1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Desconhecido >
  3. Inesperado

História Amor Desconhecido - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Inesperado


Fanfic / Fanfiction Amor Desconhecido - Capítulo 12 - Inesperado

- Ei, eu estava muito assustado ou chocado quando me machucada por dentro e por fora . Ok?!

- Ata e quem tinha que aguentar o choro ? Era eu .

- Minhas desculpas senhor aguenta tudo .

- Não tem de que também 😜. E quem tentava reanimar era eu . Teve um dia que ele foi se declarar e levou um combo ( um fora e um tapa).

-  Me desculpe não sou bom com as palavras , para entreter uma dama.

- Então você é bom com o corpo ? - Kouta pergunta. 

- É claro ...que eu não sei .😔

Kouta está pensando em coisas muito maliciosas . Me perguntando se eu sou bom com corpo .

- Ah.... Vamos falar de outra coisa . - Yamamoto fala quebrando o gelo .

- Certo continue a história. - Kouta fala ainda pensando naquilo. 

Continuamos falando sobre o passado , talvez coisas muito constrangedoras, para mim , mas parece que Yamamoto está se divertindo contando sobre minhas burrices.Ficamos até de manhã acordados .

...

Triiim triiim triiim

- o telefone está tocando , quem será? Alô?

- olá aqui é do hospital, o Sr.  Fuyuki ...nos vamos desligar o aparelho de oxigênio. O senhor poderia vir assinar os papéis , por que talvez ele não vai conseguir sobreviver  

- Está bem .

Troco de roupa e vou correndo até o hospital, talvez ele vá morrer , só talvez , por que eles querem desligar os aparelhos . Seria só um talvez não é?! Estou tão desorientado. 

- Sr.  Yue .

- Posso ver o meu pai ?!

- Sim claro .

Saio correndo da recepção. Eu preciso velo se for a última vez .

- pai ?.... pai você está bem ? Vai ficar tudo bem não é? 

- Filho eu ... te amo , meu querido e único filho .

- pai me desculpe por não ficar aqui mais tempo para cuidar de você. 

- Não se lamente agora , fique bem e viva feliz .

- Eles vão de ligar todos os seus aparelhos.

- Não a mais tempo para mim sobreviver chegou minha hora .

- Certo.... vou assinar os papéis. 

- Tchau filho , eu nunca vou te culpar .

-  Está bem .

Saio do quarto e vou assinar os papéis. Vou sentir tanta falta dessa cidade e principalmente do meu pai .

Fico sentado refletindo , porque não fiz isso é aquilo para cuidar dele .

- Yue o que aconteceu por que você está aqui nO banco do hospital ? - Kouta me pergunta .

Olho para dento do hospital .

 - Não me diga que ... Eu sinto muito. - Kouta ele é um bom amigo .











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...