1. Spirit Fanfics >
  2. Amor ? É isso mesmo que eu quero sentir ? >
  3. O Reino de Drunmister

História Amor ? É isso mesmo que eu quero sentir ? - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Alterei os nome dos personagens anteriores por motivos de privacidade

Capítulo 2 - O Reino de Drunmister


Fanfic / Fanfiction Amor ? É isso mesmo que eu quero sentir ? - Capítulo 2 - O Reino de Drunmister

Era medieval , estou em uma aldeia proxima a um reino , Reino de Drunmister sobe o comando o tirano rei Tyros 

_Mas que merda eu to fazendo aqui ? - diz eu em cima do meu cavalo indo em direção ao reino - eu naoera só um camponês? 

Bom voltando m pouco para explicar 

Após o senhor sumir a senhora pede para eu ajudar na plantação dando-me uma enchada para arar a terra . Enquanto eu estou arando a terra , resmungo e penso o que eu devo fazer para dair daqui , minutos depois de terminar o trabalho a senhora ordena que eu busque 2 tonéis de água, encarando-a me indago por que eu , mas vou mesmo assim . Passando do portão um jovem avança sobre mim me atacando , pula sobre mim empurrando meus ombros para traz e me levando ao chão, por algum motivo eu intercepto a queda e o jogo para trás ( realmente nao sei como fiz isso , mas por algum motivo e sei lutar ) , ele saca uma faca e lança em direção ao meu rosto , e quando a faca fica a um palmo de distância eu agarro a faca me surpreendendo mais ainda .

_ Aaaaaah , assim não vale , o cara que para flechas não pode para facas , ele tem que no mínimo desviar delas - diz o rapaz que me atacou em tom amigavel 

No momento eu estava sem entender nada , mas veio a mim uma vida de lembranças, seu nome é Elliot e possui a alcunha de "O ESPADA DOS VENTOS" , pois ele era o melhor espadachim de todo o reino e meu melhor amigo 

_ Por quê me atacou ? - perguntou a ele 

_ Como assim ? É o treinou para lutas surpresas , ou vc acha que o rei ira nos liberar só por causa de nossas alcunhas ? - afirma Elliot enquando embainha sua faca 

No momento em que eu iria perguntar , mais lembrancas me apareceram , meu nome era Galahad e me pertencia a alcunha de "APOLLO" , referente ao deus grego que em algumas versões possuia arco e a seu fiel amigo Black um corvo que criei desde que era um filhote caído do ninho .

_ Senhora Beatriz posso pegar seu filho para servir e proteger o Reino ? - grita Elliot para a mulher que outrora havia me acordado 

_ É claro Elliot querido , leve esse traste preguiçoso para trabalhar ! - grita a mulher 

Minha mãe ? O engraçado e que a reconheço como tal , isso explica a submissão e obediência a suas ordens , mas me assusta ela ser tão bonita e formosa . Enfim me aprontei e coloquei minha farda real que estava num estande de armadura ao lado da cama que acordei ( meu possivel déficit de atenção é horrivel kk ) , vesti-o para a me apresentar a guarda real 

Voltando ao inicio ...

Aqui estou eu chegando na entrada do reino , e uma voz me chama atenção 

_GALAHAD ! GALAHAD ! - grita uma moça linda de cabelos cacheados e de olhar simples e puro enquanto se aproxima 

_ Esta falando comigo ? - questiono-a enquanto desço de meu cavalo 

Ela pula em minha direção e me beija , e mais uma vez me vem lembranças , seu nome e Helena e é minha futura esposa e a famosa "MENTE DE ATHENAS" pois também faz parte da guarda real e é a estrategistas tendo seu impecável record de trinta vitórias sobre 33 batalhas 

_ Não se faça de bobo e vamos ! - diz ela montando em seu cavalo e acenando com a cabeça para segui-la 

Após seguir ela chegamos a uma cabana 

_ Gostou ? Sera nosso futuro lar ! - diz ela rodopiando alegre 

_ Eu achei incrivel ! - afirmou eu

_ Sabe o que seria melhor nessa casa ? - pergunta helena 

_ Uma lareira ? - deduzi por causa da baixa temperatura da casa 

_ E que tal ... - Helena remove as travas de sua armadura e remove o busto - se a gente esquentasse um pouco ? 

Naquele momento helena estava com seus seios de fora e se aproximando ( é isso ? Eu fiquei 3 anos com uma garota para viajar no tempo e perde a virgindade com outra que mal conheco ? Entao ta ) , eu removo o busto da minha armadura e a beijo .
Um beijo intenso e apaixonante rola entre nós, Helena remove suas calças e pula para mim agarra-la ,(naquele momento eu sentir em meu abdômen sua vagina molhada de tesão ) eu removo minha calça e a deito no chão mesmo . 

Continuamos nos beijando enquanto eu acaricio os lábios de sua vagina de forma leve e intensa enquanto chupo e dou mordidas em seu pescoço, vendo ela se contorcer de tesão eu desco e beijo seus seios ( não consigo distinguir um tamanho , apenas que eles são perfeitos ) e dou mordidas (ela olha para mim com olhar de surpresa como se nunca tivesse sentido aquilo ) , eu desço beijando seu abdômen de forma leve e suave para instiga-la mais ate chegar no seu ponto erógeno , nesta hora eu chupa sua vagina como se fosse a ultima vez ( a cada passada de língua e chupada ela se contorce erguendo seu abdômen e busto como se sentissem explodir ), enfim decido penetra-la , pondo meu pênis dentro dela, com nossos corpos de frente um para o outro, ela me trava com as pernas e me aperta até eu por tudo , tendo posto tudo começo me movimentar e ela a gemer , a intensidade foi aumentando junto com os gemidos estridentesque ela dava 

_Para ! - diz Helena pondo as mãos em meu peito 

_Tudo bem ? - pergunto preocupado a ela - se quiser que eu paro é só falar 

_ Olha ... - diz ela num tom questionador - será que vc pode enfiar com mais força? 

Na hora me sobe um imenso tesão , eu a beijo enquanto ergo mais suas pernas e começo a penetra-la com mais rapidez e força e a cada estocada minha ela 

Enfim eu ejaculo nela , mas a situação não me permitia para e continuei ( a momentos que um homem é testado ), uma imensa sensação de prensa vem da vagina dela e sinto ela relaxar todo seu corpo enquanto um líquido mais úmido saí da sua vagina , ela havia gozado ( o que na epoca nao seria difícil ja que o sexo era forma de reprodução e nao de prazer e tanto a reação dela como a epoca provam que Galahad nunca fez com Helena um terço que foi feito por mim ) e tanto eu quanto ela estavamos satisfeito 

_O REI ESTA CHAMANDO A NÓS PAR..- grita Elliot ao entrar na casa e se deparar com a cena - ....AAAA MEU DEUS POR AGORA .....- diz Elliot chocado e respirando para falar - vistam se por que o rei chama os 7 cavaleiros

Helena e eu estavamos tão relaxado que não nos importamos e Elliot saiu . Após nos vestirmos fomos para o castelo onde o rei nos chamava . Junto a nós estava os outros quatro melhores guerreiros de Drunmister 

Iron , cuja alcunha é "O TANK DE GUERRA" era um leal e imenso soldado que possuía um machado e um escudo 

Ártemis, cuja alcunha era "DEUSA DA CAÇA" tanto por possuirem o mesmo nome como tbm serem otimas guerreiras 

Wyme , cuja alcunha era "O DRACONICO" ele era um mago que possuía varias magias de fogo 

Lancelot , cuja alcunha era "ANJO DE PRATA" pois possuía imenso conhecimento em magias de cura 

E estes eram os 7 guerreiros mais forte do reino que teriam a mais difícil das batalhas , a fidelidade


Notas Finais


Sim terá magia , afinal qual a graça da idade media se não tiver magos kk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...