História Um misterio vitoriano - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Ambre, Castiel, Kentin, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Priya
Tags Amor, Amor Doce, Sangue, Vampiro
Visualizações 6
Palavras 481
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Cap I


Fanfic / Fanfiction Um misterio vitoriano - Capítulo 1 - Cap I

Acordei atrasada, o expediente de ontem foi cansativo, tomo um banho rápido, enquanto penteio meu cabelo desesperadamente noto enormes olheiras, solto um suspiro de reprovação, ótimo primeiro dia de aula e vou parecendo um zumbi, percorro os olhos no meu guarda roupa e pego um vestido de azul e preto, coloco uma sapatilha e estou pronta, desço as escadas do meu apartamento como um raio , na tentativa de chegar pelo menos na hora, enquanto ando pelas ruas vasculho minha bolsa a procura de uma base, preciso urgentemente melhorar essas olheiras. Chego ao impressionante prédio da universidade, onde sua arquitetura mescla o antigo e o novo, e particularmente adoro esse conceito, faltam apenas alguns minutos para as aula começarem, os corredores estão praticamente vazios, e os alunos que se encontram já estão entrando em sala de aula, fantástico, eu ainda tenho que procurar minha sala, percorro os corredores numa tentativa quase de frustrada de encontrar a sala 713, enquanto olhos a numeração sinto que esbarro em alguém

Clara: Me desculpe - digo olhando para a pessoa em quem esbarrei, uma garota morena de lindos olhos azuis, sua presença inspira auto-confiança

???: Não foi nada, é seu primeiro dia não é?

Clara: Está tão na cara assim? – Digo um pouco envergonhada

??? : Sim, e a propósito sou a Priya, e você é?

Clara: Sou a Clara

Priya: E você esta matriculada em qual curso?

Clara: De musica e estou desesperada a procura da minha sala e você?

Priya: Não se preocupe, também estou neste curso – disse sorrindo – eu te acompanho nossa sala e aproxima à esquerda.

Enquanto Priya me acompanhava senti um certo alivio por alguém ter me ajudado, entramos na sala e o professor ainda não havia chegado. Nos sentamos nos últimos lugares ao fundo da sala. Assim que o professor entra na sala, escuto suspiros e sussurros, pelo jeito este curso é bem frequentado, particularmente por garotas, acho que o professor contribui um pouco para isso, pois as primeiras fileiras são ocupadas por garotas que o olham encantadas, meu pensamento me faz rir, Priya me olha curiosamente. Balanço a cabeça negativamente, dizendo que não é nada.

A distração das garotas, digo nosso professor se apresenta, o nome dele é Nathaniel, ele possui cabelos loiros um pouco bagunçado, alto, olhos cor de âmbar, um corpo atlético, da para se perceber os músculos bem definidos por traz de sua camisa branca um típico professor clichê, mas também possui tipo de aura quase animalesca, impossível não ser notado, que faz suas alunas suspirarem e se apaixonarem platonicamente. Ele será o nosso professor de historia da musica. Não é sua presença que me atrai, mas sim o conhecimento que ele possui, (admito ele é encantador). Sua primeira aula é maçante, mas necessária, expondo todos os tópicos que serão abordados, e sinceramente não entendi, o porquê estudar a musica através de contos e lendas. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...