História Amor de mafioso - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Absol, Leafeon, Luxray, Ninetales, Personagens Originais
Tags Dançarinos, Furries, Furrys, Leafeon, Luxray, Máfia, Mafioso, Mafiosos
Visualizações 103
Palavras 392
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Cap 4 - Chefe


Sair do bar como o flareon pediu, olhei em voltar e não tinha ninguém pelo menos no meu campo de visão, do nada sentir algo bater em minha cabeça com muita força e tudo foi ficando escuro.

-Quebra de tempo-

Acordei vendo nada só algo amarelo em minha frente como ser fosse um saco de batatas, eu estava em cima de algo confortável mas também sentia muito frio como ser tivesse sem roupa, minhas patas estavam amarradas não sei o que estava acontecendo só sei que reconheci uma voz, a voz do flareon falando com outra pessoa.

???: Aqui senhor como tu queria.

Ele tirou o saco da minha cabeça, só conseguia ver um luxray do lado dele acho que este era o chefe da máfia, Olhei para meu corpo e realmente estava sem roupa nenhuma.

???: Por que deixaram ele pelado?

???: Chefe você pediu.

???: Okay me deixe a sós com ele.

O flareon saiu daquela sala e o luxray foi pra perto de mim, o mesmo segurou meu rosto apentando, Ele parecia ta com raiva.

???: Você não queria está aqui né?

Adam: Não senhor.

???: Mandei ele te trazer mas acho que ele entendeu errado.

Adam: Que vai fazer comigo?

???: Poderia te estrupar mas prefiro te conquistar.

Adam: Me conquistar?

???: Não sei ser lembrar mas quando você fazia programa foi o seu primeiro cliente e depois de várias noites com você me apeguei a você.

Adam: Quero ir pra casa.

???: Você vai só depois de fazer um favor a mim.

Adam: O que?

???: Minha ex esposa criou um grupinho pra me derrubar e esta atrás de quem eu dormir pra ajudar ela ai cabe a você entrar e me disse tudo.

Adam: Ok eu faço.

???: Tão fácil a sim.

Adam: Só quero ir embora.

Ele colocou o saco na minha cabeça de novo e sentir novamente algo bater em minha cabeça com a mesma força.

-Quebrar de tempo-

Acordei desta vez em casa, olhei o Matheus, ele parecia está inclinado praticamente minha cabeça estava em cima das suas pernas.

Matheus: Bom dia lindo.

Adam: O que houver?

Matheus: Achei você largado em frente de casa então te trouxe pra nossa casinha.

Adam: Poderia te me deixado na cama.

Matheus: Qual séria a graça disso?

Adam: Inútil.

Me levantei e escutei a porta bater.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...