História Amor Doce (Castiel) - Duas Vidas - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Thomas, Violette
Tags Amor Doce, Castiel
Visualizações 381
Palavras 1.982
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Quebra de Tempo

Zoe parecia um cachorro procurando os amigos pelo cheiro de tão apressada para achar eles.

Renan: Thalia. - Puxou minha manga da jaqueta. - Eu e o Renato vamos no carrinho bate-bate, certo?

Thalia: Certo. Pega duas fichas. 

Entreguei duas fichas para eles irem no brinquedo. Zoe finalmente achou os amigos da escola e me arrastou para perto deles.

Zoe: Galera!! 

Eles se viraram e sorriam ao nos ver.

Que mico...

Zoe: Gente, essa é a Thalia. - Disse colocando um braço por cima dos meus ombros enquanto nos aproximávamos do pessoal. - Esses são Castiel, Lysandre, Nathaniel, Alexy, Rosalya, Priya e Iris. 

Nos cumprimentamos. Eu estava bem tímida por estar no meio de muita gente que eu simplesmente não conheço. Minhas atitudes "de Thalia" são diferentes das "de Amy".

Lysandre e Castiel falavam de mim.

Eles não são nada discretos.

Nathaniel: Eu quero comer alguma coisa.

Alexy: Come ué.

Nathaniel: Quem vai comigo?

Castiel: Nunca que eu vou ficar sozinho com você. 

Certo, já percebi que eles não se são muito bem.

Rosalya: Oh merda, nem comecem, caso contrário eu jogo vocês em baixo no trilho da montanha russa.

Iris: Eu vou com você, Nath.

Nathaniel e Iris foram comer. Eu estava quase me virando pelo avesso por causa da vergonha de estar num grupo aleatório.

Eles resolveram ir na maior montanha russa do parque.

Zoe: O que foi? - Sussurrou perguntando.

Nós já estávamos no meio da fila, então não tinha pra onde correr.

Thalia: Talvez... Eu esteja com medo.

Zoe: Tudo bem. - Ela segurou minha mão e me puxou mais para perto. - Você pode ir do meu lado e gritar o quanto quiser. - Disse risonha.

Thalia: Vai tirar sarro da minha cara pra sempre, né?

Zoe: Óbvio. 

Chegou nossa vez e quando eu fui sentar ao lado da Zoe, Priya foi mais rápida e ficou ao lado dela, então fui para o único canto vazio que era ao lado do tal Castiel.

O brinquedo começou a andar e de primeira já tinha subida.

Fodeu! Fodeeeeeu!

Minha respiração se tornou pesada e eu estava praticamente entrando em pânico só pelo fato da Zoe não estar ao meu lado. 

Todos começaram a gritar animados na descida, eu também gritei, mas foi por PURO MEDO! Eu me encolhia rezando pra aquele sofrimento acabar logo. 

Chegou na pior parte: o loop; eu acho que nunca gritei e xinguei tanto na minha vida. Cada segundo ali pareciam duas horas.

A Zoe me deve uma!

Quando o pesadelo acabou, inclusive o nome da montanha russa era "Pesadelo" e eu entendi bem o porquê, eu não sabia onde eu estava por causa do meu cabelo estar inteiro bagunçado e combrindo a minha cara.

Zoe: Tudo bem aí, Tha? - Perguntou rindo enquanto vinha me ajudar a sair.

Castiel: Não sei como não fiquei surdo com ela gritando. 

Zoe: Deixa ela, Castiel. 

Eu saí desorientada e Zoe ajeitou meu cabelo enquanto ria com os outros.

Thalia: Você me deve uma. - Falei sem expressão. - Vou atrás do Renato e do Renan.

Eu saí de perto deles procurando meus irmãos. 

Thalia: Renan!!! Renan!!! Renato!!! Renato!!! - Comecei a gritar por eles.

Eu os encontrei perto de um lago perto de um brinquedo.

Renan: Devolve isso, Juliano!!!

Essa não... Esse Juliano...

Esse tal Juliano vive implicando com meus irmãos, e se não tiver ninguém por perto, ele e os colegas fazem a festa; fazem os garotos de gato e sapato. Esses garotos se acham por serem mais velhos que eles, todos os babacas tem quartoze anos.

Juliano havia pegado o dinheiro que Renan tinha para comer já que não comeu nada antes de sair de casa.

Juliano: O que foi? Vai fazer o que? - Perguntou ironizando toda a situação.

Nesse caso, era só ele que estava brigando com os gêmeos.

Thalia: Se eles não fizerem, eu faço. - Falei chegando por trás do "trombadinha". - Devolve o dinheiro dele.

Juliano: Thalia! - Ele se virou para mim e mordeu o lábio inferior com malícia.

Nojo, apenas nojo.

Juliano: Sua irmã fica cada vez mais gata, hein? - Virou para eles.

Renato: Que nojo, cara.

Eu revirei os olhos e puxei a nota de cinquenta doláres da mão dele. 

Thalia: Vamos. 

Juliano tentou pegar o dinheiro da minha mão mas eu fui mais ágil e o empurrei dentro do lago. Todos em volta riram muito enquanto ele saía da água bastabte confuso. 

Quebra de Tempo

Acordei de uma hora da tarde e imagina a minha agonia para deixar tudo pronto para a reunião. Além das coisas da entrevista, vamos resolver detalhes do meu último show da turnê que será domingo à noite.

Pois é, adeus férias.

Quebra de Tempo

Eu estou prestes a entrar ao vivo no programa, só falta terminarem de colocar neon no meu violão. Eu realmente espero que meus pais estejam assistindo. Estou morrendo de saudades então quero que eles pelo menos me vejam.

Joseph conversa com a platéia que ia à loucura sempre que ele falava meu nome, ou melhor, o nome da Amy.

Kyra é uma das pessoas que fazem parte da staff e é ela que, na maioria das vezes, me arruma.

Kyra: Deixa eu ajeitar sua peruca, Amy!!!

Agora eu sou a Amy, a popstar vestida na base do neon que canta, toca instrumentos e ainda dá "tiros" nos fãs.

Kyra começou a ajeitar minha peruca azul neon. Meu figurino inteiro é na base do azul, até minha bota é azul.

Kyra: Toma teu violão! - Ela disse quase gritando graças ao barulho.

Peguei meu violão que tinha escrito "Amy" em azul escuro (neon, óbvio) e um coração vermelho logo ao lado. Kyra ajeitou meu microfone e me empurrou para a entrada do palco.

Joseph: Vem aí, nossa estrela favorita: Amy!!!

A platéia começou a gritar e quando eu entrei, as luzes se apagaram ficando apenas a luz negra que faria tudo brilhar. Sentei na cadeira e apoiei meu violão para começar a cantar.

Quebra de Tempo

E a entrevista começou! O primeiro passo que Joseph sempre dá é atender ligações de fãs que têm a honra de falar ou perguntar ao para seu ídolo.

Joseph: E vamos para a primeira ligação!!!

Uns segundos se passaram e uma garota começou a falar. Ela disse que me amava e que era a minha maior fã, ainda teve o bônus de perguntar se eu iria fazer festa de aniversário.

Bem... Eu ainda tenho quinze anos, e vou fazer dezesseis.

Amy (Thalia): Boa pergunta, haha! - Eu cruzei as pernas. - Não tenho certeza se vou fazer festa, eu queria viajar, sabe? - Olhei para Joseph.

Joseph: Algum lugar em especial?

Amy (Thalia): Miami é uma boa opção, mas também quero ver as pirâmides do Egito!

Joseph: Você é bem variada.

Amy (Thalia): Já ouvi isso várias vezes, e o pior, eu concordo. 

Nós rimos e foi a vez da próxima ligação. A voz do garoto que estava na linha era bem infantil, então deduzi que era uma criança.

??? (Fã desconhecido) - Amy, você é tããão bonita~!! Casa comigo? 

Eu ri junto a Joseph quando a ligação foi encerrada para eu responder. 

Joseph: Parece que você está arrasando corações até de criancinhas, hein?

Amy (Thalia): Hahaha! Se eu pudesse, casa com todo mundo porquê eu amo todos os meu fãs!! - A multidão de gente gritou animada com minha resposta. - Mas, infelizmente a vida não funciona assim.

Joseph: Verdade. Você tem algum pretendente? Algum crush?

Amy (Thalia): Oh! Não, não. - Eu ri sem graça. - Eu ainda sou nova pra pensar em relacionamento agora, mal nasci e já virei cantora! É muita informação.

Joseph: Nos conte mais uma vez como você se tornou essa estrela do pop.

Amy (Thalia): Eu tinha apenas treze anos quando um amigo dos meus pais, que por coincidência era e é dono de uma empresa de música, a WC Universe, veio na nossa casa enquanto eu estava ensaiando para um musical da escola. Depois de muita conversa, meus pais aceitaram deixar ele me fazer uma... Estrela da música. Agora, estou lançando álbuns e fazendo shows por todo o mundo.

Joseph: Uma verdadeira garota prodígio! Próxima ligação~!

Uma linha foi adicionada:

??? (Fã desconhecida): Ah meu Deus!! Amy!!! 

Amy (Thalia): Olá!!

??? (Fã desconhecida): Meu Deus!! Eu te amo muito! Você é uma grande inspiração pra mim e me ajudou em vários momentos da minha vida!!

Amy (Thalia): Que honra! 

??? (Fã desconhecida): Você acha que um dia vai se revelar? Tipo, aparecer com sua verdadeira identidade?

A ligação foi encerrada e eu fiquei pensativa. Nunca pensei em mostrar meu verdadeiro cabelo, meus olhos, até mesmo meu rosto sem maquiagem, por medo mesmo, entende? Eu sou apenas uma adolescente que o destino mudou completamente após uma simples visita, não sabia nem o que fazer quando eu terminasse um namoro, afinal, nunca nem beijei! 

Joseph percebeu que fiquei confusa com a pergunta.

Joseph: Tudo bem, Amy? Podemos anular a pergunta se você não quiser responder.

Amy (Thalia): Não, estou bem. Eu não sei se vou me sentir confortável mostrando minha verdadeira personalidade, vida, eu sou como uma personagem fictícia! Eu posso ser a garota estranha que senta no fundo da sua sala de aula... - Olhei para a câmera. - Posso ser sua melhor amiga; posso ser a garota que briga com você sempre que tem oportunidade; posso ser sua vizinha que nunca saí de casa ou interage com o resto da rua. Enfim, eu posso ser qualquer um à sua volta...

Joseph: Uau!!! Amigos, comecem suas investigações.

Amy (Thalia): Acho pouco provável que descubram minha... "Criadora". 

O resto da entrevista ocorreu normalmente. Mas eu continuei com aquilo martelando na minha cabeça. É seguro mostrar quem é a verdadeira Amy, a Thalia? Eu tenho duas vidas, eu sou duas pessoas completamente diferentes, eu sou uma cantora famosa e uma estudante viciada em livros de ficção científica. 

Quebra de Tempo

Cheguei em casa exausta. A casa estava totalmente escura e silenciosa.

Os garotos devem estar dormindo...

Subi lentamente para o meu quarto e quando entrei nele, vi Renan dormindo abraçado com um travesseiro grande que eu tenho. Comecei a tirar minha maquiagem com os lenços umidecidos da penteadeira e tirar a peruca que eu estava usando.

Renan: Thalia...? - Resmungou abrindo apenas um olho.

Eu olhei para Renan e sorri de leve. Ele é o que tem mais carinho por mim, sempre que está com problemas fala comigo ou pede para sair comigo para se divertir. Renato é bem mais fechado, só se abre com Tommy ou com seu irmão gêmeo.

Thalia: Problemas? - Me sentei nos pés dele.

Renan: Sim... 

Ele sentou e me abraçou. Retribui o abraço beijando sua testa.

Renan: O Renato me acusou de ter quebrado o computador dele, sendo que eu nem toco nele! No final, Tommy deu meu computador para ele e me deixou de castigo.

Thalia: ...Isso é pelo computador? Sabe que podemos comprar outro, certo?

Renan: Não é nem por isso, é pelo o fato do Tommy não demonstrar que gosta de mim. Sempre que nossos pais saem, eu viro escravo dele.

Thalia: Oh...

Esse é realmente um problema. Tommy sempre gostou mais do Renato, e não tem medo de mostrar ou dizer, e isso acaba destruindo o Renan. Saber que o irmão mais velho, o modelo principal para ele, não gosta dele é bem complicado.

Thalia: Hum... Vou conversar com ele amanhã, certo?

Ele concordou e se deitou de novo. Ambos sabemos que nada muda o jeito maldito do Tommy agir, mas temos que tentar o máximo.

Afinal, a esperança é a última que morre.

Tirei minhas botas e fui para o banheiro tomar um banho. Depois de me aprontar para dormir, desliguei as luzes e deitei ao lado do meu irmãozinho que já estava dormindo.

Dormindo até parece um anjo...

Eu retirei o castigo dos dois pestinhas, não tenho tempo pra ficar vigiando eles fazendo tudo que eu mandar para ver se fazem certo. 

Tive dificuldade para dormir. Aquele assunto de revelar minha verdadeira identidade ficou rodeando na meus pensamentos e agora tem esse caso do Tommy e do Renan! Sinto falta dos meus pais para eles me ajudarem nos problemas de casa e de carreira. Zoe até ajuda, mas não confio 100% nos conselhos dela pelo simples fato da última vez que eu pedi ajuda pra ela, o meu quarto ficou cheio de espuma colorida.

Minha vida se complica ainda mais a cada segundo!

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...