História Amor e Arrogância - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chouji Akimichi, Danzou Shimura, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kabuto, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Kizashi Haruno, Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Matsuri, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Sakura Haruno, Sasuke Uchira, Sasusaku
Visualizações 280
Palavras 1.440
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi galera. Mais um capítulo. O capítulo que era pra eu ter postado ontem. Ainda vai ter mais um hoje ok?
Espero que gostem e aproveitem a leitura

Obs: a imagem não me pertence.

Capítulo 22 - Esse Tipo De Humilhação Eu Não Aceito!


Fanfic / Fanfiction Amor e Arrogância - Capítulo 22 - Esse Tipo De Humilhação Eu Não Aceito!

Sakura abriu os olhos quando os primeiros raios de sol começaram a entrar pela sacada. Ela se sentou e se espreguiçou. Estava muito revigorada. E pronta pra qualquer coisa. Ela olhou para seu lado e encontrou o Uchiha ainda dormindo. Devia ser muito cedo ainda. Ele estar no quarto ainda ,deduzia isso. Uma expressão serena estava no rosto dele e a respiração se encontrava pesada. Ele devia estar em um sono profundo.

Sakura lembrou da conversa que tiveram na noite anterior, do beijo deles, do que ele disse em voz alta pensando que ela não havia escutado. Riu daquilo. Estava o desestabilizando muito sem nem saber. Isso significava que mesmo ele sendo um homem cheio de poder e riqueza, estava em suas mãos. E aquilo de certa forma era,irônico talvez.

Tudo bem que ela não o queria beijar, muito menos queria que ele a beijasse. Mas foi... bom. Ela havia gostado. Nunca havia sido beijada por ninguém. Nem por Naruto, que quando eram crianças brincavam de se casar. Eram crianças inocentes e não passavam disso. E ela com seus 19 anos ainda não tinha beijado. Então o Uchiha o fez. O sabor de seus lábios e seu cheiro não saíam de sua cabeça. Era como se tivessem impregnado em sua mente para sempre. E a sensação. O Uchiha podia ser o que fosse, mas beijava muito bem. Ela não podia negar. Ele também a estava desestabilizando. Ele só não precisava saber.

Ela sorriu e tirou alguns fios de cabelo do rosto dele.

- Moleque mimado. - Ela disse meio rindo. Ele se mexeu um pouco e assustou a Haruno, fazendo com que ela tirasse a mão do rosto dele. Ela suspirou e se levantou. Pegou a roupa que Shizune havia lhe entregue no dia anterior e se vestiu. Tomaria banho no banheiro de serviçais. Já havia abusado demais dormindo em seu quarto 2 noites seguidas. Ela ia sair quando olhou para o Uchiha dormindo novamente. Ela devia acordá-lo. Ele era o imperador e o imperador de Suna chegaria a essa tarde.

Ela se aproximou dele e lhe balançou um pouco. Ele murmurou algo e abriu os olhos lentamente.

- Já é de manhã. Me desculpa te acordar, mas é que imagino que você tenha muito a fazer já que hoje o imperador de Suna virá.

Ele a olhou por alguns segundos sem mudar a expressão.

- É. Tenho sim. Obrigado por me acordar. Era bem capaz de eu dormir demais. Eu simplesmente desmaiei.

Sakura deu um sorriso e riu de leve. O Uchiha ficou encantado com o sorriso sincero que ela lhe ofereceu. Foi tão espontâneo e verdadeiro. Não recebia sorrisos assim desde... a sua mãe.

- Ah... Eu queria te agradecer por me permitir dormir aqui. Eu me recuperei totalmente. Já posso voltar as minhas atividades. Obrigada.

Ele a olhou e sentou na cama.

- acha que eu não vou cobrar nada por isso? Você é muito inocente mesmo.

O sorriso se desfez e é uma expressão confusa tomou seu rosto. 

- Então me diga o que quer. Já que vai cobrar então cobre logo.

Sasuke deu um sorriso ladino e aproximou o rosto dela. Ele virou o rosto  e apontou para a bochecha.

- Eu quero um beijo... aqui.

Ela o olhou indignada. Isso só podia ser sacanagem. Que idiota. Bom... se ela não fizesse , nunca sairia dali.

Ela se inclinou e beijou a bochecha dele rapidamente. Logo em seguida correndo da cama, abrindo a porta e indo embora. O sorriso no rosto do Uchiha se alargou. Ela havia feito mesmo. Isso o deixou muito feliz e de ótimo humor.

Se levantou e foi se banhar. Precisava falar com Tsunade e Orochimaru sobre os preparativos para o imperador de Suna.

*Sakura *

Assim que ela entrou na cozinha, uma loira afobada a abordou.

- Onde você estava? Faz ideia do quanto eu me preocupei com você? Eu procurei você pelo Palácio inteiro e não encontrei. Cheguei a achar que havia sido sequestrada. Ou pior, morta.

Ino dizia enquanto a chacoalhava.

- Loira. Deixa ela respirar. Ela tem que contar o que aconteceu. Se vocês continuar chacoalhando ela, ela não vai conseguir. - Shikamaru disse.

A loira parou e sorriu sem graça.

- Desculpa. Exagerei.

- Louca. - Shikamaru murmurou.

- Então... O que aconteceu? - Ela perguntou olhando feio para Shikamaru e ignorando seu comentário.

- Bem... Eu fiquei doente. Então o imperador me levou pro quarto dele para eu me recuperar.

Ino arregalou os olhos.

- Ele levou você pro quarto dele?

- É.

Ino a olhou chocada.

- É tão ruim assim? - Sakura perguntou assustada.

- Não. É que... Eu to aqui há anos e Ele nunca me convocou a suíte dele. Nem mesmo por conta de prazer. E você tá aqui há alguns dias  e ele simplesmente te levou pro quarto dele. Isso é... inédito.

Sakura assentiu. Uma expressão maliciosa se formou no rosto de Ino.

- E o que vocês dois fizeram dentro daquele quarto hein?

Sakura corou.

- Nada. Eu só fiquei lá pra me recuperar. Só isso.

- Ah você não me engana Sakura. Você tá muito nervosa. Vai desembucha.

Sakura suspirou derrotada. Ela não espalharia isso. Muito menos Shikamaru.

- Ele... Me beijou.

Ino parecia que teria um ataque. Fez uma cara de louca assustadora.

- Olha só. A Sakura tá arrasando corações hein.  Os dois Uchihas Sakura? Tem que se decidir. Eu sei que é difícil, mas tem que escolher só um.

Sakura ficou mais vermelha ainda.

- Não é nada disso porca! Eu não gosto de nenhum dos dois. Que ideia.

- Ahan sei.

- Tem algum afazer pra mim? - Sakura disse mudando o rumo da conversa.

- Tem. A lady Uzumaki quer o café da manhã no quarto dela. Boa sorte.

Sakura suspirou. Ela não.

- Tudo bem. Cadê o café da Lady Uzumaki Choji?

- Aqui está.

Ela pegou a bandeja das mãos do cozinheiro e foi rumo ao quarto da Uzumaki. Não queria reencontrar a ruiva mas enfim. Era seu trabalho  e faria, não importa quem tivesse que servir. 

Deu duas leves batidas na porta e escutou a Uzumaki dizer para ela entrar.

Ela adentrou o quarto e a Uzumaki a olhou com zombaria.

- Demorou hein. Já estava achando que tivessem ido plantar as frutas pra fazer o suco e produzir a farinha usada no pão.

Sakura ignorou o comentário. Colocou a bandeja na cama da nobre e começou a passar a geléia no pão.

- Sabe Haruno. Você patética. Não acha? Se faz de forte e oprimida, mas é na verdade fraca e idiota. Não concorda? E ainda não trabalha um dia inteiro.

Sakura colocou as torradas num prato e deu para a Uzumaki.

- Isso é uma opinião sua. Eu não tenho que achar nada. A propósito, fiquei doente por conta dos dois baldes de água que você jogou em mim, se quer saber.

- Ah coitadinha. - Karin disse irônica-  Deveria ter morrido mesmo garota imunda. Ao invés de ficar de olho no que é meu. - Sakura parou de encher o copo de suco para olhar em confusão a Uzumaki- Pensa que eu não sei que está tentando seduzir o imperador para melhorar seu posto? Conheço gentinha da sua laia.

Sakura ferveu de raiva. Ela a estava acusando?
Sem pensar duas vezes, Sakura pegou o suco de morango que colocava na taça e jogou na Uzumaki. A ruiva gritou em desespero.

Em alguns segundos Itachi apareceuno quarto assustado.

- O que está acontecendo aqui?

- Essa louca jogou suco em mim de repente. Deveria ser castigada por isso sua serva imunda.

- Eu vou deixar uma coisa clara pra você Uzumaki: você pode me humilhar, me xingar e me tratar mal. Mas nunca, ouviu? Nunca insinue que eu sou uma prostituta interesseira. Esse tipo de humilhação eu não aceito. Eu não respondo por mim caso o faça. Com licença, Itachi. - Sakura disse passando pelo Uchiha e saindo do quarto.

- Você não vai fazer nada?

- Eu não vi nada. E ela de certa forma está certa. Você a chamou de prostituta. Isso irrita a qualquer um.

- Você é um imprestável. É por coisas como essa que seu irmão é o imperador e você não.

Itachi deu um riso sem humor.

- E é por atitudes como essa que eu tenho certeza que o Sasuke não vai te valorizar e você não se tornará a Imperatriz.

Karin o olhou indignada. Ele se virou e saiu do quarto a deixando pra trás.

Itachi riu.Sempre quisera fazer isso. Deixar a ruiva insuportável falando sozinha. Ah que satisfação. 


Notas Finais


Gente eu adorei a condição do Sasuke. Foi fofa. A Ino desesperada kkkk e a Sakura se vingando. É isso aí menina! O Itachi mitou Mano kkkķkkk. O que vai acontecer? Só no próximo galerinha.

Como eu disse vai ter mais um capítulo hoje. Se puderem deixem sua opinião nos comentários. Me ajuda demais. Obrigada por lerem e até o próximo capítulo.
Bjs 😘😘😘😘😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...