História Amor de intercâmbio - Capítulo 59


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Shawn Mendes
Visualizações 1.020
Palavras 7.834
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores. Como a maioria de vocês sabem, comecei a trabalhar então tá bem complicado postar aqui, então peço mil desculpas pela demora, tentarei ser rápida e pontual, mas é que realmente sempre chego bem cansada. Mas não vou desistir da fic não, vou postar sempre, então caso eu demore atualizar, não se preocupem, não desisti kkkkkkkkk sempre vou da um jeitinho pra atualizar aqui viu? Amo vocês ❤

Capítulo 59 - Churrasco em família


Fanfic / Fanfiction Amor de intercâmbio - Capítulo 59 - Churrasco em família

Tava dormindo tão confortável, deitada em algo não tão amortecido como a minha cama, mas ainda assim estava muito bom, principalmente pelo cheiro que tinha, aquele perfume caro não vinha dos meus lençóis, muito menos da minha coberta. 

Abri os olhos assustada, quando ouvi algumas batidas fortes na porta, olhei vendo que eu dormia com metade do corpo em cima do Shawn, e a outra metade em cima da minha cama.

- Isabela! Porque essa porta está fechada?

Era a voz da minha mãe, que me fez saltar da cama, pisando no chão frio, felizmente eu fui dormir vestida no meu pijama de sempre, e não sem roupa como o Shawn sugeriu, por estarmos cansados.

- Oi mãe

Falei bocejando, abrindo a porta, disfarçando minha vergonha por ela ter olhado pra dentro do quarto, e visto o Shawn deitado na minha cama e não na debaixo, onde ele deveria estar. Shawn que por sinal não acordou, com as pancadas que minha mãe deu na porta.

- Você viu as horas? Já é 9h30 da manhã Isabela. Daqui a pouco suas tias tá aqui, sua avó... Seus tios, seus primos. E vocês aí dormindo

Ela disse aparentemente brava

- Meu celular não despertou

Murmurei preocupada em o Shawn acordar e ver minha mãe brava.

- Hum. Levanta… os dois. Seu pai daqui a pouco vai acender a churrasqueira, precisa de ajuda

Ela disse olhando pro Shawn e eu concordei

- Tá bom. Deixa que eu acordo ele

Falei e ela concordou, virando as costas. Fechei a porta na chave e me virei, indo até o Shawn, deitei sob ele, dando vários beijinhos em seu pescoço, sorrindo ao sentir suas mãos abraçando minha cintura, me apertando mais a ele.

- Bom dia

Sussurrei e ele sorriu, de olhos fechados, dando um beijo no meu pescoço.

- Realmente, um ótimo dia _ ele disse sorrindo sem mostrar os dentes _ bom dia meu amor

Ele disse sorrindo, abrindo os olhos.

- Bom dia meu amor

Falei passando a mão no rosto dele, dando um cheirinho no rosto dele.

- Sua mãe tava bem brava

Ele disse rindo

- Não ri palhaço. Ela tá brava porque vai ter churrasco aqui em casa hoje e ela tá precisando de ajuda

Falei e ele sorriu

- Certo. Dormimos muito hoje

Ele disse e eu sorri tímida

- É… então te aconselho a levantar, ir escovar esse dente pra tirar esse seu bafinho _ falei rindo, provavelmente eu estava igual _ lavar essa cara de pau sua e ir tomar café

Falei e ele riu

- Bafinho? Você disse que estou com bafo?

Ele perguntou brincando e eu ri concordando

- Bafo de leão. Agora é sério Shawn, levanta

Falei dando um beijo no pescoço dele que riu, me aninhando a ele, na verdade eu não queria sair daquela coberta, muito menos do seu abraço, por nada. 

- Mas é você quem está me prendendo na cama

Ele disse e eu ri, dando um tapa fraco no peito dele, levantando.

- Ridículo

Murmurei e ele riu, levantando, bocejando, abrindo os braços para se espreguiçar.

- Minhas costas estão doloridas

Ele disse fazendo careta, assim que olhei pra ele.

- Riquinho, compra uma cama de casal pra mim

Falei rindo e ele riu fraco, balançando a cabeça. Abri a porta do quarto, pra minha mãe ver que eu já estava de pé, e abri a cortina, coçando os olhos.

- Lindo, arruma sua caminha

Falei pra Shawn, que pegava sua escova de dente na mala.

- Já fui mais bem tratado

Ele disse e eu ri, me pendurando nas costas dele, quase fazendo ele cair, já que ele estava agachado.

- Bobo. Mas é que agora você já é bem mais de casa, e eu sou sua namorada real oficial sabe, de anel e tudo _ falei esticando meu braço na frente do rosto dele, que parecia sorrir _ aí agora você tem que me mimar mais sabe, começar a fazer alguns serviços domésticos na casa da sua namorada

Falei e ele riu, beijando minha mão

- Sei, sei... Eu sou realmente um namorado muito bom

Ele disse rindo, enquanto eu saia de cima das costas dele, que ficou em pé.

- Realmente, um ótimo namorado

Falei rindo e então olhei pra porta, vendo minha mãe escorar no beiral.

- Olha só... Vocês dois… tá dando 10 horas da manhã, da pro casalzinho desenrolar aí? Isabela você varre essa casa e me passa pano hein… o bonito aí pode ir ajudar seu pai. E rápido que o pessoal vai começar a chegar

Ela disse virando as costas e eu me virei, vendo Shawn arrumando a cama.

- Ficou com medo né

Brinquei e ele riu

- Sua mãe só não consegue ser mais brava do que você

Ele disse e eu ri, concordando. Ajudei ele a arrumar as camas, a minha e a que fiz pra ele dormir, mas ele acabou nem dormindo lá. Fui para o banheiro escovar o dente e ele foi junto, ficamos os dois, escovando o dente e rindo de alguma coisa boba.

- Minhas costas também estão doendo

Murmurei, indo com ele até o quarto, guardar a escova dele.

- Não mais que a minha, você me fez dormir com metade do corpo pra fora da cama _ ele disse se fazendo de indignado _ e se eu esticasse as pernas, meus pés ficavam do lado de fora da cama

Ele disse rindo

- É porque você é gigante

Falei e ele riu

- Você dormiu até que confortável, metade em cima de mim e metade na cama, toda a vontade

Ele disse e eu balancei a cabeça rindo

- Realmente, acordei fofinha hoje

Falei rindo, indo até a cozinha e vendo que ela estava vazia, provavelmente minha mãe tava no quintal, ajeitando a mesa perto da churrasqueira.

- Vai querer comer o que?

Perguntei e me virei vendo ele me encarar, ficando vermelho, me fazendo rir alto.

- Shawn, para de brincadeira. É sério... _ falei parada, escorada na porta da geladeira _ olha, tem pão caseiro, minha mãe que fez e eu amo, tem bolo não sei de que mais tem _ falei olhando pra bandeja de bolo que tinha na bancada _ tem iogurte, acho que tem suco _ falei abrindo a geladeira _ sim tem suco, mas acho que foi feito ontem _ falei olhando _ tem queijo… fala o que você quer

Falei bravinha e ele riu, me fazendo olhar pra trás, vendo ele me olhando.

- Iogurte, por favor

Ele pediu ao ver minha cara brava pra ele, que tava claramente fazendo hora com a minha cara.

- Só isso?

Perguntei

- Só. Depois vai ter churrasco né?

Ele perguntou e concordei, pegando o iogurte e uma caneca pra ele, enchendo ela.

- Já eu não sou obrigada a esperar churrasco

Falei pegando um pão, recheando ele com um pouquinho de manteiga, colocando presunto e queijo, coloquei o pão em um pratinho, enchi uma xícara com café e me sentei a mesa, ao lado de Shawn.

- Você não foi na academia hoje

Ele disse e eu dei de ombros

- Vê se vou ir pra academia em dia de churrasco na minha casa

Falei e ele riu

- Oh, okay. Pensei que tivesse deixado de ir por minha causa, iria dizer que podia ir, eu só vou embora a noite

Ele disse e eu sorri sem mostrar os dentes

- Fiquei em casa por você também né bobo… _ falei depois de ter dado uma golada no meu café _ aí muito chato você ter que ir embora hoje

Falei manhosa e ele sorriu de lado

- Já te convidei pra morar comigo, mas tudo bem… vou entender seu tempo. Mas o que combinamos ontem? Você vai viajar comigo quando der pra você ir sem atrapalhar suas coisas aqui, porque por mim você ia hoje mesmo

Ele disse rindo

- Aí nem brincar _ eu ri _ tenho prova amanhã lá no cursinho, mas vamos planejar algo sim

Falei pra não desanimar ele

- Sim. Uma viagem juntos

Ele disse e concordei com a cabeça, tomando o café, sentindo ele acariciar meu cabelo.

- Tem certeza que só vai tomar o iogurte?

Perguntei e ele concordou com a cabeça, mordendo um pedaço do meu pão.

- Tenho. Se não depois não almoço

Ele disse e concordei sorrindo sem mostrar os dentes, terminando meu café. Fui até o jardim com Shawn, vendo meus pais lá, ajeitando a churrasqueira, minha mãe limpando umas mesinhas de plástico, branca e forrando elas.

- Vou lá ajudar seu pai

Shawn disse e eu sorri concordando

- Vou limpar a casa

Falei e ele concordou, indo até meu pai. Fui até minha mãe, que nem tinha notado que eu já estava ali.

- Mãe, vou limpar lá agora

Falei e ela concordou

- Tomaram café da manhã?

Ela perguntou

- Sim. Papai falou nada não?

Perguntei, já que Shawn dormiu no mesmo quarto que eu.

- Não. Vocês dois já vivem juntos pra cima e pra baixo, ele já nem liga mais

Ela disse e eu ri

- Gabriel e Luana, cadê?

Perguntei

- Foram pra casa, Luana tem faculdade, Gabriel disse que ia na rua com a mãe dele, mas que se desse passava aqui pra comer

Ela disse rindo e eu concordei. Fui pra dentro de casa, organizei tudo no lugar, enxuguei e guardei as xícaras, a caneca e meu pratinho, que o Shawn tinha lavado, já que quando chegamos na cozinha, tava tudo limpinho, sem nenhuma colher suja na pia. 

Enchi um balde com água e fui passar pano na casa. Vitor ainda dormia, na maior preguiça do mundo, me fazendo invejar ele, terminei de limpar a casa e fui ao banheiro, tomei um banho rápidinho, vesti um short jeans e uma blusinha simples, não ia ter nada de mais mesmo. Fui até o jardim e lá tava Shawn, conversando com meu pai pelo celular claro, com a churrasqueira já acessa e alguns espetos de carne assando.

- Já colocou calabresa pai?

Perguntei me aproximando deles, sentindo Shawn me abraçar pelo ombro.

- Já. Vitor já levantou?

Ele perguntou e eu concordei

- Tá escovando o dente

Falei e ele concordou, olhei Shawn e sorri fraco, passando a mão no cabelo dele.

- Estavam falando o que?

Perguntei e ele deu de ombros rindo fraco.

- Seu pai espetou aquela linguiça com tanta força que acho que foi uma indireta

Ele disse vermelhinho, me fazendo rir alto, olhando meu pai que estava na porta de casa, pedindo algo pra minha mãe.

- Aí meu Deus, vocês dois

Falei e ri balançando a cabeça, ficando nas pontas dos pés, dando um selinho nele.

- Vou lá ver se minha mãe precisa de ajuda tá?

Falei e ele concordou

- Okay. Vou ficar por aqui mesmo

Ele disse e concordei. Fui pra dentro de casa e fiquei ajudando minha mãe, até minha tia Ingrid chegar e começar a nos ajudar.

- E Eduarda não veio não?

Mamãe perguntou

- Tá na escola, quando sair de lá vai vir pra cá

Minha tia respondeu, enquanto eu mexia uma panela com manteiga, pra fazer a farofa.

- Gente que engraçado o Miguel conversando com o Shawn _ minha tia disse rindo, enquanto descasca alho _ eles gravam áudio e traduz

Ela disse rindo e eu concordei rindo

- E dar certo viu, batem altos papos

Falei rindo

- É, eu vi lá. E ele gosta do Shawn né, quando você namorava com aquele Breno lá seu pai odiava

Minha tia disse e eu ri sem graça

- Breno até que mudou, era um encosto

Minha mãe disse

- Mas agora sério Isabela, o Shawn é muito lindo, e quando fica com vergonha? Fica todo vermelhinho

Minha tia disse e eu ri alto

- O Shawn é bonito mesmo

Minha mãe disse

- Põem bonito nisso. Educado, carinhoso, uma graça. E ele tentando pronunciar alguma palavra em português, é muito bonitinho

Minha tia disse e eu fiquei toda boba claro, realmente sou uma namorada muito boba pelo namorado.

- Que anel é esse?

Minha mãe gritou derrepente, me fazendo levar um susto, quase queimando o braço na panela. 

- Aí mãe. Que susto... Nossa 

Falei nervosa e ela nem se quer respondeu, só puxou minha mão olhando o anel que tinha um certo brilho. 

- Uau... Isso aí né mixaria não né? 

Minha tia perguntou olhando, me fazendo corar. 

- Anda Isabela... Que anel é esse? Menina se você aceitou algum pedido de casamento eu arrebento você 

Minha mãe disse surpresa, mas levando na brincadeira, mas no fundo eu sabia que ela realmente tava preocupada. 

- Não. Ta doida? _ perguntei rindo _ é um anel de namoro... Shawn que me deu ontem 

Falei vermelha de vergonha

- Uau... Cinthia isso me parece caro hein... 

Minha tia disse e minha mãe olhou atentamente. 

- Você não fica andando pra lá e pra cá com isso na mão não hein. Cuidado... _ ela disse olhando e se afastando, voltando a temperar mais carne pro churrasco _ gente esse menino é louco, olha isso, um anel caro desse. Minha nossa 

Minha mãe disse surpresa e eu sorri sem graça. Se ela ficou assustada com aquele anel, imagine eu. 

- É Isabela... Ta ficando sério mesmo heinnn. Cinthia você se prepara que uma hora o casamento vem viu, não tá longe não 

Minha tia disse rindo 

- Deixa de ser doida _ eu ri nervosa _ vou namorar por muito tempo, casar só daqui uns vinte anos 

Falei e minha tia riu 

- Vai boba. Você que pensa, vai casar logo logo. Ah mas é bom... Ele é um ótimo rapaz, Cínthia você não pode reclamar do genro que tem. Fora que você tá tendo muitas oportunidades, de viajar, conhecer outras culturas, aperfeiçoar seu inglês _ minha tia ia listando, me olhando_ se não der certo pelo menos você vai ter sido bastante feliz, mas espero que dê certo esse relacionamento de vocês, adorei aquele menino 

Minha tia disse, me fazendo rir, balançando a cabeça. Minhas outras tias foram chegando, o que me fez sair de fininho e deixar elas lá, não que isso fosse uma missão impossível, já que quando tem esses encontros de família, a minha mãe e minhas tias tomam conta da cozinha.

 Fui até meu quarto, coloquei meu celular no carregador e quando me virei vi o Shawn entrando no quarto.

- Já assou a linguiça

Ele disse

- Calabresa

Corrigi rindo, vendo ele sentar na cama.

- Isso. Seu pai já até cortou, inclusive ele cortou com bastante força, eu tô achando que ele tá querendo me mandar um recado

Ele disse me fazendo rir alto, sentando no colo dele.

- Você tá com cheirinho de fumaça

Falei rindo, com meu rosto apoiado na curvatura do pescoço dele.

- Eu estava ajudando seu pai a tomar conta da churrasqueira, você tá cheirosa

Ele disse cheirando meu pescoço e eu ri, sentindo cócegas.

- Eu tô muito feliz por ter você comigo de novo

Falei sorrindo boba

- Eu também, tô muito feliz por estar com você, me desculpa por ser tão idiota

Ele disse e eu sorri boba

- Você não é idiota... E eu te amo

Falei e ele sorriu

- Eu te amo

Ele sussurrou, me dando um selinho, abracei ele e fiquei assim por um tempinho, meu coração já dói só de pensar que a noite ele iria embora.

- Depois desses festivais que vou me apresentar no Canadá e nos Estados Unidos, eu vou estar de folga, uma férias na verdade

Ele disse abraçado comigo, enquanto eu sentava direito no colo dele, apoiando um braço nas costas dele, com minha mão em seu ombro, e meu outro braço apoiado no peito dele, com minha outra mão por cima da minha, no ombro dele.

- Hum… que bom, você também precisa descansar, e isso é um aviso meu e dos seus fãs, que também vive falando isso

Falei apoiando minha cabeça no ombro dele, sentindo o cheirinho do seu perfume.

- Eu vou, prometo. Eu estava conversando com meus pais, pra passarmos essa minha pequena férias juntos, é apenas alguns dias mas vai dá pra descansar bastante, e você sabe que não gosto de ficar muito tempo atoa

Ele disse com um leve sorriso nos lábios, me fazendo sorrir.

- Sei… você é muito elétrico _ falei ajeitando uma mecha do meu cabelo atrás da orelha, voltando a apoiar minha mão no ombro dele _ e é muito legal isso, você passar um tempo com a sua família, digo um tempo maior sabe, não só ir lá, ver e voltar pra casa, mas de passar realmente um tempo com eles

Falei e ele concordou com a cabeça

- Yeah! Estamos pensando em ir para o México, meus pais e minha irmã adoram praia

Ele disse e eu sorri boba

- Isso é ótimo, um bom programa em família

Falei e ele concordou

- Yeah… você vem com a gente?

Ele perguntou, me pegando de surpresa, levantei a cabeça que estava apoiada em seu ombro e encarei ele.

- Eu?

Perguntei e ele concordou com a cabeça

- Você. Você adora praia

Ele disse e eu sorri

- Mas é suas férias, sua família, um momento de vocês aproveitarem juntos

Falei ajeitando de novo, a mecha do meu cabelo atrás da orelha.

- Você é minha namorada, isso torna você parte da família. Você me incluiu na sua família, e eu estou incluindo você na minha

Ele disse beijando minha bochecha de novo

- Aí Shawn... _ ri fraco passando a mão na minha perna _ tá, tá... Eu vou… quer dizer, vou tentar, sabe como meus pais são

Falei e ele riu balançando a cabeça

- Mas vai dá certo, vamos viajar juntos, e dessa vez pra descansarmos juntos, sem correria pra trabalho

Ele disse e eu sorri concordando

- Vai ser muito legal

Falei e ele concordou

- Yeah. Vai ser ótimo

Ele disse me abraçando e eu sorri, dando um selinho nele.

- Só love só love só love só love

Meu primo Guilherme passou cantando no corredor, me dando um susto, me fazendo rir baixinho.

- É o seu primo? O que ele disse?

Shawn perguntou e eu ri balançando a cabeça

- Sim é meu primo Guilherme, ele tá cantando uma música

Falei rindo, dando um selinho nele e levantando.

- Entendi. Esse seu primo é bem engraçado

Ele disse e eu concordei

- Quase um palhaço

Respondi, saindo do quarto com Shawn.

No meu quintal se encontravam meus tios, já bebendo cerveja, algumas primas em uma mesinha no canto, mexendo em seus celulares. Alguns primos pequenos correndo lá e cá, meus primos mais velhos sentados próximo aos meus tios, meu pai olhando a churrasqueira com meu tio, aquele cheirinho de churrasqueira acessa no ar, alguns espetos de carne já assados, minha mãe trazendo algumas travessas com comida, minha avó pegando um pouco de refrigerante, nem parecia que era dia de semana. Sem contar no sertanejo, arrocha, que tocava.

- Uau. Sua família realmente chegou

Shawn disse rindo, passando a mão em sua testa, tadinho tava com calor, mas não era pra menos, o diazinho quente aquele.

- Isso ai é só metade querido _ falei rindo, observando o espaço, procurando algum lugar para sentarmos _ hoje é dia de semana, a maioria foi trabalhar, os que tá aqui pediram folga no trabalho. Minha família é o triplo da sua, tem gente brotando até do chão 

Falei me virando pra olhar ele

- Isso sim é família grande

Ele riu me fazendo rir também

- Debochado… aí eu vou almoçar lá na sala, não tem lugar pra sentar aqui

Falei vendo que não tinha uma cadeira sobrando

- Por mim tudo bem, vou lá dentro pegar água, posso?

Ele pediu e eu ri

- Claro né. Vou ir pegando alguma coisa pra comer

Falei e ele concordou.

Peguei um prato, colocando feijão tropeiro, arroz e vinagrete, pegando uns pedaços de calabresa que meu pai picou, colocando um pouco de carne assada também. Shawn veio bebericando água em uma garrafa minha, que eu levava pra academia, pensa se já tá a vontade, esse canadense.

- Já almoçou?

Minha tia, perguntou pro Shawn, que sorriu confuso e eu traduzi.

- Oh não. Vou almoçar agora

Shawn disse e eu traduzi pra minha tia.

- Ah então vai almoçar meu filho, olha só tá magro, tem que se alimentar… lá no seu país tem arroz com feijão não? Deixa eu fazer seu prato

Minha tia disse, pegando o prato que ele segurava e começou a encher ele de comida, minha tia Lúcia era assim, odiava ver as pessoas magrinha, ou pegando pouca comida, com ela tinha que ter abundância. Traduzi o que ela disse para o Shawn, que sorria vermelho de vergonha, fazendo sinal com a mão, de que já estava bom a quantidade.

- Pronto. Miguel põem carne aqui pra esse menino, olha que magrinho

Minha tia disse e eu segurava o riso, mas no fundo fiquei com dó do Shawn, tadinho, ter que comer tudo aquilo. E eu sei bem a sensação que ele tava sentindo, minha tia já fez isso comigo tantas vezes, quando eu era mais nova.

- Eu não sei se aguento comer tudo isso

Shawn sussurrou, enquanto eu entrava na sala da minha casa.

- Põem um pouco no meu prato

Falei rindo dele, ligando o ventilador de teto da sala, pegando o controle da tv e sentando no sofá. Liguei a tv em um canal qualquer e deixei lá, apenas fazendo barulho mesmo.

- Toma a almofada

Falei colocando no colo do Shawn, fazendo ele apoiar seu prato em cima.

- Sua tia é meio exagerada

Ele disse e eu ri alto

- Para, não fala da minha família, eles são problemáticos mas pensa no coração bom que todos tem

Falei e ele riu concordando, apoiei meu prato do lado do dele, pegando um pouco do feijão tropeiro do prato dele e colocando no meu. Comemos conversando, mais eu do que o Shawn na verdade, ele comia rápido demais e isso até me deixava espantada no início, mas agora eu já estava bem acostumada.

- Hoje antes de ir embora, vou falar com seus pais, sobre minhas férias no México _ Shawn disse assim que terminou de comer, enquanto eu ainda comia devagar _ e você já pode ir se organizando, porque sabe, lá tem praias… você mora perto da praia, aqui faz bastante calor então você sabe melhor do que eu, tudo o que se precisa nesses lugares _ ele disse franzindo o cenho, fazendo uma carinha confusa _ biquíni, protetor solar…

Ele disse e eu concordei

- Sim, te faço uma listinha e te mando pra você ficar atento, porque eu sou formada quando o assunto é praia, amor

Falei me achando e ele riu fraco, escorando a cabeça no encosto do sofá.

- Yeah, okay, vou aguardar sua lista

Ele disse e concordei rindo sem mostrar os dentes, apoiando meu garfo no prato, escorando meu prato no "bracinho" do sofá. Apoiei minhas mãos na barriga, olhando pra tv, eu tinha comido tanto que chega tava cansada. 

- É menina ou menino?

Shawn perguntou, me fazendo olhar pra ele que segurava o riso, olhando pra minha barriga.

- Menino. Pelo visto puxou o tamanho da sua cabeça. Estou apenas de um mês e já tá desse tamanho a barriguinha

Falei passando a mão na minha barriga e ele riu alto.

- Okay, isso não foi legal da sua parte _ ele disse rindo _ e minha cabeça não é tão grande

Ele respondeu se fazendo de ofendido

- Palhaço, você que começou

Falei rindo

- Eu não deveria ter feito isso, perdão amor

Ele disse rindo, me dando um beijo na bochecha, colocando a mão na minha barriga. Dei um tapa no braço dele, rindo, afastando meu rosto do seu pescoço e vendo meu primo Guilherme perto do painel da TV, pegando o celular dele que carregava ali do lado, olhando pra mão do Shawn na minha barriga, o que fez eu e Shawn ficarmos vermelhos de tanta vergonha. Shawn tirou a mão da minha barriga, e eu levantei pegando os pratos.

- Vem baby por aí prima?

Guilherme perguntou e eu arregalei os olhos.

- Tá louco menino _ ri balançando a cabeça _ Shawn que tava brincando, porque comi muito

Respondi rindo de verdade, até entendia a confusão do meu primo, Shawn tava com a mão na minha barriga, alisando ela, quem visse realmente pensaria aquilo.

- Ufa, se não ia ser uma quebra pau da sua mãe com você aqui hoje _ ele disse com um sorriso enorme no rosto, achando realmente graça daquilo _ adoraria ver isso, mas deixa pra próxima né

Ele disse e eu ri

- Vai se catar menino… palhaço

Respondi rindo, enquanto Shawn sorria sem graça, mexendo no celular.

- Se bem que com neném abordo você já iria garantir uma fortuna, aí ia poder pagar umas viagens pra mim né… pense bem nisso por favor, cansei de ser pobre

Ele disse e eu ri, revirando os olhos. Guilherme brincava assim, mas ele só estava fazendo graça mesmo, não é atoa que é meu primo preferido.

- Pensarei a respeito

Falei e ele riu concordando, saindo da sala.

- Amor vou lavar os pratos tá

Falei e Shawn concordou, guardando o celular no bolso.

- Vou te ajudar. Hey, o que seu primo queria?

Ele perguntou, caminhando até a cozinha comigo, que por sinal estava uma bagunça.

- Nada, brincando porque você tava com a mão na minha barriga, falando que se eu estivesse grávida minha mãe ia bater em nós dois

Falei e ele me olhou assustado, me fazendo rir, ele riu também e me ajudou a lavar nossos pratos, sequei e guardei no lugar.

Saímos pro quintal de novo, meu pai ofereceu cerveja pro Shawn que disse que tomaria só um copo, e então foi atrás do meu pai, que disse que ia pegar a cerveja pra ele.

Fiquei escorada na cadeira, onde minha mãe tava sentada, conversando com minhas tias, até ver uma outra tia minha, vindo com a neném dela, que tem três meses.

- Aí meu deuso, cadê o neném da tia

Minha mãe disse, levantando da cadeira, quase me fazendo cair, comecei a sorrir, olhando a neném, coloquei uma mechinha do meu cabelo atrás da orelha, me aproximando da minha mãe que segurava a neném.

- Olha Isabela, olha o lacinho no cabelo

Minha mãe disse sorrindo, minha família inteira é louca por criança, então imagina né, que todos já cercavam a neném.

- Cabeludinha né _ minha avó disse toda boba, vendo sua bisneta _ as neta tudo nasceu com bastante cabelo assim, benzadeus

Ela disse sorrindo e eu ri

- Vocês são tudo chato, da aqui essa neném que vamos dar uma volta

Falei tomando ela do colo da minha mãe, ouvindo algumas primas minha, resmungar falando que queria pegar ela também. Virei as costas e comecei a andar com a bebê no colo, eu era simplesmente louca, naquele perfume de bebê.

- Não deixa essa menina cair não Isabela

Minha mãe gritou e eu ri, revirando os olhos. Sai andando com a neném, procurando Shawn pra mostrar ele a minha prima.

- Pai cadê o Shawn?

Perguntei

- Foi buscar o celular, pra gente ir se falando porque eu não entendo nada que ele fala

Meu pai disse e eu ri, revirando os olhos. Indo pra dentro de casa, Shawn tinha colocado o celular pra carregar em meu quarto, quando coloquei o meu também, então provavelmente tava lá.

Passei pela sala, vendo alguns primos meus, deitados vendo tv, uns dormindo, uns comendo e mexendo no celular.

Passei pelo corredor e entrei no meu quarto, vendo Shawn de costas pra porta, sentado na beirada da cama, perto da cabeceira. Me aproximei devagarinho, agradecendo pela minha prima ser quietinha e não estar resmungando, dei mais um passo e segurei o riso, Shawn estava todo confuso, tentando mexer no meu celular.

- Safado! Te peguei no pulo

Falei alto, me contendo por conta da minha prima. Shawn se virou assustado, passando a mão no pescoço, me olhando complementem vermelho.

- Isabela! Não faz isso _ ele disse bem assustado _ e de quem é esse bebê?

Ele perguntou enquanto eu ria

- Minha prima. E não muda de assunto não, tava fuçando o que no meu celular?

Perguntei rindo, mas com um pezinho atrás, nunca dei motivos pro Shawn desconfiar de mim, e ele tava ali, mexendo no meu celular, sem ao menos me pedir.

- Eu juro que não tava querendo fuçar nada seu, eu vim buscar meu celular e tinha mensagens da minha mãe, pedindo fotos de ontem, e eu lembrei que ontem tiramos umas fotos no seu celular e eu queria mandar pra minha mãe, aí seu celular tava aqui no quarto e eu peguei

Ele disse todo vermelho, meio grogue de vergonha.

- Eu acredito em você bobo _ falei sincera, realmente eu não estava desconfiando dele, depois que ele se explicou _ porque não me pediu? Eu te enviava

Falei sentando na beirada da cama, ao lado dele.

- Você estava conversando com suas tias

Ele disse e eu concordei

- Ah tudo bem… achei que você tava desconfiado de mim

Confessei rindo fraco, ajeitando a bebê no meu colo

- Não... Nunca, oh Isa, isso nunca

Ele disse assustado e eu ri

- Okay… eu confio em você. Conseguiu colocar nas fotos?

Perguntei e ele concordou

- Yeah, mas não consegui enviar as fotos pra mim

Ele disse e eu ri

- Meu celular é Android né besta e ainda por cima tá tudo escrito em português

Falei rindo

- Isso acabou comigo, é muito diferente do meu

Ele disse rindo fraco, pegando na mãozinha da minha prima, o que me fez morrer de amores por dentro.

- Segura ela, deixa que eu envio as fotos

Falei estendendo minha prima pra ele, que recuou

- Oh não, eu não consigo pegar ela

Ele disse e eu balancei a cabeça

- Deixa de ser bobo, ela é um bebê

Falei estendendo ela novamente e ele nem moveu os braços.

- Eu não consigo... Ela é pequena demais... Mole demais… delicada demais… eu, eu não consigo, definitivamente eu não sei segurar um bebê

Ele disse confuso e eu ri

- Ah para... Segura ela assim, que nem eu tô segurando. Uma mãozinha no bumbum dela, e outra nas costas dela

Falei entregando ela no colo dele. Confesso que até eu já estava com medo, de soltar algo tão delicadinho nos braços do Shawn, mas ele conseguiu pegar ela bem, enquanto eu guiava as mãos dele, ajeitando elas no corpinho da minha prima, que resmungou de início mas logo se ajeitou no colo do Shawn.

- Viu. Medroso... Ela adorou você

Falei pra ele, vendo minha prima olhando pro Shawn, confusa tadinha, não entendendo nada.

- Ela tá me encarando

Ele disse com uma cara engraçada, Shawn definitivamente era um ogro segurando uma criança.

- Claro, ela tem três meses, só sabe olhar mesmo... _ falei rindo e ele riu fraco, balançando a cabeça _ olha, ela gostou de você... Tá quietinha

Falei e ele riu meio bobo

- Ela nem sabe quem sou, os bebês gostam de todo mundo

Ele disse

- Gosta nada… minha prima pega ela no colo e ela grita de tanto chorar

Falei rindo, era verdade.

- Ela é bebê Isabela, não sabe quem é quem

Ele disse rindo, todo bobinho.

- Pode até não saber quem é quem… mas já gostou do seu perfume caro

Falei rindo, vendo ela babando na camisa dele, peguei a toalhinha, limpando a camisa dele e joguei a toalhinha no ombro dele.

- Deixa eu te enviar as fotos

Falei pegando meu celular e com a ajuda dele, selecionando as fotos que ele queria, enviei pra ele e peguei seu celular, enviando as fotos pra mãe dele.

- Deixa eu tirar uma foto sua com a neném, vou mandar pra sua mãe

Falei rindo, ficando em pé e tirando a foto do Shawn, todo desengonçado com a neném no colo.

- Ficou até legal a foto

Shawn disse rindo

- Ficou… posso postar no meu story?

Perguntei olhando pra ele que sorriu bobo, concordando com a cabeça. Peguei meu celular, entrei no Instagram e tirei a foto dele, sentado na minha cama, com a neném que já dormia, no colo dele. Coloquei na legenda do story "prima, eu amei o colinho do meu primo canadense".

- Suas Mendes vão amar

Falei rindo, lembrando das montagens dele segurando um bebê no colo, que eu já tinha visto.

- Não tenho dúvidas. Hey, agora minha vez… toma ela

Ele disse e eu fiz careta

- Pra que?

Perguntei me fazendo de boba

- Você postou uma foto minha com ela, vou postar sua com ela agora

Ele disse e eu ri de lado

- Ah amor… meu cabelo tá todo desarrumado…

Falei manhosa e ele riu

- Não inventa Isabela...

Ele disse ficando em pé, vindo até mim

- E ela dormiu... Se eu pegar ela, ela acorda

Falei e ele negou mas logo parou e pensou, balançando a cabeça concordando.

- Ah vocês tão aí... Menina eu tô te procurando, sumiu com a menina

Minha mãe disse entrando no quarto, vendo Shawn com a neném no colo

- Tava tirando foto dela com o Shawn

Falei rindo

- Ah ela dormiu? Minha bebê dormiu tia…

Minha mãe disse passando a mão na cabeça da minha prima, enquanto Shawn sorria me olhando.

- Deixa eu tirar uma foto de vocês dois juntos com ela, vai Isabela... _ minha mãe disse me empurrando pra perto do Shawn _ Karen vai adorar

Ela disse sorrindo, minha mãe não fala inglês, então ela e a mãe do Shawn se comunicavam por fotos, emojis, gifs e algumas frases traduzidas no Google.

- O que ela disse?

Shawn perguntou, provavelmente entendendo o nome de sua mãe na conversa.

- Ela quer tirar uma foto nossa pra mandar pra sua mãe

Falei basicamente, fazendo bico

- Ah, tira aqui do meu

Ele disse apontando com a cabeça, para o seu celular em cima da cama.

- Eu nem queria tirar essa foto na verdade, mas okay

Falei rindo, pegando o celular dele na cama, entregando pra minha mãe que encarava nós dois no "blá blá blá" como ela diz.

- Abraça o Shawn, Isabela…

Minha mãe disse e eu ri fraco, abraçando a cintura do Shawn, que segurava a bebê com as duas mãos, ele tava com tanto medo dela cair que chega era engraçado.

- Mãe tira a foto logo que o Shawn não sabe segurar criança direito não

Falei e ela arregalou os olhos, rapidamente tirando a foto, ela tirou várias e até sem querer filmou por uns 7 segundos, bem na hora que o Shawn disse "meu braço tá ficando dormente" e eu encarando ele, falando "minha mãe te quebra se você deixar minha prima cair" e rapidamente minha mãe falando "cala boca Isabela, olha pra câmera".

Minha mãe levou a neném pra deitar no quarto dela, deixando eu e Shawn no meu quarto, morrendo de rir, vendo o vídeo várias vezes. Shawn postou na story o videozinho e depois a foto, também na story, que tinha ficado bonitinha, claro que o Shawn como sempre, saiu impecável nela, a neném também estava muito linda, já eu… bom, eu estava razoável, daquele jeito.

****

Shawnmendesbrasil: Socorro, Shawn segurando a priminha da Isabela no colo, eu não tô bem. Isabela via Instagram stories (isabelacampana).

Mendesbrasil: Não sei vocês mas eu tô morta de amores por essa foto do Shawn com a neném no colo, meu deus ele parece um ogro segurando um ursinho

Chaomendes: ITI MALIAAAA! Olha que coisa fofa o Shawn com a priminha da Isabela no colo, eu não tô aguentando a fofura…

Mendesbr: Shawisa vocês não me decepcionem e tirem uma fotinha JUNTOS com essa nenê. Gente eu tô muito boba por essa foto, olha o Shawn todo tímido com a bebê no colo

****

Mendesbrasil: SOCORROOOO! Eu não tô nada bem com essa foto… socorro! Shawn e Isabela juntos com um bebê no colo do Shawn

Shawnmendesbrasil: QUE TIROOO! Shawn e Isabela juntos, o Shawn segurando a bebê… shawisa acabou de me fazer fanficar tudo agora...

Mendesbr: PROFETIZEI FOI TUDOOO! Shawisa eu já quero agora os filhos de vocês, tô esperando... Eu tô chorando gente, é sério. Olha isso, que obra de arte de foto.

Chaomendes: EU TO NO CHÃO COM ESSA FOTO SHAWISA E VOCÊS? QUE FOTÃOOOOO. Claramente um casal, casados a dois anos, com sua primeira filha

*****

Chaomendes: SOCORROOOO EU TO MORTA KKKKKKKKKKKKKKKKK "cala a boca Isabela, olha pra câmera" tia Cínthia mandando vê… mas o melhor foi o Shawn "meu braço tá ficando dormente" e a Isabela falando que a mãe dela vai matar ele se deixar a neném cair

Shawnmendesbrasil: Gente eu tô rindo demais desse vídeo. Shawn morrendo de medo de deixar a neném cair, Isabela botando mais medo nele e a sogra do Shawn mandando a Isabela calar a boca

Mendesbrasil: KKKKKKKKKKKKK a Isabela e o Shawn são um ícone de casal, eu amo demais esses dois

Shawnbrasil: Gente a mãe da Isabela gritando kkkkkkkkkkkkkkkkkk que ícone de sogra o Shawn tem!

Newsshawn: Shawn ainda está no Brasil, na casa da sua namorada Isabela, provavelmente ele deve ir embora hoje a noite…

*****

Chaomendes: O Shawn deve ser aquele genro chato e folgado, que vai pra casa da sogra e fica lá todo folgado, achando que ta de férias e que todo mundo lá é rico igual ele que tira folga no meio da semana. Burguês safado, daqui uns dias tia Cínthia dá um xiiipi gato nele kkkkkkkkkkkkk

****

Deitei na minha cama, de bruços, vendo Shawn agachado, ajeitando sua mala. Eu queria que ele ficasse mais, mas entedia que ele tinha uma agenda cheia de festivais pra seguir. Fora que logo nos veríamos de novo, pra aproveitarmos sua "mini férias", o que ja seria ótimo e eu esperava conseguir convencer meus pais disso.

- Acho que vou deixar esse perfume aqui pro seu irmão, ele me perguntou ontem qual era

Shawn disse, enquanto eu apoiava meu queixo em minhas mãos.

- Meu irmão? Ele te pediu?

Perguntei e ele negou

- Não, pedir ele não pediu, mas perguntou qual era e disse que gostou

Ele disse e eu balancei a cabeça, concordando, meu irmão era um safado, cantando um perfume de presente na cara dura.

- Não precisa… tá na metade ainda, da pra você usar bastante

Falei olhando o frasco, que ele tinha acabado de colocar na cama.

- Ta menos da metade, eu tenho outro aqui, da pra usar até comprar um outro

Ele disse

- Você que sabe… mas não precisa dar esse mimo pro meu irmão

Falei e ele riu

- Entrega pra ele, eu compro outro desse

Ele disse me olhando e eu sorri, ele sabia que aquele era o meu perfume favorito, dele. Então ele sabia claramente, que eu amava quando ele passava aquele perfume.

- Okay então... Bom que fica seu cheirinho rico aqui na minha casa

Brinquei e ele riu

- Depois eu procuro o seu creme roxo, que vou levar comigo

Ele disse e eu ri

- Nem pensar. Deixa meu creme da boticário aqui, pra você ele custa uma mixaria, mas pra mim 45 reais em um creme é muito caro, se quiser vai ter que passar ali na loja e comprar um pra você

Falei e ele riu

- Então acho melhor levar só na memória mesmo

Ele disse e eu balancei a cabeça rindo

- Isso

Falei brincando e voltei a ficar em silêncio, observando ele. Shawn era tão branco, mas tão branco, que por foto não dava pra se notar tanto quanto dava pra ver pessoalmente, eu sempre passava protetor solar nele, se não o bichinho iria voltar vermelho pro Canadá.

- O que foi?

Ele perguntou assim que percebeu que eu olhava ele

- Nada... Só que você é muito branco

Falei e ele sorriu

- Eu até fiquei bronzeado, aqui no Brasil

Ele disse e eu ri debochada

- Você ficou vermelho, não bronzeado

Falei e ele riu, balançando a cabeça, me dando um selinho.

- Eu te amo

Sussurrei e ele sorriu

- Eu te amo. Vou sentir muito a sua falta mas logo vamos estar juntos

Ele disse e concordei sorrindo

- México. Uau. Nunca me imaginei lá... Na verdade nunca me imaginei pisando os pés fora do Brasil _ falei rindo _ você tá me fazendo rodar o mundo

Falei e ele sorriu bobo

- Isso é bom. Queria poder te levar pra todos os lugares comigo

Ele disse e eu sorri

- Seria incrível… mas me contento com o México. Mas amanhã volto pra realidade, aquele cursinho tá acabando comigo

Falei desanimada, lembrando que no dia seguinte já teria curso de novo. Hoje aliás eu tinha faltado o curso, mas amanhã não poderia perder por nada.

- Já se decidiu? O que quer fazer?

Shawn perguntou, pegando uma meia na sua mala.

- Não. Quer dizer… eu pensei em fisioterapia

Falei e ele sorriu

- Isso é bem legal, é uma área interessante, digo, vai te render muita coisa boa, a maioria das pessoas estão cuidando mais da saúde

Ele disse parecendo realmente ter gostado da ideia, o que me deu um pouco mais de confiança, pensa em uma pessoa indecisa pra algumas coisas, essa pessoa sou eu.

- É… eu pensei nisso _ sorri _ só preciso ganhar metade de uma bolsa de estudos pelo menos, porque a mensalidade da faculdade mais próxima aqui de casa, o que ainda é longe, tá bem caro… tô pensando até em procurar um emprego sabe, agora que tô com 18 anos

Falei puxando um travesseiro, deitando a cabeça em cima, olhando pra Shawn, que se virou na hora, me olhando.

- Você já estuda, trabalha na pizzaria… já não acha que é o suficiente?

Ele perguntou calmo, erguendo a sobrancelha

- Eu sei... Mas posso trancar o curso, pego a matéria com as meninas que estudam comigo, trabalho durante o dia e ajudo meus pais a noite

Falei e ele balançou a cabeça

- Você não vai trancar seu curso, isso é importante pra você Isabela, vai te ajudar a entrar em uma faculdade

Ele disse calmo, me olhando

- Tá, mas eu não recebo por trabalhar na pizzaria, sei que ajudo os meus pais e o dinheiro que eles ganham lá eles investem aqui em casa e isso de certa forma é pra mim também, mas preciso de um trabalho sabe, que eu receba salário, até porque se eu não ganhar bolsa de estudos eu vou ter que pagar minha mensalidade

Falei

- Eu pago… você não precisa se preocupar com isso

Ele disse e eu ri sem graça

- Ata que vou aceitar isso… mas muito obrigada por se importa e se oferecer pra me ajudar. Mas com fé em deus vou conseguir minha bolsa de estudos. Mas você tem razão, melhor deixar o emprego de lado por enquanto, focar no cursinho e na pizzaria só

Falei e ele concordou

- Isso. Foca no seu curso, depois vemos o restante

Ele disse e concordei sorrindo. Shawn as vezes era bem mais maduro do que eu, isso me deixava tranquila, bem mais segura, ele realmente era o meu porto seguro.

Shawn conversou com meus pais, claro que foi aquela emboladeira danada, português misturado com inglês, uma coisa de doido, mas conseguimos conversar com meus pais tranquilamente, por algum milagre eles não se importaram tanto, deixaram com facilidade eu viajar com o Shawn pro México, assim que ele tirasse sua folga, o que me surpreendeu, meus pais nunca foram tão fáceis assim.

- Talvez é porque você acabou de fazer 18 anos, já é maior de idade. Eles já me conhece melhor

Shawn disse, enquanto se arrumava, infelizmente já estava dando a hora dele ir.

- É… eu tô muito feliz... Shawn a gente vai viajar juntos, dessa vez pra aproveitar uma férias, juntos.

Falei e ele sorriu concordando

- Vai ser incrível…

Ele disse sorrindo, me olhando. Eu realmente estava ansiosa, seria nossa primeira viagem de férias, juntos, sem correria, sem pressa, nós dois, juntos, aproveitando praia, sol, tudo que eu mais gosto e ainda com ele.

Eu tava tão animada, pra essa viagem que não fiquei tão triste quando Shawn embarcou, eu claro fui até o aeroporto com ele. Shawn também estava bem mais animado, sinceramente não víamos a hora de podermos viajar juntos de novo.

Voltei pra casa toda tagarela, meus pais já não aguentava mais ouvir o nome Shawn. Chegamos em casa e meu pai foi tomar banho, meu irmão foi direto dormir e minha mãe pro quarto, arrumando a cama dela pra também dormir. Arrumei minha cama e deitei, abraçando o travesseiro que o Shawn tinha dormido na noite passada. 

Eu ainda estava em choque, tudo aconteceu tão rápido, Shawn no Villa Mix, a gente se encontrando, ele na minha festa surpresa, o churrasco com a minha família, era tudo muito surpreendente, as vezes eu custava a acreditar que eu realmente tinha um namorado, que ele era canadense e não brasileiro, como eu sempre imaginei que seria, e ainda por cima um cantor, mundialmente famoso, sinceramente minha vida deu uma girada tão grande que eu não conseguia acreditar tão facilmente, que tudo isso era real. Se me dissessem que tudo isso aconteceria em minha vida, eu certamente daria risada.

Rolei a cama inteira e nada do sono vir, mas também, eu sempre chegava da pizzaria tão tarde, que isso tava deixando meu sono bem desregulado, ainda mais hoje que não abrimos a pizzaria, então fui deitar era cedo. Levantei da cama e comecei a caminhar em direção a porta do quarto, abri a porta ainda no escuro, caminhei pelo corredor, tendo a leve ajuda da claridade que vinha dos postes da rua, que passavam pelas brechas de vidro, que a cortina não cobria cem por cento, da janela e da porta da sala, deixando meu caminho até a cozinha levemente iluminado.

 Acendi a luz da cozinha e abri a geladeira, pegando uma caixa de leite, enchi um copo com leite e misturei o nescau, preparei um misto com queijo e presunto, apaguei a luz da cozinha e fui pra sala, liguei a tv no nickelodeon, deixei meu copo de leite apoiado no prato com o misto e fui até o meu quarto, pegando minha coberta e voltando rápido pra sala, sentei meio deitada no sofá, assistindo tv e comendo meu misto, bebendo meu leite com Nescau que eu sinceramente amo.

A voz da Sam me acordou, abri os olhos meio confusa, vendo que passava iCarly, se minha mãe me pegasse dormindo ali na sala ela ia me arrebentar a cara. Levei o copo e o prato até a pia, deixaria pra lavar no dia seguinte, desliguei a tv, peguei meu cobertor arrastando ele até meu quarto, jogando ele lá e indo escovar meus dentes, fiz xixi sentindo minha bexiga arder, me fazendo lembrar do tanto de água que o Shawn tinha me feito tomar, e o tanto que segurei enquanto dormia no sofá.

Deitei na cama pegando meu celular, bocejando, sem ver nenhuma novidade sobre o Shawn, só as fotos dele no aeroporto embarcando. Coloquei meu celular pra carregar e fui dormir.


Notas Finais


PS: NÃO ESQUEÇAM DE DIZER O QUE ACHARAM ❤ ISSO É IMPORTANTE PRA MIM

Se tudo correr bem, domingo que vem tem cap novo. Agora se eu atrasar, peço perdão, porque realmente essa nova rotina de trabalho tá me deixando bem cansada kkkk aí tento sempre escrever a fic no meu horário de almoço, durante a semana, mas nem sempre dá. Enfim, amo vocês. Até o próximo...

PS: não esqueçam de dizer o que acharam...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...