História Amor doce - Em um mundo " Diferente " - Capítulo 87


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Armin, Castiel, Dakota, Jade, Kentin, Lysandre, Personagens Originais, Rosalya
Tags Agatha, Alexy, Armin, Duas Docetes, Evan, Literatura Feminina, Lysandre, Nathalia, Novos Personagens, Rosalya
Visualizações 28
Palavras 1.094
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii gente :3 amigos, pessoas kkkk

Capítulo novoo aeee dclp a demora.

Protagonista : Agatha
Autora: Laura

Capítulo 87 - Sweet Queens 87


Fanfic / Fanfiction Amor doce - Em um mundo " Diferente " - Capítulo 87 - Sweet Queens 87


Decidi me levantar da cama sem que ninguém soubesse  e fui até o filtro de água, já que ainda estava muito cedo para dormir.


 Tomei um copo de água e logo voltei a cama, fiquei mexendo no celular  por algum tempo. Decidir não  pensar mais no tempo que assim ele passaria mais rápido. Liguei para o lys quando deu 20:30 da noite e ficamos conversando altas horas, parecia que os assuntos estavam ao nosso favor, conversamos de diversas coisas, carros,  foguetes,  espaço,  advocacia, sobre como nós  achávamos que seria o futuro, cães, quantos gatos e coelhos queríamos ter e milhares de outros assuntos.


Estavamos rindo de diversas coisas e parecia que o tempo passava lento demais, ele nos dava a oportunidade  de conversar o que nós  não  conversávamos direito.


Ele nos  deixava cada vez mais animados para o futuro. Um médico  me trouxe  meus medicamentos, parou a ótima  conversa que eu estava tendo com o lysandre mas logo retomamos a conversa e ia se alongando até  as quatro da manhã, quando eu já  estava  morrendo de sono e meus olhos já  estavam muito pesados, me despedir do lys e logo desliguei o telefone me virei ficando a vontade e adormeci com um belo sorriso.


Um  mês  depois: Quarta feira : Preparando a saída do hospital 


O tempo vôo e eu mal vi ele passar. Estava preparando minha  mala


( Hoje é  o dia... kkkkk ahhhh estou animada!!! ) 


Miranda- Agatha, você sabe que você  não  era para sair hoje não  é?  O seu acidente foi muito fatal, como se recuperou tão  rápido? E como você... não?... 


~ Agatha~Eu te disse uma vez, eu me regenero bastante rápido.


Eu sorrir para ela e ela se preocupou 


Miranda- Tem certeza que está bem? Não  está  sentindo nenhuma dor?


~Agatha~ Graças aos remédios, estou bem... não estou sentindo nenhuma dor.


Miranda- Mas você  já  sabe né?  Se sentir alguma dor, compareça  ao hospital  imediatamente!!!


~ Agatha~ Eu sei, kkkk estou bem Miranda, obrigada por se preocupar!


Eu dei um abraço  nela 


Miranda- É  claro que me preocupo com você. Alias você  não está  100% recuperada. 


~ Agatha~ Sim... 


Eu não pensava em outra coisa a não ser no lys e que eu ia finalmente  revê-lo.


Miranda- Eu preciso ir nas outras salas, se sentir qualquer coisa chame um médico.


~ Agatha~ Certo. 


Ela se virou então  lembrou de algo


Miranda- Ah é! 


Ela se virou  para mim e tirou algo de seu bolso e me deu uma carta


~ Agatha~ Hum? O que é  isso?


Eu peguei


Miranda- Chegou para você,  parece que alguém lhe enviou um convite. 


~ Agatha~ Um convinte? Convite de que? 


Miranda- Eu não  sei, mas boa sorte! 


~ Agatha~ Obrigada Miranda! 


Miranda- Até,  preciso ir! 


Sorrir e acenei para ela e ela logo saiu da sala e logo eu olhei para  a carta de novo. 


Abri a carta e comecei  a ler 


" Querida Agatha kitsune. A convido para meu casamento  no dia 24 de agosto. Espero que possa comparecer  às 16:00 da tarde, espero ver você  lá... Estou com saudades. 

O endereço  é  : ******** na ******** **** 

Ass: Seu melhor amigo. Alexy. 

Espero que esteja bem. Eu  te amo amiguinha."


( Laura: Só  eu notei que o Alexy  fez uma carta mais bonitinha para a Agatha do que seu próprio irmão?  ) 


( Hã? Uma carta do alexy? ... escrita a mão??? Ele... Está  se casando?  )


Eu sorrir com lágrimas  nos olhos 


( ele está  se casando? Ahhhh que bom que ele encontrou alguém... alguém  que deve ama-lo )


~ Agatha~ Farei o possível para comparecer, Alexy. 


Eu fui até a janela e fiquei observando a paisagem  um pouco, estava esperando o lys vim me buscar... Como ele prometeu.


Voltei a arrumar a minha mala e assim que terminei fiquei olhando pela janela, esperando o lys aparecer, fiquei  por horas e horas o esperando. Já  estava começando a perder a esperança, sentia que o lys não  iria aparecer.


( Lysandre... )


Se passou um dia e eu acabei sendo colocada para fora do hospital quando amanheceu. Fiquei na frente do hospital  quando ele estava fechado.


 ( Laura: não era um hospital 24hs então  pelas seis da manhã  ele fica  fechado e  só abre as oito )

  

Já  estava prestes a chorar 


( Ele... Não...  vem... Ele... Não  vai aparecer... )

 

Estava começando a me sentir cada vez mais triste e sem esperança.  Foi quando eu me levantei e decidir ir para casa, estava ficando com fome e assim que eu fui passar pela rua eu fiquei com medo de atravessá -lá  


~ Agatha~ Ele... Não  vai vir Agatha... 


( Não  precisa ter medo de atravessar  a rua... Quem sabe se... Você atravessar... um carro não  te mate...) 


Eu comecei  a chorar 


~ Agatha~ O lysandre... mentiu para mim...


Eu olhei um carro de aproximando e só  pensei em me jogar na frente e finalmente morrer. Quando eu coloquei um pé a frente o carro estava cada vez mais perto, buzinando, fechei meus olhos e assim que o carro estava a alguns centímetros  de me pegar, senti minha mão  ser puxada com força e sair do alcance do carro.


Sentir alguém me abraçar  com força 


-Essa passou perto...


A voz estava ofegante e trêmula 


( essa voz... Lys?) 


Eu senti seu aroma e reconheci seu cheiro


~ Agatha~ L-Lys?...  


Eu afastei um pouco e pude ver seu rosto


Lys- Sua idiota! O que estava pensando em fazer? Não  viu o carro?


Ele estava furioso


~ Agatha~ Lys... o que faz aqui?


Lys- O que eu faço aqui? O que você faz aqui? Você devia estar em casa... Você  sabia que o jade ficou preocupado com você?? Você não  apareceu em casa... Eu só não vim ontem porque eu perdi o vôo... Mas você  devia ter ido para casa!!!


~ Agatha~ Desculpe... Me desculpe...


Eu chorei  ao ver o resto furioso do lys, foi quando sua expressão  mudou de "furioso" para " triste " e logo ele colocou sua mão  sobre meu rosto


Lys- Ei... Não  precisa chorar... Eu. ... Eu... 


~ Agatha~ Me desculpe lys... Eu sempre faço besteiras... Eu... fiquei  com medo que você não fosse aparecesse.... Eu pensei que não  viria mais.


Lys- Por que eu não  viria? 


~ Agatha~ Porque eu... Sou um pé no saco... Eu...


Lys- Ei não fale isso... Você  não  é  um pé no saco... Está bem?  


~ Agatha~ Mas lys.... 


Lys- Xii... Vamos para  casa... 


Ele sorriu mas eu ainda podia sentir seu coração acelerado junto com o meu. Ele me levou para casa e o jade estava muito preocupado mas aliviado ele fez um ótimo  café  da manhã então  comemos todos juntos mas eu sentia que algo iria acontecer no dia do casamento  do alexy.



Notas Finais


Oi 👀dclpm n foi o melhor capítulo mas lancei


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...