História Amor de outro mundo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Fantasia, Romance, Vmin
Visualizações 5
Palavras 404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, LGBT, Magia, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem, talvez fique curto, não sei muito bem como começar, mas tentarei

Capítulo 1 - Era para ser apenas um almoço..


Fanfic / Fanfiction Amor de outro mundo - Capítulo 1 - Era para ser apenas um almoço..

Olá, me chamo Kim Taehyung, mais conhecido com V ou Tae, tenho 19  anos e moro numa cidade pequena, vivo com minha mãe, minha irmã mais velha e minha vó, sou muito feliz, mas...tem uma coisa que realmente me irrita, pelo fato da minha irmã namorar um rapaz, "tá mas oque tem?" Ele vive traindo ela, e ela nem desconfia, vai por mim, eu já falei um milhão de vezes, mas ela não acredita. Hoje o namorado dela vai almoçar conosco, espero não perder a paciência e voar em cima dele. Estava eu comendo de boas quando eu ouço as seguintes palavras:

Rapaz: então, eu gosto muito mesmo da sua filha, e já está mais na hora de nos casarmos, você deixaria?

Naquela hora eu quase me engasgo com a comida, quem aquele cara pensa que é em!! Me levanto com raiva e aponto pro rapaz gritando:

Taehyung: QUEM VOCÊ PENSA QUE É A PEDIR A MÃO DE MINHA IRMÃ DIZENDO QUE GOSTAS MUITO DELA SENDO QUE ESTAVAS COM OUTRA!?

Vó: te senta Taehyung! Achas que tá na casa da mãe Joana é? 

Mãe: isso é jeito de tratar uma visita? Tem educação não?

Taehyung: MAS MÃE!

Mãe: sem mais é nem menos, te senta, sua irmã e ele se gostam muito, das a perceber, por que ainda insiste nisso?

Taehyung: desculpe mãe..

Dava pra ver que o rapaz ria da minha cara debochado, me sento de cabeça baixa, não podia deixar isso assim, não posso deixar minha irmã sofrer na mão desse cretino! Me levanto novamente me avançado no pescoço do mesmo, mas minha irmã me segura:

Irmã: TAEHYUNG! QUE MODOS SÃO ESSES? NÃO VÊ QUE ESTA SENDO INFANTIL?!

Taehyung: E VOCÊ NÃO VÊ QUE ESTÁ SENDO TROXA EM ACREDITAR NUM AMOR QUE NÃO VALE APENA?!

Meus olhos se enchem de lágrimas:

Taehyung: Não vê que ele está sempre a lhe trair?

Saio de casa correndo com lágrimas em meus olhos. Estava correndo sem direção até me sentar num banco, até me deparar com um espelho a meu lado, observo o objeto e pego-o, após admirar muito o espelho que era muito bonito por sinal, ele brilhava muito, parecia até uma estrela que acada segundo brilhava mais e mais, então do nada o espelho começa a falar:

Espelho: Um espelho? Parece bem valioso!

Fico espantado, então respondo:

Taehyung: Tem alguém dentro desse espelho??

Espelho: AAAH!

Barulho de algo a cair, fico me perguntando, "como que o espelho fala? Será que tem alguém lá dentro?" Até que o espelho responde:



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...