1. Spirit Fanfics >
  2. Amor de um sequestro Imagine Jeon Jungkook e Kim Taehyung >
  3. Vai pá onde?

História Amor de um sequestro Imagine Jeon Jungkook e Kim Taehyung - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpe a demora, juro que eu tentei escrever, bloqueio criativo veio sem dó nem piedade...
Aproveitem, desculpe pelo capítulo pequeno
Boa Leitura
Até lá embaixo

Capítulo 15 - Vai pá onde?


-Ah florzinha...graças a nossa hacker ele viu o vídeo, parece que ele não se importa com você né?- Riu e chegou perto de mim…


Eu já não estava com as mãos amarradas, apenas os pés, mas não impedia de que eu conseguisse fazer algo…


-Pode buscar um copo d'água pra mim Lisa?- perguntei, pra assim quando ela sair eu conseguir me libertar, até que aquela faca minúscula que eu peguei está sendo útil…


-Aqui parece um hotel 5 estrelas pra você?


-Não mas até em um de uma estrela eles pelo menos lhe dão água…


-Que seja! Já volto…


-Hm…


Ela saiu e então achei o momento perfeito pra poder desamarrar minhas pernas...Tirei as mãos de trás da cadeira e desprendi um dos meus pés, e depois, o outro.


-Graças ao meu santo!- sai dali e fui andando para um lugar menos iluminado do local onde me encontrava.


-Onde eu estou afinal?- andava meio devagar por conta da faca em minha perna. Mas que ódio…


Vi umas caixas enormes então resolvi ir lá, ando um pouco, quer dizer, me arrasto um pouco e chego onde eu queria


-Shiiiuu- um ser grudou seu corpo no meu e tampou minha boca com sua mão, e pensa numa mão grande.


-A gente vai sair daqui, e depois eu te explico- aquela voz, não me era estranha, por que eu sinto que o conheço? É uma voz grave e rouca.


Então me virei quando ele tirou sua mão de mim, e não…não é possível


-kim?- disse baixinho mas surpresa- kim, kim taehyung?


-que bom que se lembra de mim, agora vamos!- começou a me puxar.


-Oh caralho Kim, a minha perna, ela tem uma FACA NELA!


-Não grita porra!- olhou pra mim e logo desceu o olhar pra minha perna-Ui, isso tá feio! Vem!


Me pegou no colo estilo noiva e então andamos por uns 4 minutos e logo eu pude sentir o ar gélido e gostoso batendo contra meu corpo.


-Ah-suspirei- aqui é tão melhor!- O lindo e gostoso Kim me desceu e então aproveitei a brisa.


-Vamos!- agora ela sem dó alguma me jogou em seu ombro como um saco de batata e só me colocou no chão quando chegamos na frente de um carro- Entra!- ditou autoritário e eu pensei.


"MAS É O CARALHO QUE EU VOU ENTRAR NESAPORRA PRA SER SEQUESTRADA DENOVO, OLHA PRA MINHA CARA Ó HA HA HA"


Como eu conheci o Kim?

Eu antes de ser sequestrada, estava fazendo minha faculdade e depois fui pro hospital fazer a residência, e sempre que eu ia a uma cafeteria ou um parque, sempre tá legal? Sempre eu me esbarrava com ele.

Até que eu cheguei a conclusão de que na verdade ele era um pervertido ou algum agente secreto.

E sim, mesmo que sempre eu fosse a cafeteria ele sempre chegava logo depois, ou quando eu ia ao parque pensar um pouco, ele sempre aparecia do nada e sentava do meu lado no banco. 

E como eu sei o seu nome?

Eu descobri que ele fazia faculdade de fotografia

Como?

Simples! Eu vi ele saindo de lá, e então pedi a ficha dele alegando ser sua irmã.

Param, aí estamos, vamos voltar a história


Então sem pensar duas vezes, abro a porta do carro e entro...você quer o que? Eu correndo contra um atleta que é ele? É a mesma coisa de colocar uma Ferrari pra competir com um Fusca! Quem você acha que ganha?


Entro no carro e sento-me lá, o Kim da a volta entra no também, coloca o cinto de segurança e então o liga dando partida. Sem ele perceber, tiro a faca da minha perna, vou torcer pra que agora, ela não comece a ter uma hemorragia. Tirei e então fiz pressão na perna com um pano que achei no banco de trás. Dei uma olhada melhor e vi que era uma bandana, então amarrei forte pela minha perna, para tentar parar o sangramento.


Não estávamos andando tão rápido, então eu pego minha faca na mão, a minha não, a daquela louca lá. Abro a porta e rapidamente me jogo.


Me encolhi toda, abraçando meu joelho, machuquei totalmente os cotovelos e ralei um pouco da cara. Me levantei, quando parei de rodar e corri pro lado contrário do Kim.


Olhei pra trás e vi ele correndo atrás de mim, aos poucos ele ia me alcançando e logo trato de apressar o passo, mas, por culpa da perna. Eu caio quase que instantaneamente.


E por meu lindo e belo azar na sorte, o Kim me alcança e me puxa pelo braço e logo eu estava novamente no estilo noiva em seus braços.


-Tava pensando em fazer o que?- disse ofegante


-Em fugir??- olhei pra ele com um rosto de quem não diz "E não era óbvio?"


-E correndo pra onde a gente acabou de sair S/n?


-Mas é claro... ué, por que todos vocês sabem meu lindo nome em? DESEMBUCHA SEU CABEÇA DE BATATA!- comecei a bater em seu peitoral, nunca havia falado meu nome pra ele.


-Que? Todos vocês?- ele disse parecendo sincero, parei de lhe bater e então olhei pros seus olhos desenvolvendo uma resposta mentalmente


-Você! E seus amiguinhos! Eu não acredito que o "Sr. Jeon" falou pra você vir aqui!- fiz voizinha chata na hora do "Sr. Jeon"


-Não! Não acredito que esse cretino!- Ele acelerou o passo e agora estamos correndo, na verdade ele está correndo, eu estou apenas segurando seu pescoço como se não houvesse amanhã.


-Vamos logo!- ele entrou no carro, comigo lá ainda, ele se sentou no banco e quando eu ia sair de cima de seu colo…


-Vai pá onde?- me puxou fazendo eu sentar denovo.


-Pro banco de passageiro onde mais?- desviei o olhar e então minha cara ficou quente.


-Vai ver você tenta fugir denovo!- ligou o carro e saiu cantando pneu.


-Misericórdia- coloquei o rosto na curvatura de seu pescoço ainda o segurando, seu perfume era amadeirado e marcante, um cheiro que pra mim agora é viciante.

Olho para trás e me assusto o me deparar com...






Notas Finais


Desculpe o capítulo pequeno...
Bom, o Kim apareceu não é mesmo? Hahaha Aiai, até mais [email protected]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...