História Amor e odio caminham de mãos dadas ( Sendo Reescrito) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Weki Meki (WEME)
Personagens BamBam, Doyeon, Elly, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lua, Lucy, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rina, Sei, Suyeon, Yoojung, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Suga
Visualizações 11
Palavras 2.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estou reescrevendo tudo.

A história não foi apagada, eu só não estava feliz com a escrita e refiz.

Capítulo 1 - Primeiro contato e "adoção"


Fanfic / Fanfiction Amor e odio caminham de mãos dadas ( Sendo Reescrito) - Capítulo 1 - Primeiro contato e "adoção"

[Autora on]


Coreia do Sul, Ulsan

04:12h


Ryu Mi-Ha estava em seu quarto, ainda sem conseguir dormir, a adrenalina de saber que em mais ou menos duas horas estaria se arrumando para o primeiro dia de aula, a deixava irritada, nervosa e muito acordada.


Mesmo já estudando no mesmo colégio a anos, nunca se acostumou e muito menos gostou do primeiro dia.


Praticamente ninguém iria, ela sempre vai, pois, segundo sua mãe ”Ela não é todo mundo”.


Realmente Mi-Ha não tinha sorte, ou sim, o destino é muito incerto.


Com pensamentos aleatórios e formando conversas inteiras na cabeça, Mi-Ha finalmente dormiu.


{Quebra de tempo}


– MIHA, LEVANTA LOGO – Senhorita Ryu Chan-Lee gritava, ou melhor, berrava, do primeiro andar da casa, por não obter resposta, subiu até o último andar e berrou no ouvido de Mi-Ha – Levantaa!!


– Hmpf – Mi-Ha claramente não queria levantar, resmungou um pouco e sentou-se na cama.


– Levanta logo Miha, se chegar atrasada na escola hoje, eu a mando para um colégio interno, bem longe de Ulsan, talvez, bem longe da Coreia, que tal México? O ensino é bom e…


– Já estou de pé, não irei me atrasar – Mi-Ha corta a mãe e se põe de pé, passando a mão pelo cabelo desgrenhado e ainda sonolenta, foi em direção ao banheiro.


{Enquanto isso em uma casa vizinha}

7:09h


– Min Yoongi, terei que falar novamente? Levante, vai logo garoto – A senhorita Min Yang-Chang tentava retirar seu filho preguiçoso da cama, já havia falado incontáveis vezes.


– Hmpf, me deixe dormir em paz – Um menino muito branco reclama na direção da mãe, antes de virar seu rosto para o outro lado.


– Se eu souber que se atrasou hoje, sou capaz de acabar com sua vida boa Yoongi, levante logo.


– Por que essa preocupação toda? Já faltei muitas vezes – Yoongi vira sua cabeça na direção da mãe e abre os olhos.


– É o seu primeiro dia na escola nova, não quero que te chamem de preguiçoso e que vire piada logo de cara.


– A última coisa que virarei é piada, mas calma Omma, já estou levantando – Ele realmente levantou, contrariado, foi para o banheiro, irritado.


[Autora off]


>_< >_< >_< >_< >_< >_< >_< >_< >_<

[Ryu Mi-Ha on]


Ulsan,

7:30h


Assim que entrei no banheiro, fui direto para o banho, eu precisava ao menos parecer acordada, porque estar… é óbvio que eu não vou.


Depois de meu banho mega rápido, que durou alguns minutos, ainda de toalha vou até meu armário e procuro meu uniforme, que eu havia deixado esquecido e bem longe da minha visão a dois meses atrás.


Era um uniforme bem sem graça, mas eu já estava acostumada a usar, mesmo não me sentindo à vontade com ele.


– Miha, já terminou? – Minha Omma me pergunta, do lado de fora do meu quarto.


– Quase, só falta o cabelo.


Não obtive mais resposta. Continuei a arrumar o cabelo da maneira que queria, resolvi que bolar um penteado demoraria muito, portanto, desisti e simplesmente deixei meus curtos cabelos soltos.


Peguei minha mochila, organizei tudo e saí desesperada do quarto, em direção a cozinha.


– Está muito atrasada – Minha Omma faz questão de lembrar.


– Eu sei – Digo enquanto pego uma maçã e me dirijo para a porta – Tchau Omma, estou mega atrasada e tenho que ir agora – Fiz igual cena de filme e quase completei indo para a escola, eu precisava dizer isso – Eu sempre quis dizer isso, quando eu voltar, me lembra de colocar no caderno.


– Tenha um bom dia anjinho, faça amigos, mas, agora, vai logo para a escola e some da minha visão – O que eu fiz? Corri, muito, nunca corri tanto na vida, mas como moro em outra rua, tenho que parar, para que o fluxo de carros continue e a vida ande, parei, mas notei que do outro lado da rua, tinha um menino.


Eu não sou tarada e nem nada do tipo, mas, ele estava com o uniforme do colégio, era impossível não perceber.


– Ei – Falo um pouco alto, enquanto arrisco minha vida, para chegar do outro lado da rua, mas o garoto na para – Ei, você – Com algum esforço a mais, que me cansou, eu o alcancei e segurando no braço dele, o fiz perceber que era com ele.


– O que quer comigo?


– É que, eu percebi que sua roupa… seu uniforme – Apontei para o meu – É o mesmo da escola que eu estudo.


– Pois, que azar o meu – Ele tentou voltar a andar, mas eu o parei novamente.


– Heey, azedinho, calma, eu só iria lhe oferecer companhia, já que suponho que não saiba para que lado fica – Ele fez uma careta, talvez pelo apelido que eu o dei.


– Em primeiro lugar, eu tenho nome, Min Yoongi – Curvou-se rapidamente, como se fosse um completo cavalheiro – Em segundo, eu só aceito a “companhia” – Yoongi fez aspas com os dedos – Porque não sei o caminho.


– Eu sabia que o azedinho iria se render a minha “ ajuda” – Repeti o gesto de aspas – Ryu Mi-Ha, prazer – Me apresentei e… corri puxando o azedinho, pois estávamos atrasados.


Chegamos no último instante, mas entramos, é isso que importa, bom, eu achei.


– Está louca? Por que me puxou e correu tanto?


– Se eu não corresse, não entrava, se não te puxasse, nós dois não entrávamos e não sei você, mas eu não quero acabar na diretoria justo no primeiro dia.


– Tanto faz – Eu o deixei sem palavras, sabia que não teria argumentos depois do óbvio.


– Yoongi – Eu menino que eu conhecia por Namjoon, chegou perto do azedinho e ignorou minha presença – Por que demorou? – Até um outro, que eu nem lembro quem é, que tinha cabelos tingidos de preto, assim como os outros dois, chegou e me notou.


– Namjoon, não ignore as pessoas – O garoto que chegou se referiu a mim – Não me diga que não reparou que Yoongi trazia com ele, uma menina? – Mais bronca.


– Desculpe – Namjoon disse olhando para o menino que ainda não sei o nome e depois para mim – Eu me chamo Kim Namjoon, pode me chamar de Nam, sou amigo do Yoongi – Fui devidamente apresentada a Namjoon, o que me fez sorrir.


– Que linda, Nam, veja, ela sorri tão fofamente – Eu ainda não sabia o nome dele, mas já o adorei – Me perdoe o modo como falei de você, sou Kim Seokjin, pode me chamar de Jin, sou namorado do Namjoon e amigo de Yoongi, seja bem vinda a loucura que é a vida dele, quem é você?


– Ryu Mi-Ha, mas pode me chamar de Miha ou quase tudo que quiser – Sorri docemente, o que me dava um ar ainda mais fofo.


– Eu quero adotá-la Nam, eu preciso dela!! – Seokjin pareceu inconformado de não ter alguém parecida comigo na vida dele – Yoongi, essa com certeza é a melhor namorada que você já arrumou – Jin parecia feliz demais, mas espera… namorada???? Jamais, não poderia aceitar isso e parece que Yoongi também não estava feliz.


– O que? Namorados? – Reclamamos em uníssono – Não!!


– Ahh, que fofos, mas não precisam mais esconder e se não fosse verdade, por que ainda estariam de mãos dadas? – Jin provocou rindo.


– O que? – Assim que reparei que ainda segurava a mão do azedinho, eu a soltei rapidamente.


– Miha!!! – Pan Da-Yang, minha melhor amiga, me chamou, ou melhor, gritou meu nome, até Jin se assustou.


– Panda, oi – Pareci um pouco desanimada, mas não estava, foi só o recente acontecimento.


– Amiga, quem são esses?


– Esse é Min Yoongi, meu vizinho – Disse apontando para ele – Kim Namjoon e Kim Seokjin, são namorados, os dois são amigos do azed… do Yoongi.


– Que legal – Panda parecia nem ligar para o que eu disse  Mas amiga, o Mark ainda está te esperando e deixar seu namorado com o Jackson, Bong-Lee  e Taehyung, não está dando certo, ele está impaciente, vamos – A Panda começou a me puxar, mas consegui me “despedir" dos três meninos e meio que disse que explicaria depois.


Fui arrastada até o refeitório, onde encontrei, Jackson mexendo no celular, Bong-Lee histérica e Tae tentando conversar com Mark, que surtou quando percebeu minha demora e estava muito preocupado comigo.


– Amor – Mark veio até mim me abraçou forte e me beijou profundamente, eu retribui, ficamos assim por um tempo e nos separamos por falta de ar.


– Que melação, não quero ter diabetes – Bong-Lee disse, cortando o clima.


– Ahh Bonbon, ainda tem para você, quer? – Disse fazendo um biquinho e indo na direção dela, que se afastou.


– Não, credo, sai pra lá Miha – Todos rimos, menos Bong.


– Mi – Mark chama minha atenção e eu o olho – Onde estava? Tentei te ligar várias vezes.


– Desculpe, mas é que me atrasei para levantar, no caminho encontrei um novo aluno e o ajudei a chegar aqui, acabei parando na entrada, para falar com uns amigos dele, até a Panda me puxar para cá, eu deveria ter avisado.


– Com certeza, deveria mesmo, mas fico feliz que esteja bem – Me deu um selinho, antes de virar-se para todos os outros – Vamos para a aula, já estamos atrasados.


Mesmo com um tempinho de atraso, entramos na sala, eu vi um grupinho, que tinha como “líder” Namjoon, ele acenou para mim e eu retribui, fui sentar com meu grupo e as aulas foram chatas e sem graça, assim que acabou e foi anunciado o intervalo, todos praticamente correram para fora da sala.


– Mi-Ha – Um garoto que assim como todos do grupo de Namjoon, estavam com cabelos pretos, chamou minha atenção e eu o olhei – Seokjin quer falar com você, mas não disse o que era – Antes que eu questionasse, o menino saiu andando.


– Que estranho – Mark comentou.


– Totalmente, o que um tal de Seokjin quer com você? – Panda pergunta curiosa.


– Deixa de ser anta Panda, o Seok é aquele que te apresentei, um dos amigos do Az… do Yoongi.


– Oh, verdade, havia esquecido – Panda mudou seu foco e virou-se para Jackson Wang, meu amigo e paquera dela – Jackson, vem comigo? Não quero ficar sozinha e nem de vela – Ela o puxou para fora da sala.


– Bonbon, vamos para algum lugar? É que… Miha vai ficar com amigos e bem… o que me diz?


– Vamos Taehyung, antes que eu desista – E assim, eles também saíram.


– Mimi, você pretende falar com esse tal de Seokjin? – Mark parecia que estava com muito ciúme.


– Sim, eu já sei o que ele quer. É sobre o fato de que ele achou que eu e o azedinho estivéssemos namorando, mas ficou confuso quando eu disse que não e logo depois a Panda apareceu falando sobre você, ele só deve estar tentando entender – Sorri ao final e iria me retirar do local.


– Miha – Voltei minha atenção para Mark – Estarei te esperando junto com os outros no mesmo lugar do refeitório, ok?


– Yah, estarei lá, acredite.


Saí andando a procura de Jin, o encontrei em uma mesa no refeitório, Namjoon chamou minha atenção e eu fui até eles.


– Oi, queriam falar comigo?


– Sim, como assim você namora? E o Suga? Como fica? – Jin me questionou.


– Para com isso Jin, nós não estamos e nunca estivemos namorando. Ela é só minha vizinha – Yoongi interrompe.


– Desculpa, mas não pensei que tivesse que contar para todos que conheço que tenho um namorado, mas se for assim, tudo bem – Me virei para o garoto mais baixo da mesa e encenei – Prazer, sou Ryu Mi-Ha, pode me chamar de Miha. Ei, eu namoro, não me arrume namorados, Mark Tuan é meu namorado e eu gosto dele. Assim? – Olhei na direção do Jin.


– Que atrevida. Só fiquei curioso com tudo isso Hami.


– Hami? – Fiquei confusa.


– É, uma forma contrária de Miha – Jin sorriu com sua ideia – Nam, eu quero mesmo adotá-la.


– Me adotar?


– Sim, por favor, aceite ser minha adotada, ao menos quando estiver comigo, por favooooor – Seokjin estava implorando para me adotar.


– Sim, por mim tudo bem, gostei da ideia, mas se me dão licença Omma e Appa – Me dirigi a Jin e Namjoon, logo após saí de encontro a mesa de meus amigos.


Nem tive tempo de chegar e já tiveram perguntas.


– Está tudo bem? – Jackson me perguntou


– Como foi? O que ele disse? – Mark pareceu preocupado.


– Você beijou seu vizinho? – Tae quis saber.


– Ele é bonito? – Panda perguntou por último, antes de Bonbon se pronunciar.


– Você os chamou de Omma e Appa? – Bong fez uma careta.


– Calma gente, eu estou bem, ele só falou sobre o meu suposto namoro com o vizinho que eu não sou nem louca de beijar e sim ele é bonito, por último, eu fui adotada por Seokjin e Namjoon, na escola,sou filha deles, eu achei demais, incrível.


– Você é louca – Bonbon declarou.


[Ryu Mi-Ha off]


Notas Finais


Fiz um docs com os personagens

Ainda não terminei os personagens, mas está aí

👇👇👇👇

https://docs.google.com/document/d/1M5_-8etu_q0OqFUsfx9QvhgmJwTEEIoXftduj3FcaWM/edit?usp=drivesdk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...