha que ela se referia era de um tecido bem fininho. Parecia realmente uma ótima combinação.

- Mas será apropriado?

Perguntei e ela riu.

- Tá fofo, não tá infantil, tá bem americano eu acho amiga. Eu super usaria

Ela disse e eu concordei, dando de ombros e vestindo a roupa, enquanto ela procurava meu tênis, que de acordo com ela ficaria bom.

Olhei no grande espelho que tinha no quarto e gostei do que vi, estava realmente meigo, passei hidratante pelo corpo e calcei meu tênis, um vans preto que de acordo com a Amanda combinou, eu também achei legal então iria com ele mesmo.

Eu não tinha contado pra minha amiga que a Camila Cabello estaria lá, ela só sabia que eu e o Shawn iríamos a um local onde ele gravaria um clipe, já que até então ninguém sabia da nova parceria dele com Camila, então ela não entendia meu dilema se iria maquiada ou passava só o básico.

- Não sei pra que tanto nervosismo

Ela brincou, se jogando na cama e eu ri.

- Quer saber? Vou passar só um rímel e um gloss, acho que tá bom né? Está calor

Falei e ela concordou, cheirando o vidro do perfume que eu tinha na mala.

- Eu acho ótimo, particularmente te acho muito linda sem maquiagem, claro que em um grande evento acho que você deveria usar maquiagem, porém hoje não é o caso, então aposte no básico

Ela disse e eu concordei, já passando meu rímel e em seguida o gloss, tomei meu perfume da mão dela e passei um pouquinho, não queria passar muito pra não desmaiar ninguém na rua com o cheiro, naquele calor perfume demais não combina.

Enquanto descia as escadas ouvi a voz do Shawn, ele já tinha chegado e eu provavelmente estava atrasada, mas pelo seu sorriso ao me ver acho que ele não estava bravo, com meu pequeno atraso.

Nos despedimos dos nossos amigos e então fomos em direção ao carro, de mãos dadas. Queria perguntar se eles estava sentindo as mesmas sensações que eu estava, ao segurar sua mão, mas pelo seu sorriso enquanto andávamos eu diria que sim.

- Você tá linda

Ele disse e eu sorri, sentindo falta da sua mão, assim que ele abriu a porta e me deixou entrar.

- Obrigada, você também tá lindo

Falei e ele sorriu, fechando a porta. Ele estava usando calça jeans e uma camisa azul, o que deixava ele ainda mais lindo.

- Sem o Jake e sem motorista?

Brinquei assim que ele assumiu a direção do carro.

- É que como tô a trabalho, não vamos ter tanto tempo a sós _ ele disse sorrindo como se pedisse desculpa _ então quero aproveitar os momentos que posso ficar a sós com você, mesmo que seja apenas pra dirigir e dormir

Ele disse e eu sorri, ele era tão fofo, ajeitei meu cabelo atrás da orelha e me inclinei na sua direção, dando um beijo nele, sem pressa, mas ele tinha um clipe pra gravar, então tínhamos que ir.

O caminho foi tranquilo, conversávamos sobre tudo e era incrível como tínhamos sempre algum assunto, poderíamos ficar horas e horas ali que ainda teria assunto. A cidade ficava ainda mais linda no final da tarde, era tudo tão incrível e encantador.

Quando chegamos onde aconteceria as gravações eu fiquei confusa, era uma cafeteria, afastada do centro e boa parte era apenas cenário que eles montaram.

- Uma cafeteria? Eu realmente tô bem confusa

Falei rindo fraco e ele me acompanhou no riso.

- É legal, a ideia do clipe ficou bem divertida e a música também é incrível, você vai amar eu tenho certeza

Ele disse e eu sorri, achando divertido aquele mistério todo. Algumas pessoas nos olhavam, claro que ali tinha apenas pessoas das duas equipes, tanto do Shawn quanto da Camila e claro do produtor responsável pela gravação. Algumas ruas que dava acesso a cafeteria estavam isoladas, provavelmente pra afastar pessoas curiosas e pelo visto funcionou, não tinha ninguém além do pessoal do trabalho.

Alguns falavam com o Shawn e apenas balançavam a cabeça em cumprimento a mim. Em nenhum momento meu namorado soltou a minha mão, isso me deixou mais confortável e segura. Encontramos o Andrew que logo me abraçou, dizendo que sentiu minha falta e ele realmente parecia sincero.

Fomos em direção aos camarins, Andrew seguia na frente falando sobre o termo de sigilo que eu teria que assinar, não me senti confortável em relação a isso mas eu entendia, eles realmente queriam manter segredo sobre a música e o clipe, era compreensível.

Senti o Shawn parar de uma vez só e então esbarrei levemente com suas costas definida, encarei ele confusa sem entender o motivo dele ter parado e então vi ele sorrindo, acompanhei seu olhar e dei de cara com a Camila, que levantava vindo em nossa direção. Senti um arrepio dos pés a cabeça, não importava quantas vezes eu veria ela, sempre ficaria nervosa, afinal ela é a Camila Cabello e eu simplesmente amava as músicas dela.

- Hey! Você veio

Ela disse e eu quase ri, claro que o Shawn iria vir pra gravação do clipe deles, mas logo percebi que ela estava falando de mim. Sim, de mim. A simples eu parecia ser uma pessoa importante pra Camila, já que ela logo me puxou pra um abraço.

- Meu deus é a Camila Cabello me abraçando

Falei e ela riu, me soltando. Ela era incrivelmente fofa.

- Você fica cada vez mais linda, sério! E eu estou tão feliz que esse bobão finalmente se declarou e disse que sentia sua falta, porque eu não aguentava mais ele choramingando por aí se lamentando e não indo atrás de você

Ela disse feliz e eu ri, envergonhada, olhando pra ele com carinho, foi um momento delicado tanto pra mim quanto pra ele.

- Eu tô bem feliz, por estarmos juntos de novo

Falei e ele sorriu, segurando minha mão novamente.

- Eu sei bobinha, sua cara apaixonada te entrega

Ela disse e eu ri mais, não me sentia tão envergonhada mais perto dela, a Camila era a pessoa mais simples, doidinha e fofa que já tinha conhecido. Ela era engraçada e falava cada coisa, que era impossível não rir e entrar no assunto.

- Bem, eu já estou pronta

Ela disse e então eu encarei sua roupa, não tinha feito isso até então e por Deus, ela estava vestida de garçonete e eu só tentava criar a ideia do clipe na minha cabeça. Ok, estávamos em uma cafeteria e a Camila de garçonete, era óbvio que ela ia ser uma garçonete em uma cafeteria, então qual seria o papel do Shawn? Chefe? Talvez um cliente ou colega de trabalho, aí aquilo era confuso mas seria uma ideia boa.

- Ah tudo bem, eu vou me arrumar também, na verdade só trocar a camisa

Ele disse rindo, pelo visto ele não iria se fantasiar.

- Isabela quer dar uma volta comigo? Pra conhecer o set, você já conheceu algum antes?

Ela perguntou e eu neguei, parecia legal ver os detalhes do local, talvez eu descobriria mais coisa sobre a ideia do clipe e quem não gostaria de passar um tempo, dando voltinhas com a Camila Cabello? Eu tinha que me controlar pra não surtar, ela era tão incrível. 

- Ótimo, então vamos, vou te mostrar tudo. Shawn você iria precisar da ajuda dela?

Camila perguntou e ele negou sorrindo.

- Não, vão lá... Divirtam-se

Ele disse me dando um selinho e eu sorri, sentindo meu rosto queimar de vergonha, vendo a Camila batendo palminhas. Ri fraco e então fomos andar pelo set.

- Vocês são muito fofos

Ela comentou agora mais contida, enquanto andávamos.

- Obrigada… eu adoro suas músicas

Falei mudando de assunto e ela riu.

- Que legal, quando tiver algum show e você quiser ir, tá super convidada

Ela disse simpática.

- Eu vou adorar!

Respondi animada, enquanto olhava alguns detalhes. Ficamos conversando e andando por todos os lados, parecíamos até velhas amigas e eu estava amando.

O Shawn estava pronto e ela também, fiquei ao lado do Andrew, enquanto assitia a correria, ajeitando eles no local de gravação.

- Vai tocar a música deles enquanto gravam?

Perguntei curiosa, doida pra ouvir.

- Provavelmente, pra entrarem no clima da música

Andrew disse sorrindo, dando uma piscada de quem entendeu que eu queria ouvir a música e eu ri, animada.

Trouxeram um banquinho pra mim e pra ele, então nos sentamos, bem no fundo enquanto o diretor e os produtores ficavam mais a frente, ditando regras.

Já tinha assinado o termo, que dizia que eu não podia falar nada sobre as gravações e a música, então estava tudo certo.

Começou uma batidinha e eu senti meu corpo arrepiar, era a música, eu sabia. Fiquei atenta, ignorando Shawn e Camila que estavam apenas ensaiando os movimentos, ela parecia sair da lanchonete pelos fundos e ele estava sentado do lado de fora esperando ela, mas minha atenção ia totalmente pra música. 

Pelo que percebi, não iriam gravar na ordem certa, deixariam pra juntar as imagens depois, provavelmente pra ninguém pegar a ideia de como ficaria.

"I love it when you call me señorita

I wish I could pretend I didn't need ya

But every touch is oh, la, la, la

It's true, la, la, la

Oh, I should be runnin'

Oh, you keep me coming for ya

Land in Miami

The air was hot from summer rain

Sweat drippin' off me

Before I even knew her name, la, la, la

It felt like oh, la, la, la, yeah, no

Sapphire and moonlight, we danced for hours in the sand

Tequila sunrise, her body fit right in my hands, la, la, la

It felt like oh, la, la, la, yeah"

Sussurrei um "uau" em silêncio, a música era incrível e a melodia dela ainda mais.

- Essa música é incrível, Andrew

Sussurrei baixinho e ele sorriu.

- Eu também gostei, tem uma pegada latina

Ele disse baixinho e eu concordei sorrindo, ainda abobada, a música era muito boa e eu tinha certeza que os fãs iriam gostar, não só eles, eu tinha certeza que seria um sucesso. Voltei a olhar os dois e agora eles gravavam, acaba que vez ou outra a Camila acabava rindo ou o Shawn e o diretor gritava "corta, vamos de novo". Eu estava me divertindo, eles eram engraçados.

Terminaram duas cenas e então disseram que iriam pra cena no quarto. Oi? Cena no quarto? Me perguntei, Shawn me olhou e sorriu, retribui ainda confusa, como assim cena no quarto? Olhei para o Andrew mas ele agora lia o roteiro, queria ler também, mas seria muita curiosidade da minha parte.

Era um cenário montado, ficamos novamente ao fundo, dessa vez sem os banquinhos, já que ficou no estúdio anterior ao lado, mas não me importava em ficar em pé. Enquanto eu observava o cenário, que basicamente era um quarto e uma bela de uma cama enorme, me senti levemente incomodada, mas era apenas uma gravação.

- Quer suco?

Andrew perguntou já me estendendo um litro pequeno, com suco, peguei e abri, agradecendo. Dei um gole e voltei a observar o cenário, a música tocava ainda baixinho e eu comecei a prestar atenção na letra.

"You say we're just friends

But friends don't know the way you taste, la, la, la"

Um incomodo gigantesco foi me engolindo, eu equilibrava o peso do meu corpo em uma perna, depois equilibrava na outra perna. Inquieta.

- Quem compôs essa música?

Perguntei baixinho pro Andrew, que prestava atenção no seu celular.

- O Shawn

Ele disse sorrindo, me olhando educadamente. Concordei e voltei a beber o suco, um cara trouxe dois banquinhos novamente, nos oferecendo e então sentei, vendo o Shawn e Camila novamente. Dessa vez a Camila estava usando outra roupa e como sempre, linda.

Mas o que me incomodava era a letra da música, lembraria de perguntar ao Shawn mais tarde quando ele compôs e de forma alguma queria ficar parecendo uma maluca, mas que aquilo me incomodou um pouco incomodou.

Começaram a gravar novamente e se eu não me esforçasse muito pra manter a boca fechada, certamente estaria com ela aberta até o chão, vendo o Shawn segurar a Camila no colo, sentado na cama. Ele nunca tinha feito clipes assim, então eu não estava esperando por aquilo.

- Hmmm eu acho que vou ao banheiro

Falei pro Andrew em um sussurro, deixando a garrafa do suco quase vazia no banco.

- Tudo bem

Ele disse sorrindo e então voltou a olhar os dois, olhei novamente e ele simplesmente estava deitando por cima dela. Me virei tomando cuidado, pra não derrubar e nem tropeçar em nada, seguindo pra fora daquele cenário. Rodei horrores até finalmente achar, ficava dentro da própria lanchonete.

Entrei e fechei a porta, me olhando no espelho e vendo o quanto estava pálida. O medo de estar sendo paranóica e vendo coisa onde não tinha era grande, Shawn e Camila sempre foram tão amigos e eles fazem questão de dizer que são quase irmãos.

Mas o Shawn demonstrava ter uma quedinha por ela, quando ele era mais novo, lembro do Gabriel ter dito uma vez sobre Shawn e Camila juntos, porém eu não fazia a mínima ideia de quem era o Shawn naquele tempo.

Lavei meu rosto, tomando cuidado pra não molhar meus olhos e borrar a cara com o rímel, eu devia estar doida mesmo. Sai do banheiro após secar o rosto e voltei em direção ao cenário, tentando ignorar meu lado paranóico, eu devia ser uma idiota mesmo.

Quando estava me aproximando vi o Andrew e o Shawn juntos, os dois me olharam e o Shawn parecia sem graça, tentando achar algum vestígio estranho em meu rosto, talvez tentando descobrir se eu tinha ficado brava com as cenas. Claro que não fiquei brava, era o trabalho dele, porém com ciúmes e paranóica talvez, mas eu estava ficando doida e tinha que confiar nele, ele sempre me disse isso.

- Oi

Falei assim que me aproximei, dando um sorrisinho sem graça.

- Tá tudo bem?

Shawn perguntou, passando a mão suavemente na minha nuca.

- Sim, fui ao banheiro e demorei achar

Falei sorrindo, dando um selinho nele, que retribuiu parecendo mais calmo.

- Que bom. O que tá achando?

Ele perguntou curioso de verdade e ao mesmo tempo parecendo desconfiar, se eu estava ou não brava.

- Incrível. A música e o clipe, tá ficando lindo

Falei e o Andrew riu.

- Eu disse, mas ele parece não confiar no meu achismo

Andrew disse rindo, brincando claro e se afastou, indo falar com alguém.

- De verdade? Você gostou?

Shawn disse ignorando o comentário do Andrew.

- Sim, tá lindo e a música realmente é incrível _ falei ficando de frente pra ele, próxima de mais _ Andrew disse que foi você quem escreveu

Falei e ele sorriu, ficando envergonhado.

- Ah, sim… faz um tempinho

Ele disse e eu senti um aperto no coração, não era exatamente o que eu queria ouvir, não paranóica do jeito que tava. Eu tinha que parar com aquilo, parar de procurar coisa onde não tinha.

- Ah

Falei ajeitando o cabelo atrás da orelha e me virando pra olhar as pessoas que passavam.

- Isa, tá tudo bem?

Ele perguntou buscando meus olhos e eu o encarei.

- Tá sim…

Disse e me aproximei, dando um selinho nele. Senti suas mãos segurarem minha cintura e então ele me deu outro selinho, beijando minha testa em seguida.

- Okay. Hoje era só duas cenas. O restante da gravação é durante o dia e tem do mais uma cena a noite, mas não será gravada hoje

Ele disse e eu concordei, dando um sorriso e então seguimos para o camarim. Enquanto ele se trocava eu me sentei, peguei meu celular e comecei a falar com meus pais, felizmente meu chip e a internet estava pegando ali.

Quando Shawn saiu do banheiro já estava de banho tomado e vestido em uma roupa limpa, uma calça também preta e agora usava uma camisa cor vinho.

Seu cabelo ainda estava molhado, o cheiro de sabonete era incrivelmente bom, ele me pegou olhando pra ele e sorriu, retribui e voltei a mexer no celular, me despedindo dos meus pais. Gabriel e Luana tinham saído, então deixaram de me responder e foram se divertir.

Levantei e fui até uma mesa, pegando uma garrafa de água, nem me lembrava quando tinha bebido água pela última vez.

- Vamos? _ Shawn disse abraçando minha cintura e eu concordei _ quer se despedir da Camila?

Ele perguntou jogando a mochila nas costas, na verdade eu estava com vergonha, não queria olhar pra ela e me sentir uma idiota, por pensar tanta besteira sobre eles.

Mas quando vi já estávamos lá, nos despedindo dela, que sorriu e me pediu pra voltar no dia seguinte, pra acompanhar as gravações e quem sabe sairmos pra comer alguma coisa.

Saímos do camarim dela e fomos em direção ao estacionamento, onde Shawn tinha deixado o carro e acabamos dando de cara com o Andrew.

- Já estão indo crianças?

Perguntou brincalhão e eu sorri, Shawn sorriu levemente.

- Sim, eu vou levar a Isabela pra jantar

Ele disse ainda de mãos dadas comigo, olhei pra ele surpreso, já que não tinha me dito nada.

- Ah tudo bem então, bom jantar pra vocês e divirtam-se… dirija com cuidado

Andrew disse sorrindo, indo em direção ao cenário montado. Voltamos a andar em direção ao carro, como sempre acabei tropeçando mas não cai, só dei uma risadinha envergonhada.

- Você tá pálida

Shawn disse e eu sorri, era verdade e eu mesma tinha visto isso no espelho do banheiro.

- Tá tudo bem… deve ser o tempo, agora a noite esfriou e durante o dia fez tanto calor

Expliquei e ele concordou, abrindo a porta do carro e eu entrei, colocando o cinto. Ele abriu a porta de trás e jogou sua mochila lá, em seguida deu a volta e assumiu a direção, ligando o carro e parando pra por seu cinto de segurança.

- Então vamos jantar?

Perguntei sorrindo, encarando a cidade iluminada.

- Você tinha planos?

Ele perguntou parecendo realmente preocupado.

- Não, claro que não

Ri fraco.

- Ah que susto _ ele riu _ eu quis marcar o jantar pra depois da gravação, você está com fome?

Ele perguntou me olhando de relance e eu balancei a cabeça.

- Um pouco, não comi nada a tarde

Falei me lembrando e ele concordou, dirigindo tranquilamente. Senti sua mão segurando a minha com firmeza e então me olhou novamente.

- Sua mão tá gelada. Você tá bem?

Ele perguntou dessa vez mais forte e eu concordei.

- Sim, é só o tempo

Expliquei calma, sentindo ele beijar minha mão. Meu estômago estava começando a ficar embrulhado, peguei a garrafa de água e dei um gole, vendo o Shawn parar o carro em um estacionamento, pelo menos o restaurante não parecia chique e sim aconchegante, bem familiar.

Saímos do carro e ele segurou minha mão, enquanto íamos em direção a porta de entrada.

- Gostou?

Ele perguntou me dando um beijo na bochecha e eu sorri, concordando.

- É lindo, bem aconchegante

Falei entrando, vendo que era tão lindo por dentro quanto por fora.

- Você disse que odeia aqueles restaurantes chiques, então pensei nesse

Ele disse rindo baixinho e eu ri também.

- Você me conhece muito bem, esse aqui tá perfeito

Falei e era verdade, as pessoas que estavam ali não estavam muito diferentes de mim, tinha crianças, famílias mesmo, ninguém usando um vestido de gala ou coisas do tipo.

Fomos levados até uma mesa mais reservada, Shawn se sentou de frente pra mim e então pegamos o cardápio, depois de passar o olho por todas as opções, acabei escolhendo e o Shawn também.

- Você vai dormir no hotel comigo?

Ele perguntou segurando minha mão, em cima da mesa.

- Hummm. Eu gostaria, muito. Porém não trouxe roupa

Falei sincera, eu realmente tinha esquecido.

- Sabe que não precisa, te empresto minhas camisas

Ele disse sorrindo e eu sorri, bebendo um pouco da água que tinha em meu copo.

- Hum, sendo assim… então tudo bem, só preciso avisar a Amanda

Falei pegando meu celular e digitando uma mensagem pra ela.

"Amiga, vou dormir no Shawn hoje. Tudo bem? E como foi o passeio no shopping? Já chegaram em casa?"

Enviei e voltei a olhar o Shawn, que me observava.

- Pronto. Só falta ela responder… conversei com ela mais cedo, eles foram ao cinema e depois iam comer algo

Falei e novamente bebi mais água.

- O Brian está com eles ainda?

Ele perguntou e eu concordei.

- Ah sim, ela disse que os três parecem crianças mas estão se comportando

Falei e ele riu fraco, levantando do seu lugar e sentando ao meu lado, no banco acolchoado. Senti seu beijo em meu rosto e me virei de lado, passando a mão no rosto dele, sem me incomodar em estarmos em local público, até porque não dava pra ninguém ter muita visão de onde estávamos, então tínhamos um pouco de privacidade.

- Gostei que você me acompanhou hoje, eu estava tão nervoso _ ele disse brincando com a minha mão _ nunca gravei um clipe como aquele

Ele disse e eu sorri, passando a mão no seu queixo.

- Fica calmo, tá ficando incrível. Você e a Camila tem química

Falei sem pensar e ele riu.

- Sabia que você tinha ficado com ciúmes

Ele disse e eu ergui as sobrancelhas.

- Não fiquei não querido

Falei debochada e ele sorriu.

- Você saiu e ficou um tempão lá fora, eu note sabia?

Ele disse brincalhão e eu senti minhas bochechas esquentarem de vergonha.

- Eu estava procurando o banheiro, você se acha muito sabia?

Falei erguendo o rosto e ele ainda sorria.

- Pode até ser verdade, mas acredito que você não estava com muita vontade de ir lá não

Ele disse e eu fiquei em silêncio, aquilo era verdade, eu nem se quer usei o banheiro de verdade, apenas lavei o rosto.

- Tá tudo bem… eu não estou bravo, isso é normal. Era uma situação não muito agradável pra você e eu ficaria completamente louco por dentro, se fosse você ali no meu lugar, gravando um clipe assim

Ele disse me fazendo voltar a olhar ele.

- Okay, podemos mudar de assunto?

Falei jogando uma perna por cima da dele, realmente não queria pensar mais naquilo, era o trabalho dele e estávamos em um jantar, não queria estragar o momento falando do meu ciúmes.

- Okay… me conte mais sobre o passei que vocês fizeram hoje

Ele disse e eu sorri, pronta pra contar mas nossos pedidos chegaram, esperei o garçom colocar tudo na mesa.

- Algo para beber?

Ele perguntou e o Shawn me olhou.

- Você tá dirigindo

Lembrei e ele concordou sorrindo, pedindo suco para nós dois.

- Sobre a tarde... _ falei voltando ao assunto, cortando o frango _ fomos ao píer de Santa Mônica, eu lhe disse isso e foi muito divertido. Fomos de ônibus porque achamos mais rápido e prático, a água estava uma delícia, não tão quente mas tava ótimo, depois eu e a Amanda ficamos tomando sol…

Falei e o Shawn tossiu levemente, me olhando, encarei ele, bebendo o suco, que o garçom tinha acabado de nos servir e se retirou.

- O que foi?

Perguntei preocupada e ele bebeu um pouco de água.

- Você tomou sol?

Ele perguntou e eu revirei os olhos, achando graça.

- Sim, é isso que a maioria das pessoas fazem quando vão a praia amor

Falei rindo baixinho.

- O Noah estava perto?

Ele perguntou e eu ignorei sua pergunta, dando um gole no meu suco. Tava demorando.

- Sim, ele, o Bryan e a Amanda

Falei calma, olhando pra ele.

- Ele te viu de biquíni?

Ele perguntou me encarando.

- Claro, eu não estava de burca

Falei e ele ficou em silêncio.

- Hum

Ele disse e voltou a comer.

- Não vem com "hum"… _ falei _ ele é meu amigo e não temos nada. Quer mesmo ficar falando disso?

Perguntei e ele negou.

- Não. Vamos mudar de assunto

Ele disse e então toquei sua mão. Ele passou ela pela minha, apertando forte e então soltando.

- Posso provar o que você pediu?

Perguntei e ele riu, me olhando.

- Isabela! Você pediu o seu

Ele disse achando graça.

- Mas o seu parece tá muito melhor

Falei e ele riu, me dando um pouco da sua comida na boca.

- Vou provar o seu, já que você provou o meu

Ele disse me provocando e eu sorri, vendo ele pegar um pouco da minha comida.

- Ótimo, não pega mais do meu não guloso

Falei e ele me encarou.

- Você come da minha comida primeiro e me chama de guloso?

Ele perguntou e eu ri, voltando a comer. O restante do jantar foi tranquilo e bem divertido, pedimos uma sobremesa e como o Shawn não é muito fã de doces, acabei comendo a minha sobremesa e metade da dele.

Quando entramos no carro eu já estava sonolenta, queria tanto tomar um banho e descansar. Nem parecia que estava no auge da juventude. Peguei meu celular e sorri vendo a mensagem da Amanda.

"Relaxa amiga. Divirta-se com seu boy! Estamos em casa, vendo um filme e o Brian já foi pro hotel, mas amanhã provavelmente vai encontrar com a gente. Aliás ele é super divertido"

Ri e mostrei a mensagem pro Shawn, que sorriu.

- Perdi o meu melhor amigo?

Ele perguntou brincando e eu ri, voltando a responder a Amanda. Fomos para o hotel e até que não ficava longe dali, em menos de dez minutos já estávamos lá.

Entramos no elevador e por um milagre estava vazio, deitei minha cabeça no peito do Shawn e ele me abraçou, sorrindo.

- Está com sono?

Perguntou e eu neguei.

- Não, só um pouco cansada. Quero muito tomar um banho e relaxar

Falei e ele parecia sorrir, passando as mãos nas minhas costas. Entramos no quarto e como sempre era lindo, Shawn fechou a porta e foi até o banheiro, eu o segui, vendo uma banheira espaçosa.

- Vai preparar um banho pra mim? Que chique

Brinquei vendo ele ligando a água.

- Você disse que queria relaxar

Ele disse e eu sorri, ficando na ponta dos pés e dando um beijo nele.

Shawn Mendes narrando

Fiquei observando a Isabela, brincando com a espuma da banheira, ela simplesmente adorava aquilo e acabamos colocando um pouco a mais do ideal. Ela tinha prendido seu cabelo em um coque, enquanto segurava um pouco da espuma na mão e então me olhou, caramba ela é muito linda. Eu nunca me acostumaria com a beleza dela, ela era tão delicada e tão meiga, que tinha medo de machucar ela com um simples toque.

- Tem espuma no meu cabelo? Porque você tá me encarando com um sorriso idiota

Ela disse sorrindo, da forma mais linda. Sua boca era rosada, sua pele nunca perdia aquele ar bronzeado, embora ela estivesse um pouco mais branca, não fazia tanto sol assim no Canadá igual se faz no Brasil, mas ainda tinha aquela cor quente e eu simplesmente amava.

- Claro que não em espuma no seu cabelo, sua boba

Brinquei, estendendo a mão pra ela, que segurou e eu a puxei, a sentando no meu colo. Meu coração estava tão acelerado e o meu sorriso nunca parava, seu cílios piscou algumas vezes, encarando o meu rosto, agora ela também me observava, mas isso não me deixou envergonhado.

- Você é tão linda

Falei baixinho, quase um sussurro e ela sorriu. O sorriso, uau, isso era perfeito, iluminava ainda mais o seu rosto, a cor do seu cabelo dava um contraste perfeito a ela.

- Eu amo você

Ela disse apoiando seus braços em meus ombros, abracei sua cintura.

- Eu te amo

Falei passando meu nariz no dela, que me puxou pra um beijo lento, passei minhas mãos por suas costas, sentindo cada parte do seu corpo.

Ela se levantou um pouco, enquanto eu me encaixava nela. Perfeitamente feita pra mim.

Ouvi um barulho e levantei assutado, olhei pro lado e a Isabela não estava deitada. Levantei rápido indo em direção ao banheiro e lá estava ela, ajoelhada enfrente o vaso, vomitando.

Me aproximei e segurei seu cabelo, passando a mão que estava livre em suas costas.

- Hey, amor… você tá bem?

Perguntei assim que ela se sentou no chão, com a mão na boca. Olhei nos olhos dela e estavam vermelhos, ela tinha chorado.

- Tá tudo bem?

Perguntei pela segunda vez, calmo enquanto ela balançava a cabeça dizendo que sim. Ela se levantou e fui até a pia, enxaguando a boca e pegando a escova, colocando a pasta e começando a escovar os dentes. Dei descarga e encostei no beiral da porta do banheiro, observando ela.

- Não fica me olhando, eu fico com vergonha

Ela disse após cuspir a água na pia, enxugando o rosto com a toalha. Me aproximei dela a abraçando, dando um beijo no seu rosto.

- Eu me preocupo com você

Falei baixinho, era verdade, era doloroso ver ela assim, frágil. Apaguei a luz do banheiro e voltamos pro quarto, que tava escuro mas não totalmente, ainda entrava um pouco de luz pela sacada do quarto, que por mais que tivesse cortina ainda era possível passar luz.

Ela se deitou e eu me agachei, na frente dela, ao lado da cama.

- Tem alguma chance de…

Ia falar mas ela me cortou rápido.

- Não! Claro que não!

Ela disse baixo, mas dava pra sentir o nervosismo em sua voz. Concordei com a cabeça e levantei, dando a volta e deitei na cama, apoiando os braços na testa, não ia conseguir dormir tão rápido assim e acredito que ela também não.

- Chega mais perto

Falei e então ela se virou, me olhando e eu sorri, vendo os olhos dela brilhar, claro que ela estaria chorando.

- Não fica nervosa. Deve ter sido a mudança de país, as coisas que você comeu hoje na praia e depois…

Falei tentando acalmar ela.

- Eu acho que realmente foi isso, eu comi tanta coisa hoje e coisas diferentes

Ela disse fazendo careta e eu ri fraco, passando a mão no cabelo dela, me curvei um pouco e dei um beijo nela, sem pressa, enquanto beijava descia beijando seu ombro.

- É bom ter você comigo

Ela disse baixinho e eu sorri, voltando a dar um selinho longo nela.

- Ter você comigo é a melhor sensação do mundo

Falei e ela sorriu, me dando um selinho e deitou no meu ombro, enquanto eu acariciava suas costas e ela voltava a pegar no sono, acabei fazendo mesmo minutos depois. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤️
Até o próximo...

Aliás, postei AMOR DE INTERCÂMBIO no wattpad, então por favor, quem tiver conta, me segue lá e se puder indicar a história eu ficarei grata ❤️ link abaixo:


Acho que você vai gostar desta história: " Amor de Intercâmbio , de shawnmendesbr8 , no Wattpad https://my.w.tt/QCIwk3bHh3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...