História Amor de verdade - imagine namjoon - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Rap Monster
Visualizações 10
Palavras 922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 5 - Cap 5


Fanfic / Fanfiction Amor de verdade - imagine namjoon - Capítulo 5 - Cap 5

Acordei, me lavantei fui escovar os dentes lavei o meu rosto fiz um coque desajeitado troquei de roupa desci a escada percebi que nem um dos meus pais tá em casa ache que minha mãe foi trabalhar mais cedo e o meu pai deve tá no bar, peguei uma maçã pra comer no caminho e sai de casa 

Na escola 

Estava andando meio mancando por causa de ontem tava tentando disfarçar pra que ninguém perceba mas não dava dando muito certo logo na minha frente adivinha quem esoava na minha frente isso mesmo a thais 

- Vi que o seu pai te deu uma lição -falo isso olhando pra minhas pernas 

- Deixa eu em paz tá legal

- Aa não sou obrigada balofa 

- Por favor 

- Já disse que não -fala isso me encostando no armário 

Tentei empurra ela mas nesse momento eu estava um poquinho fraca ela me empório de volta ela levanto a mão fechei meus olhos mas eu não centi o tapa então eu abri meus olhos 

Um menino alto de cabelos castanhos ele é tão bonitô tava segurando o braço dela

- Ela já dissé pra vc a deixar em paz

-diz o menino

- E quem é vc pra me dar ordens 

- Sou o menino que vai fala pra diretora que vc tentou bater nela 

Vi a voz da thais falha então ela se solta do aperto da mão delê me dá um último olhar 

- Vc está bem - ele me perguntou 

- S..sim - disse bem baixinho - muito obrigado pro ter me ajudado 

- Ah que isso fazeria de novo - ele sorriu o sorriso dele parece de um coelho - ah como eu sou mal educado nem falei o meu nome, e jeon jungkook mas pode me chamar de kook

- Bonito nome o meu e s/n, então kook vc e novo aqui 

- sim sou novo  tô no 2 ano 2 

- a o mesmo que a minha sala vem vamos no refeitório aí eu te apresento os meus amigos 

Ele concordou e fosmos ele me arrancava várias gargalhadas minhas deixem ele segura a minha mão chegando no refeitório avistei gaby, jimin, namjoon e a lisa nos fomos até eles 

- Oi gente esse daqui e o novo aluno 

- Oiii meu nome é jeon jongkook e um prazer conhece vcs

Todo mundo falo Oi e disse o seu nome para o kook percebi um olhar meio de raiva pra nossas mãos que até agora estava junta e esse olhar era de namjoon 

Depois fomos pra classe ceitamos perto um do outro 

- S/n pq vc tá mancando - minha amiga tinha perguntado e nisso os meninos e a lisa tava prestando atenção  

- eu bati o meu pé em algum lugar 

-os dois ?

- sim

- e por que vc tá de moletom se hj tá um puta calor - perguntou lisa

- e pq eu gosto de usar moletom, e outra vamos prestar a atenção na aula sim. 

Todo mundo tinha concordado depois de um tempo o sinal pro recreio bateu gaby e os outros tinha ido na frente menos o namjoon

- precisamos conversar -disse ele 

- nao tenho nada pra conversar com vc 

- a tem sim, vem vamos algum outro lugar mas apropriado 

- eu já disse que eu não vo e pq vc não vai  encher o saco da sua namorada 

- a vc vai - ele me pega pelo braço e me leva até uma parte mais afaltava da escola - quem é aquele menino e pq vcs estavam de mãos dadas

- ué ele não falo o nome dele pq eu achei que ele tinha falado, e outra posso ficar de mãos dadas com ele ouma com outra pessoa que não vai ser da sua conta 

- escuta aqui vc e minha e de mais ninguém tá me ouvindo

- desculpa mas acho que eu não tenho dono e eu não reclamo quando é vejo vc e a lisa quase se engolindo 

Ele me encosto não parede colocando seus dois braços envolta de mim

- e isso mesmo que eu to ouvindo s/n tá com ciúmes de mim

- e falo o cara que tava se referindo a mim como a sua  propriedade e idai que tô com ciúmes 

- hmmm desde quando 

- desde o nosso primeiro beijo, pode ser que aquilo não significo nada pra vc mas pra mim é quando vi vc com a lisa meu coração se partium no meio eu fiquei muito triste 

- como vc pode falar isso claro que aquele beijo significo algo pra mim mas agora que vc tá que se cofessendo isso pra mim tô meio confuso 

Ficamos em silêncio olhando um paro o outro até que ele tava se aproximando até que ele me beijo elê coloco a sua mão na minha cintura e a outra na minha boxexa 

Coloquei minhaseu mãos no pescoço dele ele pediu passagem com a língua e eu cedi ficamos um bom tempo até que a maldita falta de ar chega e nos no separamos com selinhos até que ele pega o meus braços e puxa eu dei um grito 

- que foi - ele perguntou pra mim com cara de preocupado 

- e..e que vc aperto muito

- mas nem apertei com muita força 

- e mais doeu

Ele olhá pra mim com o olhar meio desconfiado então ele pego a minha estico o meu braço e tiro a manga da blusa onde estsva os cortes ele olho pra mim com a cara dese superada eu comecei a chorar 










Continua 







Notas Finais


Eai oq vcs tão achando a s/n junto com kook vão fazer altas loucuras e só vcs aguardarem pq talvez amanhã eu poste tchau bjs 😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...