História Amor da Máfia. - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Romance, Yaoi
Visualizações 16
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Rafaela narrando!!!
Gente acho que semana que vem sai especial Halloween e dia 2 pois ai vai seguir tempo normal dás coisa da vida.

Capítulo 11 - Depois da Biblioteca


Fanfic / Fanfiction Amor da Máfia. - Capítulo 11 - Depois da Biblioteca

^Rafaela Pov^

Guilherme estava como uma pimenta de tão vermelho que estava. 

Rafaela: Perdão! 

Guilherme: Só... Sai... 

Acho que vou brincar com ele um pouco. 

Rafaela:Tá bom. 

Me esfreguei nele. 

Rafaela: Sabe eu te achei bem legal e gatinho. 

Guilherme: Você quer transar comigo e isso? As garotas ficam bem atiça dás perto de mim mas você tá se jogando. 

Acho que gelei, pois ele me olhou estranho geralmente eu  faço careta quando congelo. 

Guilherme: Tá um beijo. 

Ele se sentou e foi se aproximando, ele passou a língua pela minha boca e eu a entre-abri ela e foi meio tímido o nosso selar de bocas parecia que seria nosso primeiro beijo. 

Começou de forma calma mais foi esquentando. Sua mão foi para minha cintura e ele nos aproximou,  minha mão foi a sua nuca buscando mais contato,  nossas línguas entraram em uma batalha por espaço e foi esquentando. O ar nos faltou e tivemos que nos separar só sendo piadas por um fio de saliva. 

Guilherme: Você até que não beija mal. 

Rafa: É mais agora vamos ter que voltar pra sala. 

Fomos pra sala com os livros e tudo ocorreu como o de sempre. 

Terça-feira

Er vai ser hoje a noite. 

Escrevi um bilhete pra minha mãe que tinha trabalho e que voltaria tarde. 

A manhã passou como sempre só  um ser humano chamado Guilherme que senta atrás de mim que ficou mechendo no meu cabelo e soprando meu ouvido. Meu Irineu eu indoido hoje. 

Depois das aulas fui pra casa de armamentos. 

Fiquei escolhendo a roupa e coisas dessas. 

Hora de ir estava com uma camisa xadrez vermelha, uma calça jeans com fivela, bota e chapéu. 

Fui pra tal cavalgada chegando lá o cara ficava na dele e dançava de Cezar em quando com alguém. Depois de ele estar bêbado eu ter bebido um pouco. Hora de agir! 

Rafaela: Oi. 

Gean: Oi. Qual seu nome? 

Rafaela: Meu nome é Rafaela e o seu? 

Gean: Geaorge, mais gosto que me chamem de Gean. 

Rafaela: Vamos dançar?!

Gean: Vamos. 

Ficamos umas meia hora dançando músicas

Bebo pra carai

Bebo pra carai

Rafaela: Vamos para um lugar mais reservado? 

Gean: Eu ia adorar. 

Fomos até o estacionamento e ele me levou até a casa dele. 

Rafaela: Então... Me conta uma de suas aventuras... 

Gean: Eu,  matei um babaca por que ele descobriu que eu fazia lavagem de dinheiro. Não foi a peimeira vez que matei alguém mais foi a primeira vez que matei alguem,  mais foi a primeira vez por esse motivo. 

Me sentei ao seu lado no sofá e fui me aproximando. 

Rafaela: Sabe... Eu te acho tão interessante. 

Ele se aproximou e me beijou. Beijei ele. 

Rafaela: Sabe... Eu teria te matado,  mais você merece apodrecer na cadeia. 

Gean: Pera! Você é policial? 

Rafaela: Não eu tenho 16 anos! Quer saber quem eu sou? Rafaela Marques da Silva! 

Ele estava com cara de medo. 

Rafaela:Parece que pesquisou pra não ser caçado. Mais você não procurou no mais óbvio. AC eu vim de lá! 

O nocalteei e liguei pra polícia falei tudo e deixei o gravador de áudio na mesa que eu o amarrei. 

Quarta

Recebi uma ligação. 

Rafa eu te disse pra matar ele. 

Não quis matar por que ele merece apodrecer na cadeia.Ele é um filho da puta. Tchau eu tenho aula agora. 

Fim da ligação. 

Fui pra sala mais estava muito chato então pedi pra ir pro banheiro e fui pra terraço. Fiquei lá por um tempo até que dormi lá. 

Acordei e vi que tinha alguém deitado ao meu lado. 

Rafaela: Quem está aí? 

Sentei e vi Guilherme. 

Deitei de novo. 

Guilherme: A vida é um saco. 

Rafaela: Nem me fale,  eu faço algo achando que to fazendo bem e as pessoa vem reclamar. 

Guilherme: eh... Sabe você é legal. 

Rafaela: Você também er bem legal. 

Olhei pro lado e ele tinha virado também me virei e ficamos bem próximos. 

Fomos nós aproximando e nos beijamos.

Guilherme: Estamos namorando? 

Rafaela: Acho que sim. 

E assim se passaram dois meses,  eu ia na casa dele falando qie era pra trabalho,  ele ia na minha,  nos olha vamos de vez em quando e dávamos uma escapadinha,  ficávamos juntos e saiamos estávamos namorando de verdade mais ninguém sabia mais era hora de saberem. 

Guilherme:  bom dia! 

Ele me disse assim que entrei na sala. 

Rafaela: Bom dia mozão! 

Turma: Mozão?! 

Rafaela: Sim!!!Estamos namorando a dois meses mais como meu niver é daqui uma semana e achei que deveriam saber!!! 

Professora: Que bom que namoram,  mais agora que cheguei se sentem. 

Depois da aula fui pra sua casa. 

Rafa: Mor vou tomar banho e depois vamos pro shopping. Onde tá a casinha dás minhas lentes? 

Guilherme: Na estante ao lado da cama. 

Tirei minhas lentes e fui tomar banho. 

Depois que sai estava só de toalha. 

Rafa:Mor? 

Senti alguém me abraçar por trás. 

Gui: Sim? 

Ele me encochou por trás. 

Gui: Vamos transar? 

Rafaela: Não! Vamos no shopping. 

Me virei e o beijei. Ta... Estranho... 

Rafa: Eu não.... Quero... Me solta!! 

Dei uma rasteira nele e o joguei no chão. 

Fui correndo pro seu quarto e coloquei as lentes. 

??: Não sabia que sua namorada era cega! 

Rafaela: Eu enchendo muito bem se não percebe! 

Falei indo pra sala. 

O Guilherme estava arrarrado em uma cadeira e seu clone em sua frente. 

???: Não?! Nem viu a diferença! 

Guilherme: somos idênticos! 

Rafaela: São idênticos mais como assim!?? 

???: Somos irmãos e afinal meu nome é Marcus. 

Rafaela: Oi Marcus!! 

Falei "empolgada".

Rafaela: O que quer? 

Marcus: Sua mãe me contratou pra saber de você o que faz da sua vida e etc. 

Guilherme: Cala a boca vey! 

Marcus: Você não contou? 

Ele me perguntou me olhando, neguei com a cabeça. 

Marcus: Sua namorada é uma Marques da Silva e foi uma das 5 melhores junto com você! Não sei como ainda não convocaram vocês pra bater um papo. 

Rafaela: Pois é! Vou me arrumar e depois saímos. 

Me arrumei e fomos pro shopping. Meu Deus tô com medo desse tal de Marcus. 

Continuaaaa..... 





Notas Finais


Vocês sabem que me adoram.
Sejam fofos.
Beijos rosa!
Vou tentar postar cap hj!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...