História Amor e Arrogância - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chouji Akimichi, Danzou Shimura, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kabuto, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Kizashi Haruno, Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Matsuri, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Sakura Haruno, Sasuke Uchira, Sasusaku
Visualizações 228
Palavras 1.256
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi galera. Tudo bem?

AVISO IMPORTANTE
Galera me perdoem por favor. Eu sei que eu prometi que iria postar dois ontem. Só que houveram alguns problemas e eu não consegui postar mais cedo. E aí eu fui postar de madrugada e estava tão cansada que dormi digitando. Me perdoem. Eu vou postar os dois capítulos que eu prometi e o de hoje também. Me perdoem.
Espero que gostem e aproveitem a leitura

Obs: a imagem ou comic sasusaku não me pertence. Ok?

Capítulo 21 - Começou a Sentir Algo Por Ela?


Fanfic / Fanfiction Amor e Arrogância - Capítulo 21 - Começou a Sentir Algo Por Ela?

Sasuke apenas seguiu seus instintos ao beijar a rosada. Ele queria castigá-la e também queria saber como era beijá-la com ela consciente. Ele apenas uniu o útil ao agradável. Era extraordinário. Se não bastasse os cabelos cor de cerejeira, os lábios e a boca dela tinham um sabor adocicado de cereja. Eram viciantes. Podia ficar ali a beijando por décadas, séculos e milênios que, mesmo não sendo um fã de doces, nunca enjoaria. 

Sasuke desceu a mão direita e apertou a cintura dela. Sakura estremeceu. Se ela não o parasse agora, sabe-se lá o que aquele idiota iria fazer.

Ela juntou a pouca força que tinha e o empurrou fazendo- o cair sentado na cama de frente para ela. Ela limpou os lábios com as costas da mão. E o encarou raivosa.

- Nunca. Mais. Faça. Isso. Nunca entendeu?

- O que Foi? Tem tanto medo e vergonha de mim assim?

- Não Uchiha. Você me trouxe aqui para me "ajudar" a me recuperar. Eu já disse que não sou uma daquelas prostitutas que se entregam pra você de bandeja. Se me trouxe aqui pra me agarrar ou se aproveitar de mim, perdeu seu tempo. Sabe o nojo que você disse sentir por mim naquele dia? Saiba que é recíproco.

Sasuke a olhou lembrando da frase que dissera à ela.

- Você é minha serva e eu a castigo como eu bem quiser. Não significa que eu não sinta nojo e repulsa quando olho pra você. Eu apenas resolvi aproveitar a oportunidade de ter uma garota que nunca foi beijada e nem tocada na palma da minha mão.

Sakura o olhou com ódio.

- É inacreditável. Eu pensei que te odiar mais do que eu já odeio era impossível. Pelo visto eu estava errada.

- Ótimo Haruno. O ódio é recíproco. Pode ter certeza.

- Legal. Parabéns pra você crianção. Agora, se me dá licença, eu ainda não estou me sentindo bem e vou dormir. Boa noite... idiota.

Ela se deitou e se cobriu com o lençol. Sasuke quase urrou de raiva. Que garota irritante. Meu Deus. Já não bastava ele ter enfrentado alguns problemas hoje. Ele se vestiu com a manta, deitou ao lado dela e a observou lembrando do que ocorreu.

*lembrança*

Sasuke estava sentado no trono após resolver um problema de um senhor feudal quando Karin se aproximou dele.

- O que deseja aqui Lady Uzumaki? Não estou precisando de nada. E nem estou com humor pra isso.

- É. Levando em conta que você deve ter se divertido ontem a noite.

Sasuke a olhou confuso.

- Do que está falando?

- Não se faça de desentendido Sasuke. Eu vi você levando a escrava ontem pro seu quarto.

Sasuke fechou os olhos e suspirou pesado.

- Que eu saiba senhor Uchiha, a função de lhe proporcionar prazer e divertimento é minha e de algumas servas de alto calão. Por que ela? Ela é uma escrava, uma serva de BAIXO calão e é super sem graça.

Sasuke a olhou.

- Karin. O que eu faço ou deixo de fazer não é da sua conta. Eu nem a toquei. E mesmo que tivesse tocado. Se eu quiser usá-la eu vou e  você não tem nada com isso.

- O que há com você? Desde que ela chegou aqui você está estranho. Seu comportamento mudou. O que essa escrava está fazendo com você? Usando magia e hipnose?

- Do que está falando Uzumaki?

- Você sabe bem. - ela o olhou e viu ele baixar o olhar para o chão. Ela semicerrou os olhos- Uchiha. Você está começando a sentir algo pela escrava?

Sasuke arregalou os olhos.

- O que? Karin você está com algum problema, só pode. Que tipo de pergunta é essa?

- ME RESPONDE UCHIHA!

Sasuke arregalou os olhos.

- Ah sim. Comecei a sentir algo por ela. Mais ódio do que eu já sentia. E se você começar a bobear e me insultar, ou me desafiar, Lady Uzumaki, as consequências serão graves. Espero que tenha compreendido.

Karin arregalou os olhos. Ia abrir a boca para responder mas o moreno continuou.

- E como eu já disse: o que eu faço ou deixo de fazer não é da sua conta. Isso não interessa a você. Sei que você é uma nobre. Mas sendo uma ou não, minha vida continua sendo a MINHA vida e você não tem nada a ver com isso. Agora espero que se retire. Se necessitar de seus serviços eu lhe chamarei. Agora estou extremamente ocupado.

Karin o olhou feio. Ela respirou fundo.

- Sim Majestade.

Karin se virou e saiu.

Kabuto se aproximou.

- majestade, sei que está ocupado. Mas nunca deveria expulsado a Lady Uzumaki daquela forma. Ela se importa muito com o senhor.

Sasuke direcionou um olhar cheio de raiva, estresse e irritação.

- Ah então você também está querendo se meter na minha vida?

Kabuto arregalou os olhos assustado.

- Não majestade. Claro que não. Eu apenas estava o aconselhando.

- Ah jura. Eu não percebi.- Sasuke disse ironicamente. - Claro que me aconselhou. É a sua função. Mas a questão é que eu não pedi o seu conselho. Minha paciência está acabando e desde a luta contra o Naruto eu não uso o Chidori em ninguém. Quer ser o próximo Kabuto?

- Não majestade. Pelo amor de Deus não.

- Então suma da minha frente!

- Majestade. Não me mate, mas me responda uma coisa por favor.

Sasuke bufou.

- O que é Kabuto?

- O senhor mudou o que sentia pela escrava, a senhorita Haruno, desde que ela chegou aqui?

Sasuke refletiu um momento.

- Não Kabuto. Não mudei. Agora some da minha frente!

*fim da lembrança*

É claro que ele havia mentido tanto para Karin, quanto pra Kabuto. E agora tentava mentir para si mesmo e para a serva dormindo ao seu lado. Era óbvio para ele que não sentia mais ódio por ela. Mas não gostava dela também. Era tudo muito confuso. Ele era a própria confusão. A pergunta de Kabuto ecoou na sua cabeça. E ele pensou na resposta verdadeira.

- Sim. Mudei. E seja lá como você fazendo eu me sentir agora sua irritante, este sentimento tá me deixando maluco. - Ele disse finalmente se virando para o lado oposto.

Um pequeno sorrisinho brotou nos lábios da Haruno. Então ela estava desestabilizando o imperador? Interessante...

*Karin *

Ela estava em sua suíte sozinha. Como ela estava com ódio. Aquela serva atrapalhou tudo desde que entrou no Palácio. Antes dela, Sasuke lhe dava toda a atenção. Ele sempre precisava dela para lhe servir e lhe proporcionar prazer e divertimento. Era sempre assim. E ele nunca a rejeitou ou a mandou embora assim.

Era ela agora. Sempre ela. Ele nem ligava mais para si. E ela estava com muita raiva. Sua raiva tinha nome e sobrenome: Sakura Haruno. A escrava nojenta que estava manipulando o imperador para poder subir sua classe social. Aquela repugnante. Ela estava tirando tudo dela. E isso irritava.

- Você vai pagar muito caro Sakura Haruno. Guarde minhas palavras.

*Em algum lugar nos fundos do palácio*

Um homem estava escorado na parede. Vê seu companheirismo se aproximando .

- E então? Quais são as novidades?

- Parece que o imperador fará uma aliança com o país do vento e o imperador de Suna virá amanhã a tarde para cá. Ficarão até dia 28, onde farão a comemoração. O imperador ficará desprevenido. Tenho certeza.

- Ótimo. É a hora de colocar nosso plano em ação. Vamos matar Sasuke Uchiha. 



Notas Finais


Gente o Sasuke tá começando a não odiar mais a Saky. E vai rolar tanta coisa. Eu disse que ela não ia se entregar pra ele assim tão fácil. E a Karin tá possessa. O Kabuto sendo chutado de novo kkkkkkk
E parece que agora temos algum traidor querendo matar o Sasuke. O que vai rolar? Só no próximo galerinha. 😉

Galera só lembrando o aviso das notas iniciais: eu vou postar o próximo daqui a pouco e o de hoje mais tarde ok? Me desculpem mais uma vez.

Se puderem deixem sua opinião nos comentários. Isso tá me inspirando muito a continuar a história ok? Obrigada por lerem e até o próximo capítulo galera.
Bjs e fui 😘😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...