História Amor de Vampiro! ( Imagine Kim Seokjin) - Capítulo 47


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Novela, Romance
Visualizações 42
Palavras 1.771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hhhiii my babys😚😗😘

Voltei do inferno e trouxe um capítulo quentinho pra vocês😈

As aulas voltaram e já estou atolada de tarefas! Tenho que me esforçar nesses últimos meses, pois minhas notas não foram muito boas no primeiro semestre e não quero repetir de ano.

Outro motivo é que, tenho uma One-Shot do Taehyung para fazer pra uma amiga. Aconteceu uns problemas aqui no meu celular e tudo o que eu havia escrito da One-Shot, apagou. Por causa disso tenho que começar tudo de novo😯

Por isso eu aviso: Se caso eu desaparecer por aqui, vocês já sabem os motivos☺

Muitos leitores meus estudam e sabem o que eu passo. Espero que compreendam😣

Me desculpem também por não está respondendo os comentários, os motivos são os que falei. Mas amo todos vocês e agradeço pela forcinha que vocês me dão😍😙. Se não fosse por vocês, essa fanfic nem existiria.

Chega de blábláblá e vamos para o capítulo😂😂

Boa leitura a todos...😍😘😙

Capítulo 47 - Book!


~KIM SEOKJIN ON~



Já estava escurecendo e teríamos que voltar para casa. Iniciamos as buscas faz algumas horas, mas não encontramos nada, nem os lobos sentiam os cheiros dos pequenos.

Hoje foi só o primeiro dia. Amanhã teremos ajuda e se for possível, vamos dormir na mata. 

S/n: Por que temos que voltar? Não podemos procurá-los também á noite? - S/n não aceita a ideia de ter que voltar para casa.

- S/n! Nós não estamos totalmente dispostos para procurá-los á noite. Vamos voltar para casa, vamos descansar e amanhã voltaremos às buscas. 

Kayla: Não vou conseguir descansar sabendo que meu filho está com uma pessoa desconhecida. Se eu achar essa mulher, vou puxar os cabelos dela até ela ficar careca. - Rimos mesmo sendo difícil. 

Andamos mais um pouco e já vimos nossa casa de longe, alguns até correram para chegar mais rápidos. 

Deb: Já voltaram? - Assentimos. - Acharam alguma pista? 

S/n: Não! Nada ainda. - Suspira pesado. - Acho que você tem razão, Jin. Estou cansada. Vou tomar um banho! - Sobe.

YG: Onde está a Bia? 

Lêh: Depois de muita teimosia, conseguimos fazer ela dormir, mas ela está tendo sonos muitos pesados, acorda direto e diz que teve um pesadelo. - Após isso, Yoongi sobe indo ao quarto da menina.

Ouvimos algum barulho vindo do telhado, mas nada fizemos, pois sabemos quem fez tal ato.

Yeonjun: Oi hyung! Oi gente! - Chega desanimado com seus amigos. 

Chamei Yeonjun para ajudar nós nas buscas. Vão ser mais lobos e pode acelerar o ritmo da procura.

Soobin: Tiveram pistas enquanto procuravam? - Negamos.

- Como Hee está na mansão? Ela fez alguma coisa de estranho?

Yeonjun: Hee é estranha, mas não sabemos de nada. Não estamos mais frequentando a mansão da velha, então nada de notícias pra vocês. 



》》》》》《《《《《


~KIM SEOKJIN OFF~

~MIN YOONGI ON~


Só quero acabar com a pessoa que sequestrou minha filha. Nossa alegria não está aqui e não conseguimos fazer nada além de chorar.

Hee está passando dos limites. Todos vão dar a ela o que merece, a morte. Não teremos dó alguma, ela está tirando nossos sorrisos, está tirando o direito que a gente tem de viver.

Bia: Você está bem? Está pensativo. - Abraçadinhos no colchão tentando dormir, porém não temos mais sono.

- Bem não estou, mas estou pensando em como Hee está destruindo nossas vidas. Ela está matando a gente aos poucos, sem fazer um gesto se quer. - Bia concorda, assentindo. - E você está melhor? - Bia estava sentindo dores de cabeça quando cheguei no quarto, mas parece ter melhorado. 

Bia: Da dor de cabeça sim, mas a dor de minha filha não está aqui entre a gente, não cura nunca. 

- Nós vamos achar Chin. Vamos ter aquela pestinha de novo aqui em casa e vamos poder ver aquele sorriso que tanto amamos.

Bia: Não chama sua filha de pestinha! Ela é sua filha, se xingar ela, está xingando a si próprio. - Rimos. - Sinto muita falta daquele sorriso, que parece ser uma cópia do seu.

- Também sinto! Sabe quando nos vimos pela primeira vez e nos odiavámos? - Bia assente. - Mesmo a gente se odiando, eu tinha a certeza que você seria a mulher da minha vida e que seria a mãe dos meus filhos.

Bia: Pois eu só te odiava mesmo. - Rimos mais uma vez. - Filhos? No plural? - Assenti. - Yoongi! Um dia me disseram que dor de dente é pior que dor de parto, mas quando tive a Chin, percebi que é ao contrário. Não quero ter mais filhos, por enquanto. Não agora com essa situação. 

- Não vou te forçar a nada. Só quero ter nossa filha em nossos braços novamente, e ter nossa família junta de novo. Depois pensaremos em dar irmãozinhos a Chin. 

Bia: Idiota! - Bia se "desliga" do mundo e fica assim por alguns minutos. - Deb está me chamando. - Se levanta. 

- Aconteceu algo sério?

Bia: Não sei, mas parece que sim, pois ela falou comigo em português. Há dias que não conversamos em português. Volto já! - Me dá um beijo e se retira do quarto.


~MIN YOONGI OFF~

~BIA ON~


S/n e Lêh já estavam no quarto da Deb e só esperávamos a menina começar a falar. 

Deb: Então... Me ajudam em algo aqui?

Lêh: Claro! O que houve?

Deb: Sabe aquele baúzinho que vocês acharam quando foram na joalheria antes de mim? - Assentimos. - Depois que vocês me entregaram, eu nunca tive coragem de abrí-lo, mas hoje eu pedi ajuda ao Hobi e ele quebrou a fechadura.

- E o que tinha dentro?

Deb: Um livro!

S/n: Acho que invés da sua família serem bruxos, eles eram escritores, pois só dá livro nas investigações. 

Deb: Mas esse livro é diferente, olhem! - Deb mostra para nós o livro e realmente, ele é muito diferente, pois não tem nada em escrito, só folhas brancas. 

Lêh: Isso deve significar alguma coisa?

Deb: Não sei, mas por isso que eu pedi a ajuda de vocês.

S/n: E o que você quer que a gente faça?

Deb: Vamos falar aquela frase juntas, em uníssono? Não sei, mas eu sinto que eu tenho que falar essa frase com vocês na frente desse livro.

- Mas você já falou sozinha?

Deb: Sim, mas não deu em nada. Estão preparadas? - Assentimos.

Respiramos fundo e em 1, 2, 3, falamos a tal frase em uníssono: - Os verdadeiros sorrisos estão em um simples papel. 

O livro começa a brilhar e flutua, saindo das mãos de Deb. O objeto folheia sozinho e nos papéis começa a aparecer várias cenas incríveis. 

São cenas de alegrias. Cenas de quando éramos pequenas, adolescentes e quando viramos adultas.

Daí veio cenas de quando conhecemos os meninos. Tudo muito lindo, incrível, chega a brilhar ao nossos olhos.

O livro folheia uma página e começa a aparecer momentos de vida da Deb. Cenas onde ela conviveu com seus pais sorrindo.

Depois começa a aparecer cenas da vida de S/n. Do mesmo jeitinho, de como ela conviveu com seus avós. 

O livro mostra a vida de todos, até dos meninos. Mas de repente, as folhas do livros começam a ficar escuro, como se tivessem queimando as folhas e nelas aparecem todos os momentos que choramos, momentos de tristezas e tudo por uma culpada: Hee.

O livro começa a contar o passado da Hee e mostra até os momentos em que ela chorou, momentos em que ela desejou a morte de todos.

A  magia do livro vai se apagando aos poucos e em minutos, o livro se fecha e não mostra mais nada.

- Ok! O que acabou de acontecer? - Estávamos incrédulas, ainda não caiu a ficha do que acabou de acontecer.

Deb: Vocês perceberam uma coisa? - Olhamos confusas para ela. - Em todos os momentos nós estávamos sorrindo e quando chega no presente, quando chega nas partes em que Hee aparece, nenhum de nós sorria. É como se Hee nunca tivesse dado um sorriso na vida e está tirando os nossos.

Lêh: Mas uma coisa eu não entendo. Deb, esse livro é da sua família, qual seria o motivo dele ter mostrado o passado de todos e até da Hee?

S/n: Talvez seja porque nós convivemos com a Deb, que somos uma família. Já a Hee, está a todo momento presente em nossos pensamentos.

Lêh: Mas ainda é confuso.

- Eu também percebi uma coisa. Quando apareceram as cenas tristes das nossas vidas, cada uma choravam por terem acertado nossos pontos fracos e eu tô achando que o ponto fraco da Hee, é o próprio passado dela. Os sonhos que eu e a Kayla temos ultimamente são tudo sobre o passado da Hee, ela sempre chora nas cenas e não passa uma cena se quer dela sorrindo.

Deb: Pode fazer sentindo. Então, será que esse é mesmo o ponto fraco dela? O próprio passado?! Como podemos derrotá-la com o que descobrimos? - Demos de ombros. Essa é a pergunta que tanto incomoda a gente agora.

S/n: Eu só quero saber onde essa velha levou nossas alegrias. - Dito isso, o livro brilha mais forte que antes e se abre, mostrando cenas que fizeram eu voltar a chorar.

Kwan, Yeonbin e Chin, presos em uma cela e choram gritando por nossos nomes. O livro folheia uma página e desenha uma cabana. 

Será que esse é o lugar em que os pequenos estão?

- Deb, faz qualquer coisa para esse livro não se fechar! Vou chamar todos, eles precisam ver isso. - Ela assente e assim eu saio do quarto, parando no corredor. - O que eu faço para chamar todos sem demora? - Resmungo. - Já sei! GENTE! SOCORRO, EU NÃO ESTOU ME SENTINDO BEM! - Gritei.

Foi impressionante a rapidez e como todos abriram as portas dos seus quartos de uma vez só. Até Yeonjun e seus amigos vieram rápidos. 

Todos vieram em minha direção, ambos preocupados principalmente Yoongi. 

YG: O que aconteceu? Você está se sentindo mal? Vamos, fale!

- Só gritei porque temos uma coisa importante pra falar pra vocês. 

Deb: Importantíssima! - Veio junta com a meninas e segura o livro, ainda aberto. - Olhem! - Mostra e todos ficam impressionados com a figura desenhada. 

S/n: Talvez esse seja o local onde as crianças estão. 

JN: Como isso apareceu nesse livro?

Lêh: Também não sabemos, foi só a S/n falar que queria saber onde eles estavam, depois isso apareceu no livro. 

Hueningkai: Tenho a impressão que já vi essa cabana em algum lugar!

Taehyun: Também tenho a mesma impressão. 

JN: Vocês já foram em algum lugar parecido com isso?

Yeonjun: Não vou mentir, já fomos sim, mas não lembro de nada.

- Tentem lembrar, por favor! - Clamei quase chorando. 

Soobin: Lembrei de uma coisa! - Todos olharam para ele. - Vocês lembram quando falamos que ficaríamos um mês trabalhando para Hee? - Assentimos. - Um dia Hee pediu para irmos limpar uma cabana, bem parecida com essa.

S/n: E vocês conseguem lembrar do caminho? - Negaram.

Beomgyu: Hee não disse endereço, nem nada. Com ajuda de um bruxo, ela abriu um portal para irmos até lá, e quando terminamos nosso trabalho, voltamos para casa com o mesmo portal. Por isso não sabemos o caminho.

YG: Vocês sabem quem era esse bruxo? 

Soobin: Não tenho muita certeza do nome dele, mas ouvi Hee chamar ele pelo nome Jackson. - Após falar isso, Jin desce as escadas correndo. - O que aconteceu?

JH: Jackson, é o nome de um amigo bruxo do Jin e talvez ele possa nos ajudar. - Jin volta com um telefone na mão, com um sorriso maligno no rosto.

JN: Pessoal! Nós vamos atrás das nossas alegrias!




Continua...







Notas Finais


Às vezes eu tenho medo das ideias do Jin, mas ele é um amor😍😍😍

TXT Apareceu meus lindos!!! Amo muito esses bebezinhos, quero guardá-los em uns potinhos e protegê-los desse mundo malvado😭(Acho que não sou a única)

Acham que as meninas acertaram no ponto fraco da Hee? Acham que o livro mostrou mesmo onde as crianças estavam? Acham que Jackson vai ajudar eles? Comentem o que vocês acham!!! Talvez vocês possam me ajudar no próximo capítulo.

Me desculpem pelos os erros O_0

E até a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...